Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Por Terras da Bairrada

I Caminhada São Miguel é dia 20 de maio

A Paróquia de Oliveira do Bairro, em parceria com a Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, realiza, no próximo dia 20 de maio, sexta-feira, pelas 20h30, a I Caminhada São Miguel, com uma distância de 5,5km, com o objetivo de angariar fundos para as obras da Igreja Matriz.
As inscrições podem ser feitas, até ao dia 18 de maio, nos seguintes locais: Parque Desportivo Municipal, Biblioteca Municipal, Polos de Leitura, Juntas de Freguesia, Casa Paroquial ou ainda através de um formulário disponível online no site da Câmara Municipal.
Até aos seis anos as inscrições são gratuitas, dos 6 aos 16 o custo é de uma caminhada e depois dos 17, três caminhadas. A inscrição inclui colete, brinde, água e sopa no final da caminhada.

Programa
20h30 – Concentração dos participantes – Adro da Igreja de Oliveira do Bairro.
21h – Aquecimento para a caminhada.
21h30 – Caminhada de 5,5 km pela Cidade de Oliveira do Bairro.
23h – Convívio com oferta de sopa a todos os participantes.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

VIVA e Festa da Criança até domingo

A 11.ª edição do  Viva As Associações, grande festa do movimento associativo do concelho de Oliveira do Bairro, abre hoje, pelas 19h30,, no Espaço Inovação em Vila Verde, e conta com 80 stands, de associações e entidades do concelho, 21 tasquinhas e 25 artesãos.
A edição deste ano aposta na música, dança, moda, desporto, saúde e cultura, entre várias outras áreas, sempre ligadas ao movimento associativo.
Até domingo, as associações vão ter a oportunidade de apresentar o que melhor fazem em prol da sua comunidade, num espaço que terá permanentemente animação, tasquinhas, stands e artesãos ao vivo, uma feira do livro e vários rastreios na área da saúde.
Segundo a organização – Câmara Municipal de Oliveira do Bairro -, o programa para esta edição do VIVA “foi elaborado de forma a evitar, sempre que possível, a simultaneidade de acontecimentos, para que as associações possam assistir às apresentações das suas congéneres, permitindo um maior convívio e partilha de projetos que possam, no futuro, ser realizados em conjunto, criando-se sinergias que acrescentem valor às próprias associações e à comunidade local”.

Programa
4 maio | 4ª feira
19h30 – Abertura Oficial da Feira com a presença da União Filarmónica do Troviscal, dos Escuteiros do Troviscal, Palhaça e de Oiã e dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Bairro
21h – Concerto de Coros: Coro de Câmara da Bairrada, Orfeão Sol do Troviscal, Grupo Coral de Oiã, Grupo Coral da Casa do Povo do Troviscal e Orfeão de Bustos
21h30 – NOITE VIVA do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro
22h – Rancho Folclórico As Vindimadeiras da Mamarrosa

5 maio | 5ª feira
15h-Colheita de Sangue – Associação de Dadores de Sangue da Mamarrosa
17h30- Assinatura da Carta de Geminação entre a Associação de Dadores de Sangue da Mamarrosa e Association  Marocaine des Donneurs de Sang de Marrocos
20h – Demonstração de Karaté pelas classes do Concelho – Frei Gil Voleibol Clube e UDCR Silveiro
21h – Ginástica Rítmica – ADREP
21h30 – Desfile de Moda – Associação Parcela de Sorrisos
22h – Cantares do Silveiro

6 maio | 6ª feira
15h – 3.ª Concurso de Equitação Adaptada da Bairrada – Evoluir/Quinta da Azinhaga
20h – Classe de Percussão da Escola de Artes da Bairrada
21h30 – Desfile de Moda – ACIB
21h30 – Grupo de Cantares Raízes da Nossa Terra – Palhaça
22h30 – Grupo de Folclore Identidade Lusa

7 maio | sábado
10h – Torneio de Minibasquetebol – Atómicos Sport Clube
10h – Street Football – Olveira do Bairro Sport Clube
10h – Torneio de Duplas de Voleibol – Frei Gil Voleibol Clube
16h – Concerto pela Escola de Música da Banda Filarmónica da Mamarrosa
17h – Cantares dos Moinhos
17h – Ballet e Guitarra – Conservatório de Artes e Comunicação FUOB
18h – Cantares de Bustos
21h – IPSB em Movimento
21h30 – Concerto pela Banda Filarmónica da Mamarrosa
22h30 – Concerto pela União Filarmónica do Troviscal

8 maio | domingo
9h – Torneio de Malha do Concelho – ADRAC Rêgo
9h30 – 4ª Corrida de Carrinhos de Rolamentos – Quartel das Artes
10h – Torneio de Minibasquetebol – Atómicos Sport Clube
15h – Demonstração de Defesa Pessoal – Associação Portuguesa de Wing Chun
16h |-Hip – Hop e Dança Contemporânea – Conservatório de Artes e Comunicação – FUOB
16h –Concerto pela Banda Escolar da União Filarmónica do Troviscal
17h – Hip – Hop e Danças de Salão – Associação de Melhoramentos da Mamarrosa
17h – Grupo Folclórico S. Pedro da Palhaça
18h – Rancho Folclórico S. Simão da Mamarrosa
18h – Breakdance – ANOB
20h – Tuna da Universidade Sénior de Oliveira do Bairro

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Rota Pedestre da Murta vence orçamento participativo da Junta de Freguesia

rota pedestre murta

A Rota Pedestre da Murta é a grande vencedora do Orçamento Participativo da Junta de Freguesia de Oliveira do Bairro. As urnas encerraram no último domingo e a proposta recebeu 136 votos. A proposta é dinamizada por um grupo de amigos da Murta que propôs a criação de percursos pedestres nas marinhas de arroz, localizadas no lugar da Murta. A proposta será agora executada pela Junta de Freguesia e terá 5 mil euros para ser implementada.
Segundo os autores da proposta, “pretende-se com estes percursos revitalizar algumas das enormes potencialidades do património natural e cultural do concelho, contribuindo também para a divulgação do artesanato e gastronomia locais”. “Nestes percursos, os visitantes poderão usufruir de paisagens soberbas, como fauna e flora abundantes.”
Este será o primeiro percurso pedestre a ser homologado no concelho de Oliveira do Bairro. Nos traçados, com 6.8 km, serão privilegiados os caminhos rurais e introduzidas zonas estratégicas de descanso com respetivos contentores para lixo. Serão ainda incluídas atividades de geocaching.

Satisfação. O presidente da Junta de Freguesia de Oliveira do Bairro, Márcio Oliveira, já disse estar satisfeito “com a participação maciça da comunidade oliveirense, que, através do seu voto, se mobilizou num verdadeiro movimento de cidadania em torno das causas públicas e privilegiando as políticas de proximidade”, destacando os 762 votantes que “fizeram questão de participar nesta iniciativa que, no concelho de Oliveira do Bairro, é inovadora e cujo conceito era ainda do desconhecimento de muitos cidadãos”.
Na página da Rota Pedestre da Murta, Vitor Costa, um dos responsáveis pelo projeto, agradeceu à equipa, Alice “Sabino”, Luisa Abrantes, Marta Reis, Hélder Neves, Victor Conceição, Antonio Matos e José Santos, e às pessoas que “votaram em nós”, expressando “o sentimento de alegria pela participação dos oliveirenses”.

Resultados

1.º – “Rota Pedestre da Murta”, 136 votos; 2.º – “Bombeiros melhor equipados”, 111 votos; 3.º – “Aquisição de mobiliário para mediateca – Polo escolar de Vila Verde”, 99 votos; 4.º – “Aquisição de equipamento para recreio escolar da Escola Básica de Oliveira do Bairro”, 71 votos; 5º – “Criação de um Banco de produtos de apoio a pessoas com mobilidade reduzida e comprovada carência económica”, 69 votos; 6.º – “Polo Museu de Oliveira do Bairro”, 65 votos; 7.º – “Requalificação do Parque da Canhota”, 49 votos; 8º – “Mini Jogos Sem Fronteiras”, 44 votos; 9º – “Caminhada mais divertida do Planeta”, 40 votos; 10.º – “Homenagem aos benfeitores da comunidade Vila Verdense”, 36 votos e 11.º – “10 concertos em 10 aldeias/lugares da Freguesia de Oliveira do Bairro”, 31 votos.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Agrupamento espera 4000 participantes na caminhada

O Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro (AEOB) vai realizar, no próximo dia 6, sexta-feira, a “Caminhada do Agrupamento”, envolvendo toda a comunidade escolar, incluindo familiares dos alunos, todos de t-shirt branca, cumprindo um trajeto de 3500 metros, desde a Câmara Municipal ao Parque Desportivo, com duas passagens pela Alameda. O Agrupamento apresenta, desde já, desculpas para eventuais transtornos à população. De acordo com o Agrupamento de Escolas, são esperados entre 3500 a 4000 participantes, dependendo do número de familiares que venham a participar.
O programa começa pelas 8h30 – concentração dos alunos nas salas correspondentes aos seus horários, chamada e últimas recomendações; 9h20 – concentração junto ao portão principal, por turma; 9h30 – saída da Escola nos autocarros em direção à Câmara Municipal; 10h30 – Início da caminhada, a partir da Câmara, de acordo com o percurso; paragem para recuperação das feridas e lesões e abastecimento de líquido;  12h – Aula de ZUMBA e/ou Aeróbica … na Zona Desportiva; 13h – Almoço partilhado e pelas 14h30, está marcado o regresso dos autocarros às escolas.

Posted in Destaque, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Feira de Artesanato regressa ao Silveiro após anos de interregno

A União Desportiva Cultural e Recreativa do Silveiro (UDCRS) vai voltar a promover a feira de Artesanato e Velharias do Silveiro, desta feita, nos dias 10, 11 e 12 de junho, no Largo do Barreiro.
O presidente UDCRS, Paulo Martins, diz que “depois de alguns anos de interregno, a UDCRS volta a engalanar o Largo do Barreiro com artesanato e velharias, com animação de palco e rua, com bares, no fundo, com 3 dias em que o convívio, a animação, a cultura popular e as artes vão estar de mãos dadas”. “Este evento, aquando da sua génese, teve uma dimensão digna de registo, mas hoje são muitos os eventos deste cariz, o que associado aos tempos de maior austeridade, leva a que a associação promova a feira não com a dimensão da altura, mas com a dignidade que merece e com a qualidade que se exige”, recorda.
Este responsável afirma ainda que em breve a associação dará a conhecer o programa do evento, que vai contar com 40 participantes, instalados numa tenda, com artesanato variado e com velharias, com folclore, música tradicional e dança.

Posted in Oiã, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Museu do Rádio em Bustos já tem anteprojeto aprovado

museu radio bustos

A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro aprovou por unanimidade, na reunião de câmara realizada na última quinta-feira, o anteprojeto de arquitetura do Museu do Rádio que será construído na antiga Escola Primária de Bustos. O Museu receberá mais de mil rádios que serão cedidos pela família de Manuel Silva, que é detentor da maior coleção de rádios em Portugal.
Recorde-se que Manuel Silva nasceu em 1930, residiu em Bustos, e atualmente mora no vizinho concelho de Vagos. Foi comerciante e técnico de rádios que por volta de 1950, começou a colecionar, ficando com os rádios velhos dos clientes que iam comprar um novo. Hoje conta com mais de 1500 exemplares. Ao longo dos anos, Manuel Silva acalentou o sonho de criar um Museu do Rádio, onde pudesse expor todos aqueles rádios que fazem a história da rádio, elemento fundamental na comunicação entre os povos e, até 1957, uns dos poucos meios de comunicação em Portugal.
De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Mário João Oliveira, o Museu será instalado na antiga Escola Primária, que sofrerá obras de ampliação para o lado do Parque de Bustos.
Segundo o autarca, o novo espaço, a ser construído, terá cerca de 270 m2 de área, sendo que a antiga escola servirá para albergar as reservas, ou seja, restante espólio que não estará em exposição. “Estamos a falar de áreas que não são muito grandes, mas achamos que será uma forma de dar uma nova vida ao centro de Bustos”, afirmou Mário João Oliveira, sublinhando que o espaço “irá de encontro às pretensões da família de Manuel Silva.
O edil oliveirense explicou ainda que, “apesar de já existir o Museu Nacional do Rádio, o museu que vai ser construído em Bustos, em termos de conteúdo, exemplares e de história, não se ficará atrás do que já existe no Museu Nacional”.
Já o vereador do CDS/PP, Paulo Caiado, deu a conhecer que em breve apresentará, em reunião de câmara, uma proposta no sentido da atribuição do nome de Manuel Silva ao Museu do Rádio. “À semelhança do que aconteceu com o Quartel das Artes Dr. Alípio Sol, irei propor que o museu se passe a chamar Museu do Rádio Manuel Silva”. Ao que Mário João Oliveira respondeu: “sobre a denominação, temos algumas ideias, pelo que a seu tempo traremos ao executivo propostas para o seu nome”.
Já o vereador António Mota disse ter ficado “comovido com a estratégia” de Paulo Caiado em indicar o nome para o futuro patrono.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Horóscopo

tita_horoscopo

CARTA: Roda da Fortuna 

AMOR – Trate de assuntos que não devem mais ser adiados porque quanto mais tempo reinar o mau estar, mais a mágoa se pode instalar. Seja objectivo mas evite ser demasiado duro.

SAÚDE – Tendência para problemas digestivos.

DINHEIRO – Não permita que situações pouco claras o afetem ou intimidem. Comportamentos nocivos poderão ter consequências imediatas. Reja-se pela calma e tudo se encaminhará de forma justa.

CARNEIRO  | TOURO  | GÉMEOS  | CARAGUEJO  | LEÃO  | VIRGEM | BALANÇA  | ESCORPIÃO | SAGITÁRIO | CAPRICÓRNIO | AQUÁRIO  | PEIXES


carneiro_certo
CARNEIRO
CARTA: A PAPISA
SIGNIFICA MISTÉRIO
AMOR
– A vida será mais fácil para a maioria dos casais, que devem aproveitar a oportunidade para reforçar a sua cumplicidade ou reconciliarem-se em caso de uma pequena briga.
DINHEIRO – Não delegue competências especialmente se os colegas forem menos capazes porque poderá estar em maus lençóis. Faça um esforço para manter um bom ambiente de trabalho.
SAÚDE – Tendência para aumento de peso.


Touro_certo
TOURO
CARTA: IMPERADOR
Autoridade
AMOR
– A sua predisposição e magnetismo pessoal andarão em alta, poderá eventualmente atrair um novo amor para a sua vida. Movimentações rápidas ocorrerão durante este período, esteja atento aos sinais, estes indicar-lhe-ão o caminho a seguir. Não reme contra a maré, nem feche o seu coração, deixe as coisas seguirem o seu caminho naturalmente.
SAÚDE – Controle de perto a sua pressão arterial.
DINHEIRO – As pessoas ao seu redor vão admirá-lo pela sua generosidade e compreensão. Seu estilo de vida demasiado agitado não está a deixá-lo cuidar-se como deveria. Precisa desacelerar e escapar mentalmente para diminuir o stress.


gemeos_certo
GÉMEOS
CARTA: PAPA
Significa Sabedoria
AMOR
– Prevê-se uma aproximação benéfica. De nada adianta ir contra as transformações que estão a surgir na sua vida e no seu coração, dê tempo ao tempo e deixe o universo agir sabiamente e em silêncio.
SAÚDE – Há quanto tempo não faz um exame à sua visão? Tenha isso em atenção.
DINHEIRO – Excelente altura para delinear novos caminhos, siga novas estratégias, os resultados serão os que espera. Siga um plano de sustentabilidade e abrace novas responsabilidades com uma atitude positiva e sem inseguranças.


caranguejo_certo
CARANGUEJO
CARTA: ESTRELA
Significa Esperança
AMOR
– Poderá encontrar alguns obstáculos aos seus sonhos, mas se souber canalizar a energia para os resolver eles serão passageiros e servirão de bagagem para o futuro.
SAÚDE – Poderão surgir pequenos incómodos nas articulações.
DINHEIRO – Um dia de cada vez e sem demasiadas expectativas porque depois poderá não ter os resultados de acordo com as suas expectativas e vai sentir-se defraudado. Pense positivo e sobretudo em algo que seja realizável a curto prazo.


Leao_certo
LEÃO
CARTA: RODA DA FORTUNA
Significa Instabilidade
AMOR
– Alguma desmotivação e um pouco de frustração energética poderão colocar em causa o diálogo com a pessoa amada. Respeite as diferenças do seu par, o mundo não gira à sua volta e nem tudo pode ser exatamente como quer. Adapte-se.
SAÚDE – Esta semana poderá sofrer de algumas tensões. Controle o stresse.
DINHEIRO – Poderá não conseguir conciliar todas as tarefas, ou cumprir com a sua agenda. Se vir que é um problema recorrente talvez seja melhor sentar-se, pensar e redefinir estratégias de forma a gerir melhor o seu tempo. Durante esta semana evite gastos, porém pode sempre tentar a sua sorte arriscando moderadamente num jogo do seu agrado.


virgem_certo
VIRGEM
CARTA: MUNDO
Significa Sucesso
AMOR
– Prevê-se uma semana de encontros benéficos onde a reciprocidade com o seu par será uma constante. Aproveite esta fase positiva no seu relacionamento para praticar a tolerância e limar pequenas farpas que se vinham instalando no seio do casal.
SAÚDE – Sem problemas de ordem maior.
DINHEIRO – Poderão surgir algumas viagens a trabalho, poderá eventualmente ter de adaptar o seu quotidiano a esta realidade mas conseguirá conciliar tudo como deve ser. Período financeiro com conjuntura favorável e sem grandes oscilações.


balanca_certo
BALANÇA
CARTA: TORRE
Colapso de Convicções
AMOR
– A harmonia do casal poderá vir a ser abalada por situações pouco claras ou pela intervenção de uma terceira pessoa que não sabe onde é o seu lugar. Se achar necessário chame à razão para que as coisas não tenham tendência a piorar.
SAÚDE – Cuidado na condução de veículos ou manuseamento de máquinas.
DINHEIRO – Durante esta semana pode sentir que está a remar contra a maré. Tenha em mento que é uma fase passageira e que rapidamente tudo voltará ao seu lugar. Tenha um pouco de paciência e não permita que situações dúbias lhe tirem o sono.


escorpiao_certo
ESCORPIÃO
CARTA: EREMITA
Significa Recolhimento
AMOR
– Dê mais atenção à pessoa amada. A vida é uma aprendizagem constante. Aprendemos muita coisa, mas crescemos mais nos momentos difíceis. As estruturas poderão ser abaladas e terá de reflectir sobre o rumo que a sua vida tomou.
SAÚDE – Tendência para problemas de fígado e vesícula.
DINHEIRO – Tudo o que necessitar será colocado no seu caminho, tome consciência que não precisa do que é supérfluo para ser feliz, apenas precisa do essencial para que não lhe falte o que lhe faz falta.

sagitario_certo
SAGITÁRIO
CARTA: FORÇA
Domínio
AMOR
– Para os nativos que se encontram sós há a possibilidade de surgir um novo amor. Para os que estão numa relação deverão ter nesta fase algum tacto para não ferverem em pouca água. Faça uma avaliação a frio do que tem de mudar na sua maneira de ser para que as coisas efetivamente resultem pelo melhor.
SAÚDE – Tendência sentir a sua energia vital fugir. Evite ambientes com carga energética negativa.
DINHEIRO – É possível que certos projetos peçam para ser adiados ou reavaliados, não tenha pressa, faça o que a sua intuição lhe ditar. Pode ter alguns problemas quanto a trabalhar em grupo, lembre-se que quando várias pessoas estão incumbidas do mesmo projeto tem de haver respeito pelas diferenças de opinião.


capricornio_certo
CAPRICÓRNIO
CARTA: JULGAMENTO
– Significa Novo Ciclo
AMOR
– Este pode ser um período de alguma turbulência na sua vida, é necessário que tome decisões que poderão afetar o seu normal curso. Hesitar é normal porém não pode adiar eternamente o que tem a fazer, enfrente os desafios de frente sem medo das consequências. Os dados estão lançados agora basta esperar que as coisas aconteçam.
SAÚDE – Faça uma alimentação variada. Pode sentir necessidade de alimentos que ajudem a depurar o seu organismo.
DINHEIRO – Eventualmente poderá sentir necessidade de testar os seus limites, saber do que é capaz. Não recuse os desafios que lhe parecerem demasiado arriscados por pensar que não está à altura. Porque não só está à altura como pode abarcar outros ainda mais ambiciosos.


aquario_certo
AQUÁRIO
CARTA: DEPENDURADO
Significa Sacrifício
AMOR
– Aproveite esta semana para fazer aqueles contactos com pessoas e amigos que já não vê há demasiado tempo. Com o seu par seria boa ideia que de vez em quando verbalizasse sentimentos. Faz bem ao ego saber que se é amado e apreciado, por isso diga-lhe isso com todas as letras.
SAÚDE – Tendência para anemia. Tenha cuidados redobrados com a sua alimentação.
DINHEIRO – Conseguirá colocar alguns assuntos em ordem e ultrapassar algumas dificuldades que tem vindo a atrapalhar o seu desenvolvimento laboral e financeiro. Concetre-se no que neste momento exige mais de si.


Peixes_certo
PEIXES
CARTA: SOL
Significa Sucesso
AMOR
– Suas novas ideias lhe trarão sucesso. Só não coloque a carroça na frente dos bois que tudo vai correr bem. Aventure-se a partir para o desconhecido com o seu par.
SAÚDE – Boa forma e sem problemas de ordem maior.
DINHEIRO – Período de conjuntura favorável à realização de projetos que envolvam viagens e comunicação. Deixe para trás questões menos importantes e dê prioridade ao que necessita de um impulso para avançar. São previstas vantagens financeiras resultantes de negócios bem sucedidos.

CARNEIRO | TOURO | GÉMEOS | CARAGUEJO | LEÃO | VIRGEM | BALANÇA | ESCORPIÃO | SAGITÁRIO | CAPRICÓRNIO | AQUÁRIO | PEIXES

Posted in Horóscopo, Oliveira do Bairro0 Comentários

Anadia: Feira Medieval tem como  ponto alto ópera cómica

Anadia: Feira Medieval tem como ponto alto ópera cómica

É com mais uma edição da Feira Medieval que a Câmara Municipal de Anadia comemora o feriado do concelho, evento que irá animar o centro da cidade de Anadia, nos próximos dias 4 e 5 de maio.
As Praças do Município e Visconde de Seabra, bem como os arruamentos envolventes, serão palco para as numerosas atividades previstas no programa do certame, que inclui teatro de rua, recriações históricas, espetáculos de malabares e música, a cargo dos grupos Viv’arte, Tradicionalis, Malatitsche e Mozárabes.
A feira, dedicada ao Vinho, terá início pelas 15h de quarta-feira, 4 de maio, com uma arruada no “burgo”, anunciando o começo dos festejos e a abertura do mercado, no qual os visitantes poderão deambular pelas tasquinhas e tendas das juntas de freguesia, instituições particulares de solidariedade social (IPSS), dos mercadores e dos artesãos, com mostras de produtos comercializados na época recriada.

Ópera cómica. O ponto alto do primeiro dia de feira será a apresentação da ópera cómica “Livietta e Tracollo”, de Giovanni Battista Pergolesi, onde a inteligente camponesa Livietta contracena com o desajeitado ladrão Tracollo, na presença de Fulvia e Faccenda, dois criados silenciosos.
Em palco estarão, assim, uma cantora/atriz, um cantor/ator e dois mimos, acompanhados, no desenrolar da trama, por uma orquestra composta por três violinistas, uma viola de arco, uma guitarra barroca, um contrabaixo e um violoncelista. Esta produção de Ritornello – Associação Cultural sobe à cena pelas 21h30, na Praça do Município, seguindo-se “In taberna quando sumus”, um espetáculo de malabares de fogo.
No dia seguinte, e após a reabertura do mercado pelas 10h, são retomadas as festividades, estando prevista, uma hora depois, a realização do cortejo de receção a D. Afonso Henriques. A animação prosseguirá até ao final do dia.
À semelhança do ano anterior, os visitantes poderão participar ativamente nas atividades da feira. Assim, no Centro Cultural de Anadia estarão disponíveis trajes da época que poderão ser envergados pelos interessados, e, no recinto da feira, haverá uma área destinada a jogos medievais.
Como habitualmente, a Câmara Municipal de Anadia conta, nesta iniciativa, com a preciosa colaboração das Juntas de Freguesia, IPSS e de outras entidades do concelho.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada1 Comentário

Sangalhos: Vinagre Moura Alves vence concurso nacional

Sangalhos: Vinagre Moura Alves vence concurso nacional

O Vinagre Moura Alves é produzido em Sangalhos, por método completamente artesanal, e acaba de vencer a 3.ª edição do Concurso Nacional de Vinagres de Vinho e outros Vinagres Tradicionais Portugueses que decorreu no passado dia 13 de abril, no CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, em Santarém, promovido pela Qualifica/oriGIn Portugal.
Sobre este importante prémio, JB conversou com Isabel Alves, diretora comercial e filha do produtor e conhecido enólogo Rui Moura Alves.
“Foi a primeira vez que concorremos a este concurso. Como deve compreender, estamos muito felizes por vencer nas duas principais categorias”, avança.
O concurso realizou-se em Santarém, onde estiveram presentes a concurso 17 vinagres de vinho nacionais, completamente artesanais e produzidos apenas por pequenos produtores.
Um certame que visa premiar, promover, valorizar e divulgar os Vinagres de Vinho e outros Vinagres Tradicionais, genuínos e exclusivamente produzidos em Portugal.
“O nosso vinagre ganhou a Medalha de Ouro na categoria de vinagres de vinho e ganhou o prémio Melhor dos Melhores de todas as categorias”, diz com orgulho a diretora comercial da Vinagreira Moura Alves, que produz atualmente dois tipos de vinagre: o vinagre que foi a concurso e que tem um estágio de 10 anos e o vinagre Reserva Especial que estagia entre 14 e 15 anos, produzido a partir de vinhos mais graduados. “O vinagre Reserva Especial ainda não está no mercado mas vai ser apresentado durante a Feira Nacional de Agricultura, que vai decorrer, em junho, em Santarém”, sublinha Isabel Alves, que a JB destaca o longo processo na produção deste vinagre único e tão exclusivo: “O nosso vinagre é feito por um processo inteiramente artesanal, pois demora 10 anos a transformar o álcool em ácido acético”.
Em estágio na vinagreira estão, neste momento, cerca de 50 mil litros de vinagre.
“Vendemos cerca de 2.500 litros de vinagre por ano, um valor que tem vindo a aumentar substancialmente, mas é preciso ter presente que vendemos garrafas de 100, 250 e 500 ml, o que significa que precisamos de vender milhares de garrafas”.
“Não existe segredo na produção deste vinagre. É um vinagre natural, feito apenas com vinho de qualidade. Não fazemos vinagre de vinho azedo. Isso é um erro”, destaca a responsável, para quem o prémio agora alcançado é “o reconhecimento de décadas de trabalho, uma vez que neste tipo de vinagre fomos os primeiros que, no país, iniciámos a comercialização”.
A zona de Lisboa e o Norte do país são os principais destinos deste nobre vinagre. “Os nossos clientes são muito garrafeiras, lojas gourmet, sendo o maior cliente o El Corte Inglés, que todas as semanas faz encomendas. Não vendemos para grandes superfícies, pois este é um produto delicado e muito seleto”, destaca, salientando ser este prémio “muito bom para a promoção do nosso vinagre”, mas porque o prémio lhes dá o direito de participar com stand próprio na 53.ª edição da Feira da Agricultura, que se realiza em Santarém, de 4 a 11 de junho, assim como, durante um ano, a rotulagem deste vinagre irá ser acompanhada por uma “medalha de ouro”.
Isabel Alves recorda ainda como começou a aventura da produção de vinagre: “o projeto foi iniciado na década de 80, por brincadeira. Como tínhamos o laboratório de análises enológicas e muito vinho de amostras, o meu pai decidiu começar a aproveitar o que sobrava das melhores amostras e tentar fazer vinagre. Uma experiência que ao fim dos primeiros 10 anos foi dada a provar a um leque de amigos, que ficou rendido à qualidade do vinagre. A aprovação foi de tal ordem que lhe ofereceram o rótulo (imagem) para o incentivar a comercializar. O grande amigo Luís Lopes, diretor da Revista de Vinhos, foi um dos maiores impulsionadores deste projeto, tal como mais tarde o chef Hélio Loureiro”.
Há uma década que o negócio assumiu uma dimensão séria e profissional. Neste momento, o vinagre Moura Alves é exportado para Canadá, França, China e Bélgica.
Catarina Cerca

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, Sangalhos0 Comentários

Anadia: Partidos e políticos debaixo de fogo

Anadia: Partidos e políticos debaixo de fogo

A revolução de Abril aconteceu há 42 anos e das várias conquistas, uma delas – a liberdade de expressão – foi vivida em pleno no passado dia 25 de Abril, durante a sessão extraordinária, solene e comemorativa da Assembleia Municipal.
Todos os líderes de bancada (CDS/PP, PS, PSD, MIAP), bem como o presidente de Câmara e Assembleia Municipal puderam livremente expor as suas opiniões e ideias, sem receios, em seis discursos, todos diferentes, mas todos proferidos de forma inteiramente livre.
Este ano, as intervenções estiveram mais centradas na conjuntura atual, nas desigualdades, na corrupção, mas sobretudo na crise de valores (os partidos e os políticos incluídos) e na falta de solidariedade.
A cerimónia contou com mais público do que habitualmente, não só pelo facto das comemorações decorrerem do lado da tarde, mas porque o bom tempo trouxe muitos anadienses à rua. No salão nobre não faltaram representantes de associações culturais, recreativas, desportivas e sociais, representantes de forças de segurança, dos Bombeiros Voluntários, entre muitos outros convidados.

“Abril está coxo”. Para Sidónio Simões, deputado do CDS/PP, o Dia da Liberdade exige uma “reflexão profunda”. E foi precisamente uma reflexão que o levou a recordar aspetos que nos mantêm numa “liberdade eternamente incompleta”. O deputado centrista focou-se nos sem abrigo, nos milhares de portugueses que vivem no limiar da pobreza, nas vítimas dos mais variados tipos de violência, na descriminação de género, na corrupção, nos comportamentos abusivos de gestores, políticos e banqueiros, mas também num poder local insuficientemente apoiado e sobrecarregado de competências, para concluir que “Abril está coxo e exige que se percorra ainda um longo caminho”.

Há políticos e políticos. António Alves, líder da bancada socialista, destacou aos presentes que os eleitos devem estar ao serviço do povo, ao serviço do país e “não para se servirem destes cargos para o seu bem pessoal e dos seus amigos”. Por isso, defende que “os políticos que são verdadeiramente democráticos sabem quando se devem retirar, exercem o cargo a pensar em todos e com transparência”. António Alves foi, em certa medida, ao encontro de algumas críticas proferidas, momentos mais tarde, pela edil Teresa Cardoso e pelo líder da bancada do MIAP, Luís Santos, quando criticou outro tipo de políticos que, “pensando apenas neles, tentam a todo o custo manterem-se ou voltar para cargos de decisão”. Políticos que “não trabalham com lealdade, julgam-se acima de todos; fazem uso da mentira e de outras estratégias para ludibriarem os eleitores”, disse António Alves. Por isso, conclui que ainda há muito a dizer sobre o 25 de Abril até porque estudos mostram o baixo índice de “cultura política” da população portuguesa o que é visível no concelho de Anadia, onde também é notório o desinteresse pela política.

“PSD abraçou a revolução”. José Carvalho, líder da bancada do PSD, destacou a presença do PSD no nascimento da democracia no país: “o PSD foi um alicerce e parte do novo processo político assente em eleições, tendo culminado na aprovação da Constituição e na reposição da autoridade administrativa e legal constitucional”.
Aos presentes, o deputado destacou importantes mudanças resultantes de Abril: aumento da esperança média de vida, a diminuição da taxa de mortalidade infantil, a criação do SNS, da Segurança Social, da rede de Escolas, de uma maior presença de mulheres em várias áreas. Mudanças positivas, fruto da ação do PSD, cujo contributo está também ancorado no poder local: “o número de câmaras municipais geridas sob a égide do PSD no país resultou na maior revolução vista e sentida pelos cidadãos”, diria ainda.

Críticas aos partidos, vivas aos movimentos de cidadãos. Luís Santos falou em nome da bancada do MIAP, movimento independente que lidera a autarquia anadiense desde as últimas autárquicas. Numa clara crítica aos partidos políticos, lamentou o “emaranhado de relações promíscuas entre quem detém o poder e quem o sustenta”, mas também do facto da “estrutura partidária se organizar em função de quem promete mais e melhor”. Aos presentes recordou que Anadia é um dos 13 concelhos portugueses que deu a vitória, nas últimas autárquicas, a um grupo independente de cidadãos, “pessoas cujo passado era garante de desprendimento de compromissos desviantes e de um ainda melhor concelho”.
Um concelho que “está melhor, porque mais livre e mais democrático”.

Farpas e recados. A intervenção da tarde e a mais longa caberia à edil Teresa Cardoso. As mudanças trazidas pelo 25 de Abril, os graves problemas que continuam a afetar o país, a busca de crescimento e progresso, a crise que se instalou no quotidiano foram apenas algumas das questões abordadas, uma vez que Teresa Cardoso centrou a sua intervenção na “crise de valores” que assola a sociedade: “um problema novo e preocupante quer nas formas em que se manifesta, quer no perfil de quem as protagoniza, quer ainda pelos artifícios de que se serve para iludir os mecanismos legais e policiais ou para escapar à justiça”. A edil falava de casos que envolvem os mais poderosos, da complexidade dos esquemas engendrados, pela argúcia e métodos utilizados. Por isso disse, uma série de vezes que: “Abril não acontece “…enquanto não houver justiça” (destacando os crimes de colarinho branco e as célebres offshores); “…enquanto o setor da Saúde estiver ameaçado” (lamentando os cortes orçamentais, o gradual encerramento de serviços hospitalares, situação caótica vivida nas Urgências, o aumento das listas de espera); “…enquanto a Educação for tratada como um capricho de cada novo governo que toma posse” (alterações constantes nas políticas educativas); “… enquanto a política não estiver ao serviço do interesse público”. E foi, precisamente na política que a autarca anadiense se debruçou com mais acutilância, apontando baterias ao “tráfico de influências” onde, à escala local, “se prometem e se trocam favores, onde se sobressaltam e se desinformam as pessoas, onde se compram militantes, onde a conquista do poder se faz de forma desonesta, desavergonhada, incongruente, imoral e anti-democrática”.
A terminar, Adriano Aires, presidente da Assembleia Municipal, recordou que embora tenhamos deixado de estar “orgulhosamente sós”, entramos para um mundo global onde temos de pagar o preço que todas as globalizações impõem. “Mas ganhamos a liberdade de expressão, de reunião, de associação, direito à igualdade de oportunidades, na educação, saúde e emprego, construímos um estado social mais justo, solidário e igualitário”. Também este responsável alertaria para “a ganância e o deslumbramento da classe política”, colocando em risco direitos fundamentais.

Catarina Cerca

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada0 Comentários

SFImobiliaria

Pergunta da semana

É assinante do Jornal da Bairrada?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com