Fotografia: COF

 

Quase que esteve para acontecer o mesmo que na época passada, mas, desta vez, o Sp. Espinho, depois de estar a perder por 2-0 ao intervalo, relembrando fantasmas do passado aos adeptos espinhenses, acabou por dar a volta na segunda parte, com o golo da vitória a surgir no último segundo do jogo. Com este triunfo, o Sp. Espinho, que na temporada passada perdeu essa possibilidade no último jogo com o Oliveira do Bairro para o Águeda, agora, com o mesmo adversário, a formação da Costa Verde conquista o Campeonato Safina e está de regresso ao Campeonato de Portugal.
O Oliveira do Bairro acabou por cair de pé. Voltou a ver um jogador a sair lesionado, o primeiro golo de grande penalidade do Sporting de Espinho deixou muitas dúvidas, lance que catapultou os locais para a reviravolta. Com esta derrota e com a vitória do Paivense sobre o Beira-Mar, o Oliveira do Bairro caiu para os últimos cinco lugares quando faltam jogar quatro jornadas.
A exemplo do que tinha acontecido na primeira volta, o Mealhada voltou a vencer o Milheiroense, naquela que foi a sua segunda vitória no campeonato. A formação bairradina, que continua no último lugar, face ao bom momento que atravessa, ainda sonha em subir dois degraus na tabela classificativa. Deixar a lanterna vermelha já seria um prémio para o Mealhada.
2-Separados por dois pontos, o Oliveira do Bairro, na receção ao Paivense, terá pela frente um dos jogos mais importantes da época. Os Falcões estão obrigados a vencer, pois não só ultrapassam a equipa de Castelo de Paiva, como ficam com a certeza de quem possa ou não descer dos clubes filiados na Associação de Futebol de Aveiro e que militam no Campeonato de Portugal.
O Mealhada joga em Avanca com o mesmo espírito que tem encarado os últimos jogos desde que ficou a conhecer que não tinha hipóteses de salvação. Honrar a camisola e fazer o melhor possível.
II DIVISÃO
APURAMENTO. A força das equipas do norte ficou bem vincada na segunda jornada.
De novo em casa e depois do empate com a Ovarense, o Famalicão teria forçosamente de ganhar para continuar a sonhar com o título, mas acabou goleado pelo Canedo (0-4).
Também em casa, o Vista Alegre foi surpreendido pela Ovarense (0-1), ficando a equipa do sul do distrito mais longe do título.
O Famalicão volta a jogar em casa com o Vista Alegre. Se quiser lutar por algo mais, só a vitória interessa.
Do 2.º ao 6.º lugar. Para o segundo melhor classificado, o Fermentelos foi derrotado em Mansores, tal como o Calvão em São Vicente Pereira, ficando as duas equipas mais longe do primeiro lugar.
Na próxima jornada, o Calvão recebe o Fermentelos, prevendo-se um jogo equilibrado.
Para o terceiro lugar, o Oiã perdeu no terreno do Mosteirô FC. A primeira parte dos bairradinos acabou por ser decisiva nas contas finais da partida.
Em casa, a Juve Force também não foi capaz de pontuar diante da ACRD Mosteirô que, com esta vitória, se isolou no comando da classificação.
O Oiã recebe o líder e se a motivação falar mais alto, os pontos podem ficar em casa ou talvez não.
A Juve Force fará a receção ao Mosteirô FC e tem boas possibilidades de regressar às vitórias.
Num jogo a sul, para o 4.º lugar, Carqueijo e Mourisquense não foram além de um nulo, resultado que serviu melhor aos aguedenses, que têm, em casa, um jogo crucial, frente ao líder Macieirense. Já o Carqueijo joga na casa da EF Rui Dolores, num jogo em que apostamos no empate.
Para o 5.º lugar, Bustos, ao perder no reduto do Valecambrense, praticamente disse adeus ao primeiro lugar. Segue-se o Estarreja B em casa e só a vitória interessa.
Para o 6.º lugar, o Mamarrosa, já sem Nuno Ferreira no banco, perdeu em casa com o Sanguedo, ao passo que o Valonguense perdeu no terreno do Cesarense B.
Na ronda seguinte, o Mamarrosa vai tentar fazer o melhor na casa do Cesarense B, enquanto o Valonguense tudo fará para contrariar o favoritismo do Sanguedo.