Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | GP ABIMOTA

Sérgio Ribeiro vence 34.º GP ABIMOTA – Região de Aveiro

Sérgio Ribeiro, da equipa Louletano – Dunas Douradas, inscreveu pela primeira vez o seu nome na lista dos vencedores do Grande Prémio ABIMOTA, tendo ganho a 34.ª edição.
O ciclista da formação algarvia ficou em 2.º lugar na última etapa, que ligou Oliveira do Bairro a Estarreja, etapa que foi ganha por Filipe Cardoso, da equipa Efapel.
A etapa, na distância de 178,2Kms, resume-se em grande parte à fuga de 13 ciclistas à entrada para a vila de Sangalhos. Este grupo de fugitivos andou isolado até à passagem por Sever do Vouga. Depois de outras tentativas goradas, o pelotão rolou compacto até cerca de 46Kms da meta, com uma chegada ao sprint.
Ao longo da etapa foi notória a presença de muito público, sobretudo na região da Bairrada.
A LA – Antarte venceu coletivamente; César Fonte (EFG) foi o grande vencedor do prémio da montanha, ele que venceu na única contagem do dia, no Alto de Decide. Jorge Montenegro (LDD) venceu a geral dos pontos e nas metas volantes António Carvalho (LAR). Nas metas Autarquias, o vencedor foi Bruno Silva (LAR), nas metas Bolinhas Márcio Barbosa (LAR) e na Juventude Daniel Freitas (Anicolor).
Na edição impressa da próxima quinta-feira, dia 13, leia na íntegra todos os detalhes de mais uma edição do Grande Prémio ABIMOTA que, mais uma vez, se saldou por um grande sucesso.

Manuel Zappa
Luís Ferreira

Posted in Ciclismo, Desporto, GP ABIMOTA Comentários

Hugo Sabido ganha em Viana. Sérgio Ribeiro continua de amarelo

Com uma chegada ao sprint, Hugo Sabido, da LA Antarte, venceu a 2ª etapa do 34.º Grande Prémio ABIMOTA – Região de Aveiro, que ligou Vila Nova de Cerveira a Viana do Castelo. Sérgio Ribeiro (Louletano) manteve a camisola amarela, partindo para a última etapa, amanhã, entre Oliveira do Bairro e Estarreja, com mais 4 segundos do seu colega de equipa Jorge Montenegro.
Os 100 ciclistas que partiram da vila minhota percorreram cerca de 200 quilómetros e, tal como se previa, foi uma etapa fantástica, ao nível das melhores do ciclismo português e mundial. A etapa teve todos os ingredientes. Curvas e contra curvas, subidas e descidas, estradas estreitas e de empedrado, nevoeiro na subida à serra do Gerês e muita emoção, o que fez mossa no pelotão, com várias desistências no final da etapa. Ao quilónmetro 50, 11 ciclistas ganharam dianteira ao pelotão. Foram vários os quilómetros que este grupo deu nas vistas, com o pelotão a ficar fracionado. Alguns abdicaram, ou por força da dificuldade da etapa, ou por estratégia. Depois, apenas sete ciclitas tentaram a sua sorte, tendo tido uma vantagem de cerca de três minutos, anulada a 15 quilómetros da meta. No referido grupo, a equipa do Louletano fez um grande trabalho na segunrança ao seu camisola amarela, mas foi a Efapel que mais tentou. A glória final acabou por premiar Hugo Sabido, tal como César Fonte, que venceu três das quatro metas de montanha.
Amanhã, feriado de 10 de junho, corre-se a última etapa entre Oliveira do Bairro e Estarreja (178,2Kms), com início em frente à Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, às 11h55.

Manuel Zappa
Luís Ferreira

Classificações. Etapa individual. Hugo Sabido (LAR) – 5:03.23. 2.º, Jorge Montenegro (LDD), a 1s. 3.º, Bruno Sancho (PRT) – mt

Geral Individual. 1.º, Sérgio Ribeiro (LDD) – 8h25:44
2.º. Jorge Montenegro (LDD) – 4s
3.º, Samuel Caldeira (OFM) – mt

Geral equipas. 1.º, EFapel – 25h:17.42

Geral Pontos. 1.º, Jorge Montenegro (LDD) – 34

Geral Montanha – César Fonte (EFG) – 22 pontos

Metas Volantes. 1.º, António Menacho (LDD) – 5 pontos

Geral Autarquias. 1.º, Sandro Pinto (EFG) – 5 pontos

Juventude. 1.º, Daniel Freitas (Anicolor)

Mota Bolinhas. 1.º, Bruno Silva (LAR)

Posted in Ciclismo, Desporto, GP ABIMOTA Comentários

Sérgio Ribeiro vence em Vigo

Sérgio Ribeiro é o primeiro camisola amarela da 34.ª edição do Grande Prémio ABIMOTA – Região de Aveiro, ao vencer a 1ª etapa que ligou Santiago Compostela a Vigo, na distância de 132,1Kms. O ciclista do Louletano venceu ao sprint, tendo gastado o tempo de 3:22:30, cuja média foi 39.141Kms/h.
Numa etapa marcada por alguma chuva e frio ao longo do percurso, os 112 corredores que alinharam à partida não arriscaram muito. O pelotão rolou compacto até ao quilómetro 42, altura em que Sérgio Sousa (Efapel) e Sérgio Ribeiro (Louletano) encetaram uma fuga de cerca de 20 quilómetros, que seria anulada, pois ambos abdicaram da mesma. A partir daí, surgiram mais algumas tentativas de fuga, diga-se sempre anuladas, quando estavam percorridos 100 quilómetros. Depois Valter Pereira (CARMIM – Tavira) e, pouco depois, Adrian Garrido (Rádio Popular – Onda), tentaram a sua sorte, mas o pelotão acabaria por chegar a Vigo compacto, com Sérgio Ribeiro a bater toda a concorrência ao sprint.
O ciclista da equipa algarvia parte para a 2ª etapa, amanhã, dia 9, entre Vila Nova de Cerveira – Viana do Castelo, na distância de 190.9Kms, com 4 segundos de vantagem sobre Samuel Caldeira (OFM), uma etapa que poderá decidir muita coisa neste Grande Prémio, pois para além do longo percurso, terá quatro metas de montanha.

Posted in Desporto, GP ABIMOTA Comentários

Galiza (Santiago de Compostela) recebe partida do 34ºG.P. Abimota-Região de Aveiro

A 34ª Edição do Grande Prémio ABIMOTA-Região de Aveiro foi apresentada ontem, em Ferreiros, Anadia e irá para a estrada de 8 a 10 de junho, sendo a primeira etapa entre a emblemática cidade de Santiago de Compostela e Vigo, região da Galiza com grande ligação económica e turística à Região de Aveiro, seguindo-se a segunda etapa, já em Portugal, na região minhota, com partida no Município de Vila Nova de Cerveira e chegada a Viana do Castelo, terminando o terceiro dia com o já clássico percurso pelos Municípios da Região de Aveiro.

Para João Pires, presidente da ABIMOTA esta edição “pretende mostrar que o espírito empresarial se sobrepõe a períodos de dificuldade, mantendo a nossa aposta de vincular o Grande Prémio a esta Região, tornando-o num veículo promocional de excelência e sem quebras de qualidade”. Uma aposta reiterada por Ribau Esteves, presidente do Conselho Executivo da Região de Aveiro, para quem “esta parceria institucional, que está no seu términos, com uma associação industrial nacional, provou ser motivo de união entre todos os municípios e um excelente veículo de promoção turística da região”. No protocolo foi na altura realçada a importância de associar o grande prémio de ciclismo a regiões de forte procura de exportações e turismo, algo que os vários agentes envolvidos realçam como conseguido, ligando-se mais uma vez a componente desportiva com uma acção promocional organizada pela Entidade Regional Turismo Centro de Portugal em Espanha.

Esta edição da prova apostou igualmente no reforço da sua componente internacional, contando com 15 equipas de quatro países diferentes. Às seis equipas profissionais portuguesas (escalão continental), somam-se três espanholas (BURGOS-BH, Supermercados Froiz, repetentes e a Diputacion de Leon-Arte en Transfer) e as equatoriana RPM Team Ecuador e paraguaia Start Paraguai. O pelotão, que terá cerca de 110 participantes, contará igualmente com 4 equipas de clubes portuguesas (sub-23)- (Liberty, Maia, José Maria Nicolau e Anicolor)!

Como já foi referido, a primeira etapa, a 8 de Junho, realiza-se totalmente em solo espanhol, saindo da mítica Plaza do Obradoiro, em Santiago de Compostela e com chegada a Vigo, depois de percorrer cerca de 130 quilómetros. Esta cidade recebe um evento promocional da Entidade Regional de Turismo do Centro sobre a Ria de Aveiro. As etapas de sábado e domingo, já em território nacional serão duras e um teste para os atletas presentes. Assim, no dia 09 teremos a partida em Vila Nova de Cerveira, recebendo o Minho um percurso de 190km pelo Gerês até Viana do Castelo, fim desta etapa.
O último dia é totalmente dedicado à Região de Aveiro e os quase 180km dão espaço para que, partindo de Oliveira do Bairro o pelotão percorra todos os onze Municípios da Região de Aveiro, passando ainda por Oliveira de Azeméis e Vale de Cambra, terminando em Estarreja.

Esta prova simboliza a cooperação entre o sector empresarial e Municípios, entidades privadas e públicas como o Turismo do Centro de Portugal, potenciando os esforços para manter vivo um evento como o GP Ciclismo “Abimota/Região de Aveiro” e a promoção do uso da bicicleta. O investimento financeiro e institucional que a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro e os seus onze Municípios associados fazem neste Grande Prémio de Ciclismo o reforço de uma aposta de promoção da Região e da Bicicleta.

No endereço www.grandepremioabimotaregiaodeaveiro.com e www.abimota.org estarão todas as informações sobre a prova, percursos e patrocinadores e o acompanhamento diário é efectuado em https://www.facebook.com/gpabimotaregiaodeaveiro

Apresentação das Equipas
Profissionais Portuguesas
• LA Aluminios / Antarte
• Efapel / Glassdrive
• CARMIM – Tavira
• Louletano / Dunas Douradas
• Rádio Popular / ONDA
• OFM / QUINTA DA LIXA / GOLDENTIMES

Sub23 Portuguesas
• ANICOLOR
• Liberty Seguros / Feira / KTM
• Clube de Ciclismo José Maria Nicolau
• Maia / Bicicletas Andrade

Internacionais
• RPM Team Ecuador
• Burgos BH
• Supermercados Froiz
• Start Team (Paraguai)
• Diputacion de Leon – Arte en Transfer

Posted in Ciclismo, Desporto, ETAPAS, GP ABIMOTA Comentários

Vitória para Moisés Duenas

Moisés Duenas, da equipa Supermercados Froiz, foi o grande vencedor da 33.ª edição do Grande Prémio ABIMOTA – Região de Aveiro. O espanhol, depois de ter conquistado a camisola amarela na etapa de ontem, entre Guarda e Caramulo, beneficiou da chegada ao sprint na última tirada, entre Albergaria-a-Velha e Aveiro, ganha por outro espanhol, Alejandro Marque (Carmim/Prio), para ser coroado como o vencedor de uma edição que superou todas as expectativas, quer a nível desportivo quer a nível organizativo.

Posted in Ciclismo, Desporto, GP ABIMOTA Comentários

Moisés Duenas novo camisola amarela

Moisés Duenas novo camisola amarela

Moisés Duenas, da equipa Supermercados – Froiz, venceu a 2.ª etapa do 33.º Grande Prémio ABIMOTA – Região de Aveiro, que ligou Guarda ao Caramulo. O ciclista espanhol, com este triunfo, conquistou a camisola amarela, comm mais 12 segundos de Joni Brandão (Burgos BH). Tal como se previa, foi uma etapa extremamente movimentada. Logo à saída da Guarda, três ciclistas Enrique Salgueiro (LA), José Gonçalves (Onda Boavista) e Jon Aberasturi (Orbea) animaram a corrida nos primeiros 50 kms. O trio chegou a ter 1:32 segundos de vantagem sobre o pelotão, que teve na equipa Efapel, um trabalho bastante importante, ao assumir a cabeça da corrida. A partir de Gouveia, outros ciclistas tentaram a sua sorte, mas as várias fugas foram sempre anuladas. Nos últimos 10 kms, a partir de Campo de Besteiros, com o início da subida para o Caramulo, onde a concidir com a meta final, havia uma contagem do prémio de Montanha de 1.ª categoria, houve novas tentativas de fuga, mas Moisés Duenas conseguiu ser mais rápido e ultrapassar toda a concorrência, gastando o tempo de 4:14.46. O 2.º classificado, Joni Brandão (Burgos BH), chegou a 8 segundos.
Amanhã corre-se a terceira e última etapa, numa ligação entre Albergaria-a-Velha e Aveiro, na distância de 174kms, com passagem por Águeda, Avelãs de Caminho, Sangalhos, Oliveira do Bairro, Oiã e Palhaça.

Manuel Zappa
Luís Ferreira

Posted in Ciclismo, Desporto, Destaque, ETAPAS, GP ABIMOTA Comentários

Jose Carrasco vence em Ciudad Rodrigo

Jose Carrasco vence em Ciudad Rodrigo

O espanhol da equipa Gios – Deyser Leon Kastro (Grécia) venceu, numa chegada em pelotão, a 1.ª etapa do 33.º Grande Prémio ABIMOTA – Região de Aveiro, que ligou Salamanca a Cuidad Rodrigo, na distância de 129.6Kms, à média de 41.457Kms/hora.

Na primeira hora de corrida houve, entre os 114 ciclistas que alinharam à partida, várias tentativas de fuga que foram anuladas pelo pelotão, quase sempre comandado pela equipa do LA Antarte, a partir do quilómetro 60.

Depois registaram-se novas fugas com outros intervenientes, mas o pelotão reagiu sempre bem, sendo anuladas as tentativas de Domingos Gonçalves (Onda – Boavista) e António Amorim (Efapel/Glassdrive). Mais tarde, foi a vez de Salvador Guardiola (Leon Kastro), assumir o protagonismo, mas, a 10 kms da meta, o pelotão ficou compacto, com a vitória a acontecer ao sprint, onde Jose Carrasco foi mais forte.

Nos vários pontos de interesse desta primeira etapa, Marco Cunha (Liberty Seguros), venceu a meta Bolinhas, César Fonte (Efapel/Glassdrive), a contagem do prémio de Montanha de 2.ª categoria, Aritz Bagues (Orbea) e Pablo Torres (Burgos BH) a meta volante.

Jose Carrasco parte de amarelo para a 2.ª etapa, que irá ligar Guarda ao Caramulo, na distância de 165.80 kms, que poderá decidir muita coisa deste grande prémio, visto que tem passagem pela mítica Serra da Estrela.

Manuel Zappa

Luís Ferreira

Posted in Ciclismo, Desporto, Destaque, ETAPAS, GP ABIMOTA Comentários

Etapas do 33.º Prémio Abimota

A 33ª edição do Grande Prémio Abimota – Região de Aveiro em bicicleta, realiza-se entre 8 e 10 de junho e começará, pela primeira vez, em Espanha, em Salamanca, percorrendo todo o eixo da A25. Conheça as etapas do Grande Prémio Abimota.






Posted in Ciclismo, ETAPAS, GP ABIMOTAComentários desligados

Grande Prémio Abimota – Região de Aveiro começa este ano em Espanha

Grande Prémio Abimota – Região de Aveiro começa este ano em Espanha

A 33ª edição do Grande Prémio Abimota – Região de Aveiro em bicicleta, realiza-se entre 8 e 10 de junho e começará, pela primeira vez, em Espanha, em Salamanca, percorrendo todo o eixo da A25.

A competição promovida pela Associação Nacional das Indústrias de Duas Rodas, Ferragens, Mobiliário e Afins – Abimota conta com a presença de 15 equipas de Portugal, Espanha e Grécia, com destaque para as sete equipas do escalão continental.

O pelotão composto por mais de uma centena de ciclistas vai percorrer um total de 479 quilómetros, distribuídos por três etapas.

A primeira etapa, a 8 de junho, vai decorrer totalmente em solo espanhol, saindo da “Plaza Mayor”, em Salamanca, e com chegada a Ciudad Rodrigo, cidade geminada com o município de Aveiro, depois de percorrer cerca de 130 quilómetros.

A segunda etapa, considerado o trilho mais difícil da prova, decorrerá já em Portugal, com partida da Guarda e chegada ao Caramulo, num percurso de 166 quilómetros.

Neste dia, os ciclistas ultrapassarão dificuldades acrescidas com a subida às Penhas Douradas (Serra da Estrela), com passagem por Gouveia, Nelas e Tondela, município onde termina esta etapa.

No terceiro e último dia da competição, o pelotão vai passar pelos 11 municípios da região de Aveiro, com partida de Albergaria-a-Velha e chegada a Aveiro, num percurso de 174 quilómetros.

Depois de não se ter realizado em 2010 devido a dificuldades financeiras da organização, o Grande Prémio Abimota regressou à estrada no ano passado, no âmbito de um protocolo assinado entre a Abimota e a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro, que garantiu o apoio à realização da competição até 2013.

A edição do ano passado, que se realizou na região de Aveiro, foi ganha por Edgar Pinto, em representação da equipa LA Antarte.

Na véspera da partida do 33º Grande Prémio Abimota – Região de Aveiro, a 07 de junho, a Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal vai promover uma ação promocional em Salamanca que visa reforçar a notoriedade da marca turística Ria de Aveiro naquela região.

Esta ação denominada “Ria de Aveiro en Salamanca” prevê a instalação na “Plaza de los Bandos” de um veículo equipado com ecrã multimédia e aparelhagem sonora, um barco moliceiro (barco tradicional da Ria de Aveiro), diversos espaços tenda com produtos regionais, artesanato e artesãos a trabalhar ao vivo.

Posted in Ciclismo, Desporto, Destaque, GP ABIMOTA Comentários


Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...