Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Por Terras da Bairrada

Final Nacional de protótipos no IPB

O presidente do conselho diretivo da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP), Gonçalo Xufre Silva defendeu, na penúltima terça-feira, durante a 6.ª edição do concurso de Protótipos Tecnológicos (APTIPRO), que se realizou no Instituto Profissional da Bairrada (IPB), a importância de um ensino profissional de qualidade.
Gonçalo Xufre Silva, no momento que antecedeu a entrega de prémios às equipas que participaram no APTIPRO, dirigiu-se aos alunos presentes, sublinhando que o ensino profissional é importante para o desenvolvimento económico do país e que se pretende que seja uma ferramenta para a vida dos alunos que o frequentam.
O Aptipro é um concurso dirigido aos alunos finalistas de cursos profissionais dos domínios da eletrotecnia, eletrónica, mecatrónica, automação e afins, consistiu na construção de um protótipo realizado no âmbito de Provas de Aptidão Profissional. A concurso estiveram cerca de 40 projetos de 22 escolas de todo o país, envolvendo cerca de 200 alunos.
Ainda na sessão de entrega de prémios, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Mário João Oliveira, começou por felicitar o trabalho desenvolvido pelas escolas, falando da sua experiência de 30 anos na vida empresarial, nomeadamente das “necessidades técnicas sentidas pelas empresas da região”. “Em boa hora, o Comendador Almeida Roque e a autarquia juntaram esforços para criar o IPB, já que este tipo de formação é vital para habilitar os alunos a entrar no meio laboral”. “Quando temos os meios e vontade decerto que atingimos os objetivos”, acrescentou o autarca, sublinhando que “os alunos devem ter atitude, persistência, resiliência e a capacidade de inovar, já que são qualidades que contam para qualquer empresário na hora da admissão”.
Por seu lado, a organização sublinhou a importância do apoio de todos os patrocinadores que garantiram prémios superiores a dez mil euros.
Os alunos da Escola Profissional de Agricultura de Carvalhais, Mirandela, foram os grandes vencedores do APTPRO. Levaram a concurso o protótipo de um trator que elimina a principal causa de morte em acidentes com estas máquinas agrícolas. O AGROBOT é um robot agrícola desenvolvido pelos alunos a partir de um trator em fim de vida que se encontrava nas instalações da escola transmontana e que é comandado à distância “através de um equipamento dotado de um sistema android, tal como um vulgar smartphone”.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Comando dos Bombeiros Voluntários reforçado

Alexandre Conceição é o novo 2.º Comandante dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Bairro e Bruno Almeida é o Adjunto de Comando. Estes dois elementos vão preencher as duas vagas que estavam em aberto no comando da corporação dos Bombeiros de Oliveira do Bairro e tomaram posse, oficialmente, na última sexta-feira.
O Comandante dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Bairro, Marco Maia, começou por se dirigir aos novos elementos que o vão ajudar no comando, afirmando que “vos espera, sobretudo, mais responsabilidade no cumprimento dos direitos e obrigações que se esperam de uma instituição como a que honramos”. “Mais responsabilidade, acima de tudo, por vos caber agora, a tomada de decisões na direção operacional deste corpo de bombeiros”, afirmou, esperando que “sirvam com lealdade e sentido de responsabilidade esta corporação”. “Os pilares da gestão operacional de qualquer instituição são a dedicação, disciplina e sentido de responsabilidade”, disse.

Escolhas. Alberto Nunes Cardoso, presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Bairro (AHBVOB), começou por sublinhar que “a escolha para o cargo que vão ocupar é a escolha do nosso / vosso Comandante. O Comandante tem toda a confiança, a total confiança da direção, pelo que então a escolha também é da direção”. “Estamos convictos de que estes dois elementos se vão pautar pelos valores que foram absorvendo na escola formativa do voluntariado”, afirmou Alberto Nunes Cardoso, sublinhando que “não vai ser fácil o desempenho da missão. Uma missão que dependerá de vós, mas que contará com o apoio da direção”.

Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Centro Social inaugura Lar Dr. Fernando Peixinho, no valor de 1.4 milhões de euros

O novo Lar Dr. Fernando Peixinho foi inaugurado, na última sexta-feira, pelo secretário de Estado da Segurança Social, Agostinho Branquinho. Uma inauguração feita no exato dia em que o Centro Social de Oiã comemorou 57 anos de existência. A nova valência, agora inaugurada e que custou 1.4 milhões mais IVA, acolhe as respostas de lar residencial para 13 utentes; lar de idosos para 30 utentes e serviço de apoio domiciliário. “Nas duas primeiras respostas, a procura é já superior à capacidade disponível e no serviço de apoio domiciliário, a arrancar em breve, o número de interessados é já significativo”, afirmou Carlos Réu, presidente da direção do Centro Social de Oiã, destacando “a profunda ligação do Centro Social à comunidade e o trabalho notável de todos que têm servido a associação ao longo dos anos”. “De facto é bem patente como a instituição cresceu à medida que a vila de Oiã também cresceu, como se adaptou e procurou dar respostas adequadas às necessidades sentidas pela população”, afirmou Carlos Réu, sublinhando que “quanto ao trabalho que aqui tem sido feito, ao longo de mais de cinco décadas, a direção, a que presido, quer manifestar o apreço, o profundo respeito e a bem merecida gratidão, a todos quantos deram ao Centro Social o melhor de si”.

Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Oiã, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Ministro da Educação inaugura Instituto Profissional da Bairrada e Escola Acácio Azevedo

O Ministro da Educação, Nuno Crato, inaugura, esta quinta-feira, pelas 17h, as obras de ampliação e requalificação da Escola Básica do 2.º e 3.º ciclo Dr. Acácio de Azevedo, em Oliveira do Bairro e, pelas 18h, o Instituto Profissional da Bairrada (IPB). Neste, dia pelas 17h20, tomará posse a diretora do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro, Júlia Gradeço, que, recentemente, foi reeleita para o cargo.
As obras de ampliação e requalificação da Escola Básica do 2.º e 3.º ciclo Dr. Acácio de Azevedo, custaram 2.780.000,06 euros, enquanto que o IPB resulta de um sonho de décadas do Comendador Almeida Roque que custeou a sua construção, através da Fundação Comendador Almeida Roque.

Programa

Escola E.B. 2.3 Dr. Acácio de Azevedo
17h – Receção na Escola E.B. 2.3. Dr. Acácio de Azevedo, em Oliveira do Bairro; 17h05 – Breve apontamento musical com alunos; 17h10 – Descerramento de placa, seguida de visita às instalações e pelas 17h20 – Tomada de posse da diretora do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro, seguida de intervenções das entidades oficiais.

IPB – Instituto de Profissional da Bairrada
18h – Chegada à Fundação Comendador Almeida Roque/IPB – Instituto de Profissional da Bairrada; 18h05 – Apontamento musical; 18h15 – Descerramento de placa, seguida de visita às instalações; 18h35 – Intervenção do Comendador Almeida Roque, seguida de intervenções das entidades oficiais e pelas 19h15 – Espumante de honra e encerramento.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Expofacic está pronta para abrir dia 23

A Expofacic está pronta a abrir portas, no próximo dia 23, para a 25.ª edição. Ontem, jornalistas e a Comissão Executiva do evento visitaram toda a área da feira. O presidente da Inova, Patrocínio Alves, revelou as principais novidades da edição, dando conta que o Parque de Campismo já tem 150 inscrições e que as expetativas para o Expofacic Bus – que liga as cidades mais próximas a Cantanhede -, são elevadas.
Fez ainda referências às exposições culturais, nomeadamente de João Cutileiro e ainda à presença do Museu do Café, da responsabilidade da Delta.
Nesta edição, comemorativa dos 25 anos da Expofacic, a organização entregará uma medalha a todos os expositores e dedicará o último dia às Comunidades Portuguesas Emigrantes.
O presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, João Moura, aproveitou a ocasião para agradecer a toda a Comissão Organizadora pelo esforço e dedicação, salientando a importância do Dia das Comunidades e, em particular, de todos os emigrantes.
João Moura disse ainda não estar preocupado com o crescimento da feira, mas, sim, em consolidar a feira na qualidade. “É o cunho da qualidade que pretendemos transmitir, sempre com a convicção de que vamos continuar a ser a melhor e maior feira do género do país”, afirmou o autarca.

Posted in Cantanhede, Por Terras da Bairrada0 Comentários

ACR Avelãs de Cima inaugura Parque S. Pedro

ACR Avelãs de Cima inaugura Parque S. Pedro

A generosidade dos primeiros sócios de mérito da Associação Cultural e Recreativa (ACR) de Avelãs de Cima, aliada à colaboração de duas empresas permitiram que fosse criado mais um espaço de lazer na freguesia.
O mote foi dado por Luísa Belo e José Simões, casal emigrado na Venezuela (passam cá o verão), proprietários da Quinta S. Pedro, que ofereceram 5 mil euros à ACR. Com a ajuda da Greslar e da Certeca e com muita mão de obra da direção e associados, foi possível inaugurar, no último domingo, o Parque S. Pedro, fazendo-se assim homenagem ao padroeiro da freguesia e a ligação aos beneméritos.
No total, a obra ficou em cerca de 12 mil euros, e contempla um anexo aos balneários, para apoio à Escolinha de Minibasquete e outras atividades desportivas, uma churrasqueira, um parque infantil, e equipamentos vários (como candeeiros e caixotes do lixo).
“É um projeto que inicíamos há cerca de dois anos, com o donativo, e que se foi construindo. Recentemente, já no mandato da Eng. Teresa, chegou aqui a luz pública, que é uma mais valia”, referiu a presidente da ACR, Eugénia Veiga, agradecendo à presidente da Câmara Municipal de Anadia, Teresa Cardoso, pela presença e apoio.
A autarca regozijou-se por aquele momento de festa, “fruto de muito trabalho ao longo dos anos”. Valorizou o crescimento da associação que, “quer na parte cultural, quer na desportiva, se tem desenvolvido e mobilizado a população”.
O presidente da Junta de Avelãs de Cima, Manuel Veiga, que vestiu a camisola da ACR durante 14 anos, não escondeu a emoção “por ver esta associação a continuar a crescer”, destacando a importância que têm estas coletividades, para o convívio e dinamismo de uma freguesia.
O dia foi abrilhantado pela atuação do grupo InCantus, que se formou na ACR, mas tem pessoas de quase todos os lugares da freguesia. Atuou pela primeira vez para as suas gentes, depois de ter estado no palco “Sentir Anadia”, na Feira da Vinha e do Vinho, em junho. Cantam poemas dos poetas da freguesia que já editaram livros, como Armando Pereira e Belarmina Martins.
Naquele dia ainda, decorreu o final da época das Escolinhas de Minibasquete e houve o torneio de malha da freguesia, cujo vencedor irá agora participar no torneio municipal de malha, em setembro.
Oriana Pataco

Posted in Anadia, Avelãs de Cima, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Vitória satisfeito promete regresso para estágio no Luso

Vitória satisfeito promete regresso para estágio no Luso

O plantel do Vitória de Guimarães, que estagiou no Luso de 6 a 11 de julho, ficou satisfeito com as condições que encontrou para trabalhar a pré-epoca do campeonato de futebol. A comitiva não poupou elogios, a começar pelo presidente do clube, Júlio Mendes, que na receção oficial na Câmara da Mealhada, admitiu um regresso em futuros estágios.
A comitiva, que para além de estagiar no Luso e de ter participado e vendido o Troféu Cidade da Mealhada, aproveitou para fazer visitas pelo concelho, entre elas às Caves Messias, foi recebida na quinta-feira, pelo presidente Rui Marqueiro, que não escondeu a alegria de ver o salão nobre cheio de estrelas do futebol. “Nunca esta sala teve tanto talento, tantos virtuosos do desporto rei. É uma honra e quero agradecer-vos terem escolhido o Luso para o vosso estágio”, afirmou, deixando votos de felicidades ao clube para que consiga, em especial, chegar à fase de grupos da Liga Europa.
Em resposta, o presidente do Vitória SC, deixou vários elogios. “Temos todas as condições que precisamos e encontrámos pessoas simpáticas e acolhedoras. Tudo me leva a crer que vamos continuar a trabalhar aqui convosco”, destacou.
Rui Marqueiro foi brindado com uma camisola autografada por todo o plantel, entre outras lembranças alusivas ao clube, e retribuiu com lembranças da autarquia, entre elas o famoso e premiado vinho 4 Maravilhas.
No final, em declarações ao JB, Júlio Mendes reiterou os elogios e em jeito de balaço disse levar para Guimarães a memória de “excelentes condições, uma hospitalidade singular… o que é muito importante. “Como já tenho dito, não somos um clube de expressão nacional mas queremos ser vistos de forma simpática por todos e isto para nos é muito importante”. Em conclusão, o presidente do Guimarães sublinhou que “foi uma experiência positiva e que com certeza nos levará a voltar”.
João Paulo Teles

Leia a notícia completa na edição de 16 de julho 2015 do JB

Posted in Mealhada, Por Terras da Bairrada0 Comentários

“Animar o Verão”: cor e animação até setembro

“Animar o Verão”: cor e animação até setembro

Já se encontra disponível o programa, para o mês de julho, do projeto “Animar o Verão 2015”, que promete contagiar o Município de Vagos com muita animação e cor nos meses de julho, agosto e setembro.
Para o mês de julho, estão programadas diversas atividades culturais, desportivas e de animação que decorrerão, na sua maioria, na Praça Central da Vagueira.
A “Biblioteca de Praia” está de portas abertas, todos os dias, das 10h às 13h e das 14h às 18h, na Praça Central da Vagueira, promovendo o acesso ao livro e à leitura, num espaço lúdico e de lazer. No dia 25, pelas 11h, neste mesmo espaço, as crianças poderão assistir a “Hora do Conto” num momento mágico onde será contada uma história. Nos dias 16, 23 e 30 as crianças terão a oportunidade de assistir a sessões de Cinema, com horário marcado para as 15h e 21h30, no Espaço Museológico da Vagueira.
O desporto estará em permanência com atividades para todos, desde aulas de Zumba, aos domingos, pelas 10h30, na Praça Central, o “Bum Bum Brasil”, aos sábados, pelas 17h, no Areão, e pelas 18h na Vagueira (“Canto da Sereia”). No dia 18 decorrerá, pelas 18h30, uma caminhada de 6,5km (Vagueira>Costa Nova), com início na Praça Central da Vagueira. Já pelas 19h, deste mesmo dia, decorrerá, na Costa Nova, a 2.ª Corrida Popular. Pelas 21h30, a Praça Central da Vagueira irá encher-se de cor com o desfile das Marchas Populares.
De 23 a 25 de julho decorrerá o “Município Sem Fronteiras”, pelas 21h30, na Praça Central. No dia 26, pelas 10h, na Marina da Vagueira, venha usufruir de uma “Manhã Náutica”.
De 29 de julho a 7 de agosto decorrerá ,no Campo de Jogos da Vagueira, o Torneio de Futebol de Praia.
A animação musical também não faltará, sendo possível assistir, já no dia 15 de julho, pelas 22h30, na Praça Central da Vagueira à atuação do grupo “Vinil”. Nos dias 17 e 29 , pela mesma hora e no mesmo local, decorrerá um momento de “Jazz na Praia” e a atuação do grupo “Som Jovem”, respetivamente.
No dia 31 de julho decorrerá o “Ignite Vagueira”, pelas 17h, no Espaço Museo.

Posted in Por Terras da Bairrada, Vagos0 Comentários

200 alunos disputam concurso nacional no IPB

A 6.ª edição do concurso de Protótipos Tecnológicos (APTIPRO) realizou-se, na terça-feira, no Instituto Profissional da Bairrada (IPB). A concurso estiveram 40 projetos de 22 escolas de todo o país, num total de 200 alunos..
Realizou-se também uma exposição pública de todos os protótipos em competição, dos quais apenas os alunos dos seis melhores trabalhos fizeram a prova final de apresentação oral e defesa dos respetivos projetos.
Este concurso, dirigido aos alunos finalistas de cursos profissionais dos domínios da eletrotecnia, eletrónica, mecatrónica, automação e afins, consistiu na construção de um protótipo realizado no âmbito de Provas de Aptidão Profissional.
Paralelamente, decorreram duas sessões dinamizadas por empresas que abordaram problemáticas desta área. O evento contou com a presença de várias entidades institucionais como a Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional.
Com esta iniciativa, a Associação Nacional de Professores de Eletrotecnia e Eletrónica (ANPEE), este ano em parceria com o IPB, pretende motivar os alunos, evidenciando, perante o mundo empresarial, as competências alcançadas por estes.
Foi ainda objetivo proporcionar novas oportunidades de aprendizagem e promover o intercâmbio de experiências educativas e de saberes profissionais entre os professores de eletrotecnia.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Antes de morrer eu quero… comer tripas em vinhos d’alhos

Antes de morrer eu quero… comer tripas em vinhos d’alhos

Ouve-se da rua o crepitar do borralho e, ao entrar na Casa Gandareza, a fumaça não engana. No meio do pátio gandarez, fumegando dentro das caldeiras, as couves vão cozendo, aguçando o apetite para o almoço. Na cozinha, as confrades das “Sainhas” vão ultimando as tripas em vinhas d’alhos, feitas como manda a tradição: tripas, coiratas (sem toucinho), bucho e orelheira de porco, que estiveram uma semana a macerar em vinho de alhos.
Está tudo pronto para receber Palmira da Graça e a restante comitiva do Centro Comunitário da Gafanha da Boa Hora (concelho de Ílhavo). Hoje o dia é especial. Vai cumprir-se um sonho.

Tudo começou há cerca de um mês, quando a equipa técnica do Centro Comunitário, que já habituou a comunidade a ideias que nada têm de comum, decidiu pôr em prática o projeto internacional “Before I die” (Antes de morrer). Os idosos, os mesmos que há cerca de ano e meio recriaram a música “Wrecking Ball” de Miley Cyrus, foram agora convidados pelo animador Ângelo Valente e pela gerontóloga Sofia Nunes, a exprimir uma espécie de último desejo, um sonho a cumprir antes de morrer. Longe de imaginar o impacto que a ideia teria, os sonhos dos idosos inundaram as redes sociais e o efeito foi imediato. “Numa questão de horas, tornou-se viral”, confirmou ao JB, Ângelo Valente. “As pessoas identificaram-se com aquela situação e questionaram-se – «o que é que me falta fazer?»”.
Poucos dias bastaram para que os sonhos passassem do quadro de lousa à prática. E os que pareciam mais complicados, foram os primeiros a realizar. Como o de Maria Fidalgo, que antes de morrer, queria cantar para muita gente. “Fomos convidados, pelo César Mourão, a levar a nossa D. Fidalga, como é conhecida, ao Theatro Circo, em Braga, onde ele estava a representar a peça «Esperança». E, no dia 1 de julho, ela cumpriu o seu sonho.”
Também Maria Vitória e Alfredo Miranda viram realizado aquilo que pensavam impossível. Queriam voar e o Aeroclube de Viseu fez-lhes a vontade. Sofia Nunes garante que o objetivo número um neste e nos outros projetos, “é que seja uma terapia, que sirva para nos conhecermos melhor, que permita um estreitar de relações entre todos”.
“Antes de morrer eu quero… ver o Benfica ao vivo; voltar à Figueira da Foz; ir à América; voltar a ver os meus netos; voltar a entrar num navio” são apenas alguns dos sonhos manifestados. “Já fomos contactados pelo SL Benfica e o sr. João Fernando, em agosto, vai a Lisboa ver um jogo, conhecer o presidente e o treinador…”, conta Ângelo Valente. “Também fomos surpreendidos pelo Marco Paulo, que nos ligou pessoalmente, a dizer que vai cumprir o sonho da D. Alice Pereira, irá ao nosso Centro muito em breve [já foi entretanto…] e depois vai levá-la a um concerto.” Assim como Tony Carreira, que vai cumprir o sonho de Benilde Rocha, que o quer conhecer. “Vai passar um dia em grande, vai a um spa, vai ser super mimada e, no final do dia, vai conhecer o seu cantor de eleição.”
Se estes sonhos, que pareciam difíceis de cumprir, afinal nem foram tanto assim, mais complicado será o da D. Deolinda, que gostava de voltar a ver, ou o da D. Leopoldina Inácio, que quer voltar a ter vontade de viver. “Tudo fazemos para que os nossos idosos se sintam felizes. Nós queremos desmistificar o envelhecimento, por um lado, e a institucionalização, por outro”, salienta Ângelo Valente. “Nós acreditamos que é possível ser feliz numa casa como a nossa, onde aceitamos toda a gente e onde todos têm a liberdade de ser eles próprios, de ter as suas rotinas, de fazer aquilo que gostam.” Não é por acaso que este Centro Comunitário é contactado por outras instituições, “no sentido de saberem como é que nós trabalhamos”.
A exploração de emoções está na base de muitos dos projetos levados a cabo por esta equipa. Os vídeos, como o “Wracking Ball” ou o “Vadzilla”, que se tornaram virais, ou as fotografias partilhadas no facebook, “são uma terapia”, mas também os dois cães que “fazem parte da casa têm um enorme sucesso na qualidade de vida dos nossos idosos”.
E, por trás de uma equipa técnica com este dinamismo, tem de estar uma direção à altura. “Este é mais um projeto que eu apoio, eu e todas as pessoas da direção”, frisa o presidente do centro Comunitário, Amândio Costa. “É muito importante, porque envolve não apenas os idosos, tirando-os da instituição, como também insere a comunidade no seu dia a dia e promove a mudança de atitude, a forma como se olha para a institucionalização. Queremos que esta seja vista como uma possibilidade de ter um fim de vida com dignidade”, remata Amândio Costa.

Oriana Pataco

Leia a reportagem completa na edição de 16 de julho do Jornal da Bairrada

Posted in Destaque, Ílhavo, Por Terras da Bairrada, Região, Vagos0 Comentários

SFImobiliaria

Pergunta da semana

Portugueses praticam cada vez mais exercício ao ar livre. É o seu caso?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com