Milhares de peixes mortos foram encontrados no Rio Cértima, na zona do Repolão, em Oliveira do Bairro, esta quinta-feira, dia 15. De várias espécies e dimensões, os peixes, uns já mortos outros em agonia, misturavam-se com a vegetação na água, num cenário desolador.

Foram vários os registos de leitores que fizeram chegar ao JB o testemunho desta mortandade. Recorde-se que antes dos acontecimentos de quinta-feira, a fauna deste curso de água já foi afetada por inúmeras vezes, algumas das quais não por consequência de qualquer atentado ambiental mas sim pelo facto de o caudal do rio ser mínimo nesta altura do ano, apresentando um índice de oxigénio muito abaixo do necessário para manter a vida dos peixes, que acabam por asfixiar.

O JB está em contacto com o Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR para apurar as causas desta mortandade de peixes no Rio Cértima, trazendo mais informações na próxima edição.

(Fotos de Filomena Morais)