Fotografia: COF

Com seis derrotas consecutivas e depois de ter uma margem confortável para as suas rivais na luta pela manutenção e onde podia ter decidido tudo na jornada anterior, com a derrota na casa do Viseu 2001, que há muito desceu de divisão, a União Recreativa Ferreirense, num jogo que podia decidir a época, voltou a claudicar. Foi em casa, no dérbi aveirense com o Clube Albergaria, em mais uma derrota comprometedora.
O clube de Ferreiros, com 100 anos de existência, luta para fazer história pela primeira vez, de garantir a permanência nos novos moldes em que é disputado o Campeonato Nacional.
O Ferreirense parte para a última jornada com um ponto de vantagem sobre o Atlético Ouriense e, como tal, só depende de si próprio. E até pode perder na deslocação ao terreno do A-dos-Francos, desde que a equipa de Ourém não vença em Braga. O empate do seu rival direto na luta pela manutenção também servirá as pretensões das bairradinas.
Vamos ver como a equipa de Bruno Domingos reagirá aos acontecimentos das últimas jornadas.
Na fase de apuramento de campeão de iniciados, o Anadia venceu em casa o Paços de Ferreira e isolou-se no terceiro lugar, atrás de Sporting e Benfica. Excelente desempenho da equipa comandada por Tiago Pereira.
Segue-se o Sporting fora, que luta pelo título, numa partida que não se afigura fácil para os jovens Trevos.
Uma palavra final para o desempenho da equipa de juniores do Anadia, que venceu a Série C da fase de manutenção. João Almeida, depois do excelente trabalho, há dois anos, com a equipa de iniciados, voltou a marcar pontos, ele que não começou a época como treinador.