Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Desporto

Basquetebol: Atómicos na Fase Final Distrital pelo 3.º ano consecutivo

Basquetebol: Atómicos na Fase Final Distrital pelo 3.º ano consecutivo

A equipa de basquetebol Sub 14 Femininos dos Atómicos Sport Clube conseguiu, pelo terceiro ano consecutivo, o apuramento para a Fase Final Distrital, que decorreu no passado fim de semana, 4, 5 e 6 de julho, no Pavilhão do Grupo Desportivo da Gafanha, na Gafanha da Nazaré.

Os Atómicos participaram nesta fase final juntamente com as equipas: GICA (Ginásio Clube de Águeda), GD Gafanha, Clube dos Galitos, Illiabum Clube e AD Ovarense.

O Grupo Desportivo da Gafanha, anfitrião desta Fase Final Distrital, que reúniu as seis melhores equipas do distrito de Aveiro, depois de um jogo muito intenso e equilibrado com o Clube dos Galitos, acabou por se sagrar campeão distrital.

A equipa dos Atómicos teve uma prestação honrosa, disputando todos os jogos com garra e atitude, classificando-se em 6.º lugar.

De realçar todo o seu empenho, bem como o da equipa técnica e do público que acompanharam esta equipa durante toda a época.

A secção de Basquetebol do Atómicos Sport Clube está, sem dúvida, de parabéns.

Resultados:

1.ª jornada: Galitos, 72 – Atómicos, 21; 2.ª jornada: Atómicos, 38 – GICA, 40; 3.ª jornada: Atómicos, 31 – Ovarense, 52; 4.ª jornada: Gafanha, 52 – Atómicos, 32 e 5.ª jornada: Illiabum, 44 – Atómicos, 33.

Posted in Basquetebol, Desporto Comentários

Volta a Portugal do Futuro: 1.ª etapa liga Águeda a Oliveira do Bairro

Volta a Portugal do Futuro: 1.ª etapa liga Águeda a Oliveira do Bairro

Será em pleno coração da Bairrada, em Oliveira do Bairro, que se vai ficar a conhecer o primeiro Camisola Amarela Liberty Seguros. A 22.ª Volta Portugal do Futuro Liberty Seguros vai para a estrada de 17 a 20 de julho e a primeira etapa une Águeda a Oliveira do Bairro, num total de 146,7 km.

Trata-se da principal prova nacional dedicada aos corredores da categoria Sub 23, este ano antecipada no calendário e com caráter ainda mais internacional por fazer parte do ranking Continental Sub 23 UCI. O jovem pelotão tem pela frente 585,7 km divididos por quatro etapas a começar em Águeda e a terminar na Maia – Cidade Europeia do Desporto 2014.

Etapas

1.ª Etapa – 17 de julho

Águeda – Oliveira do Bairro – 146,7 km

Os primeiros quilómetros da Volta jovem vão ser cumpridos entre Águeda e Oliveira do Bairro.

A partida para os 146 km da jornada inicial vai ser dada às 12h20 junto ao Mercado Municipal de Águeda. Pelo caminho existem três Metas Volantes e, praticamente a meio da etapa, um Prémio de Montanha de 3.ª categoria.

Será em pleno coração da Bairrada, Oliveira do Bairro, que se vai ficar a conhecer o primeiro Camisola Amarela Liberty Seguros.

2.ª Etapa – 18 julho

Santa Maria Feira – Arouca – 133,1 km

3.ª Etapa – 19 julho

Castelo de Paiva – Montalegre – 148,4 km

4.ª Etapa – 20 julho

Montalegre – Maia – 157,5 km

Posted in Ciclismo, Desporto, Destaque Comentários

Natação: Mealhada recebe Torneio Interdistrital de Cadetes

Vai decorrer no sábado, dia 19 de julho, a partir das 15h30, nas Piscinas Municipais da Mealhada, o Torneio Interdistrital de Cadetes em natação. A prova é organizada pela Associação de Natação de Aveiro, com o apoio da Câmara Municipal da Mealhada.

A entrada é gratuita.

Posted in Desporto, Outras modalidades Comentários

Futebol – Hipóteses & Certezas

ANADIA FC
O Anadia Futebol Clube já trabalha no sentido de atacar mais uma presença no Campeonato Nacional de Seniores.
No que diz respeito a reforços, os Trevos contrataram André Aranha ao Oliveira do Bairro. O médio bairradino, que realizou uma boa época ao serviço dos Falcões, tem assim a sua primeira aventura como sénior fora do clube que o formou. Como júnior representou o Beira-Mar.
Fábio Parreira (irmão de Eder), ex-Recreio de Águeda) está de regresso ao Anadia, depois de lá ter jogado na época 2005/2006. O extremo passou depois pelo Oliveira do Bairro (três épocas), Oiã, Mealhada e as três últimas no Águeda.
Marco, defesa central, e Leandro, avançado, ambos ex-Famalicão, João Amaral, defesa esquerdo, ex-Mortágua, João Ricardo, avançado, ex-Mourisquense, e Mendonça, ex-Fermentelos, são as outras novidades para o treinador Fernado Pereira. Mendonça vem colmatar a saída de Luís Barreto, que se transferiu para o Gafanha. Como cartão de visita, o avançado marcou 59 golos.
Renovaram Manuel Gama, Diogo Lopes, João Nogueira, Branco, Mané, André Lopes, Marito, Eder, Iafai, Carlos Castro e Zé Miguel.
O regresso ao trabalho está marcado para o dia 26 de julho, no Estádio Municipal de Anadia.

OBSC
O médio Rafa, ex-Anadia, é um dos primeiros reforços do Oliveira do Bairro para a próxima época, onde o clube vai participar pela segunda vez consecutiva no campeonato distrital da 1.ª Divisão da AFA.
Hugo, avançado, ex-Famalicão, também é reforço, num plantel que, à partida, será totalmente novo face à saída de muitos jogadores.
Paulo Costa, Tó Miguel, Paulo Adriano e Chico Trabuca, ao que tudo indica, vão abandonar o futebol. Diogo Lobo assinou pelo Gafanha; Berna poderá regressar ao Pampilhosa; André Aranha assinou pelo Anadia; José Costa e Rafael têm mercado.
Marcelo renovou, enquanto o outro guardião, Diogo, está de regresso ao Águas Boas.
André (g.r.), Samuel e Nini, ex-juniores, irão fazer parte do plantel.

OIÃ
A Associação Desportiva de Oiã assegurou até ao momento seis reforços: Leandro (g.r.), Roger e Ricardo Oliveira (todos ex-Paredes do Bairro). Márcio, Bruno Vieira e Jorge Russo (todos ex-Calvão).
Renovaram Tozé, Simão, Rocha, Paquete, Nuno, Kayan, André Fernandes, André António, Pimentel, Fábio, Madail e Futre.
A equipa, que continua a ser treinada por Mico, regressa ao trabalho a 25 de agosto e tem já dois torneios agendados: Vila de Oiã (6 e 7 de setembro) e Dr. Fernando Peixinho, a 13 e 14 de setembro.

FAMALICÃO
Pedro Moniz vai abraçar a sua primeira aventura como treinador de uma equipa sénior no Famalicão, depois de ter treinado a formação do OBSC e Anadia. Substitui João Pedro Mariz.

Posted in Desporto, Futebol Comentários

Eduard Prades vence GP ABIMOTA

O ciclista catalão da equipa OFM-Quinta da Lixa foi o grande vencedor da 35.ª edição do Grande Prémio ABIMOTA, graças ao triunfo em solitário na tirada de 175 quilómetros, entre a Figueira da Foz e Águeda.
O atual líder do ranking nacional fez jus à condição de número um do pelotão doméstico e encetou uma cavalgada solitária que o levou a cortar a meta com 44 segundos de vantagem sobre o segundo classificado, ao fim de 4h28m05s de corrida, à média de 39,143 km/h.
Depois ter ganho o contrarrelógio coletivo na Figueira da Foz, a OFM-Quinta da Lixa mostrou estar num patamar superior às demais formações portuguesas, juntando a vitória de Prades ao segundo posto de Arkatiz Duran, que alinhou com a camisola amarela vestida. O terceiro classificado foi César Fonte (Rádio Popular), a 46 segundos do vencedor.
Joaquim Silva (Anicolor) foi o melhor jovem, enquanto David Rodrigues (Liberty Seguros/Feira/KTM) subiu ao pódio como melhor elemento das equipas de clube. Frederico Figueiredo (Rádio Popular) foi coroado rei da Montanha, enquanto André Mourato (LA Alumínios-Antarte) conquistou a camisola das metas volantes.
O 35.º Grande Prémio ABIMOTA voltou a ter o carimbo de qualidade, este ano organizado pela prata da casa. A organização está de parabéns.

Posted in Ciclismo, Desporto Comentários

Finais de Futsal disputam-se no Luso

O Pavilhão Municipal do Luso recebe, no próximo sábado, dia 7 de junho, dois jogos que representam uma importante jornada de promoção do Futsal. Assim, pelas 10h30, realiza-se a Final da Taça Distrital de Juvenis que irá colocar frente a frente as equipas de Escapães e Atómicos. Pelas 15h, será a vez das equipas de Saavedra Guedes e CRECUS disputarem a Final da Taça Distrital de Juniores.

Posted in Desporto, Futsal Comentários

APPACDM de Anadia conquista Taça e Campeonato Nacional

A ANDDI-Portugal, com o apoio da Câmara Municipal da Mealhada e da Associação de Ciclismo de Aveiro, levou a efeito os campeonatos nacionais individuais de ciclismo 2014, no dia 10 de maio, no Parque da Cidade da Mealhada. Simultaneamente realizou-se também o Torneio Nacional Adaptado e Síndrome Down.
Esta prova encontra-se inserida no calendário da FPDD – Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência, com a designação de “Circuito da Mealhada 2014”.
Esta foi uma competição aberta a paraciclistas federados e não federados das seguintes classes: B, C, T, D21 (Surdos) e H (intelectual/física-motora/ paralisia cerebral/cegos (tandem) e surdos.
A APPACDM de Anadia participou com sete dos seus ciclistas e foi a grande vencedora do Campeonato Nacional, com Carlos Carvalho (na foto) mais uma vez a superiorizar-se a todos os seus adversários. Desta forma, a APPACDM de Anadia faz a dobradinha, com a conquista da Taça Nacional e do Campeonato Nacional. Nos campeonatos individuais, divididos em duas provas, contrarrelógio e prova em linha, Carlos Carvalho foi o grande vencedor. De lembrar que este ciclista irá brevemente representar a Seleção Nacional nos próximos campeonatos.
No entanto não foi apenas no campeonato individual que a APPACDM de Anadia brilhou. No Adaptado Masculino e Feminino os vencedores foram Pedro Augusto e Maria Leontina (Centro Santo Amaro – Casal Comba).

Posted in Ciclismo, Desporto Comentários

OBSC sobe ao terceiro lugar. Calvão vai disputar o playoff de subida

Com o Valonguense já despromovido e Famalicão em vias disso, numa jornada em que se ficou a saber que descem quatro equipas à segunda divisão distrital, o grande interesse das três jornadas que faltam para o final do campeonato, residem em quem subirá ao Campeonato Nacional de Seniores e quem descerá de divisão, onde há cinco equipas que lutam por esse objetivo.
Na linha da frente da classificação, a Sanjoanense manteve a liderança, ao derrotar em casa o Mourisquense pela diferença mínima, enquanto o segundo classificado, o Gafanha, foi a Avanca golear a equipa da casa.
Com a derrota do Alba em Castelo de Paiva, o Oliveira do Bairro venceu em casa o Cucujães e isolou-se no terceiro lugar. Foi um jogo típico de final de época, com os bairradinos quase sempre dominadores, mas tiveram de suar bastante para alcançarem a vitória, que surgiu perto do final da contenda.
O Águeda, ainda com aspirações em chegar ao terceiro lugar, perdeu em casa por esclarecedores 3-0 com o Fiães e ficou mais longe desse desiderato. A quinta posição parece segura.
Num jogo de capital importância, o Famalicão perdeu em casa com o Canedo, com os visitantes a conquistarem os três pontos já no período de descontos. Com mais esta derrota, os famalicenses estão com o pé na 2.ª Divisão.
Melhor não está o Mealhada, que perdeu no terreno do Carregosense. Também na luta pela manutenção, o Milheiroense ganhou no terreno do Valonguense e ficou a respirar um pouco melhor.
2-A próxima jornada realiza-se no próximo sábado, às 15h, com o Oliveira do Bairro a jogar no terreno do Milheiroense. Os bairradinos vão jogar descontraídos, sem a pressão dos pontos, o que não acontece com o seu adversário. Isso poderá jogar a favor dos Falcões do Cértima, mas tudo dependerá de como a equipa encarar o jogo e o adversário.
O Mealhada tem uma grande final em casa na receção ao Paivense, outra das equipas na corda bamba. A equipa de Luís Simões está obrigada a vencer, outro resultado não serve. Perspetiva-se um jogo impróprio para cardíacos.
O mesmo se aplica ao Famalicão na deslocação a Esmoriz. O conjunto de João Pedro Mariz terá que ganhar e esperar por outros resultados negativos dos seus adversários. A derrota coloca a equipa de novo na 2.ª Divisão.
Em casa, o Mourisquense também terá que fazer pela vida frente ao Avanca, num jogo que não será fácil para os aguedenses.
O Águeda tentará, no terreno do Carregosense, retificar o desaire em casa frente ao Fiães, numa equipa que já deverá andar a fazer contas à vida na sua presença na final da Taça do Distrito.
O Valonguense joga na casa do Alba e não deverá ter argumentos para impedir o triunfo da formação de Albergaria-a-Velha.

II DIVISÃO

SÉRIE C. 1-Caiu o pano sobre a segunda competição mais importante do futebol distrital aveirense. O Calvão goleou em casa o Antes e garantiu o segundo lugar, indo agora disputar com Paços de Brandão e Beira Vouga um lugar de acesso à 1.ª Divisão.
O Oiã esperava um milagre do Antes, não foi possível, mas fez a sua obrigação, que foi ganhar no terreno do Ribeira/Azenha.
O Fermentelos terminou o campeonato com mais uma goleada na Mamarrosa e fica uma semana sem jogar. Depois, dia 24, mede forças com a Ovarense, no seu primeiro jogo na discussão do título de campeão distrital. A outra equipa é o União de Lamas.
Num jogo bem disputado, a LAAC levou a melhor sobre o Águas Boas e ficou em quarto lugar. Segue-se o Luso, que venceu em casa o Sosense pela margem mínima. Com a vitória em Couvelha, o Aguinense termina o campeonato na sexta posição.
Chuva de golos (7) no Carqueijo, com a equipa da casa a vencer o Paredes do Bairro. Em casa, o Vila Nova de Monsarros despediu-se da competição com uma derrota diante do CRAC.
Agora, o tempo será de balanço e de preparar o futuro. Esperamos por todos na próxima época.

Posted in Desporto, Tribuna de Honra Comentários

Anadia despede-se dos seus adeptos com uma vitória e apanha Cinfães

Assegurada a manutenção na jornada anterior, o Anadia voltou à casa de partida onde, ao longo da época, não teve grandes razões para festejar. Só com uma vitória nesta fase no seu terreno, os Trevos, no último jogo da temporada em casa, decidiram as contas na primeira parte, ao marcarem três golos que se revelaram determinantes para a conquista dos três pontos. Com a derrota do Cinfães, o Anadia apanhou na liderança o seu adversário, ambos com 35 pontos. O Bustelo, que jogava cartada decisiva na luta pela manutenção, reduziu perto do final e, com a derrota, disse adeus ao Campeonato Nacional de Seniores. É a primeira equipa filiada na Associação de Futebol de Aveiro que desce. Na luta pela salvação estão ainda Espinho e Estarreja, com as duas equipas a defrontarem-se na casa do segundo, na última jornada. Duelo de titãs vai ser também o Lourosa – Grijó, com os nortenhos em zona de descida. O primeiro poderá precisar de um ponto.
Na Série E, tal como se previa, face à posição do seu opositor, que já desceu aos distritais, o Pampilhosa foi ganhar ao Manteigas, numa série onde o Carapinheirense também já desceu, próximo adversário dos ferroviários. O Pampilhosa continua na liderança com mais dois pontos do que o Sourense.
2-Por força da final da Taça de Portugal, no próximo domingo, a última jornada do campeonato realiza-se dia 24, véspera das eleições europeias. O Anadia joga na casa do Lusitano de Vildemoinhos, numa ronda em que haverá ainda muita coisa em jogo pela manutenção.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Vida difícil pela manutenção. Oiã mais longe do playoff de subida de divisão

Depois de seis jogos fora de casa sem vencer, o Oliveira do Bairro ganhou pela primeira vez nesta segunda volta, no terreno do Mourisquense. Não foi um jogo nada fácil, decidido perto do final, pois os aguedenses, ávidos de pontos, defenderam com grande galhardia e quase levaram a água ao seu moinho, numa jornada em que o Gafanha encurtou para um ponto a vantagem da Sanjoanense na liderança.
Foi uma semana em cheio para o Águeda. No primeiro de Maio, eliminou o Alba da Taça do Distrito e vai jogar a final contra o Esmoriz. Este domingo, a equipa de Augusto Semedo foi baralhar as contas do Mealhada pela manutenção, ao vencer no reduto mealhadense que, com este desaire, baixou de novo para a zona de descida.
Muito perto da descida está o Famalicão, que voltou a perder, desta vez no terreno do Fiães. Vida muito complicada para os bairradinos, quando faltam quatro jornadas para o final do campeonato.
Quem já desceu foi o Valonguense, tendo sofrido em Cucujães a 24.ª derrota da época.
2-O Cucujães é o próximo adversário do Oliveira do Bairro. Os Falcões, única equipa que ainda não perdeu em casa, têm tudo a seu favor para não darem qualquer tipo de veleidades a um adversário com a corda na garganta, por via de uma possível descida.
Interessante será o Águeda – Fiães, duas equipas que sabem jogar futebol. Prevê-se um jogo equilibrado, que poderá ser decidido nos pormenores.
Em casa, o Famalicão joga cartada importante nas contas pela manutenção, frente ao Canedo. Em caso de derrota, esse objetivo será uma miragem.
O Mealhada joga no reduto do Carregosense na esperança de não vir com as mãos a abanar, pois sabe que a sua situação não lhe é favorável na luta pela permanência.
O Mourisquense terá uma tarefa bastante complicada na deslocação ao líder Sanjoanense. Por certo irá utilizar a mesma estratégia no jogo com o Oliveira do Bairro, que passa por fechar todos os caminhos para a sua baliza.
Em casa, o Valonguense joga para cumprir calendário, o mesmo não sucede ao seu adversário, o Milheiroense, que luta para não descer. Algum favoritismo para os forasteiros.

II DIVISÃO

SÉRIE C. 1-Num jogo em que estava obrigado a não perder (o empate poderia ser suficiente), o Oiã, em casa, deitou quase tudo a perder na luta pelo playoff de melhor segundo classificado da série, ao ser derrotado pelo Calvão. A uma jornada do fim, os vaguenses têm um ponto de vantagem sobre o Oiã e só uma hecatombe é que perderá o 2.º lugar.
A LAAC, que venceu no terreno do Aguinense, também entrou na luta, pois tem menos dois pontos. Para que tal aconteceça, Calvão e Oiã terão que perder.
Em casa, na festa da consagração da subida, o Fermentelos voltou a não ter contemplações com o seu adversário e deu 7-1 ao Luso.
O Águas Boas perdeu excelente oportunidade para se isolar no 6.º lugar, após o empate caseiro diante do Carqueijo. Quem está próximo dessa posição é o Ribeira/Azenha, que está a um ponto, depois do triunfo no terreno do Sosense.
Paredes do Bairro e Mamarrosa dividiram os pontos; o Antes levou a melhor sobre o VN Monsarros. O fator casa prevaleceu, com o CRAC a golear o Couvelha.
2-Para a última jornada, o ponto de interesse é saber quem fica no 2.º lugar. O Calvão joga em casa com o último classificado, o Antes, e tem tudo para atingir o playoff. O Oiã joga na Azenha, num jogo que não se perspetiva fácil para o conjunto de Mico.
A LAAC ainda sonha, tem que ganhar ao Águas Boas e esperar que os seus adversários não pontuem. O Fermentelos joga na Mamarrosa em mais um jogo de festa e talvez mais uma vitória.
No Couvelha – Aguinense, prevê-se um jogo equilibrado. O Luso é favorito na receção ao Sosense.
Em casa, VN Monsarros e Carqueijo, frente a CRAC e Paredes do Bairro, respetivamente, pretendem fechar o campeonato com um resultado positivo. Será que os seus adversários estarão pelos ajustes?

Posted in Desporto, Tribuna de Honra Comentários

Pergunta da semana

Vai a algum festival de verão este ano?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com