Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Atletismo

Carla Martinho e Hugo Ramalho vice-campeões nacionais

No sábado à tarde, a ADERCUS participou no campeonato nacional de 10.000m, que decorreu na Maia, prova na qual também foi disputado o troféu ibérico. Carla Martinho integrou a seleção nacional e foi a 2.ª melhor portuguesa, com um recorde pessoal por larga margem, fixado agora em 33min38,93seg. Os restantes atletas da equipa de Oliveira do Bairro também estiveram em grande plano, tendo batido as suas melhores marcas, com destaque para Cristiana Valente, que venceu destacada a série B, valendo-lhe o 6.º lugar do campeonato nacional, com 35min28,89seg. Débora Santos foi a 10.ª, com 37min18,80seg. e Hugo Ramalho sagrou-se vice-campeão nacional Master do escalão M35, com 33min29,28seg.
Em Aveiro, também no sábado à tarde, disputou-se na pista da Universidade o “Km Jovem distrital” e provas de torneio. Nos 1.000m do “Quilómetro Jovem” as primeiras atletas a entrarem em ação foram as infantis femininas, prova na qual Jéssica Saraiva foi a 15.ª classificada, com a marca de 3min51,72seg e Sara Jesus 17.ª, 4min02,41seg. Seguiu-se Fábio Simões na corrida de iniciados, tendo sido 4.º, com 3min02,33seg. Nos juvenis femininos, Beatriz Rodrigues foi a vencedora, tendo batido o seu recorde pessoal, com a marca de 2min59,26seg e Vanessa Fonseca também a acompanhou ao pódio, no 2.º lugar, com 3min22,50seg. Na corrida masculina, João Claro foi o 11.º, com 3min09,16seg. Catarina Rodrigues também melhorou a sua marca pessoal, com 3m10,18seg, tendo vencido igualmente a corrida para juniores e seniores.
Nas provas de torneio de preparação, o iniciado masculino Carlos Claro foi o vencedor dos 300m, com a marca de 37,83seg, que lhe valeu o mínimo de participação no campeonato nacional de juvenis. Sofia Almeida, do escalão de iniciados, também ficou muito próximo do mínimo de participação no nacional de juvenis, tendo vencido a mesma distância em 45,34seg.
No domingo de manhã, Joana Nunes foi a 2.ª classificada da meia-maratona de Belmonte, com a marca de 1h23min, superada por Clarisse Cruz (SC Salgueiros), que realizou 1h20min.

Posted in Atletismo, Desporto0 Comentários

ADERCUS em grande no 12.º Corta-Mato Cidade de Oliveira do Bairro

Carla Martinho, atleta da ADERCUS – Associação Desportiva Recreativa e Cultural da Serena, e Bruno Henriques, da JOBRA, sagraram-se campeões distritais absolutos de Corta-mato Curto, ao vencerem as provas rainha do campeonato que integrou a 12.ª edição do “Corta-Mato Cidade de Oliveira do Bairro, organizado pela ADERCUS, que se realizou no domingo no Parque dos Pinheiros Mansos, em Oliveira do Bairro.
Carla Martinho, atleta da ADERCUS, voltou a dar provas que se encontra num excecional momento da sua carreira, tendo liderado a corrida desde a sua partida, cortando a meta com uma distância considerável da segunda classificada, Cristina Valente, também da ADERCUS e da terceira classificada, Rute Simões, do GRECAS. Há menos de um mês, Carla Martinho também venceu, destacada, o Grande Prémio de Atletismo da ADREP e em dezembro ganhou a meia maratona internacional de Macau.
Já a corrida masculino foi mais disputada, com algumas variações de lugar, mas Bruno Henriques acabaria por liderar e vencer.
A equipa da ADREP, da Palhaça revalidou o título de campeã distrital de corta-mato, alcançado já em 2015, pela sua equipa de iniciadas. Classificação para a qual muito contribuíram Mariana Ferreira e Luísa Pereira, atletas que alcançaram, desde cedo, a liderança da competição e lutaram pela vitória até à linha de meta. Mariana Ferreira viria a conquistar a medalha de prata e Luísa Pereira a de bronze, ambas a escassos segundos da vencedora. A vitória coletiva da ADREP seria fechada com o 9.º posto de Gabriela Martins.
A ADREP subiu novamente ao pódio, por intermédio de Max Taranov, que se sagrou vice-campeão distrital no escalão de infantis masculinos.
Condições de excelência. António Mota, presidente da ADERCUS, no final da prova era um homem contente, não só pela prestação dos seus atletas, mas, sobretudo, pelas “excelentes condições que foram proporcionadas aos atletas, tanto no circuito em si, como pelas estruturas de apoio. Não nos podemos esquecer que temos mesmo aqui ao lado todas as infraestruturas do nosso complexo desportivo”. “Estão reunidas as condições para que no próximo ano possamos regressar com a 13.ª edição do Corta-Mato Cidade de Oliveira do Bairro”, afirmou António Mota, sublinhando que “fomos brindados com umas magníficas condições atmosféricas”, já que “o piso estava excelente e não choveu durante toda a prova”. “Este local já é considerado como um dos melhores para a realização deste tipo de provas”, reforçou este dirigente desportivo.
Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Atletismo, Desporto, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Carla Martinho venceu em Macau

Carla Martinho, atleta da ADERCUS, ganhou este domingo a Meia-maratona Internacional de Macau, prova em que participou integrando uma delegação convidada pela Federação Portuguesa de Atletismo.
Os quatro primeiros lugares foram conquistados por atletas de países lusófonos e Carla Martinho fez o percurso em 1h18min56seg, tendo cruzado a meta à frente da cabo-verdiana Crisolita Silva, da são-tomense Djamila Tavares e da timorense Natércia Maia.
Em declarações à comunicação social, a atleta disse que tinha expetativa de ficar entre as três primeiras, mas que não estava à espera de ganhar e que o tempo que fez ficou dentro do que tinha perspetivado, abaixo de uma hora e vinte minutos, atendendo ao percurso e ao clima de Macau. Esta vitória foi uma das mais importantes da longa carreira da atleta do concelho de Oliveira do Bairro, culminando uma série de excelentes prestações, com vitórias alcançadas em Aveiro, Vagos, Travanca e Santa Maria da Feira, às quais se junta um conjunto de marcas de grande valia em provas de meia-maratona, relembrando-se Coimbra, com 1h16min45seg, no Porto, 1h16min03seg, tendo estabelecido o seu recorde pessoal em Ovar, com 1h15min11seg.
Na Murtosa, Ana Catarina Rodrigues foi a vencedora do escalão de juniores dos 10.000m do 2.º Grande Prémio, enquanto a sua irmã Beatriz Rodrigues foi a 2.ª classificada nas juvenis. Gil Ferreira foi outro atleta que teve honras de pódio, tendo sido o 3.º classificado nos Veteranos M40. Também no 3.º lugar foi classificada a equipa de iniciados masculinos e Joana Nunes, a regressar da recuperação, após a maratona do Porto, também obteve um honroso 7.º lugar.
Quanto às outras prestações por escalão, nos benjamins femininos, Sara Jesus foi a 8.ª classificada e Gabriela Cruz 18.ª; nos iniciados masculinos, Cláudio Pereira foi o 8.º, João Claro 28.º e Carlos Claro 31.º; em juvenis femininos, Vanessa Fonseca 8.ª; nos Veteranos M40, Paulo Ferreira 15.º; nos Veteranos M45, José Oliveira 10.º; e nos Veteranos M50, Paulo Miguel 8.º e Rodrigo Nunes 15.º.

Posted in Atletismo, Desporto0 Comentários

ADERCUS alcança 3.º lugar no Nacional de Cross longo

O parque da zona norte da cidade de Almeirim foi palco do Campeonato Nacional de Corta-mato, disputado no domingo de manhã, no qual estiveram em disputa os títulos para os escalões de juvenis, juniores e da versão longa para seniores.
Entre os mais jovens, a juvenil Beatriz Rodrigues, atleta ainda de primeira época do escalão, esteve desde o início na luta por um dos lugares no top-10, tendo cortado a meta no 6.º lugar. Salomé Sousa também se estreou em campeonatos nacionais, tendo concluído a corrida de 4.000m no 40.º lugar.
A participação mais marcada da ADERCUS estava reservada para a disputa do troféu nacional da vertente longa do corta-mato, de 8.000m para o setor feminino, no qual voltou a alcançar mais um lugar no pódio, ao lado das formações do Sport Lisboa e Benfica, equipa campeã, e do Sporting Clube de Portugal, 2.ª classificada.
Para o 3.º lugar da ADERCUS pontuaram Carla Martinho, que foi a 12.ª classificada, Elisabete Azevedo, 13.ª, Débora Santos, 21.ª e Joana Nunes, 23.ª. Integraram também a equipa Sara Carvalho, 24.ª e Mónica Simões, 26.ª.
Com mais um lugar de pódio conquistado pela formação de Oliveira do Bairro fica alcançado praticamente o “pleno” em campeonatos nacionais disputados esta época, nomeadamente, o 3.º lugar no campeonato nacional de estrada, na Maia, a 11 de janeiro, e o 2.º lugar no campeonato nacional de corta-mato curto, na Guarda, a 7 de março. Está agora em dúvida a participação no campeonato nacional de corrida de montanha, face ao grande encargo financeiro que importa a deslocação da equipa, no qual a ADERCUS foi campeã em 2014, e que este ano se irá disputar na Ilha da Madeira, no dia 10 de maio.

Posted in Atletismo, Desporto0 Comentários

ADREP garante final do Campeonato Nacional de Clubes

A ADREP apurou-se para a final do Campeonato Nacional de Clubes, classificando-se em 14.º lugar entre as cerca de 40 equipas femininas envolvidas na fase de apuramento. Com diversas prestações de excelência, a compensarem algumas baixas de última hora, as atletas que alinharam pela equipa da Palhaça estiveram quase sempre entre as melhores, e só assim garantiram a presença na final da principal competição coletiva do calendário da FPA.
Perante uma das mais competitivas fases de apuramento dos últimos anos, que ditou a eliminação de algumas das equipas habituadas a patamares cimeiros, a ADREP não vacilou e voltou a garantir presença na final pelo quinto ano consecutivo.
Um processo que chegou a parecer comprometido, com baixas de última hora, por lesão, e alguns reforços aquém das expectativas, que levaram a que a equipa palhacense não pontuasse em seis das catorze provas em disputa.
A final viria no entanto a ser assegurada de forma notável, com surpreendentes prestações de algumas das mais jovens atletas, que se agigantaram entre as principais figuras do atletismo nacional, em claras demonstrações de superação.
Neste particular, esteve em grande destaque Márcia Cardoso, que brilhou de forma assinalável, garantindo por si só quase um terço dos 185 pontos conquistados pela sua equipa formada por oito atletas. Numa só tarde, a velocista da ADREP foi 4.ª, nos 200m, 5.ª, nos 400m, e ainda integrou a estafeta que foi 8.ª, nos 4x400m. Em todos os casos, só foi superada por atletas representantes das equipas candidatas ao pódio nacional.
Habituada a superar-se nos grandes momentos, a jovem fundista Carla Reis, júnior de 1.º ano, foi outras das protagonistas, arrancando a 10.ª melhor marca, nos 800m, com 2m23s. Nove segundos melhor do que fizera uma semana antes, no Distrital de Seniores, para depois correr ainda o seu percurso, da estafeta de 4x400m, em impressionantes 61 segundos.
A ADREP voltava a surgir no top-10, nos 3000m marcha, através de uma prestação notável da veterana Sandra Leitão, que garantiu o 8.º melhor tempo da geral, com 15m35s, retirando quase meio minuto (!) à sua melhor marca da temporada.
Entre as atletas que reforçaram a equipa da Palhaça para esta temporada, surgiram mais duas prestações de grande nível. Filipa Silva, no triplo salto, conseguiu 10,72m, no derradeiro ensaio, e garantiu também um lugar (9.º) entre as melhores. A júnior de 1.º ano, Catarina Alves, por sua vez, garantiu o 13.º lugar, com um notável recorde pessoal, no lançamento do peso, de 10,08m, quase um metro e meio acima do seu melhor desta temporada.
A recuperar de lesão, distante da forma que a notabilizou na temporada passada, Erica Gomes pontuou com o 14.º melhor registo no salto em altura, com 1,45m, acabando por ficar aquém do exigido no salto em comprimento, com 4,53m.
O mesmo aconteceria com Daniela Lopes, que não conseguiu pontuar nas suas provas individuais: 1500 e 60m, acabando, no entanto, por revelar-se bastante útil na boa campanha da ADREP na corrida de 4x400m. E foi justamente na prova de estafeta, no encerramento da jornada, que se estreou Océane Conceição, juvenil de 1.º ano, ao mais alto nível do atletismo nacional, com um positivo contributo.

Posted in Atletismo, Desporto0 Comentários

ADERCUS campeã distrital de estrada em Ílhavo

A cidade de Ílhavo foi palco, no domingo de manhã, do 32.º Grande Prémio de Atletismo “Os Ílhavos”, que acolheu a disputa do campeonato distrital de estrada da Associação de Atletismo de Aveiro.
A ADERCUS esteve presente e fez o pleno no pódio do distrital feminino, juntando a vitória individual à coletiva, e com vários atletas presentes no pódio do Grande Prémio.
O evento teve início com a corrida de iniciados femininos e masculinos, na qual Beatriz Rodrigues foi a vencedora destacada, liderando a equipa que seria vencedora, com o contributo também de Salomé Sousa, 6.ª classificada, e de Vanessa Fonseca, 8.ª. Miguel Matos foi o 7.º masculino.
Seguiram-se os infantis e mais duas vitórias, uma individual, de Sofia Almeida, e outra coletiva, com o somatório das classificações de Jéssica Inês, 6.ª, e Catarina Pardal, 7.ª. Em bom plano estiveram também Maria Francisco, 9.ª, e Érica Matos, 14.ª.
Na corrida de juniores, seniores e veteranos femininos, esteve em disputa o campeonato distrital. A equipa de atletismo da Serena, de Oliveira do Bairro, teve apenas Sara Pinho (Sporting Clube de Portugal) como opositora direta e que viria mesmo a ser a vencedora da corrida. Seguiu-se Carla Martinho, que revalidou o título distrital, e foi a 2.ª classificada do Grande Prémio. No pódio do distrital, Carla Martinho foi ladeada por Sara Carvalho, 2.ª, e Elisabete Azevedo, 3.ª. Joana Nunes foi a 4.ª e Débora Santos fechou a equipa no 5.º lugar, que se sagrou campeã distrital, com o pleno de pontuação. Seguiram-se ainda Mónica Simões no 8.º lugar e Ana Rodrigues que foi a 4.ª Sub-23.

Posted in Atletismo, Desporto0 Comentários

ADREP vice-campeã distrital de juvenis

A ADREP sagrou-se vice-campeã distrital de juvenis, no passado fim de semana, na pista de Aveiro. A equipa da Palhaça garantiu oito pódios individuais, nas mais diversas disciplinas, e foi a segunda equipa mais pontuada na classificação coletiva do setor feminino.
Foi justamente a vertente feminina que mais distinguiu a ADREP, numa competição que reuniu os melhores atletas, iniciados e juvenis do distrito.
Do ponto de vista individual, realce para a prestação de Océane Conceição, que garantiu dois títulos, nas duas provas em que participou. No sábado, sagrou-se campeã distrital, nos 300m, com 45.24. Já no domingo, voltou à pista para se sagrar vice-campeã, nos 200m, com 28.81.
Também nas corridas, nota para outras duas medalhas, conseguidas por atletas da ADREP. Nos 300m, a iniciada Micaela Nascimento conquistou o bronze, com 49.79, enquanto nos 1500m, Luísa Pereira, também ela iniciada, voltou a mostrar-se em bom plano, ao sagrar-se vice-campeã distrital de juvenis, com promissores 5m28s.
Nos concursos, destaque desde logo para Mafalda Rodrigues, atleta iniciada, que conquistou a medalha de prata, no salto em comprimento, com 4,74m. Já no lançamento do peso, foi Ruslana Savchuk a levar novamente a ADREP para o pódio, ao conquistar o bronze, com 8,72m. Um novo recorde pessoal.
No setor masculino surgiram as outras medalhas, através do iniciado, João Pinto. Neste particular, realce para a prestação deste atleta nos 60m barreiras, que lhe valeu o título de vice-campeão distrital, com a marca de 9.22 (mínimos para o Nacional de Juvenis). O atleta esteve ainda no pódio nos 200m, ao ser 3.º classificado, com 25.97.
Fora das medalhas, mas com prestações positivas, estiveram outros jovens atletas palhacenses. Miguel Vieira foi 4º classificado nos 1500m, com um novo recorde pessoal de 4m26s, bem como para João Pedro, ainda iniciado, que foi 5.º e 6.º nos 800 e 1500m, respetivamente, com 2m14s e 4m32s. O setor masculino testemunhou ainda a estreia competitiva de Leandro Ramos, que esteve em maior evidência nos 60m, ao ser 8.º classificado, com 8.17.
Já no setor feminino, entre as atletas não medalhadas, houve igualmente prestações positivas, todas elas no escalão de iniciadas. Nota para Juliana Vieira, que teve o seu melhor desempenho no salto em comprimento, ao ser 5.ª com 4,34m. Adriana Caldeira e Mariana Duarte foram 9.ª e 13.ª nos 800m, a primeira das quais, com um novo máximo pessoal, de 2m49s. Já nos 1500m, esteve Andreia Cardoso, classificada em 11.º lugar, com 6m20s.
A ADREP fez-se ainda representar na prova extra de 1500m, destinada a juniores, seniores e veteranos. Ruben Reis, em 4.º lugar, foi o melhor palhacense, com 4m23s. Seguiram-se Mário Amorim (7.º/ 4m40s), Telmo Nascimento (9.º/ 4m43s) e Alberto Fonte (13.º/ 4m55s).

Posted in Atletismo, Desporto0 Comentários

ADREP em bom plano na final do Nacional de Clubes

A ADREP participou de forma digna, no passado fim de semana, na final do campeonato nacional de clubes (2.ª Divisão), em Pombal. A equipa da Palhaça conseguiu mesmo três vitórias individuais, tantas quanto a formação vencedora (Maia AC), acabando por se classificar no 7.º lugar da geral, fortemente condicionada pela falta de especialistas na área dos saltos.
Com uma equipa muito jovem, 100 por cento composta por atletas provenientes da sua formação, a equipa da Palhaça esteve em grande plano na final da principal competição coletiva do atletismo português. Ao final da primeira de duas jornadas, até estava em 4.º lugar, com 30 pontos, a apenas a 1 ponto do pódio.
A grande protagonista voltou a ser a velocista Márcia Cardoso, que começou por vencer, no sábado, os 400m com 57,59 segundos. Quase 4 segundos mais rápida do que a 2.ª classificada. Já no domingo, a atleta da ADREP fez mesmo a dobradinha, com novo triunfo, desta feita nos 200m, com 25,55 segundos. Um novo recorde do distrito de Aveiro, de Sub-23, em pista coberta, que foi uma das melhores marcas da jornada, mesmo entre as atletas da 1.ª Divisão.
Outra grande figura foi a marchadora Sandra Leitão, que representou da melhor forma a sua equipa, com a vitória nos 3000m marcha.
Nas corridas de meio fundo, esteve em bom plano Carla Reis, atleta apenas juvenil, que conseguiu o 3.º lugar nos 1500m, com novo recorde pessoal (5’00), e ainda o 4.º lugar na disputadíssima prova de 800m, tendo ficado a pouco mais de meio segundo da vencedora.
Nota ainda para a prestação de Soraia Ruas, que voltou a melhorar no lançamento do peso, com 10,76m, registo que lhe valeu a 4.ª posição. A lançadora foi ainda adaptada ao triplo salto, prova na qual terminou em 7.º lugar.
A ADREP esteve também representada, neste campeonato, pelas seguintes atletas: Daniela Urbano, 7.ª e 8.ª, nos 60m e 60m planos; Sara Barreto, 7.ª nos 3000m; Elisama Silva, 8.ª no comprimento; e Sara Vaz, que integrou a estafeta de 4x400m.

Posted in Atletismo, Desporto0 Comentários

ADERCUS na Gala da Associação de Atletismo de Aveiro

A Gala anual da Associação de Atletismo de Aveiro (AAA) decorreu no sábado à tarde, no Centro de Congressos de Aveiro, na qual a ADERCUS recebeu cinco distinções.
O evento reuniu na mesa de honra os presidentes da Federação Portuguesa de Atletismo, Câmara Municipal de Aveiro, da mesa da assembleia da AAA, da direção da AAA e outros representantes autárquicos de Aveiro, Vagos, Oliveira do Bairro e Santa Maria da Feira.
No uso da palavra, Jorge Vieira, atual presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, realçou a quantidade de agentes que a AAA consegue mobilizar para todas as reuniões nas quais tem estado presente, que na sua opinião espelha a força do dinamismo que se vive na modalidade no nosso distrito e a quantidade de resultados alcançados que merecem distinção espelha o excelente trabalho que os clubes têm desenvolvido.
Ribau Esteves, presidente da Câmara Municipal de Aveiro, destacou que em tempos de crise, onde se fala de tantas coisas negativas, é extremamente salutar que se destaquem êxitos, porque o povo português pode-se orgulhar desde sempre de grandes feitos e, em particular, o atletismo aveirense tem produzido um conjunto de resultados a nível nacional e internacional, dos quais nos devemos orgulhar.
Quanto aos prémios recebidos pela equipa de atletismo da Serena de Oliveira do Bairro, a primeira atleta distinguida foi Sofia Almeida, como a melhor do escalão de Benjamins. Seguiu-se Beatriz Rodrigues, como a melhor Iniciada, Sara Carvalho foi reconhecida como atleta Internacional Sénior, e Carla Martinho recebeu a distinção de atleta campeã nacional Veterana de corta-mato. António Mota, na qualidade de presidente da Direção da ADERCUS, recebeu o prémio de equipa campeã nacional sénior feminina de corrida de montanha.

Posted in Atletismo, Desporto0 Comentários

ADREP domina Quilómetro Jovem Distrital

A ADREP dominou, de forma clara, a edição 2013 do Km Jovem Distrital. A principal competição distrital, em pista, para os escalões formação, que desta vez teve como palco a novíssima pista de Vagos, no sábado, 27 de abril. Individualmente, a equipa da Palhaça esteve representada em três dos seis pódios em disputa. E, coletivamente, foi a única equipa distinguida nos dois setores: masculino (1.º) e feminino (2.º).

Numa manifesta demonstração da sua atual profundidade, a ADREP garantiu pódios nas três categorias em disputa. Em infantis, João Pedro foi protagonista, ao conquistar o lugar mais alto do pódio, em 3m10s. O jovem atleta “palhacense” liderou a prova do início ao fim, mas marcou a diferença com um ataque determinado, à entrada da última volta, que deixou para trás toda a concorrência.

Outra medalha de ouro, para a ADREP, foi garantida em juvenis femininos. Depois de resistir a várias ameaças, que foram partindo das suas concorrentes, Carla Reis manteve-se sempre na frente, de uma corrida extremamente tática, e respondeu, à entrada da reta da meta, com uma ponta final determinada que lhe valeu a vitória.

Já em iniciados masculinos, José Barbosa esteve próximo de conquistar também ele a medalha de ouro, depois de travar ao sprint uma luta cerrada com o seu mais forte opositor, acabando por ser o segundo mais rápido a cortar a meta.

Estes feitos contribuíram de forma determinante para o domínio coletivo da ADREP, nesta competição. No sector masculino, a equipa da Palhaça alcançou mesmo a vitória, fruto das pontuações de João Pedro (1º, infantil), José Barbosa (2º, iniciado) e Telmo Nascimento (8º, juvenil). Enquanto no sector feminino, a ADREP foi a segunda melhor equipa, ficando com o lugar de prata, com os contributos de Luísa Pereira (4ª, infantil), Océane Conceição (7ª, iniciada) e Carla Reis (1ª, juvenil).

A competição em si ficou fortemente marcada, pela negativa, pelo vento intenso que se fez sentir. Um aspeto que afetou, de forma determinante, as marcas finais de todos os atletas. A ADREP foi claramente a melhor equipa do distrito, no geral dos dois sectores (masculino e feminino), mas dificilmente poderá competir, ao nível dos registos finais, com equipas da maioria dos outros distritos, que disputaram as suas fases distritais um fim de semana antes, com condições climatéricas claramente mais favoráveis.

Quarteto medalhado no Olímpico Jovem das Beiras

No feriado de 25 de Abril, os mais jovens atletas da ADREP também brilharam na Seleção de Aveiro que disputou, em Seia, o Olímpico Jovem das Beiras. João Pedro, entre infantis, conquistou a medalha de bronze nos 1000m, com um novo recorde pessoal (3m00s).

Precisamente o mesmo metal garantido pela iniciada, Elisama Silva, 3.ª classificada no lançamento do disco.

Ainda medalhadas, foram as infantis Mafalda Rodrigues e Micaela Nascimento, ambas integradas na estafeta aveirense que foi a 2.ª mais rápida, dos 4x60m. As duas atletas bateram ainda os respetivos recordes pessoais, na corrida individual de 60m, ambas com 8s92.

Posted in Atletismo, Desporto0 Comentários

SFImobiliaria

Blogues recomendados


Cagido

"DE MÃO EM MÃO!"
   “De mão em mão!” é um projeto promovido pela Câmara Municipal de Anadia, …


Notícias de Bustos

A. C.Arrais – Portugal na Eurocopa – 2016 (O orgulho de ser Português). MARÉ ALTA – 12.07.2016
                                                        Foi um final emocio …


Portal de Nariz

RECORTES do QUOTIDIANO – A nova etapa do Portal de Nariz
RECORTES do QUOTIDIANOPara uma Imensa Minoria… by BASTIÃO

Pergunta da semana

É assinante do Jornal da Bairrada?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com