Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Óis do Bairro

Anadia: “Sweet Sugar”, loja de cake design abre na cidade

Anadia: “Sweet Sugar”, loja de cake design abre na cidade

A cidade de Anadia tem, desde o passado dia 7, um novo espaço comercial que promete fazer as delícias dos mais gulosos e dos entusiastas por cake design.
A loja e ateliê de cake design “Sweet Sugar” acaba de surgir pelas mãos de duas jovens, a enfermeira Lúcia Rosa e a professora, Rita Figueira.
O espaço, localizado em plena Avenida das Laranjeiras, no Edifício Palmeiras, é completamente inovador, pois é a primeira casa (loja e ateliê) na região a dedicar-se exclusivamente à área da confeção de bolos temáticos, mais conhecido como pastelaria decorativa (cake design), por encomenda, baseada em pasta de açúcar.
Uma aposta arrojada, em tempos de crise, mas que as promotoras acreditam ter pernas para andar, tal a movimentação que a loja tem tido desde a abertura.
Um projeto que tem vindo a amadurecer, desde a altura em que ambas que se conheceram, numa formação de cake design.

Loja e ateliê. “É uma área nova, que não existe na região, aliás não existe nada do género entre Coimbra e Aveiro”, dizem, ao mesmo tempo que confessam querer “trazer algo de novo à cidade, colmatando assim uma lacuna que existia na área da pastelaria”.
No espaço reservado à loja encontra-se todo o tipo de utensílios para fazer bolos, bombons, cupcakes, bolachas decorativas e cakepops. Formas, utensílios de cake design, pastas de açúcar, pratos decorativos, chocolate, corantes, essências dos mais variados sabores (anis, morango, avelã, café, amêndoa), pérolas, purpurinas, frosting de várias cores, até recheios para bolos (também variados, caramelo, nutela, maça-canela, ananás, limão, creme de pasteleiro), num sem fim de sabores, velas, entre outros fazem parte das ofertas deste espaço.
Uma mais valia, dizem, são os preços competitivos que praticam, comparativamente a espaços semelhantes localizados nas cidades.
“Fazemos vários tipos de massas e todo o tipo de decoração. Mas se o cliente desejar fazer o bolo em casa e encomendar o boneco ou o elemento para a decoração, nós fazemo-lo”, explicam, dando conta que esta é uma “área muito específica, que requer muita técnica e cada bolo é único, podendo a decoração de um só bolo demorar 2 a 3 dias a realizar”.
Isto, porque todos os trabalhos são únicos, verdadeiros desafios que podem exigir a idealização de um projeto, primeiro em papel, e só depois em bolo.
“Já deitámos muito bolo e pasta de açúcar para o lixo, por não ficar exatamente como queríamos”, sublinham, evidenciando que na Sweet Sugar se procura o perfecionismo em todos os trabalhos.

Workshop dia 21. Para além da loja existe ainda a cozinha onde bolos de aspeto simples se transformam em verdadeira obras de arte.
É neste espaço ainda que têm ainda lugar os workshops abertos ao público.
O segundo workshop tem lugar no próximo dia 21 de dezembro e é subordinado ao tema: modelagem de figuras humanas avançada. Começa às 9h e termina às 13h.
Nestas aulas práticas os participantes são desafiados a fazer cake design seja em cupcakes, cakepops, ou em bolos.
Refira-se ainda que a loja está aberta todos os dias, de segunda a sábado, das 10 às 19h.
As encomendas de bolos deverá ser feita com antecedência por forma a que o produto final idealizado pelo cliente seja alcançado.
Os adeptos de cake design podem acompanhar “Sweet Sugar” na rede social facebook.com/sweetsugardesign ou então pelo mail sweetsugar.cakedesign@gmail.com

Posted in A. da Gândara, Aguada de Baixo, Águeda, Aguim, Anadia, Ancas, Arcos, Avelãs de Caminho, Avelãs de Cima, Cantanhede, Fermentelos, Mealhada, Mogofores, Moita, Oiã, Óis do Bairro, Oliveira do Bairro, Palhaça, Paredes do Bairro, Por Terras da Bairrada, S. Lourenço Bairro, Sangalhos, Tamengos, Troviscal, V. Nova de Monsarros, Vagos, Vilarinho do Bairro0 Comentários

Club de Ancas: Emotiva Noite de Fados em tributo a José Roberto

Club de Ancas: Emotiva Noite de Fados em tributo a José Roberto

O dia 13 de dezembro nunca foi um dia igual aos outros!
Foi sempre um dia muito especial… Dia do Aniversário do José Roberto! Este ano fez 41 anos!
No âmbito das comemorações da 12.ª Semana Cultural do Club de Ancas, associação pela qual José Roberto nutria um carinho muito especial, onde desenvolvia vários projetos em simultâneo e desempenhava as funções de coordenador do Núcleo Cultural, quis esta mesma Associação, juntamente com os seus familiares e amigos, prestar-lhe uma merecida e sentida homenagem! Uma grande Noite de Fados! … porque o Fado era um dos projetos em que ele se revia!
Grupos de Fado de que ele fazia parte, tais como: Tertúlia Bairradina, Baga Madura, Grupo de Fados de Aveiro, Grupo de Trovas e Serenatas e outros amigos, disseram: Presente! E cantaram… e encantaram… e o público amigo que enchia por completo, na noite da última sexta-feira, dia 13, o salão do Club escutava em silêncio, não escondendo a sua emoção…
E para que tudo fosse perfeito, não faltou a presença de um grande amigo seu, amigo de infância, que hoje tem responsabilidades como vice-presidente na Câmara Municipal de Anadia. Jorge Sampaio no seu breve discurso, disse duas coisas que não vamos esquecer tão cedo! Estava ali “para prestar duas homenagens”: uma, ao seu querido amigo Roberto, “como amigo de todo o sempre e como reconhecimento de toda a obra que no campo cultural realizou em tão curto espaço de tempo.” A outra homenagem era para o Club de Ancas “pela sua vertente cultural já tão apreciada e espalhada por toda a região”.
O Club de Ancas agradece o elogio. Estava a necessitar deste incentivo, depois da grande perda que sofreu. Jorge Sampaio comunicou ainda que ia agendar uma reunião com elementos da direção. Ficámos felizes! Foi uma prenda para o Club no dia de aniversário do Roberto!
Para todos quantos contribuíram e participaram neste Tributo, o Club de Ancas fica com uma imensa dívida de gratidão. Bem hajam!
Natália Seabra

Posted in A. da Gândara, Águeda, Aguim, Anadia, Ancas, Arcos, Avelãs de Caminho, Avelãs de Cima, Bustos, Cantanhede, Crime da Mamarrosa, Mamarrosa, Mealhada, Mogofores, Moita, Óis do Bairro, Palhaça, Paredes do Bairro, Por Terras da Bairrada, S. Lourenço Bairro, Sangalhos, Tamengos, Troviscal, V. Nova de Monsarros, Vagos, Vilarinho do Bairro0 Comentários

Anadia: Feira da Vinha e do Vinho, de 22 a 30 de junho

Nomes sonantes do panorama musical português, tais como Jorge Palma, Quim Barreiros, The Gift, Gonçalo Tavares, David Fonseca, Rui Veloso e Mariza vão passar pelo palco 1, da Feira da Vinha e do Vinho de Anadia, que se realiza de 22 a 30 de junho, na zona do Vale Santo, em Anadia.
Paralelamente, o município vai tentar concretizar o maior brinde de espumante em cadeia do mundo e assim entrar para o Guinness Book.
A 10.ª edição do certame foi apresentada publicamente na última segunda-feira, dia 27. Com um orçamento a rondar os 300 mil euros, a autarquia promete nove dias de animação para todos os gostos, completamente gratuitos.

(Ver notícia integral na edição em papel de Jornal da Bairrada)

Cartaz
Dia 22: Marchas Populares e Gonçalo Tavares
Dia 23: Ala dos Namorados com Jorge Palma
Dia 24: Richie Campbell
Dia 25: Quim Barreiros
Dia 26: The Gift
Dia 27: Tributo aos Abba, com grupo inglês
Dia 28: David Fonseca & Katedral Party
Dia 29: Rui Veloso
Dia 30: Mariza e espetáculo de fogo de artifício

Posted in A. da Gândara, Águeda, Aguim, Anadia, Ancas, Arcos, Avelãs de Caminho, Avelãs de Cima, Cantanhede, Mealhada, Mogofores, Moita, Óis do Bairro, Oliveira do Bairro, Paredes do Bairro, Por Terras da Bairrada, Região, S. Lourenço Bairro, Sangalhos, Tamengos, V. Nova de Monsarros, Vagos, Vilarinho do Bairro0 Comentários

Óis do Bairro: “Autárquicas terão a maior abstenção de sempre”

O autarca Henrique Lameirinhas Rodrigues está de saída da Junta de Freguesia de Óis do Bairro. Este ano termina o seu quarto mandato, equivalente a 16 anos de vida autárquica.
A nove meses de novas eleições autárquicas, admite que sai “com uma grande mágoa e tristeza no coração”, por ser o último presidente de uma freguesia que será extinta. A agregação da freguesia de Óis do Bairro, às freguesias de Tamengos e Aguim, é inevitável e, por isso, sendo o último autarca em funções na freguesia, não deixa de lamentar esta decisão governamental que, a seu ver, nada traz de benéfico à população. “Sinto uma revolta muito grande e não entendo que benefícios esta alteração vai trazer. Não há redução de custos. A freguesia tem a população envelhecida. Sou eu, muitas vezes, quando vou a Anadia, que pago a água e a luz a muitos idosos e pessoas que me pedem. Depois, como será”, questiona. No entanto, reconhece que os habitantes da sua freguesia ainda “não caíram na real” e que “só vão sentir na pele, depois, quando tiverem de se deslocar à nova sede da freguesia para tratar dos seus assuntos”.
Por isso, acredita que estas eleições autárquicas poderão ser um desastre a nível nacional e atingir a maior abstenção de sempre. “Aquando da mexida, falou-se, a quente, de avançar com um boicote às eleições autárquicas de outubro. Agora, a frio, essa é uma possibilidade. Basta que alguém dê um empurrão”, admite.

Balanço positivo. De saída da Junta de Freguesia e da cena política ativa, faz destes 15 anos de vida autárquica um balanço positivo: “estou satisfeito, embora nunca sejamos capazes de concretizar tudo o que queremos”, diz, lamentando que tenha assistido à perda de valências na freguesia: Escola Básica e Jardim de Infância. Todavia, reconhece como maior marca que deixa da sua liderança a abertura da estrada que liga o Barreiro à Mingoa, assim como o facto desta ter sido a primeira freguesia a ter saneamento básico, a seguir a Anadia.
“O que foi possível fazer com os parcos recursos que tínhamos, fizemos. Depois, a Junta de Freguesia não é só obras, mas também promover a proximidade entre as pessoas”. A JB confirmou que, ao longo de todos estes anos, se dedicou de corpo e alma à freguesia: “em 15 anos, a JF nunca me pagou um litro de gasóleo e muitas vezes é o meu trator pessoal que anda ao serviço da freguesia. Faço-o porque amo esta terra e a população da minha freguesia”, confessou.
Com um orçamento de 24.500 euros, diz que só uma gestão rigorosa possibilita que pequenas obras sejam feitas e se amealhe algum dinheiro: “é o que temos feito. Só gastamos até onde podemos. A verba que conseguimos juntar vai ajudar a suportar os custos com a recuperação da Capela de S.Sebastião, cujo orçamento mais baixo ronda os 15.500 euros”.
Em final de mandato, diz querer ainda levar a cabo alguns melhoramentos ao nível da rede viária, nomeadamente colocar tapete betuminoso no troço que liga a Mata a S. Lourenço do Bairro, assim como terminar as obras no edifício do Centro Cultural de Óis do Bairro.
Em ano de balanço, reconhece que, apesar das dificuldades, problemas e constrangimentos sentidos, que se misturam com algum desalento, “o debate de ideias foi sempre muito positivo”, assim como aprendeu (e recomenda aos seus sucessores) que promovam, acima de tudo, “o diálogo e o consenso”.

Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Óis do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Reforma autárquica: Assembleia Municipal de Anadia não se pronuncia

A Assembleia Municipal (AM) de Anadia decidiu, por maioria, não se pronunciar sobre a Reorganização Administrativa Territorial Autárquica.
A decisão foi tomada na última reunião extraordinária da Assembleia Municipal, realizada no dia 8 de outubro.
Com 31 votos a favor e três votos contra (deputados Rafael Timóteo, Carlos Oliveira e Fernando Fernandes) a maioria optou por fazer chegar a Lisboa a indicação de que a AM anadiense não se irá pronunciar sobre esta matéria.
Esta posição resulta das várias decisões tomadas em Assembleia de Freguesia, recolhidas pela Comissão de Acompanhamento da Reorganização Administrativa Territorial Autárquica, criada para o efeito.

Leia mais na edição impressa ou digital.

Posted in A. da Gândara, Aguim, Anadia, Ancas, Arcos, Avelãs de Caminho, Avelãs de Cima, Mogofores, Moita, Óis do Bairro, Paredes do Bairro, Por Terras da Bairrada, S. Lourenço Bairro, Sangalhos, Tamengos, V. Nova de Monsarros, Vilarinho do Bairro0 Comentários

Óis do Bairro: Junta de Freguesia recupera Capela de S. José

No próximo mês de setembro vão começar as obras de restauro na Capela de S.José, na freguesia de Óis do Bairro.
Quem o garantiu a JB foi o autarca Henrique Lameirinhas que destaca o facto do pequeno templo se encontrar em avançado estado de degradação.
Localizado paredes meias com a sede da Junta de Freguesia local, uma das paredes laterais ameaça ruir, para além do telhado estar completamente degradado: “Chove lá dentro como na rua”, refere o autarca.
A construção da capela, com cerca de um século de existência, ficou a dever-se a populares devotos de S.José. Agora, sem culto habitual, o tempo encontra-se fechado e só esporadicamente é aberto ao público (exemplo, no Dia de Ramos), embora seja semanalmente zelado.
Este, segundo o autarca, será o seu primeiro grande restauro. Para tal, a Junta de Freguesia vai disponibilizar do seu orçamento cinco mil euros, a que se juntará ainda a verba de 480 euros (apuro da festa de S.José), entregue pelas mordomas Maria João Cerveira e Marisa Figueiredo, e ainda 220 euros resultantes da Festa de Santo André.
A obra, considerada por Henrique Lameirinhas prioritária, será ao nível do interior e do exterior, já que segundo o autarca se trata de “um património cultural e religioso da freguesia”.
Assim, as paredes exteriores em adobos vão ser reforçadas, já que ameaçam ruir, bem como o telhado e teto do templo vão ser recuperados. Seguem-se os trabalhos de arranjo e recuperação do piso interior, rede elétrica e pintura das paredes interiores e exteriores.
Para levar a cabo este melhoramento o autarca admite que a verba disponível será insuficiente, embora esteja convicto de que a população se irá unir em torno desta causa.
“Vamos também sensibilizar o povo, pois algumas pessoas vão fazer questão de se associarem a este melhoramento”, acrescenta.
A obra deverá ficar concluída ainda antes do final do ano.

Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Óis do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Óis do Bairro: Junta de Freguesia rejeita fusão de freguesias

A Junta de Freguesia de Óis do Bairro rejeita completamente o projeto de agregação/fusão de freguesias prevista na Reforma da Administração Local em curso.
O autarca Henrique Lameirinhas diz mesmo que não irá haver na sua freguesia a Assembleia de Freguesia prevista para setembro, relativamente a esta matéria, na medida em que depois de ter discutido este assunto em Assembleia de Freguesia e após a reunião de executivo, na qual esteve o presidente da Assembleia de Freguesia, ficou decidido não fazer mais qualquer AF para discutir este assunto.
“Os doutores lá em baixo é que fizeram esta Lei. Agora, eles que decidam e descalcem a bota”, diz, lamentando que em todo este processo entre o Governo e a Troika “as freguesias não tenham sido ouvidas nem achadas”, quando o que se pretende é eliminar muitas delas.
Ciente de que esta posição poderá penalizar a freguesia acrescenta: “Só sei que podem acontecer duas situações – que sejamos obrigados a fazer uma fusão com freguesias vizinhas, contrariando a vontade do povo, ou então que seja respeitada essa nossa pretensão de continuarmos como freguesia independente que somos”.
Henrique Lameirinhas avança ainda que Óis do Bairro é uma das freguesias mais antigas do concelho de Anadia e que, por isso, assim deve permanecer. “Na próxima Assembleia Municipal é isso que vou dizer: que queremos manter a nossa independência e que não estamos disponíveis para fusões”.
“Este executivo não vai ficar com esse ónus. O Governo criou esta treta. Ele que decida, mas terá de arcar com as consequências dessa decisão”.
CC

Posted in Anadia, Óis do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Revista de imprensa do Jornal da Bairrada | 29 março 2012

Revista de imprensa do Jornal da Bairrada, referente à edição do dia 29 março 2012

Posted in A. da Gândara, Aguada de Baixo, Aguada de Cima, Águeda, Aguim, Anadia, Ancas, Arcos, Aveiro, Avelãs de Caminho, Avelãs de Cima, Bustos, Cantanhede, Fermentelos, Ílhavo, Mamarrosa, Mealhada, Moita, Oiã, Óis do Bairro, Oliveira do Bairro, Palhaça, Paredes do Bairro, Por Terras da Bairrada, Região, S. Lourenço Bairro, Sangalhos, Tamengos, Troviscal, V. Nova de Monsarros, Vagos, Vídeo0 Comentários


Pergunta da semana

Vai a algum festival de verão este ano?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com