Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | arquivo notícias

Trânsito

Trânsito

«Conduzir é viver»- 745 excessos de velocidade detectados em dois dias

A Operação «Conduzir é Viver« detectou, apenas em dois dias, 745 casos de excesso de velocidade nas estradas continentais portuguesas e 114 indivíduos que conduziam com excesso de álcool no sangue, segundo dados revelados hoje pela Brigada de Trânsito da GNR.
Dos 1.468 autos levantados, no mesmo período, 595 corresponderam a infracções graves e 110 a infracções muito graves.
Desde sexta-feira e até ao final de Dezembro, com particular incidência em fins-de-semana prolongados e festas, a Brigada de Trânsito terá nas estradas portuguesas 1.100 homens por dia, em carros ou motas, e fazendo-se acompanhar por radares, alcoolímetros, vídeos e outro material, tentando obrigar os automobilistas portugueses a uma condução segura.
No segundo dia da operação, foram fiscalizados 2.469 condutores e levantados 655 autos, dos quais 242 correspondendo a infracções graves e 49 a infracções muito graves.
Foram também controlados 9.086 veículos, 339 dos quais circulavam em excesso de velocidade. Por outro lado, 1.020 condutores foram submetidos ao teste do alcool, 50 deles revelando excessos que levaram à detenção de 15 deles.
Nos dois dias, foi controlado um total de 26.815 veículos e auxiliados 643 condutores que enfrentavam nas estradas algum tipo de dificuldade.

Lusa

(3 Nov / 11:07)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Sangalhos

Sangalhos

Cruzeiro começa a tomar forma

A reconstrução do cruzeiro de Sangalhos já está a tomar forma e tudo indica que, dentro de poucas semanas, a obra estará concluída.
Tal como oportunamente demos conta neste jornal, em entrevista ao autarca sangalhense Sérgio Aidos, a obra de restauro a que o cruzeiro foi sujeito está a ser levada a cabo por uma empresa especializada, que fez deslocar para o local uma equipa de técnicos.
Orçada em 22 mil euros, a obra é comparticipada pela autarquia de Sangalhos, que pretende uma recuperação fiel do cruzeiro primitivo, ou seja, que obedeça a todas as indicações do IPPAR.
Neste momento, o piso original em pedra já foi posto a descoberto e já se encontram colocadas as quatro colunas de suporte da cúpula que deixará de ser em cimento e redonda, para voltar a ser ligeiramente ovalizado e em pedra, tal qual a original.
A obra em curso prevê ainda a colocação, na base do templete, de uma protecção por forma a evitar que outros acidentes possam danificar o cruzeiro.
Refira-se que este templete, datado do século XVII, localizado junto à EN 235, veio abaixo na sequência de um aparatoso acidente de viação, ocorrido em Dezembro do ano passado.

(9 Jul / 10:31)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Mealhada

Mealhada

Defesa quer ouvir colaboradores da PJ no caso dos 808 quilos de haxixe

A defesa de quatro arguidos num julgamento envolvendo o tráfico de 808 quilos de haxixe, que está a ser repetido na Mealhada, insistiu hoje em ouvir dois alegados agentes infiltrados ou provocadores da Polícia Judiciária (PJ).
«Só prescindimos de os ouvir se o Tribunal considerar que é impossível localizá-los«, disse um dos advogados, reportando-se a dois supostos personagens da operação, Jorge L. e Vítor F., que teriam antecedentes ligações ao tráfico de droga e que teriam «preparado o terreno« para a alegada cilada aos arguidos neste processo.
O juiz-presidente só esta tarde comunicará à defesa se o Tribunal consegue localizar as testemunhas requeridas e se determina, ou não, a suspensão da audiência para prosseguir diligências no sentido de assegurar a presença de Jorge L. e Vítor F. em tribunal.
Um acórdão do Supremo Tribunal de Justiça, a cujo texto a Agência Lusa teve acesso, dá como provado que Vítor F., após ter sido condenado a uma pena com execução suspensa, «passou a colaborar com a PJ« porque «tinha conhecimentos ligados a indivíduos pertencentes a redes espanholas que se dedicam ao tráfico de droga«.
No texto do acórdão nunca é referido, porém, se teria agido como agente provocador – o que é ilegal – ou infiltrado e, neste caso, se as suas acções seriam controladas pelo Ministério Público, como é exigível.
Este processo agora em julgamento na Mealhada já fora sentenciado na comarca de Coimbra a 28 de Novembro de 2000, mas uma instância superior determinou a repetição do julgamento.
Um ex-agente da PJ, de Ermesinde (Valongo), um comerciante de Penafiel, um industrial e um pedreiro reformado, ambos de Montalegre, são acusados pelo Ministério Público de envolvimento em tráfico de droga destinada ao mercado interno e outros países da União Europeia.
A acusação surge na sequência da apreensão em Ceira, Coimbra, de uma carrinha com 28 fardos de haxixe (808 quilos). A viatura, conduzida pelo pedreiro reformado, provinha de Torres Vedras e seguia para Chaves.

Lusa

(5 Jul / 14:29)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

II Divisão B

Futebol

II Divisão B (Zona Centro, 8ª jornada) – Resultados/classificação

Resultados da sétima jornada da Zona Centro do campeonato português de futebol da II Divisão B, disputada ontem, e respectiva classificação:

Caldas РAcad̩mico Viseu, 0-0
Sertanense РAcad̩mica Coimbra B, 2-0
Sanjoanense – Vilafranquense, 3-1
Feirense – Águeda, 1-0
Esmoriz – Estrela Portalegre, 2-1
Sp. Pombal – Oliveira Hospital, 3-1
Desp. Fátima – Oliveirense, 1-0
Oliveira Bairro РṢo Jọo Ver, 3-3
Marinhense – Benf. Castelo, 0-2
Folga: Torreense

Classificação:

CASA FORA TOTAL
CL EQUIPA V E D M S V E D M S J V E D M S P

1 SP.POMBAL : 2 2 0 9- 3: 3 1 0 8- 2: 8 5 3 0 17- 5:18
2 ESTRELA PORT: 4 0 0 10- 1: 1 2 1 4- 4: 8 5 2 1 14- 5:17
3 FEIRENSE : 3 0 1 6- 4: 2 1 1 4- 3: 8 5 1 2 10- 7:16
4 OLIVEIRENSE : 3 0 0 8- 2: 1 2 1 7- 5: 7 4 2 1 15- 7:14
5 ACAD.VISEU : 1 2 0 6- 4: 2 2 0 6- 0: 7 3 4 0 12- 4:13
6 ESMORIZ : 2 2 0 5- 3: 1 2 1 4- 6: 8 3 4 1 9- 9:13
7 SANJOANENSE : 2 2 0 7- 4: 1 1 2 7- 6: 8 3 3 2 14-10:12
8 DESP.FATIMA : 2 1 1 6- 6: 1 1 1 5- 5: 7 3 2 2 11-11:11
9 OL.BAIRRO : 1 2 0 5- 4: 1 2 1 7- 9: 7 2 4 1 12-13:10
10 AGUEDA : 2 1 1 6- 6: 1 0 3 4- 7: 8 3 1 4 10-13:10
11 TORREENSE : 2 1 1 8- 4: 0 1 2 2- 4: 7 2 2 3 10- 8: 8
12 CALDAS : 2 1 1 7- 4: 0 1 3 1- 6: 8 2 2 4 8-10: 8
13 SERTANENSE : 2 1 1 6- 5: 0 1 3 4-13: 8 2 2 4 10-18: 8
14 ACADEMICA B : 2 1 1 7- 5: 0 1 3 1- 7: 8 2 2 4 8-12: 8
15 BENFICA CB : 1 0 2 4- 7: 1 1 2 4- 6: 7 2 1 4 8-13: 7
16 OL.HOSPITAL : 2 1 1 4- 5: 0 0 4 2- 9: 8 2 1 5 6-14: 7
17 VILAFRANQUEN: 1 3 0 4- 2: 0 0 4 5-12: 8 1 3 4 9-14: 6
18 SAO JOAO VER: 0 2 2 2- 5: 0 3 0 4- 4: 7 0 5 2 6- 9: 5
19 MARINHENSE : 0 1 3 2- 7: 0 1 2 2- 4: 7 0 2 5 4-11: 2

– Programa da 9ª jornada (10 Nov):
Caldas – Sertanense
Acad̩mica Coimbra B РSanjoanense
Vilafranquense – Feirense
Águeda – Esmoriz
Estrela Portalegre – Sp. Pombal
Oliveira Hospital – Campomaiorense
Torreense – Desp. Fátima
Oliveirense – Oliveira Bairro
Ṣo Jọo Ver РMarinhense
Acad̩mico Viseu РBenf. Castelo Branco

Lusa

(4 Nov / 9:21)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Aveiro

Aveiro

Festival de Música Electroacústica para divulgar novo género

O primeiro Festival Internacional de Música Electroacústica de Aveiro, que se realiza entre 16 e 22 de Julho, tem como objectivo divulgar este novo género musical levando-o até um grande público, informou hoje a organização.
O festival «Aveiro Síntese 2002« está orçado em 35 mil euros e traz a Aveiro vários compositores internacionais, como John Chowning dos Estados Unidos, o francês Jean-Claude Risset e o belga Godfried-Willem Raes, entre outros.
O evento conta também com a presença dos compositores portugueses Miguel Azguime, Emanuel Nunes e João Rafael, radicado na Alemanha, e que irá orientar um seminário de composição, uma actividade que se realiza pela primeira vez em Portugal.
A música electroacústica faz parte da música contemporânea e, na opinião do produtor do festival, Carlos Rodrigues, destina-se a jovens e adultos.
«É uma musica de compositores dos nossos dias, que mistura a música passada em fita, com instrumentos tocados em palco por artistas«, explicou.
«Não é muito fácil de ouvir, mas é preciso educar novos públicos«, defendeu Carlos Rodrigues, acrescentando que actualmente a música electroacústica é ouvida por «uma pequena minoria ligada às universidades e escolas de música«.
Complementar a actividade formativa das escolas em que este género musical é abordado é outro dos objectivos do evento, que vai decorrer no Centro Cultural e de Congressos de Aveiro.
As sessões com os compositores portugueses que aqui apresentam as suas obras constituem, segundo a organização, um espaço que visa propiciar o debate e aproximar o público e os criadores.
Numa dessas sessões estará presente o compositor e docente na Universidade de Aveiro, João Pedro Oliveira, que recentemente foi premiado no Concurso Internacional de Música Electroacústica de Bourges.

Lusa

(9 Jul / 19:45)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Mealhada

Mealhada Cidade

A Bairrada pode vir a ter duas cidades: Oliveira do Bairro e Mealhada, a concretizarem-se as propostas dos deputados da Assembleia da República, Acílio Gala, (CDS), primeiro caso, e Breda Marques (PSD), no segundo.
Breda Marques apresentou o projecto-lei, no dia 4 de Julho, documento que pode “constituir um marco decisivo para o desenvolvimento do concelho”, já que, no seu entender, a vila da Mealhada “reúne todos os requisitos necessários, quer de odem histórica, administrativa, quer a nível de infra-estruturas”.
Embora tivesse o privilégio de receber foral, dado por D. Manuel I, a 12 de Novembro de 1514, a freguesia é de criação recente. Foi criada pelo decreto-lei nº 33.730, de 24 de Junho de 1944, abrangendo as povoações de S.Romão, Reconco, Cardal, Sernadelo e Pedrinhas. Todavia, é uma povoação bastante antiga onde foi notória a presença romana, assinalada já no ano 39 depois de Cristo, como atesta o marco miliário descoberto, há mais de um século (1856) e que indica a localização da estrada romana de Lisboa a Braga que passava neste concelho . Entretanto, Mealhada surge entre o século XI e XIII integrada no Couto da Vacariça, com o nome de Mealhada Má cuja existência é referenciada em documento de 1288, como confrontação de Ventosa.
O deputado social democrata elenca no documento apresentado o património arquitectónico religioso e não só (igrejas e capelas, bem como os edifícios dos Paços do Concelho e antigo teatro mealhadense, edificado em 1902, edifício da junta de freguesia e Quinta do Murtal, entre outros).
Sendo a Mealhada “ um importante pólo da indústria hoteleira do país e um marco de referência na restauração”, possui uma série de estruturas, não só a nível de equipamentos de ordem social, como a nível desportivo e de ensino.
Breda Marques evoca algumas vantagens de uma cidade em relação a uma vila: “uma cidade atrai novos investimentos, adquire a possibilidade por esta via de aceder a fundos comunitários que apenas são atribuídos a projectos apresentados para cidades”, para além do “estatuto e do orgulho que a sua população de certo sentirá.”

(5 Jul / 14:42)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

P. do Forno

Póvoa do Forno

Torneio de Futsal

Continua a decorrer em bom ritmo o torneio de futsal que está a ser disputado por 12 equipas no polidesportivo do Troviscalense, na Póvoa do Forno, cujo final está marcada para o dia 20 de Julho, a partir das 21h30.

Últimos resultados
Sexta-feira, dia 21
Café Tropical, 0 – SBS, 6
Café Central, 2 – Bisilop, 7
Sábado, dia 22
Bairradinos, 0 – Grupo Cultural, 5
Flamengo, 3 – Sapataria Vieira, 6
Quarta-feira, dia 26
Congelar, 0 – Grupo Cultural, 7
Flamengo, 7 – Café Central, 1
Sexta-feira, dia 28
Ice Team, 4 – Café Tropical, 2
Bisilop, 3 – Construções Gonçalves, 8
Sábado, dia 29
Bairradinos, 3 – SBS, 6
Irmãos Fernandes, Sapataria Vieira, 6

Próximos jogos
Quarta-feira, dia 3
21h30, SBS – Congelar
22h30, Bisilop, Sapataria Vieira
Sexta-feira, dia 5
21h30 – Irmãos Fernandes – Flamengo
22h30, Café Tropical – Bairradinos
Sábado, dia 6
21h30, Grupo Cultural – Ice Team
22h30, Café Central – Construção Gonçalves

Classificação
Série A
1º – Grupo Cultural, 12 pontos
2º – Ice Team, 10 pontos
3º – SBS, 9 pontos
4º – Bairradinos, 7 pontos
5º – Café Tropical, 6 pontos
6º – Congelar, 4 pontos

Série B
1º – Irmãos Fernandes, 9 pontos
2º – Sapataria Vieira, 8 pontos
3º – Flamengo, 8 pontos
4º – Construções Gonçalves, 7 pontos
5º – Bisilop, 7 pontos
6º – Café Central, 5 pontos

(2 Jul / 11:59)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Águeda

Águeda tem praticamente definido os jogos de preparação

A tempo e horas, a direcção do Águeda, em sintonia com o seu treinador, Fernando Reis, já tem praticamente definido os jogos de preparação.
Assim, nos dias 3 e 4 de Agosto, os Galos do Botaréu irão participar no Torneio da Gafanha, juntamente com o clube anfitrião, Santa Clara e Beira Mar.
Nos dias 8 e 10, o Águeda joga perante os seus adeptos com o Estarreja e Sourense, respectivamente, jogos agendados para as 19 horas.
Por último, no dia 17, os aguedenses retribuem a visita do Estarreja, jogando no reduto dos estarrejenses.

(27 Jun / 11:31)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Águeda

Recreio de Águeda

Miguel Ângelo fecha plantel

Miguel Ângelo, médio ala direito, que representou na última época o Portosantense da Ilha da Madeira, é o mais recente reforço do Recreio de Águeda que, com este jogador, vê assim o seu plantel encerrado.
Refira-se que Miguel Ângelo antes de rumar até Porto Santo, ajudou a Ovarense a subir da II Divisão à II Liga.

(24 Jun / 14:38)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Tiro ao golo

Tiro ao golo

Tiago sobe

Não mais do que duas jornadas para o final dos diversos campeonatos, alguns já acabaram, Tiago, avançado do Aguinense, pode-se já considerar o grande vencedor da edição do Tiro ao Golo, dado que a diferença para o segundo, Nelson, do Mealhada, o único dos primeiros ainda em prova, é de doze golos.
Entretanto, a luta pelo segundos e terceiros lugares continua em aberto existindo vários concorrentes para as mesmas posições. A ver vamos o que nos reserva o final dos campeonatos.

MELHORES MARCADORES

28 Golos: Tiago (Aguinense).
16 Golos: Nelson (Mealhada).
15 Golos: Miranda (Amoreirense) e Vítor (Mogofores).
14 Golos: Madaíl (Mourisquense) e Roger (OBSC/Pampilhosa).
13 Golos: Luís Portugal (Famalicão), Sandro (Pampilhosa) e Arsénio (Águeda).
12 Golos: Miguel Angel (Couvelha), Tininho (Luso), Samuel (Oiã), Xano (Anadia), Valter (Águeda) e Miguel Tomás (Oliveira do Bairro).
11 Golos: Paulito (Aguinense) e Rui Duarte (Fermentelos).
10 Golos: Aguiar (Famalicão) e Jaimito (Oliveira do Bairro).
9 Golos: Pajó (Águas Boas), Bruno Leal (Aguinense), Leonel (LAAC) e Rebelo (Águeda).
8 Golos: Fernando Brasileiro (Troviscalense), Fernando Ferreira (Samel), Paulo Duarte (Couvelha), Blanco (Moitense), Mariz (Aguinense), Miguel Artur (Pampilhosa), Carlos Rui (Águeda) e Serrão (Oliveira do Bairro).
7 Golos: Alexandre Carvalho (Troviscalense), Chico (Aguinense) e Nelo (LAAC).
6 Golos: Abreu (Amoreirense), Marcelo (Troviscalense), Albano e Cajó (Samel), Lita (Águas Boas), Reima (Aguinense), Beto (Mourisquense), Marco Machado (Mealhada), Edson (Anadia), Paulo Costa e Pazito I (Oliveira do Bairro).
5 Golos: Quintaneiro e Messias (Mamarrosa), Diogo (Mogofores), Rui Matos (VN Monsarros), Bruno (Águas Boas), Verdade e Gil (Moitense), Vítor (Luso), Cláudio (Aguinense), Hélder e Lícinio (Bustos), Mocho (Fermentelos), Luís (Oiã), Nelito (Mourisquense), Júlio (LAAC), Alencar (Mealhada), Armindo e Rocha (Pampilhosa), Alemão (Anadia) e Tozé (Águeda).
4 Golos: Rocha e Cá-Cá (Mamarrosa), Franklim e Marito (Couvelha), Luciano e Ramalheira (Famalicão), João Filipe (VN Monsarros), Pedro Trabuca, Vinagre e Hélder (Moitense), Filipe (Samel), Riquinho e Vasco (Luso), Kika (Aguinense), Vinagre (Bustos), Tojó (Fermentelos), Santos e Hugo Tavares (Oiã), Pedro (LAAC), Rocha (Mourisquense), João Moreira, Tarrafa e Pedro Abrantes (Mealhada), Tó David e Nuno Piloto (Anadia) e Sérgio (Águeda).
3 Golos: Chico (Amoreirense), Nelson Vieira (Troviscalense), Nuno Rocha (Mogofores), Vitó (Samel), Rui Mota e Vítor (Couvelha), Pedro Miguel (Famalicão), Sacras (Águas Boas), Bebé (Aguinense), Alcino e Sousa (Bustos), Sousa, Ivo e Canha (Fermentelos), Simões (Mourisquense), Filipe, Paulo Ribeiro e Melo (LAAC), Garrido (Mealhada), Mauro, Ventura, Namora e Pedro Matos (Pampilhosa), Marcelo (Anadia) e Pedro Seabra (Águeda).
2 Golos: Richard e Milton (Mamarrosa), Resina e Hélder (Amoreirense), Mário Neto e Nelson Vieira (Troviscalense), Lipe e Daniel (Mogofores), Pila, Miguel Rainho e Dinis (Couvelha), Eduardo, Vítor e Seabra (Samel), Henrique e Pirolo (Famalicão), Peças e João Rocha (VN Monsarros), Marco (Moitense), Cenoura, Samagaio, Moreira e Tonanha (Águas Boas), Neto, Pedro, Pedro Seabra, Marco Aurélio e André (Luso), Rui Castro, Miguel Sécio e Miguel Ângelo (Aguinense), Joca e João Branco (Bustos), Zé Eduardo e Toninho (Fermentelos), Viegas (Oiã), Paulo Rui, Nuno Rafael e Rosas (LAAC), Carlos (Mourisquense), Licas (Mealhada), Pedro, Quirino e Carlos Alberto (Pampilhosa), Fernando (Anadia), Martins, Agi, Ronaldo e Miguel Mota (Águeda), David, Pedro Paula, Tó Miguel e Mário João (Oliveira do Bairro).
1 Golo: Barreiro, João, Mota, Paulo e Tony (Mamarrosa), Nuno Padeiro, Carlos Ferreira, Tomé, Diogo e Ivo (Amoreirense), Carlos Nuno, Nelson, Santos, Luís Caldeira, Luís Carlos e Wilson (Troviscalense), André, Sérgio, Dino, Bruno e Nuno Lopes (Mogofores), Luís Mota, Alex e Miguel Gaio (Couvelha), Pedro Henriques, Litos e Eduardo (Famalicão), Fernando Jorge, Fernando Alves, Zé Simões, Bruno, Mota, Mário e Edson (Samel), Bé, Sérgio, Miguel, Pedro, Zé, Pedrinha, Salvador e Jorge (Águas Boas), Paulito, Cecílio, Eduardo, Machado, Pringle, Rogério, Cadeiras e João Oliveira (VN Monsarros), Sérgio (Moitense), Fernando, Simões, Baptista, Jorge, Sérgio, Veiga e Hélder (Luso), Ricardo Mendes e Miguel António (Aguinense), Daniel, Luís Pedro, Dias, Rocha, Carlos Augusto, Cristhian, João Miguel e Fabião (Oiã), Hamilton, Espiga, Sereno, Daniel e Telmo (Bustos), Vítor Rosário, Paulo Sancho, Paiva, Neil, Cândido, Beto e João Paulo (Fermentelos), Matos, Oliveira, Jorge, Peres, Sérgio e Silvano (LAAC), Enguia, Figueiredo, Pedro, Miguel, Nuno Ferreira e Sinal (Mourisquense), Serginho, Zé, Tigana e Telmo (Mealhada), João Carlos, Serginho, Marco e Rui Paulo (Pampilhosa), Idálio, Branco, Sousa e Jorge Lopes (Anadia), Ricardo Pinto e Jó Figueiras (Águeda), Serginho, Vitinha, Leandro, Alves e Luís Barreto (Oliveira do Bairro).

(5 Jun / 10:37)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

SFImobiliaria

Pergunta da semana

Portugueses praticam cada vez mais exercício ao ar livre. É o seu caso?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com