Salvador Sobral vai estar na EXPOFACIC! O artista de quem se fala, em Portugal e pela Europa fora, vai atuar no palco principal deste certame no dia 1 de agosto. O artista substitui no cartaz o Dj Alan Walker, que cancelou o espetáculo por motivos pessoais.
Salvador Sobral está no centro das atenções desde que venceu o Festival Eurovisão em representação de Portugal, no passado sábado, dia 13, com a música “Amar pelos Dois”, da autoria da sua irmã, Luísa Sobral, compositora e cantora. Em Kiev, Ucrânia, na final do festival, atingiu a votação histórica de 785 pontos, liderando tanto o televoto como a votação de júri dos 42 países votantes. Deste modo, Portugal conquistou a sua primeira vitória neste festival, batendo em quase 200 votos o recorde de votação de uma canção vencedora da Eurovisão. A qualidade do tema e a atuação simples e despojada, a par duma voz particularmente dotada e única, conquistou o voto do júri e do público. A sua atitude introspetiva em palco e as declarações marcadas pela ironia nas muitas entrevistas que tem feito, também contribuíram para que Portugal e o Mundo esteja agora a descobrir este jovem cantor e o seu talento. Nas redes sociais multiplicam-se as partilhas de interpretações de Salvador Sobral e no youtube o vídeo oficial da música “Amar pelos Dois” para a Eurovisão tem mais de 10 milhões de visualizações, enquanto que o vídeo da atuação na final do festival conta com mais de 6 milhões, em menos de uma semana.
Salvador Sobral vem apresentar o seu álbum de estreia “Excuse Me”, lançado em 2016, com coprodução musical do pianista Júlio Resende, do venezuelano Leonardo Aldrey e do próprio Salvador Sobral. O disco revela as várias influências que o artista “bebeu” ao longo do seu percurso, desde o tempo que viveu nos Estados Unidos e em Barcelona, onde estudou na escola de música “Taller de Músics”. A figura de Chet Baker, os clássicos do jazz, o ritmo suave da bossa-nova, e uma doce sonoridade da américa-latina, são referências que se encontram neste trabalho, e que ganham nova vida com a voz de Salvador Sobral.
Maioritariamente composto por temas originais da autoria de Salvador Sobral e Leo Aldrey, o álbum conta também com interpretações de dois standards de jazz, um tema da autoria de Luísa Sobral, um bolero do pianista cubano Bola de Nieve e uma apaixonante versão do conhecido tema do bahiano Dorival Caymmi, “Nem eu”.
Salvador Sobral tem praticamente todos os espetáculos esgotados. Um fenómeno que necessariamente se deve à primeira vitória de Portugal no Festival Eurovisão, mas também ao talento deste jovem músico que nos surpreende a cada interpretação. Ou, como disse o cronista Miguel Esteves Cardoso: “A voz dele é límpida e aérea. Tem uma musicalidade irrequieta que se atreve a cantar por cima do canto. Canta como se toda a música dependesse dele. Cada canção é um tudo ou nada.
Pode adquirir os bilhetes para os dias da EXPOFACIC, que decorre de 27 de julho a 6 de agosto, em www.bol.pt, Postos de Turismo de Cantanhede e Coimbra, Turismo do Centro Portugal, Lojas Intermarché Cantanhede e Mealhada.