Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | arquivo notícias

Troviscal

Troviscal

Criança gravemente ferida após atropelamento

Uma criança de seis anos ficou, na última segunda-feira, por volta das 19h30, gravemente ferida, após ter sido colhida por um veículo ligeiro que circulava na estrada que liga a Póvoa do Carreiro à Amoreira da Gândara.
A criança terá atravessado esta via sem ter reparado que se aproximava um automóvel.
No local compareceu uma equipa de socorristas dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Bairro e ainda uma equipa médica (INEM) que prestaram, no local, ao longo de cerca de uma hora, os primeiros cuidados médicos.
Devido à gravidade das lesões, vários traumatismos diagnosticados no local, foi transportada para o Hospital Pediátrico, onde à hora do fecho desta edição permanecia nos cuidados intensivos.

(25 Jun / 10:08)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Aveiro

Aveiro

Universidade recebe centenas de visitantes e entrega diplomas

Professores Pedro Lynce e Fernandes Thomaz vão estar presentes

Há duas décadas que é assim. Durante um dia, a Universidade abre as suas portas a todas as pessoas que a desejem visitar e, através de experiências, visitas guiadas a laboratórios, exposições de trabalhos executados pelos estudantes, apresentação de projectos de investigação e espectáculos, dá a conhecer as diversas actividades científicas, pedagógicas e culturais que desenvolve.
O Dia Aberto vai decorrer no dia 7 de Junho, entre as 9 e as 17h30, com o objectivo de promover o contacto directo entre todos os que queiram visitar a UA e os alunos, professores e investigadores de todos os Departamentos, Escolas, Centros e Serviços da Universidade.
Os alunos do Ensino Secundário são, sem dúvida, os convidados de honra, mas muitas outras iniciativas de interesse dirigidas aos mais variados tipos de público poderão ser identificadas no vasto programa do Dia Aberto.
Para além das actividades especificamente preparadas pelos vários Departamentos, o Dia Aberto integra, também, a já tradicional cerimónia de entrega de medalhas aos funcionários da Universidade e Escolas associadas que completam 10, 20 e 25 anos de casa. A cerimónia terá início às 11h30 horas, no Auditório da Reitoria.
Da parte da tarde, o secretário de Estado da Ciência e da Tecnologia, Prof. Doutor Fernandes Thomaz vai visitar a Escola Superior de Saúde de Aveiro e a Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda.
A merecer destaque neste dia está, ainda, a realização do espectáculo multimédia Bach2Cage. Este concerto multimédia em que se re-interpreta John Cage e J. S. Bach, musical e cenicamente, é um projecto de docentes e alunos do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro; uma equipa de cerca de 30 pessoas, envolvendo Músicos, Designers e Tecnólogos da Comunicação.
À noite, pelas 21h30 horas, o Auditório do Departamento de Comunicação e Arte, será palco para o Concerto pelo Grupo de Percussão da Universidade de Aveiro. Com a Direcção Musical de Mário Teixeira, o grupo é constituído por António Bastos, Bruno Estima, Helder Roque, Isabel Silva, Luís Ferreira e Pedro Fernandes. O grupo vai executar Ohko (I. Xenakis); Litany (Karel Goyvaters); Estudos Coreográficos (Maurice Ohana); Music for Mallets (Beat Furrer); e Heterorythmix (Tokuhide Nimil).
No dia seguinte, a 8 de Junho, comemora-se o Dia da Universidade, um dia de grande significado para a comunidade académica, a que se vai associar o Senhor Ministro da Ciência e do Ensino Superior, Prof. Doutor Pedro Lynce.
Foram 1026 os alunos (135 dos quais em cursos de pós-graduação) que se formaram na UA, no ano lectivo 2000/2001 e que, por isso, se vão neste dia reunir no Jardim da Alameda da Universidade para receber os seus respectivos diplomas de final de curso. Depois da cerimónia de entrega de diplomas, marcada para as 10h30 horas, as comemorações do Dia da Universidade prosseguem com a inauguração do Complexo de Refeitórios do Crasto, que vai aumentar para 12.200 o número de refeições diárias servidas pelos Serviços de Acção Social nos três refeitórios do Campus.

(5 Jun / 11:19)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Cantanhede

Cantanhede

No âmbito da saúde vai abrir um novo centro

Perto do Largo de S. Mateus, junto das traseiras do moderno edifício da Caixa de Crédito Mútuo e do Palácio da Justiça, vai abrir no próximo dia 1 de Junho, nesta cidade, um novo estabelecimento de saúde, intitulado Centro Médico São Mateus, situado numa bela área moderna, onde perto também se situa o actual edifício da Associação dos Bombeiros Voluntários.
(30 Mai / 12:20)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

A. de Cima

Aguada de Cima

VI Encontro de motos antigas

É já no próximo sábado, dia 1 de Junho, que a Secção Cultural da LAAC, vai realizar, uma vez mais, o tradicional Encontro de Motos Antigas.
Para já podemos avançar que após a concentração matinal, por volta das 8.30 horas, junto à Junta de Freguesia local, terá lugar um passeio pela região, por forma a que todos os participantes conheçam novos aspectos da terra e que, simultaneamente, as gentes de Aguada possam apreciar as belas máquinas de outros tempos, que chegaram aos nossos dias.
O passeio tem início marcado para as 10 horas e inclui pequeno-almoço no parque da Celticerâmica, local este onde se fará o primeiro abastecimento. Daqui parte-se em direcção a Oliveira do Bairro e a Águeda, regressando a Aguada de Cima.
No Parque do Sabugueiro, pelas 12.30 horas, terá início o almoço regional onde serão servidos os inevitáveis leitão e espumante da Bairrada, assim como outras agradáveis “companhias”, sólidas e líquidas.
Aos “aceleras” apenas se pede que levam boa disposição e vontade de “dar à mandíbula”.
O evento só termina com a entrega de lembranças e sorteio de despedida, por volta das 17 horas.

( 27 Mai / 16:33)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Aveiro

Aveiro

Serviço social: Faltam equipamentos sociais em Portugal, lamenta Sampaio

O Presidente da República lamentou hoje a deficiente cobertura do país por serviços e equipamentos sociais, insurgindo-se também contra a «preocupante ocultação« dos problemas nesta área.
«A cobertura do território nacional por serviços e equipamentos sociais não corresponde às necessidades, subsistindo até uma preocupante ocultação dos problemas, apesar dos notáveis estudos e outros esforços realizados em sentido contrário«, afirma Jorge Sampaio, numa mensagem lida hoje em Aveiro na abertura do I Congresso Nacional do Serviço Social, que reúne 800 assistentes sociais e estudantes de Serviço Social.
Na sua mensagem, o Chefe de Estado aproveita para saudar o propósito dos assistentes sociais de constituírem a sua própria Ordem profissional.
«É deveras salutar que os profissionais de Serviço Social baseiam as suas posições nos direitos humanos e que, a partir daí, se organizem em função da respectiva salvaguarda«, assinala.
«Muito embora a eventual Ordem a criar não deva perder de vista dos dois conjuntos de direitos, correria grave risco se viesse a confundir a sua missão própria com a actividade sindical. Essa missão específica é de verdadeiro serviço público, visando a prestação de serviços de qualidade à população«, alerta.
Para o Presidente da República, esta missão das ordens profissionais é especialmente relevante no caso do Serviço Social, «desde logo porque ele se destina, em larga medida, a populações marcadas pela pobreza, exclusão e vulnerabilidade, cujos direitos e responsabilidades não se encontram devidamente clarificados nem assumidos«.
«Dar passos decisivos para lançar uma Ordem profissional« é precisamente um dos Congresso Nacional do Serviço Social, disse Cristina Marques, da Associação dos Profissionais de Serviço Social (APSS), entidade que organiza este congresso.
Determinante para uma decisão será o conhecimento da experiência espanhola, que será descrita aos 800 congressistas sexta-feira, segundo e último dia do congresso, pela presidente do Consejo General dos Diplomados en Trabajo Social, Júlia Alvarez.
Com base no tema central «A unidade na diversidade«, os assistentes sociais portugueses debatem também neste encontro a formação, código de ética e deontologia.
Para ajudar a estas reflexões passam hoje e sexta- feira pelo Centro Cultural e de Congressos especialistas em Serviço Social como Rudy Van Den Hoven, do Instituto Superior de Serviço Social do Porto, e Ezequiel Ander-Egg, consultor das Nações Unidas e membro do Conselho Português de Investigação em História e Trabalho Social, farão comunicações ao congresso.
A APSS é uma associação sem fins lucrativos que tem por objectivo primordial «promover e aprofundar o espírito associativo da classe profissional, velando pelos interesses e direitos dos assistentes sociais«, segundo os seus estatutos.

Lusa

(23 Mai / 13:35)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

V. do Bairro

Vilarinho do Bairro

Reabertura do Restaurante CHICOTE

Já reabriu, devidamente remodelado e sob a supervisão do conhecido médico de Vilarinho do Bairro, Dr. Jaime Francisco dos Reis e esposa, Isolete Dias Santos Reis, médico este que tudo tem dado ao povo de Vilarinho do Bairro, apesar de não ter consultório nesta localidade.
O restaurante CHICOTE está localizado numa adega, que foi propriedade do Padre Joaquim Almeida e, mais tarde, do primeiro presidente da Câmara Municipal de Anadia, perpetuado no nome que aquela rua hoje possui, e sua esposa, Maria Pires, agora integrado na QUINTA de VILARINHO, enquadrado por um vinhedo novo e, diga-se a bem da verdade, belissimamente enquadrado numa paisagem paradisíaca devidamente cuidada que, a nossos olhos, se afigura sonho e realidade …
O renovado restaurante onde se podem saborear pratos regionais e outros confeccionados por uma cozinheira de renome, coadjuvada por três senhoras da zona, também elas de grande capacidade e uma eficiente equipa de serventes, também eles vilarinhenses, aqui estará para satisfazer todos os paladares, por mais requintados que sejam.
Este restaurante possui duas salas distintas, uma de restaurante e outra para eventos com capacidade para 60 pessoas cada. A selecção de vinhos é rigorosíssima e as sobremesas são verdadeiros manjares dos anjos. Já lá fomos e aconselhamos vivamente uma visita gastronómica na primeira oportunidade.
Ficamos à espera que a casa de habitação do século XIX, situada ao lado, e que lhe serve de enquadramento, se transforme num moderno espaço para turismo de habitação e, a adivinhar pelo bom gosto do restaurante, não duvidamos de que o resultado será brilhante! Provavelmente, já faltou mais!…

(21 Mai / 10:07)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Aveiro

Aveiro

Observatório do planeamento urbano criado em Aveiro

A avaliação de programas, projectos e planos na área do planeamento urbano e ordenamento do território é o objectivo de um novo observatório nacional, com sede em Aveiro.
O Observatório Permanente de Urbanismo e Ordenamento do Território, criado pela Associação Portuguesa de Planeadores do Território (APPLA), vai ser apresentado durante o V Encontro Nacional de Planeadores do Território, que decorre nos dias 23 e 24, na Universidade de Aveiro.
Em declarações à Agência Lusa, Pedro Silva, da direcção executiva do observatório, disse que o arranque formal está previsto para o mês de Junho.
Inicialmente, adiantou este responsável, o novo observatório terá como principal tarefa o acompanhamento dos Planos Directores Municipais de segunda geração, numa altura em que as câmaras procedem à sua revisão.
«Além da análise dos planos, o observatório pretende também apresentar soluções para que não se cometam erros como no passado com os PDM da primeira geração«, realçou Pedro Silva.
Outra das frentes de actuação respeita ao Programa Polis, cuja aplicação se verifica em várias cidades do país, incluindo Aveiro, e que irá servir de tema a um encontro nacional a realizar no próximo ano.
Toda a informação sobre urbanismo e planeamento em Portugal será canalizada para o observatório, instalado no Departamento de Ambiente e Ordenamento da Universidade de Aveiro, que procederá à sua sistematização, análise e gestão.
O registo do trabalho realizado será publicado regularmente num anuário e a discussão alargada desta temática ira acontecer em quatro encontros nacionais por ano.
Nesta fase, o observatório mantém parcerias com as universidades de Aveiro, Porto, Minho, Beira Interior e Lusófona de Lisboa, que leccionam cursos de ordenamento do território, e com associações profissionais, nomeadamente a Associação dos Urbanistas Portugueses e a Associação Nacional dos Municípios Portugueses.
As parcerias já firmadas incluem também as Comissões de Coordenação das Regiões Centro e Norte, estando ainda prevista a ligação com outros observatórios europeus.
Embora um observatório deste tipo já estivesse enquadrado no sistema legal, desde 1998, designadamente na Lei de Bases do Ordenamento do Território, o Governo nunca chegou a avançar com a sua criação.
Foi apenas quando a APPLA mostrou preocupação pela falta da aplicação da Lei de Bases e interesse nesta estrutura, que acabou por ser sugerida a sua criação a partir da associação com sede em Aveiro, explicou Pedro Silva, frisando que o observatório acabou assim por ganhar um carácter «independente do poder político«.

Lusa

(16 Mai / 16:55)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Economia

Taxas de juro da Zona Euro sobem nos três prazos mais longos

As taxas de juro interbancárias da Zona Euro (Euribor) subiram hoje nos três meses, seis meses e ano.

As taxas a que os principais bancos da Zona Euro estão dispostos a emprestar dinheiro no mercado monetário interbancário, tendo por base 360 dias, são as seguintes:

Prazos………..Hoje………6ªfeira

1 mês………..3,343……….3,343
3 meses………3,43………..3,427
6 meses………3,591……….3,578
1 ano………..3,924……….3,902

Nota: Valores em percentagem.

(13 Mai / 17:28)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Aveiro

Aveiro

Campanha oceanográfica

Entre os próximos dias 9 e 27 de Maio decorrerá ao largo de Aveiro, a bordo do navio Noruega, uma campanha de obtenções de dados biológicos e hidrológicos integrada no Projecto ProRecruit. Este projecto, liderado pelo Prof. Henrique Queiroga, do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro, e financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, integra cerca de trinta investigadores e estudantes das Universidades de Aveiro, Lisboa e Évora e do Instituto de Investigação das Pescas e do Mar.
O Projecto ProRecruit tem como objectivo compreender como actua o controle atmosférico e oceanográfico dos mecanismos de dispersão de larvas e de recrutamento em populações litorais de caranguejos e de cracas. As espécies alvo deste estudo são representativas de grupos de espécies com elevado interesse económico e constituem bons modelos biológicos para a investigação destes processos.
Espera-se que este projecto contribua para a compreensão dos factores que controlam a variabilidade da densidade populacional de espécies com interesse económico, de modo a desenvolver estratégias de gestão destes recursos.
O Noruega, propriedade do Instituto de Investigação das Pescas e do Mar, é um dos principais navios de investigação oceanográfica portugueses. Durante este cruzeiro, no qual participarão investigadores e técnicos da Universidade de Aveiro, serão colhidas amostras de plâncton que possibilitarão a descrição da distribuição horizontal das larvas das espécies em estudo, bem como da variação temporal da sua distribuição vertical. Serão também feitas medições de salinidade, temperatura e direcção e velocidade da corrente, de modo a descrever a relação entre a circulação atmosférica, a estrutura tridimensional da massa de água e a direcção e intensidade das correntes. Os dados obtido serão utilizados para o desenvolvimento de modelos conceptuais e numéricos dos processos de transporte e dispersão das larvas.

(10 Mai / 190:02)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Anadia

No Tribunal de Anadia

Ucranianos condenados por crimes de extorsão e violação de domicílio

Catarina Cerca

O colectivo de juizes do Tribunal Judicial de Anadia condenou quatro dos sete imigrantes da Europa de Leste que vinham sendo acusados de ter praticado os crimes de extorsão e violação de domicílio. Só três dos arguidos puderam sair em liberdade, já que todas as acusações que sobre eles recaíam, foram retiradas. O colectivo só não deu como provado que as armas brancas encontradas, aquando da detenção dos arguidos, tenham sido utilizadas na intimidação do casal de lituanos (Ingas e Daiva), vítimas da extorsão e agressão, residentes, na altura, em Anadia.

“DE FORMA VIOLENTA E AMEAÇADORA”

O colectivo de juizes do Tribunal de Anadia, presidido por Carlos Guerra, deu como provados dois dos três crimes de que os ucranianos vinham sendo acusados de ter praticado contra compatriotas seus, na madrugada do dia 29 de Agosto do ano transacto.
A leitura da sentença decorreu durante a manhã da passada terça-feira, dia 23 de Abril, em Anadia, e dois dos arguidos, “os verdadeiros líderes”, como diria o juiz presidente, foram condenados com penas de prisão superiores a dois anos, “pela forma violenta e ameaçadora como actuaram”, enquanto que outros dois ucranianos, “meros coadjuvantes no crime”, como diria o juiz Carlos Guerra, foram condenados a vinte meses de prisão.
O colectivo foi apenas condescendente em relação a três outros arguidos que foram absolvidos por não ter ficado provado que tenham tido qualquer participação nos crimes. Isso mesmo foi avançado pelo juiz presidente que, durante a leitura da sentença, concluiu que Vitaly, Oleksandr e Tyshko seriam ilibados das acusações, já que “não ficou provado que tenham tomado parte dos acontecimentos”, pelo que foram absolvidos. Mesmo assim, os três cumpriram, desde Setembro de 2001, penas de prisão preventiva que variou entre os quatro meses para Tyshko e oito meses para Vitaly e Oleksandr.
Nos casos dos principais responsáveis pela prática do crime de extorsão e violação de domicílio, o Tribunal de Anadia deu como provado que Batareynyy e Herman actuaram “de forma violenta e ameaçadora”, pelo que sobre o primeiro, um ucraniano, de 44 anos de idade, foi aplicada a pena mais elevada (dois anos e nove meses de prisão), enquanto que Herman, de 26 anos, também de nacionalidade ucraniana, foi condenado a dois anos e dois meses de cadeia.
Nesta diferenciação entre as penas pesa o facto de sobre Batareynyy, o colectivo de juizes não ter deixado de ter em consideração “o seu passado criminoso na Ucrânia”, tendo estado envolvido num caso de rapto e extorsão. Já em relação a Herman, o colectivo foi mais condescendente, até porque o arguido tem a vida estabilizada em Portugal, onde reside com a esposa e filha menor, possui emprego fixo e é bem visto por várias pessoas que com ele lidaram de perto. No caso de Petro e Viktor, condenados a 20 meses de prisão, apenas ficou provado que foram coadjuvantes e não líderes na prática dos crimes.
O Tribunal decidiu ainda que Petro, Viktor e Batareynyy serão expulsos do país assim que cumprirem as penas a que foram condenados e só Herman poderá permanecer em Portugal por ter a sua situação profissional e familiar estável.

Factos foram dados como provados
O colectivo não teve dificuldades em dar como provadas grande parte dos factos indicados na acusação. Assim, durante a madrugada de 29 de Agosto, os sete ucranianos terão ido a uma residência localizada em Anadia, habitada por outros cidadãos, provenientes da Europa de Leste, para lhes extorquir dinheiro (750 dólares), alegadamente para “passar amigos retidos na fronteira entre França e Espanha”. Provado ficou ainda que Batareynyy, Herman, Viktor e Petro tenham entrado num dos quartos da casa “sem autorização”, usando de violência sobre o casal de lituanos (Ingas e Daiva), tendo ainda Batareynyy ordenado a Daiva que lhe fizesse sexo oral, o que ela sempre recusou. Ingas com medo de maiores violências sobre si e sobre Daiva acabou por sair de casa acompanhado pelos quatro homens e cedendo às exigências prometeu arranjar 100 dólares. Com a ajuda de um amigo efectuou um levantamento de 30 mil escudos, tendo entregado 25 mil a Herman. Só não ficou provado que as duas navalhas apreendidas tenham sido utilizadas e empunhadas por Herman e Batareynyy como forma de pressionar os residentes.
Refira-se ainda que foi Ingas e a companheira que após os factos apresentaram queixa na Polícia Judiciária em Coimbra que poucas horas depois detinha os arguidos.

(3 Mai /11:21)

Posted in arquivo notícias0 Comentários

Ad Code

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com