Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Anadia: Jovens angariam fundos a favor do projeto CADI

Arrancou na última quinta-feira, na sede do Projeto CADI, no centro de Anadia, uma venda de produtos vários, que a partir de agora passará a ser mensal, cujos proveitos revertem a favor das atividades desenvolvidas pelo Projeto CADI, da Santa Casa de Anadia.
A venda, dinamizada no âmbito do “Empreendedorismo Jovem”, vai passar a realizar-se na primeira sexta-feira de cada mês. Este mês, a venda foi atípica, visto sexta-feira (dia 6) ter sido feriado. Entre as 14 e as 19h, os anadienses puderam adquirir nesta pequena banca produtos diversos, novos ou usados, passando por produtos tradicionais, objetos elaborados pelas crianças e jovens, produtos hortícolas.
Por se estar a viver a quadra pascal, tiveram imensa procura os Bolos da Páscoa, amassados e cozidos com a ajuda de parceiros da comunidade, todos amigos do Projeto CADI.
De resto, é graças aos parceiros e ao apoio de amigos e empresas do Projeto CADI, que muitas das ações desenvolvidas chegam a bom porto.
Patrícia Martins, coordenadora do Projeto CADI avança que “a procura pelos Bolos tem sido grande. Na última sexta-feira, vendemos 60 bolos. Tivemos várias encomendas e agora esperamos conseguir vender mais 60 bolos”, dando conta de que a comunidade tem sido bastante recetiva a este tipo de ações que o Projeto CADI desenvolve.
Exemplo dessa aceitação por parte da população, acrescenta Patrícia Martins, o facto de também no Natal e na altura dos Reis, as ações realizadas terem sido bastante acarinhadas pelas gentes de Anadia. “No Natal decidimos fazer Doce de Abóbora e Broas de Natal. Vendemos tudo. Depois, os jovens foram cantar as Janeiras, porta a porta, e as pessoas receberam-nos muito bem.”
Ainda que vendidos a preço simbólico (cada bolo custava 2,50 euros), estas e outras verbas angariadas ao longo do ano destinam-se a custear atividades desenvolvidas, mas também saídas para o exterior, relacionadas com formação e momentos lúdicos de recreio e lazer.
Olhando para trás, Patrícia Martins confirma que os sete anos de vida que o Projeto CADI leva têm um balanço extremamente positivo. “O Projeto tem ajudado imenso crianças e jovens provenientes de meios sociais mais desfavorecidos, retirando muitos deles da rua, proporcionando-lhes momentos a que não teriam acesso se não pertencessem ao Projeto”, acrescenta aquela responsável, dando conta de que, neste momento, este grupo de empreendedorismo integra 14 jovens, entre os 14 e os 22 anos. “Todos estudam e após as aulas podem gratuitamente frequentar este espaço, até às 20h, fazer cursos de informática, ter explicações de português, inglês e matemática, praticar desporto e artes (dança, percussão, teatro) e contar com o apoio de quatro técnicos”. Uma ajuda preciosa para crianças e jovens a quem quase tudo falta, mas que graças a este Projeto alguns destes jovens já descobriram vocações. “Esse é o nosso grande objetivo: ajudá-los a serem autónomos, a descobrirem uma vocação, mas também através das atividades desenvolvidas atribuir-lhes competências e responsabilidades”.
Oriundos de famílias muito carenciadas, o Projeto procura ainda proporcionar-lhes momentos de prazer, como idas à praia, acampamentos, passeios. Este ano, parte da verba angariada destina-se a proporcionar a estes jovens um intraRail, de seis dias, por Portugal“. “O destino ainda não está escolhido, mas para a maioria deles será a semana de férias que nunca tiveram”, destaca aquela responsável, dando conta de que as próximas vendas serão entre as 14h e as 19h, nos dias: 4 de maio, 1 de junho, 6 de julho e 3 de agosto.

CC

Deixe um comentário

Ad Code

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com