Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Águeda

Maior fabricante de bicicletas asiático instala-se em Águeda

fabricante_bicicletas

O Município de Águeda e a FJ Bikes Europe assinaram, no passado dia 2 de setembro, o contrato-promessa de compra e venda de um lote no Parque Empresarial do Casarão (PEC-Águeda), concretizando assim a fixação do maior fabricante de bicicletas asiático neste concelho.

A referida empresa pretende construir uma unidade industrial para fabrico de bicicletas de gama média/alta e bicicletas elétricas destinadas ao mercado Europeu e dos Estados Unidos da América. A execução deste projeto, cujo investimento ronda os 8,2 milhões de euros, prevê criar cerca de 100 postos de trabalho, numa primeira fase, um número bastante significativo no contexto atual do desemprego tanto a nível nacional como local.
Na ocasião, Gil Nadais, Presidente da Câmara Municipal de Águeda, referiu que “o executivo municipal e os colaboradores da autarquia têm motivos para sentir orgulho pela concretização deste importante projeto para o concelho e para o país, que exigiu um grande esforço por parte de todos”. O autarca mencionou que “este investimento surgiu numa deslocação a Taiwan, onde se reforçou o projeto ‘Bike Valley Portugal’, e que irá trazer sinergias positivas com as empresas aguedenses do setor da indústria de duas rodas, melhorando a sua performance e volume de negócios”, para além de contribuir para “a recuperação de uma valiosa imagem de marca: Águeda – Capital das Duas Rodas”, concluiu.
Nesta primeira fase, a FJ Bikes Europe manifestou interesse na aquisição de uma parcela com a área máxima de 49.013 m2, havendo a possibilidade de a mesma expandir-se até aos 62000 m2 (na segunda fase).
De salientar que esta empresa apresenta-se como um dos maiores montadores asiáticos no setor das duas rodas e tem como parceiros marcas tão conceituadas como a Cannondale e a Pinnarello. Este projeto resulta de uma parceria estratégica desta empresa Asiática com a Triangle´s – Cycling Equipments, também ela de uma nova unidade que se encontra já em construção no PEC-Águeda e que irá produzir quadros para bicicletas em alumínio.

Posted in Águeda, Destaque, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Águeda: Festa do Leitão, de 7 a 11 de setembro, anima Largo 1.º Maio

Águeda: Festa do Leitão, de 7 a 11 de setembro, anima Largo 1.º Maio

A apenas sete dias do início da Festa do Leitão à Bairrada, que decorre de 7 a 11 de setembro, ultimam-se os preparativos para aquela que será a 23.ª edição e a 19.ª Mostra de Artesanato e Gastronomia de Águeda.
À semelhança das anteriores edições, gastronomia, espumante, artesanato e muita animação musical prometem, durante cinco dias de festa, fazer as delícias de todos os visitantes.
Ainda que o orçamento para a edição deste ano não ultrapasse os cem mil euros, a ACOAG (Associação Comercial de Águeda) – organizadora do certame – volta a colocar a fasquia bem alta e espera mais de quatro mil visitantes/dia.

Leitão no centro de todas as atenções. O ex-libris da região – Leitão assado à Bairrada – volta a estar no centro de todas as atenções. Com a dose de leitão a ser vendida nos quatro restaurantes a 12,50 euros (Restaurante Nelson; Restaurante Companhia do Espumante e do Leitão; Restaurante O Democrata; Restaurante Cais dos Judeus), fica ainda a certeza de cinco dias de grande animação musical com a atuação de Diogo Piçarra (dia 7); Jimmy P (dia 8); David Carreira (dia 9); Wilson Honrado (dia 9); Cuca Roseta e Riot (dia 10).
Com realização no Largo 1.º de Maio, no centro da cidade de Águeda, este certame tem vindo a crescer, sendo, hoje, uma referência na região.
Acrescente-se que o bilhete geral custa 12,50 euros e os bilhetes diários 3 euros (quarta-feira a sábado) e 2 euros (domingo).
O concerto do “Sofá para 2 & Friends” no domingo, dia 11, às 21h, encerra o cartaz de animação da Festa do Leitão.
O concerto promete ser surpreendente e conta com a participação especial do Orfeão de Águeda.

Posted in Águeda, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Águeda: Encontrados os 26 Projetos Finalistas do Orçamento Participativo

Águeda: Encontrados os 26 Projetos Finalistas do Orçamento Participativo

Decorreu, no dia 9 de agosto, uma reunião de Câmara Extraordinária para deliberar as 13 reclamações à lista provisória dos projetos finalistas, que esteve em audiência de interessados de 1 a 16 de julho.
Tendo em consideração o parecer da Comissão de Análise Técnica do Orçamento Participativo de Águeda (OP-Águeda) sobre o teor das reclamações e das alterações introduzidas pelos proponentes, com vista à sua execução parcial, o executivo municipal deliberou o deferimento de 6 reclamações – Águeda + Ativa, Requalificação do Parque do Emigrante (zona nascente), Calcetamento do Caminho do Chapado, Acesso ao Parque da Boiça, Requalificação da Escola de Serém de Baixo e Iluminação do Parque Botânico de Vale Domingos – que irão juntar-se aos projetos que já haviam sido considerados elegíveis ao abrigo do Regulamento do Orçamento Participativo de Águeda.
De 1 a 30 de setembro, os 26 projetos finalistas estarão a votação, de modo a encontrar os que irão integrar as Grandes Opções do Orçamento e Plano para 2017, até ao limite máximo de 500.000 euros.
Cada cidadão – com 16 ou mais anos, natural e/ou residente no concelho de Águeda, bem como os que estão afetos por razões académicas- tem direito as 2 votos, que pode usar presencialmente ou através da internet, na Plataforma Participativa em http://orcamentoparticipativo.cm-agueda.pt, tendo apenas a obrigatoriedade de votar em projetos distintos e de freguesias diferentes. Esta obrigatoriedade prende-se com o facto de o OP-Águeda ser de âmbito municipal e de estimular os participantes a terem uma visão global das propostas para o concelho, identificando as que consideram prioritárias.
Toda a informação referente ao OP-Águeda pode ser consultada no site do Município de Águeda e na Plataforma Eletrónica do Orçamento Participativo.

As 26 propostas a votação

– Proposta n.º 528461 – Requalificação das escadas do cemitério de Belazaima;
– Proposta n.º 528463 – Acesso do Parque dos Bombeiros em Agadão;
– Proposta n.º 528464 – Requalificação do Parque da Sr.ª Guia Urgueira;
– Proposta n.º 527341 – Requalificação dos Moinhos de Água no Sabugueiro;
– Proposta n.º 527340 – Requalificação do Parque da Vila – Miragaia;
– Proposta n.º 525786 – Requalificação do Parque do Alverca;
– Proposta n.º 528789 – Requalificação do Lago do Rio Côvo;
– Proposta n.º 526858 – Equipamentos geriátricos em Barrô;
– Proposta n.º 527528 – Guia de flora da Pateira ao longo dos Percursos Pedestres;
– Proposta n.º 527530 – Arranjo do Jardim e Miradouro das Fontainhas;
– Proposta n.º 528458 – Relvado Sintético no Campo de Futebol das Associações;
– Proposta n.º 528467 – Arranjo Urbanístico da Avenida da República;
– Proposta n.º 528468 – Parque de Merendas do Beco;
– Proposta n.º 525790 – Náutica de Lazer Pateira;
– Proposta n.º 528472 – Escadaria do Outeiro da Vila – Macieira de Alcôba;
– Proposta n.º 528711 – Requalificação do Largo da Junta de Espinhel;
– Proposta n.º 528720 – Requalificação da Zona Central de Casaínho de Cima;
– Proposta n.º 525787 – Reabilitação do Parque da Garganta;
– Proposta n.º 525788 – Alcatroamento da Rua do Toural na Carvalhosa;
– Proposta n.º 525789 – Requalificação do Espaço Desportivo de Fermentões;
– Proposta n.º 528693 – Águeda + Ativa – Seniores (Con)Vida;
– Proposta n.º 527529 – Requalificação do Parque do Emigrante – zona nascente;
– Proposta n.º 528471 – Calcetamento do Caminho do Chapado;
– Proposta n.º 528466 – Acesso ao Parque da Boiça;
– Proposta n.º 528469 – Requalificação da Escola de Serém de Baixo;
– Proposta n.º 528781 – Iluminação do Parque Botânico de Vale Domingos.

Posted in Águeda0 Comentários

Confraria do Leitão junta as “7 Maravilhas da Gastronomia” na Bairrada

Confraria do Leitão junta as “7 Maravilhas da Gastronomia” na Bairrada

Faz, no próximo dia 10 de setembro, 5 anos que o Leitão da Bairrada foi eleito (na categoria “Carne”) uma das 7 Maravilhas da Gastronomia Portuguesa. Como forma de celebrar a efeméride, a Confraria do Leitão da Bairrada organiza um jantar no próximo dia 10 de setembro (sábado), onde serão degustadas as 7 Maravilhas (Queijo Serra da Estrela; Alheira de Mirandela; Sardinha Assada; Caldo Verde; Arroz de Marisco; Leitão da Bairrada e Pastel de Belém) e que terá um caráter solidário: o resultado do evento será entregue a 5 IPSS’s da Bairrada – Paraíso Social de Aguada de Baixo (Águeda); Centro Social Cultural e Recreativo de Avelãs de Cima (Anadia); PRODECO – Progresso e Desenvolvimento de Covões (Cantanhede); CAPP – Centro de Assistência Paroquial da Pampilhosa (Mealhada) e Centro Social e Paroquial S. Pedro da Palhaça (Oliveira do Bairro).

O jantar realiza-se na Quinta de Santo António, na Fogueira (Sangalhos), a partir das 19h30 e tem um custo de 40 euros.

Inscrições e informações: 234 746 053 / c.g@leitaobairrada.com

Posted in Águeda, Anadia, Cantanhede, Destaque, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Região0 Comentários

Região: “Encontro com o Vinho e Sabores” de 30 de setembro a 2 de outubro

Região: “Encontro com o Vinho e Sabores” de 30 de setembro a 2 de outubro

Setembro e outubro são meses de eleição na nossa Bairrada. É tempo de vindimas e a azáfama e euforia tomam conta dos que se dedicam a esta atividade. É tempo de celebrar, reunindo o que de melhor há na região. Para dar corpo a esta máxima, realiza-se pelo quarto ano consecutivo o “Encontro com o Vinho e Sabores Bairrada” (EVSB), um evento que promove os néctares e a gastronomia, mas também a oferta turística.
O evento realiza-se de 30 de setembro a 2 de outubro no Velódromo Nacional – Centro de Alto Rendimento de Sangalhos, numa organização conjunta da Comissão Vitivinícola da Bairrada, do Município de Anadia e do Turismo do Centro de Portugal, com produção da Revista de Vinhos e apoio da Rota da Bairrada, Instituto da Vinha e do Vinho, ViniPortugal, entre outras entidades.

Mesmo formato. O sucesso das edições anteriores dita que o formato se mantenha: feira de vinhos e sabores ao longo dos três dias do evento, três provas de vinhos comentadas por críticos da Revista de Vinhos (uma por dia), dois jantares temáticos e a edição de 2016 do “Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada”.
“Bairrada – Três Vindimas de Excelência: 1991, 2001 e 2011” dá mote à tão entusiasta e marcante prova com que Luís Ramos Lopes, crítico de vinhos e director editorial da Revista de Vinhos, vai brindar aos enófilos que se inscreverem na prova que vai ter lugar no sábado, no Museu do Vinho Bairrada.
A primeira prova acontece na sexta-feira; com o nome “Bairrada Blend”, comporta vinhos brancos e tintos que misturam castas clássicas com outras menos tradicionais, mantendo o forte caráter da região. A de domingo é dedicada aos “Espumantes de Baga”, onde se incluem os novos Baga@Bairrada.
Tendo como palco o restaurante do espaço onde se realiza o EVSB, o leitão da Bairrada volta a ser rei à mesa do jantar temático “Sabores da Terra”, que este ano vai ser servido pela equipa da Nova Casa dos Leitões. No sábado, o bacalhau dá mote ao jantar “Sabores do Mar”, sendo confecionado com a mestria criativa da cozinha do Salpoente.
A entrada no evento é livre, sendo que, para as provas, é necessário adquirir um copo e bolsa, por 3 euros (2 euros a quem apresente convite devidamente preenchido). As Provas Comentadas ficam por 10 euros sexta-feira e domingo; e 20 euros para a de sábado.
O preço dos Jantares Temáticos é de 35 euros, com vinhos incluídos.
O Encontro com o Vinho e Sabores abre às 17h na sexta-feira e encerra às 22h; sábado, das 15h às 22h, e domingo, entre as 15h e as 20h.

PROGRAMA
Sexta-feira, 30 set.
17h – Inauguração
18h – Prova “Bairrada Blend”, por crítico de vinhos da Revista de Vinhos
19h30 – Entrega de Prémios do ‘Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada 2016’
20h – Jantar Temático “Sabores da Terra”, por Nova Casa dos Leitões (no restaurante do EVSB)
22h – Encerramento
Sábado, 1 out.
15h – Abertura
18h – Prova “Bairrada – Três Vindimas de Excelência: 1991, 2001 e 2011, por Luís Lopes (no Museu do Vinho Bairrada)
20h – Jantar Temático “Sabores do Mar”, por Salpoente (no restaurante do EVSB)
22h – Encerramento
Domingo, 2 out.
15h – Abertura da Feira
15h30 – Prova “Espumantes de Baga”, por crítico de vinhos da Revista de Vinhos
20h – Encerramento do EVSB

Encontro com o Vinho e Sabores: já vai na 4.ª edição

O “Encontro com o Vinho e Sabores Bairrada” teve a sua primeira edição em 2013.
A iniciativa surgiu de uma vontade conjunta de promover o que de melhor a região tem, capitalizando para (re)afirmar a identidade Bairrada através da promoção dos seus produtos mais emblemáticos, como sejam os vinhos e espumantes Bairrada – com certificação de Denominação de Origem –, mas também a sua gastronomia ímpar, com destaque para o leitão da Bairrada, o pão da Mealhada e a sua riquíssima doçaria regional: ovos moles de Aveiro, Amores da Curia, queijadas de Águeda, Folar de Vale de Ílhavo, entre outras iguarias.
Este é um evento capaz de atrair milhares de visitantes e que pretende valorizar a imagem da região numa oferta turística integrada onde as valências de enoturismo, do turismo termal, hotelaria e restauração constituem um fator dinamizador.

Posted in Águeda, Anadia, Cantanhede, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Vagos0 Comentários

Águeda tem o programa de reabilitação urbana mais ambicioso do país

reabilitar_agueda_gil_nadaisA Câmara Municipal de Águeda lançou, na última sexta-feira, o programa “Reabilitar” que pretende ser “o programa de reabilitação mais ambicioso do país”, anunciou o presidente da autarquia aguedense, Gil Nadais.
O autarca diz que este programa permite a reabilitação de casas, usufruindo de um pacote de benefícios fiscais, como é o caso da taxa de IVA a 6% e não a 23% e a isenção de IMI durante 5 anos, podendo ser prorrogada por mais 5 anos, assim como a isenção de taxas de construção e de ocupação da via pública. No concelho de Águeda, segundo o autarca, existem 1800 casas devolutas, que ao invés de serem penalizadas 200% ou 300% no IMI, podem passar a beneficiar de isenções. Isenções de taxas que também passam pelas demolições que, por seu lado, têm o processo burocrático simplificado.
Gil Nadais realça que algumas das isenções, agora propostas, só estão disponíveis até ao final do ano. Paralelamente, o autarca dá conta que foi feito um protocolo com as tintas CIN, que permite a aquisição de tintas com um desconto de 52% ao preço de tabela e 10% nos materiais. “Sabemos que muitas pessoas têm dificuldades económicas, pelo que pagamos o custo das tintas ou oferecemos as mesmas”, explicou Gil Nadais, sublinhando que “numa fase inicial temos 150 mil euros disponíveis para poderem pintar as casas”.

Candidaturas. À semelhança de outros processos, as candidaturas são feitas online, bastando que “a prova seja feita através do envio de fotografias com as pinturas e restauro das casas”. “Vamos confiar nas pessoas. Se forem auditadas e nos estiverem a enganar, vão ter que devolver no triplo”.

Bonito e colorido. O autarca aguedense relembra que “a imagem urbana dos espaços é a primeira sensação que o visitante capta do local onde se encontra”, pelo que “a qualidade dessa imagem vai afetar de forma indelével a construção espacial imaginária do local e influenciar, de forma decisiva, a apropriação e as interações futuras. Neste contexto, a qualidade do edificado assume um papel relevante e contribui decisivamente para a atração e sentimento de pertença dos cidadãos”.
Por isso, Gil Nadais explica que “com o objetivo de qualificar o ambiente urbano do concelho de Águeda, o executivo tem vindo a desenvolver um conjunto de projetos, implementação de medidas e concedendo apoios para a reabilitação das edificações, fazendo com que o concelho de Águeda se torne cada vez mais uma cidade e um concelho onde todos e cada um se sinta bem e, simultaneamente faça justiça ao seu cognome “Águeda-a-Linda”.
Gil Nadais diz ser importante “ter um concelho bonito para os turistas e para quem está cá”. “Queremos que o concelho fique mais bonito, mais colorido e que fique mais atraente para todos”, afirmou o autarca aguedense, acrescentando que “existem, nesta altura, dificuldades para alugar casas e o nosso desemprego está baixo, pelo que também é objetivo que este programa permita o aumento da oferta de casas para alugar”.
Já Henrique Franco, diretor comercial da Tintas CIN, deu os parabéns à Câmara Municipal de Águeda, afirmando que “o futuro do país passa pela reabilitação do património”.

Posted in Águeda, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Atraso na edição do Jornal da Bairrada

Devido a constrangimentos técnicos na nossa infraestrutura de dados, a edição do Jornal da Bairrada, tanto na sua versão em papel, como na edição digital, chegará com atraso aos nossos leitores, pelo que pedimos desculpas e apelamos à vossa compreensão. Obrigado.

Posted in Águeda, Bairradinos no Mundo, Cantanhede, Desporto, Destaque, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Região, Vagos0 Comentários

Guarda-chuvas inundam Águeda de 2 a 24 de julho

agitagueda_2016Espetáculos, animação de rua, dj’s, performances, arte urbana, instalações, bares, tasquinhas e o já célebre The Umbrella Sky, uma instalação artística de milhares de chapéus-de-chuva coloridos que flutuam pelas ruas da cidade, são os ingredientes da 11.ª edição do AgitÁgueda, que decorre de 2 a 24 de julho, em Águeda.
Gil Nadais, presidente da autarquia aguedense, já disse esperar que o AgitÁgueda continue “a ser um encontro da juventude e da família”. “Vamos continuar a inovar e espero que seja um grande acontecimento”, referiu Gil Nadais, na última quinta-feira, durante a apresentação do evento, revelando que o mesmo irá custar 500 mil euros. “Atendendo ao número de dias, 23, e ao cartaz, o valor é bem mais baixo do que aquele que alguns concelhos, que nos rodeiam, gastam em alguns eventos”, referiu.
No cartaz musical, para além de vários projetos locais, como são os casos de Sérgio Godinho e Orquestra 12 de Abril e da Banda de Fermentelos com André Sardet e Ana Laíns, constam nomes como António Zambujo, Dealema, Gene Loves Jezbel, Cock Robin, Ana Moura, We trust, Capitão Fausto, Átoa, Inner Circle, The Black Mamba, HMB e Emir Kusturica .
Para lá do recinto do festival onde decorrem os concertos, desenvolve-se um conjunto de iniciativas sociais, culturais, artísticas e desportivas que pretendem envolver toda a cidade e cativar todos os visitantes.
Segundo Gil Nadais, prevê-se, a exemplo de anos anteriores, mais de 200 mil visitantes nacionais e internacionais, numa iniciativa ímpar na região com entrada gratuita em todos os eventos.
Gil Nadais destaca ainda que também vai estar disponível a área AgitaKids, com imensas atividades e entretenimento para os mais pequenos, assim como “a pensar no público com mobilidade reduzida, o AgitÁgueda disponibiliza WC adaptados, rampas de acesso, estacionamento reservado a carros com dístico de mobilidade reduzida, uma área próxima do palco para os concertos, entre outros espaços preparados para o efeito”.

Marca AgitÁgueda. O autarca aguedense recorda que o AgitÁgueda contribui para o panorama cultural da cidade de Águeda desde 2006, tendo já passado pelo palco do festival cerca de 500 grupos e artistas. Além de nomes consagrados, a missão do festival assenta também na promoção de novos projetos musicais através da realização do “Talentos AgitÁgueda”, concurso que pretende promover a participação de novos projetos artísticos nacionais.
Gil Nadais conta ainda que “o Agitágueda, passado 11 anos, é uma grande marca. “O AgitÁgueda é uma festa de todo o concelho”, defendeu. Uma iniciativa que segundo Elsa Corga, vereadora da cultura, “não é de uma equipa da autarquia, mas de Águeda”, destacando o papel que as associações do concelho têm e ainda as duas orquestras que vão subir ao palco com artistas nacionais (Orquestra 12 de Abril com Sérgio Godinho e Banda Nova de Fermentelos com André Sardete e Ana Laíns).
Já Edson Santos, vereador responsável pela iniciativa, refere que “ao nível artístico de arte pública, toda a cidade de Águeda vivencia um contacto com a arte urbana e com instalações das mais variadas tipologias”.

Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Águeda, Por Terras da Bairrada1 Comentário

Rota da Bairrada: Loja Bairrada online já está disponível

Rota da Bairrada: Loja Bairrada online já está disponível

A Associação Rota da Bairrada inaugurou, no passado dia 6 de abril, no Espaço Bairrada em Oliveira do Bairro (edifício do antigo Posto de Turismo, aberto desde dezembro de 2015), a sua nova loja online.
A loja.rotadabairrada.pt é basicamente um site moderno, apelativo e bastante intuitivo onde, a partir de agora, todos os interessados podem adquirir os produtos que existem nas duas lojas físicas que a Rota da Bairrada, possui, na Curia e em Oliveira do Bairro. A página, com ligação à própria página da Rota da Bairrada foi apresentada por Cristina Azevendo, técnica superior da Rota da Bairrada que avançou estarem já disponíveis 179 vinhos (de 19 produtores), alguns livros sobre o vinho e acessórios de vinho, existentes também nas lojas físicas. De fora estão, para já, os vários produtores regionais que futuramente virão a estar incluídos.
Para além de muita informação sobre a Rota da Bairrada, sobre os Espaços Bairrada, sobre os Produtores e Região (história, cultura e património), Cristina Azevedo destacou que os vinhos podem ser selecionados através de várias opções: Tipo (aguardente, vinho tinto, branco, rosés, espumantes); Classificação da certificação (DOC Bairrada ou IG Beira Atlântico); Ano (1965 a 2015); Produtor; Casta; Preço. O “Top 10” e as “Novidades” estão também presentes. De registar que a expedição é gratuita a partir de 100 euros para Portugal Continental e Ilhas. O pagamento pode ser feito por duas modalidades (Paypal e transferência bancária e futuramente o pagamento com referência multibanco).

Dar mais força à marca Bairrada. Jorge Sampaio, presidente da Rota da Bairrada, aproveitou a cerimónia para sublinhar a importância do dia para a Rota, já que representa o culminar de um processo que esteve a ser desenvolvido nos últimos dois anos. Um trabalho possível “graças a muitos colaboradores que têm estado a trabalhar nesta nova página (loja online)”.
Um passo importante, já que é consensual que esta nova ferramenta pode levar a Bairrada a casa de todas as pessoas apenas num clic, podendo adquirir os produtos existentes na loja virtual de uma forma simples, segura e cómoda. Por isso, destacou também ser este mais um importante passo na vida da Rota: “disponibilizar uma loja online é um trabalho que tem sido desenvolvido no sentido de levar a Bairrada para mais perto das pessoas”, destacando ainda que o objetivo, este ano, passa por “dar mais força à marca Bairrada, levando a marca pelo país e com ela os seus associados” (produtores, hotéis, restaurantes, municípios, etc.).
Aos vários convidados presentes, recordou que a abertura do Espaço Bairrada, na Curia, há seis anos, triplicou o número de visitantes, entre 2014 e 2015 e que este novo espaço, aberto em dezembro de 2015, “já está a ter mais visitas do que o da Curia, em meses homólogos”. Daí que as expectativas em relação a este Espaço Bairrada sejam grandes.

Espaço online revela estratégia, visão e ambição. Adriana Rodrigues, do Turismo Centro Portugal, reconheceu ser Jorge Sampaio o responsável pelo sucesso da Rota da Bairrada: “uma pessoa de trabalho, de trabalho persistente, insistente, ponderado e estratégico, que tem sabido ao longo deste período motivar e desafiar”, vários parceiros, neste caso a autarquia de Oliveira do Bairro, que permitiu a instalação do Espaço Bairrada no antigo Posto de Turismo.
Ciente de que os espaços físicos “são fundamentais” para que as pessoas possam conhecer os produtos, não deixou de elogiar a autarquia de Oliveira do Bairro por ter feito “uma boa aposta” ao associar-se e disponibilizar este espaço.
“A Câmara de Oliveira do Bairro conseguiu perspetivar a importância de ter um espaço destes”, sublinhou, referindo-se à região da Bairrada como “uma das mais importantes e fortes marcas que temos na região centro de Portugal”.
“A Rota da Bairrada tem realizado um trabalho muito feliz e é uma das nossas maiores marcas em termos turísticos”, destacou, concluindo que “este espaço online revela estratégia, visão e ambição”, para além de ser mais uma ferramenta de trabalho e de negócio que pode trazer aos produtores da região mais notoriedade e negócio.
Cristóvão Batista, vice-presidente da autarquia de Oliveira do Bairro, referiu-se ao site como um “espaço muito bem concebido e intuitivo” e sobre o qual não tem dúvidas do seu sucesso.
Agradado por ser “anfitrião” nesta apresentação, sublinhou a forma “apaixonada como toda a equipa da Rota da Bairrada se entrega àquilo que faz”, destacando ainda o trabalho meritório desenvolvido pela Rota da Bairrada na promoção e divulgação da região.
O vice-presidente da autarquia oliveirense realçou a importância da intermunicipalidade, do trabalho de parceria entre os municípios da região nesta matéria, o que só acontece se “formos audazes”. “É preciso ter coragem, assumir o risco, ter objetivos e concretizá-los”, de forma a levar o nome Bairrada além fronteiras.
Catarina Cerca
catarina.i.cerca@jb.pt

Posted in Águeda, Anadia, Cantanhede, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Vagos0 Comentários

Sangalhos: Onda solidária a favor da Paula para  ajudar a custear tratamentos e recuperação

Sangalhos: Onda solidária a favor da Paula para ajudar a custear tratamentos e recuperação

 

“A Paula não quer desistir! Então não sejamos nós a cruzar os braços. Não vamos virar as costas à Paula.” É desta forma que familiares e amigos falam da Paula Alexandra Martins, de 38 anos, através da página criada no facebook para dar a conhecer o seu caso, mas também para divulgar as inúmeras iniciativas em curso que visam angariar fundos para ajudar os pais a suportar os tratamentos dispendiosos que está a realizar numa clínica privada, na cidade do Porto.
Melhorar o mais possível a qualidade de vida da Paula é o objetivo último, ainda que todos estejam cientes de que a jovem jamais voltará a ser como era.

Paragem cardiorrespiratória. A vida da Paula Alexandra foi, até aos 36 anos, perfeitamente normal. Casada, com dois filhos, tratava da casa, da família, assim como colaborava nas tarefas administrativas da empresa do marido. Tinha uma vida pela frente, com projetos e sonhos, como qualquer outra pessoa. Uma vida interrompida de forma abrupta quando, em janeiro de 2014, na preparação para uma intervenção cirúrgica, sofreu uma paragem cardiorrespiratória.
As sequelas deixaram-na num estado praticamente vegetativo: sem conseguir falar ou comunicar, tetraplégica, a usar fraldas, a ser alimentada por uma sonda e a ter de ser submetida a uma traqueostomia para respirar.
Nestes últimos dois anos, tem estado presa a uma cama, sem qualquer perspetiva de melhorar. O seu corpo é a sua prisão e depende 24h/dia da ajuda de terceiros. Passou por um Centro de Reabilitação, por uma Unidade de Cuidados Continuados, por uma Clínica, mas nos últimos 15 meses é a mãe que trata da Paula a tempo inteiro.

Recuperação lenta. Apesar do tempo que já passou, familiares e um grupo de amigos não desistem e fazem tudo por um sinal de melhoras. Como se diz, “enquanto há vida, há esperança” e é essa máxima que os impele a procurar soluções que, se não podem trazer a “velha” Paula de volta, lhe proporcione, ao menos, mais qualidade de vida.
Assim, através da amiga Susana Santiago, proprietária do comércio Girassol do Futuro, em Sangalhos, a família teve conhecimento da existência de uma Clínica de Reabilitação Neurológica situada no Hospital da Ordem do Carmo, no Porto, especializada em tratar pessoas com doenças neurológicas. Um espaço onde uma equipa mista de médicos, terapeutas e outros profissionais de saúde, com vasta experiência pluridisciplinar tratam de várias patologias do foro neurológico.
A equipa é coordenada pelo médico cubano Lázaro Álvarez que, depois de realizar uma avaliação em novembro de 2015, confirmou a possibilidade de alguma recuperação vista pelos mais próximos de Paula como a derradeira tentativa para a resgatar do estado em que se encontra.
Lurdes Martins, mãe de Paula, sublinha que estão a tentar estimular algumas funções cerebrais, mas reconhece que este é um processo muito lento. A acompanhar a filha no Porto, garante que irá até onde as suas forças permitirem, pois é a única filha que tem. Nunca se conformou com o destino e juntamente com o marido, Amadeu Martins, (residentes em Recardães, Águeda) têm sido os principais responsáveis na luta pela recuperação de Paula, juntamente com outros familiares e muitos amigos, aos quais se começam agora a juntar muitos anónimos, numa enorme onda solidária.
“A recuperação é lenta, mas já é visível. A Paula reagiu muito bem ao primeiro ciclo de tratamentos (estímulos cerebrais, ozono, terapia da fala, terapia ocupacional, fisioterapia), mas precisa continuar os tratamentos”, diz Susana Santiago, amiga e grande impulsionadora da campanha “Um donativo pela Paula”.
Neste momento, a Paula está no segundo mês de um ciclo de mais 28 sessões de tratamento. O único senão é o custo mensal (6.350 euros), que os pais não podem suportar.

Onda solidária. De boca em boca ou através das redes sociais, a verdade é que se está a formar uma onda solidária na recolha de material vário para reciclar. Familiares, amigos e voluntários pedem a todos que recolham tampinhas das garrafas de plástico, latas de sumos, rolhas de cortiça, jornais, revistas, cartão. Tudo isto vale dinheiro que pode ajudar a suportar os custos com os tratamentos da Paula. “É só dizerem que têm que vou recolher. Não vamos desistir da Paula”, diz Susana Santiago, que fala de ideias e projetos a desenvolver em 2016, entre os quais um jantar concerto solidário, já no próximo dia 20 de maio, no restaurante D. Rogério (Oiã), seguindo-se uma caminhada solidária, em data a marcar.

Como pode ajudar

Conta solidária a favor da Paula
IBAN PT50003502850007465690091 BIC CGDIPTPL

Locais de recolha de material para reciclar
Centro Paroquial de Aguada de Cima, de preferência ao sábado à tarde (quando se encontra alguém), durante a semana se não tiver ninguém pode-se deixar à porta; Bombeiros Voluntários de Vagos; Café “Aposta Aqui”, fica atrás do ginásio Knock-Out Health Club, Edifício a Torre, em Aveiro, perto do Jumbo; Imobiliária GuiaImóvel em frente ao ginásio Knock-Out Health Club, Aveiro e em Sangalhos, no Girassol do Futuro e também na sede do Jornal da Bairrada, em Oliveira do Bairro.

Facebook
“Um donativo para a Paula” é o nome da página criada por familiares e amigos da Paula no Facebook. Ali é feito um apelo à generosidade de todos, mas também que todos visitem e partilhem esta página, por forma a chegarem mais longe, nesta rede solidária.

Catarina Cerca

 

Posted in Águeda, Anadia, Destaque, Por Terras da Bairrada, Sangalhos0 Comentários

SFImobiliaria

Pergunta da semana

É assinante do Jornal da Bairrada?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com