Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Visto da Bancada

Anadia despede-se dos seus adeptos com uma vitória e apanha Cinfães

Assegurada a manutenção na jornada anterior, o Anadia voltou à casa de partida onde, ao longo da época, não teve grandes razões para festejar. Só com uma vitória nesta fase no seu terreno, os Trevos, no último jogo da temporada em casa, decidiram as contas na primeira parte, ao marcarem três golos que se revelaram determinantes para a conquista dos três pontos. Com a derrota do Cinfães, o Anadia apanhou na liderança o seu adversário, ambos com 35 pontos. O Bustelo, que jogava cartada decisiva na luta pela manutenção, reduziu perto do final e, com a derrota, disse adeus ao Campeonato Nacional de Seniores. É a primeira equipa filiada na Associação de Futebol de Aveiro que desce. Na luta pela salvação estão ainda Espinho e Estarreja, com as duas equipas a defrontarem-se na casa do segundo, na última jornada. Duelo de titãs vai ser também o Lourosa – Grijó, com os nortenhos em zona de descida. O primeiro poderá precisar de um ponto.
Na Série E, tal como se previa, face à posição do seu opositor, que já desceu aos distritais, o Pampilhosa foi ganhar ao Manteigas, numa série onde o Carapinheirense também já desceu, próximo adversário dos ferroviários. O Pampilhosa continua na liderança com mais dois pontos do que o Sourense.
2-Por força da final da Taça de Portugal, no próximo domingo, a última jornada do campeonato realiza-se dia 24, véspera das eleições europeias. O Anadia joga na casa do Lusitano de Vildemoinhos, numa ronda em que haverá ainda muita coisa em jogo pela manutenção.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Anadia volta a dar-se bem fora de casa e garante manutenção em Estarreja

Ponto final nas dúvidas. Depois de duas derrotas consecutivas, o Anadia regressou às vitórias, fora de casa, em Estarreja, e garantiu a manutenção no Campeonato Nacional de Seniores a duas jornadas do fim. Os Trevos têm tido uma grande apetência quando jogam fora do seu burgo, tendo conquistado a quarta vitória nessa condição, que lhe valeu em grande parte o objetivo delineado no início da época por toda a estrutura que era manter-se numa competição nacional.
É a primeira equipa do distrito a garantir esse estatuto. O Lourosa está muito perto, ao contrário de Espinho, Estarreja e Bustelo, que ocupam as últimas três posições e, em caso de descida, obrigam à descida de seis equipas da primeira à segunda divisão da AFA.
De novo em casa, o Pampilhosa não vacilou como na última jornada, tendo vencido a Naval, mantendo a primeira posição, com mais dois pontos do que o Sourense.
2-No próximo domingo, o Anadia despede-se do seus adeptos diante do Bustelo. Sem a pressão dos pontos, a equipa de Fernando Pereira pretenderá chamar a si a vitória, o que só aconteceu uma vez nesta fase. Super pressionado está o Bustelo, a quem só a vitória interessa. Outro resultado ditará a descida de divisão para uma equipa que, na fase regular, esteve muito perto da luta pela subida de divisão.
Na Série E, o Pampilhosa joga na casa do último, o Manteigas, já despromovido. Face ao desempenho dos serranos, os ferroviários têm tudo a seu favor para trazerem os três pontos no bornal.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Anadia volta a perder a liderança. Pampilhosa continua no topo

Não foi uma boa Páscoa para o Anadia. Num jogo em que se discutia a liderança, os Trevos foram derrotados em Cinfães, que é agora o novo líder da Série D. Esta foi a primeira derrota de Fernando Pereira desde que assumiu há cinco jogos o comando da equipa, que não fez uma partida brilhante. O conjunto anadiense não foi capaz de jogar no campo todo e teve pela frente um adversário combativo e que foi mais eficaz.
Com esta derrota, o Anadia baixou ao 2.º lugar, a dois pontos do líder Cinfães e a dois do terceiro, o Lourosa, numa jornada em que as outras equipas do distrito de Aveiro, Bustelo, Espinho e Estarreja fizeram pela vida na luta pela manutenção.
Comodamente na liderança da Série D (mais cinco pontos do que o Sourense), o Pampilhosa empatou no terreno do Nogueirense sem golos, o primeiro empate fora, depois de duas vitórias e três derrotas.
2-O Anadia fará a receção ao Sporting de Espinho. Os tigres da Costa Verde pareciam condenados à descida, ainda não estão salvos, mas já respiram um pouco melhor. Este jogo é mais uma final e tudo irão fazer para pontuar.
O Anadia tem condições para averbar os três pontos, mas terá que ser igual a si próprio, pois o campeonato tem sido muito renhido e competitivo e as surpresas acontecem em todas as jornadas.
O Pampilhosa recebe o Sourense, opositor que nesta 2.ª fase tem sido uma das surpresas do campeonato. A equipa de Soure está em 2.º lugar e irá tentar encurtar distâncias para os ferroviários. Jogo equilibrado.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Anadia empata em casa e perde oportunidade de se isolar na liderança

E ao terceiro jogo como treinador, Fernando Pereira perdeu os primeiros pontos, logo em casa, diante do Grijó, e não aproveitou a derrota do Lourosa para se isolar na classificação. O Anadia esteve em desvantagem na primeira parte, e só no período complementar é que conseguiu chegar ao empate, beneficiando de um autogolo de Vítor Hugo.
Fruto dos resultados, o Anadia partilha agora a liderança com o Lourosa, está a 8 pontos na zona de despromoção, num campeonato que continua a ser extremamente equilibrado.
Nota para Espinho, Bustelo e Estarreja, os três últimos da classificação, clubes do distrito de Aveiro que, em caso de descida, terá efeitos nefastos no número de clubes que desce da primeira para a segunda distrital.
2-Na Série E, o Pampilhosa tomou-lhe o gosto e voltou a ganhar fora, agora no terreno do Águias do Moradal, e continua isolado no comando, tendo, aliás, reforçado essa posição para 5 pontos sobre a Naval.
2-O Anadia tem dois jogos seguidos fora de casa, o primeiro no reduto do Lourosa. As duas equipas estão empatadas na liderança, os locais ainda não sofreram golos em casa, vão dar tudo para descolarem do seu adversário direto, numa partida que se prevê bastante disputada e com resultado imprevisível.
O Pampilhosa recebe o Tourizense. O seu opositor é uma das boas equipas do campeonato, é uma equipa talhada para jogar no contra-ataque, por isso todo o cuidado é pouco. Jogo equilibrado.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Anadia e Pampilhosa cada vez mais perto da manutenção no CNS

O Anadia conquistou a primeira vitória em casa nesta fase de manutenção. Na receção ao Lusitano de Vildemoinhos, a equipa de Fernando Pereira (somou a segunda vitória) resolveu o jogo na primeira parte, com um golo a abrir e outro a fechar os primeiros 45 minutos.
Com este triunfo, o Anadia subiu ao 2.º lugar, a um ponto do líder Lourosa e a 7 pontos dos lugares de descida. Os Trevos têm tudo para garantir nas próximas jornadas a tão desejada manutenção.
Na Série E, o Pampilhosa alcançou os primeiros pontos fora, e logo com uma vitória, no terreno do Carapinheirense, num jogo onde os golos surgiram na segunda parte, apontados por Wilson, Bebé e Ivan. Os ferroviários continuam na liderança.
2-Domingo começa a segunda volta. O Anadia recebe o Grijó, uma das boas equipas do campeonato, que está no 3.º lugar, a três pontos dos bairradinos. Um jogo fulcral para dilatar diferenças pontuais, quiçá espreitar a liderança. Se a equipa mantiver os mesmos índices dos dois últimos jogos, poderá sorrir no final do jogo e clamar, missão cumprida.
O Pampilhosa volta a jogar fora, em Oleiros, diante do Águias do Moradal. A equipa comandada por João Laia já não perde há três jogos, recuperou na classificação (3.º lugar) e pretenderá manter esta série positiva de resultados, pois nunca conseguiu manter-se numa competição nacional de uma época para a outra e tudo fará para pontuar. Os ferroviários têm outros argumentos. Se os colocarem em prática…

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Anadia vence fora na estreia de Fernando Pereira como treinador

Fernando Pereira, que assumiu o cargo de treinador do Anadia no início da semana passada, substituindo no cargo Luís Simões, não podia desejar melhor estreia, ao vencer pela margem mínima (1-0) no terreno do Bustelo.
Os Trevos chegaram à vantagem cedo (7 minutos), ainda antes do intervalo ficaram reduzidos a dez unidades, mas a equipa teve crença e conseguiu uma vitória extremamente importante. E manteve-se a tendência, com a equipa a jogar melhor fora do que em casa. Com este triunfo, o Anadia (única equipa que ainda não perdeu fora) subiu ao 2.º lugar, com os mesmos pontos do Grijó e a um do líder Lourosa.
Depois de duas derrotas consecutivas fora, o Pampilhosa, no regresso a casa, goleou o Manteigas e beneficou da derrota da Naval para regressar à liderança isolado.
2-De regresso a casa, onde ainda não ganhou, o Anadia, frente ao Lusitano de Vildemoinhos, vai tentar quebrar esse estigma no fecho da primeira volta do campeonato. O seu adversário já não perde há quatro jogos, está em 4.º lugar e tudo fará para contrariar algum favoritismo que possa existir do lado dos bairradinos, que estão obrigados a contrariar o mau desempenho caseiro.
O contrário aplica-se ao Pampilhosa, que fora de casa ainda não pontuou. Joga no reduto do Carapinheirense, adversário que está na zona de descida e está proibido de perder mais pontos. Os ferroviários podem jogar com esse fator e quebrar a malapata nesta fase da competição.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Anadia sobe à liderança juntamente com Grijó e Lourosa

Por mais do que uma vez, afirmámos que o Anadia joga melhor fora do que em casa. Essa tese voltou a acontecer em Espinho, com a equipa a dar uma boa resposta aos três empates consecutivos.
Os Trevos marcaram cedo (10 minutos), minutos depois ficaram sem Mané, por lesão, viram Manuel Gama defender uma grande penalidade e jogaram os últimos minutos em inferioridade numérica. A equipa teve grande sentido de entreajuda, não vacilou em nenhum momento, e conquistou três preciosos pontos. Com a derrota do Lourosa e o empate do Bustelo, o Anadia subiu à liderança, com os mesmos pontos de Grijó e Lourosa.
Na Série E, o Pampilhosa voltou a perder fora, desta vez no terreno do Sourense, mas não perdeu a liderança, pois beneficiou do empate do Tourizense diante do Carapinheirense. A vantagem é de dois pontos, agora para a Naval.
2-O Anadia joga em casa com o último da classificação, o Estarreja, adversário cada vez mais longe de garantir a manutenção, que nesta fase conta com quatro derrotas em outros tantos jogos. Se a equipa assumir o jogo, for pressionante e solidária, tem todas as condições para somar a primeira vitória perante os seus adeptos, depois de dois empates caseiros.
O Pampilhosa volta a jogar fora de casa, onde nesta fase não tem sido feliz. Joga na casa da Naval, que na primeira fase andou pelas ruas da amargura, mas na última janela de mercado reforçou-se e está a dar outra imagem. Em jogo está a liderança. Jogo difícil para os ferroviários.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Anadia volta a empatar em casa. Pampilhosa reforça liderança

Repetiu-se o resultado da primeira fase. O Anadia, de novo em casa, não foi além de um nulo com o Cinfães e não foi capaz de aproveitar a 100 por cento o fator casa. Numa partida em que os Trevos revelaram grande défice para jogar no último terço do campo, quiçá capacidade de remate, era impossível marcar e ganhar o jogo. As tentativas foram ténues, duas/três de algum frisson, ao contrário do Cinfães. É verdade que as oportunidades de golo também se contam pelos dedos de uma só mão, mas foram mais claras. O empate acaba por se aceitar, resultado bem mais positivo para os forasteiros.
Exceção ao Estarreja, que parece perder o comboio, o campeonato continua a ser pautado pelo equilíbrio. Uma vitória pode mudar muita coisa, mas a derrota muito mais.
Na Série E, o Pampilhosa, em casa, não teve o desperdício de outros jogos e, antes da meia hora, já tinha decidido a partida diante do Nogueirense.
Com este triunfo, os ferroviários reforçaram a sua liderança, agora de três pontos para o Tourizense.
2-O Anadia joga em Espinho. O Sporting local é uma equipa renovada, totalmente diferente em relação à primeira fase do campeonato. Um jogo que não se antevê fácil para os Trevos. A equipa joga melhor fora do que em casa, começa a ter outras soluções e tem tudo para discutir os três pontos.
O Pampilhosa joga no terreno do Sourense. Na primeira fase, os ferroviários golearam (6-1). Tudo foi fácil. Será que a história se volta a repetir com mais ou menos golos?

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Anadia desperdiça pontos em casa e Pampilhosa perde fora

Como ventilámos na última edição, a margem de erro é cada vez menor e não desperdiçar pontos em casa poderá ser determinante para as contas finais. Num jogo com poucas oportunidades de golo, o Anadia, em casa, diante do Lourosa, não aproveitou esse fator e desperdiçou dois pontos. Os Trevos viram um golo mal anulado em tempo de compensação para o intervalo, mas o empate acaba por se aceitar.
Refira-se que este é o terceiro empate consecutivo do Anadia, contando com o jogo (São João de Ver) da outra fase do campeonato.
Na Série E, o Pampilhosa, que na fase regular apenas tinha perdido uma vez fora de casa, na Sertã, voltou a conhecer o sabor da derrota, no reduto do Tourizense e ficou mais ameaçado na liderança.
2-O Anadia volta a jogar em casa e está proibido de esbanjar mais pontos no seu reduto. O Cinfães é o adversário, que em dois jogos sofreu outras tantas derrotas. Por certo que os visitantes estão feridos no seu orgulho, neste momento estão em zona de descida e, com toda a certeza, vão jogar para o ponto, aliás como o fizeram no último jogo em Anadia, onde empataram sem golos. O empate foi apanágio na fase regular, mas desta vez não servirá ao Anadia.
O Pampilhosa recebe o Nogueirense, um dos segundos classificados e que neste jogo espreita a liderança. Os ferroviários não se têm dado muito bem em casa, mas o histórico entre as duas equipas, com duas vitórias na fase regular para a equipa de Fernando Niza, confere-lhe algum favoritismo.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Anadia ficou mais longe do 2.º lugar. Uma vitória poderá não chegar

Numa partida que deixou muito a desejar em termos de qualidade, o Anadia foi surpreendido em Bustelo e ficou mais longe do 2.º lugar.
Pelas incidências do jogo, muita luta a meio campo e jogado longe das balizas, o nulo era o resultado mais justo. Porém, numa perda de bola de Miguel Ramos, já no período de descontos, o Bustelo chegou à vitória e continua também na corrida à fase de subida.
Na despedida desta fase, em casa, o Pampilhosa voltou a cometer os mesmos pecados e empatou com o Carapinheirense. E foi em casa que os ferroviários não lograram a 2.ª posição, onde perderam 16 pontos.
2-Para a última jornada, o Anadia recebe o S. João Ver, já apurado, por via do seu primeiro lugar. Está obrigado a ganhar e esperar que o Cesarense (2.º lugar) perca em Lourosa e o Bustelo (3.º lugar) não vença em Estarreja. Tudo isto a fazer contas da possível decisão favorável ao Anadia no recurso apresentado para o Conselho de Justiça da FPF, devido à perda dos três pontos conquistados dentro de campo contra o Lourosa. Se assim não for e caso Anadia e Cesarense terminem com os mesmos pontos, a equipa de Cesar leva vantagem num golo, em virtude de ter ganho em casa por 4-2 e perdido em Anadia por 2-1.
No reduto do Sertanense (2.º lugar), o Pampilhosa tudo fará para terminar esta fase sem derrotas fora de casa. A equipa da Sertã parece já em descompressão a pensar na fase de subida. Isso poderá jogar a favor dos bairradinos que, para além de quererem manter o registo, procuram pontos para a manutenção.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Pergunta da semana

Vai a algum festival de verão este ano?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com