Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Sangalhos

Sangalhos: Bairrada mostra raça dos seus vinhos em prova inédita

A monumentalidade e raça dos vinhos da Bairrada vai estar “à prova” no ‘Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada 2014’, evento que se realiza de 3 a 5 de outubro no Centro de Alto Rendimento – Velódromo Nacional de Sangalhos.
Em paralelo ao evento, vai ter lugar a 4.ª edição do ‘Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada’, que vai distinguir, entre outras categorias, o Melhor Espumante de Baga, a casta bandeira da região, que se destaca pela originalidade e versatilidade para produzir grandes vinhos tintos e frescos espumantes brancos e rosés. Os resultados vão ser conhecidos no dia de abertura do ‘Encontro com o Vinhos e Sabores – Bairrada 2014’ e os prémios entregues pela Ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, às 19h30.
Mas em destaque vai estar também uma prova inédita, a realizar-se no sábado, dia 4, às 18h, no Museu do Vinho Bairrada: são 13 os escolhidos de entre os melhores vinhos feitos na região, entre as colheitas de 1985 e 2011. Néctares que vão surpreender pela sua autenticidade, caráter e identidade; e, no caso dos mais antigos, pela longevidade. Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, Sangalhos0 Comentários

Sangalhos: Ampliação do Lar em 2015 mas sem aumento do número de camas

Sangalhos: Ampliação do Lar em 2015 mas sem aumento do número de camas

O projeto de ampliação do Lar da Misericórdia de Sangalhos foi apresentado, com toda a pompa e circunstância, na tarde do último sábado, em cerimónia presidida pelo bispo de Aveiro, D. António Moiteiro Ramos, mas onde estiveram também presentes Rui Cruz, diretor do Centro Distrital da Segurança Social de Aveiro, Paulo Gravato, presidente do Secretariado Regional de Aveiro da UMP e Teresa Cardoso, presidente da Câmara de Anadia.

Obra urgente. Após uma visita às atuais instalações, a apresentação do projeto de ampliação e remodelação do Complexo Social de Apoio à Pessoa Idosa decorreu no Salão Paroquial local, perante a presença de muitos irmãos, familiares de utentes e amigos.
Na ocasião, Amândio Albuquerque, presidente da Assembleia-geral da Misericórdia sangalhense, referiu-se ao evento como “o primeiro passo de um marco decisivo na história futura da nossa Misericórdia”.
Uma obra de grande envergadura que levou também Paulo Gravato a desejar “coragem” à mesa administrativa por forma a conseguir levar a bom porto tamanha empreitada.
Uma das intervenções mais aguardadas era a de D. António Moiteiro Ramos, que assumiu funções na Diocese de Aveiro há apenas duas semanas.
Nesta sua deslocação a Sangalhos, numa das primeiras visitas oficiais que realiza, sublinhou a colaboração do Governo e da autarquia, que considerou serem fundamentais “para meter mãos a este empreendimento”, destacando ainda que neste tempo de desafios às instituições, agravado pela crise, há instituições, como é o caso da Misericórdia de Sangalhos, que não se deixa abater ou resignar perante as dificuldades: “isto é digno de registo, pois é um ato de coragem”, diria.

Conclusão em 2016. A obra, orçada em dois milhões e meio de euros (acrescido de IVA) será, segundo revelou Manuel Gamboa, iniciada em 2015, prevendo-se uma comparticipação de fundos comunitários na casa dos 70%. Uma obra urgente, na medida em que o Complexo Social de Apoio à Pessoa Idosa, com 32 anos de vida, está desajustado das necessidades atuais, não cumprindo o normativo em vigor. O complexo passará a ter três pisos – atualmente tem dois – mantendo, contudo, as atuais 60 camas disponíveis, mas em condições de conforto e segurança completamente distintas. A obra, que deverá ficar concluída em 2016, prevê ainda a construção de uma capela, biblioteca/museu, integrando elevadores, entre muitos outros melhoramentos.
“Será um espaço harmonioso, acolhedor, funcional e onde a vida de cada irmão possa ser digna e feliz”, diria Manuel Gamboa, dando nota de que a obra vai ser alvo de uma candidatura a fundos comunitários, já que o próximo Quadro Comunitário de Apoio favorece a requalificação do edificado.
Leia mais na versão digital do seu JB.

Catarina Cerca

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da Bairrada, Sangalhos0 Comentários

Sangalhos: Freguesia encerra comemoração do Foral com exposição, convívio e música coral

O balanço das comemorações alusivas aos 500 anos de foral manuelino, em Sangalhos, não poderia ser mais positivo, embora o conjunto das comemorações só termine no próximo domingo, dia 21, com ciclismo: Encontro Regional de Escolas de Sangalhos – Estrada.
A JB, o autarca António Floro destacou os momentos mais significativos, vividos no último sábado, dia 13.
A exposição de mais de 200 fotos antigas, gentilmente cedidas por muitos sangalhenses e vários objetos e peças, retrataram um pouco da vida social, económica, comercial e empresarial da freguesia, entre 1900 e 1960/70. Basquete, ciclismo, convívios, casamentos, cortejos, jantares no Eden Club são alguns dos aspetos que todos podem recordar. A mostra está patente na biblioteca da Junta de Freguesia e a visita é obrigatória, pela “lição” que dá a todos nós. “A não perder”, diz o autarca, satisfeito com a participação e cedência de tão ricos fragmentos da vida da freguesia.
Durante a tarde, a festa foi feita por algumas das associações locais: Agrupamento de Escuteiros, Grupo de Columbofilia e Sangalhos Desporto Clube. Para além de uma largada de pombos, os escuteiros montaram um acampamento no jardim da Junta de Freguesia, onde almoçaram e prepararam caldo verde e pão com chouriça para vender aos visitantes. Já o SDC, através de algumas equipas da formação, realizou jogos no polidesportivo descoberto, assim como foi responsável pela tasquinha das bebidas.
Ao final do dia, o porco no espeto, oferecido pela Junta de Freguesia, trouxe mais gente à festa e, por volta das 21h30, mais de duas centenas de pessoas puderam apreciar um espetáculo de música coral, de rara beleza, promovido pelo Coral Oásis da freguesia de Sangalhos e pelo grupo convidado, o Gospel Choir de Coimbra. Um momento de grande entusiasmo e participação popular, que aplaudiu bastante ambas as atuações.
As comemorações terminaram já de madrugada, à volta de uma sessão de karaoke.

Ciclismo dia 21. No próximo domingo é dia de ciclismo na terra onde a modalidade assume uma importância sem precedentes. No âmbito das comemorações, e numa iniciativa da Junta de Freguesia, com organização a cargo da ACA – Associação de Ciclismo de Aveiro, terá lugar, a partir das 15h30, o Encontro Regional de Escolas de Sangalhos – Estrada. A prova destinada a Benjamins, Iniciados, Infantis e Juvenis irá percorrer as ruas da vila: Alameda do Mercado, Rua das Escolas, Bairro Seabra Urbano, Casaínho, Avenida Dr. Seabra Dinis. Haverá também provas de destreza junto ao pavilhão desportivo da Junta de Freguesia.
O trânsito estará condicionado durante a prova nalgumas artérias da vila.
C.C

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, Sangalhos0 Comentários

Sangalhos: Autarquia encerra comemorações do foral manuelino a 13 de setembro

A Junta de Freguesia de Sangalhos encerra, no próximo dia 13 de setembro (sábado) as comemorações alusivas aos 500 anos de atribuição de foral manuelino.
Para este dia, dois grupos corais, o Oásis da freguesia de Sangalhos e o Gospel Choir de Coimbra, vão levar a cabo uma atuação conjunta na freguesia.
Para além destas atuações o encerramento das comemorações faz-se à volta de um porco no espeto (oferecido pela Junta) a que se associam duas tasquinhas de associações locais na venda das bebidas e de outras iguarias.
A festa encerra, a partir das 24h, com karaoke no salão da Junta de Freguesia.
A propósito das comemorações e do riquíssimo património existente sobre a história da freguesia e dos seus lugares, o autarca António Floro defende e vê com bons olhos – ainda que tal dependa de um efetivo apoio camarário – a criação de um museu na freguesia, podendo o espaço museológico ser uma das escolas desativadas.
“Têm sido realizadas várias recolhas e temos um espólio de valor incalculável”, razões que a seu ver justificam a criação de um espaço do género na freguesia.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, Sangalhos0 Comentários

Sangalhos: Início de ano letivo sem Centro Escolar divide opiniões

Amanhã, dia 12 de setembro, os alunos do concelho de Anadia regressam às escolas para mais um ano letivo, embora marcado por algumas dúvidas e até situações insólitas.
É o caso das três escolas oficialmente encerradas pelo Ministério da Educação na freguesia de Sangalhos (Pista, Cruzeiro e Fogueira) que, afinal, segundo JB conseguiu apurar, vão abrir portas, a título excecional, no arranque deste ano letivo, porque a construção do novo Centro Escolar da freguesia (na foto) não ficou concluída a tempo.
Uma situação insólita que obriga a que as antigas escolas – condenadas ao encerramento no âmbito do processo de reorganização da rede escolar – mantenham as portas abertas, pelo menos por mais alguns meses, ainda que o Agrupamento de Escolas de Anadia, até ao passado dia 9, não tenha recebido qualquer autorização escrita, da tutela, neste sentido.
Segundo indicações do Ministério da Educação, no arranque deste novo ano, já não abririam portas – neste caso concreto – as escolas básicas da Fogueira, Pista e nº 1 de Sangalhos/Cruzeiro, na freguesia de Sangalhos, uma vez que todos estes alunos (cerca de 110) iriam ser integrados no novo Centro Escolar da freguesia.
Todavia, como este não está concluído, amanhã, dia 12, as apresentações e início de aulas começam nas velhas escolas. O mesmo é esperado acontecer em Avelãs de Caminho e em Avelãs de Cima, freguesias onde as escolas básicas de Avelãs de Caminho, Avelãs de Cima, Pereiro e Boialvo também não deveriam abrir portas. Todavia, como também o Centro Escolar que vai servir estas freguesias não está completamente operacional, as velhas escolas vão manter as portas abertas mais algum tempo.
Em Sangalhos, esta situação é encarada de forma pacífica, ainda que alguns pais e encarregados de educação revelem algum descontentamento com o facto do novo Centro Escolar da Freguesia não abrir no arranque deste novo ano escolar. Uma obra há muito desejada mas que apesar de estar aparentemente concluída, carece ainda de alguns arranjos interiores e exteriores, segundo apurámos junto da Câmara Municipal de Anadia, que também sublinha que todas as competências da autarquia relacionadas com almoços e CAF serão integralmente asseguradas nas escolas que o Ministério da Educação entender manter abertas.
Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, Sangalhos0 Comentários

Sangalhos: ‘Encontro com o Vinho e Sabores -Bairrada’ regressa ao Velódromo

Sangalhos: ‘Encontro com o Vinho e Sabores -Bairrada’ regressa ao Velódromo

Depois do sucesso da primeira edição, decorrida em meados de setembro de 2013, a Turismo do Centro de Portugal, a Comissão Vitivinícola da Bairrada e o Município de Anadia anunciam a realização do ‘Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada 2014’ (EVS-B), que este ano decorre nos dias 3, 4 e 5 de outubro no mesmo local, ou seja, no Centro de Alto Rendimento – Velódromo de Sangalhos, Anadia.
Um evento que volta a contar com a produção da Revista de Vinhos e com o apoio da Rota da Bairrada, do Instituto da Vinha e do Vinho.
Com o objetivo de potenciar as fileiras da vinha, do vinho, da gastronomia e do turismo da região da grande Bairrada, o ‘Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada 2014’ vai ser palco da exposição de produtores de vinhos e sabores da região com degustação livre, provas comentadas por especialistas da Revista de Vinhos (entre 10 e 25 euros) e jantares temáticos (35 euros).
Um ‘Concurso de Vinhos Engarrafados da Bairrada’ é a novidade deste ano, tendo lugar na sexta-feira. Os resultados serão anunciados durante o evento.
O Velódromo de Sangalhos vai reunir uma mostra de produtos, dos quais se destacam os espumantes, os vinhos (tintos, brancos e rosés), as aguardentes, as águas, o leitão da Bairrada, o pão da Mealhada, os ovos moles de Aveiro, os Amores da Curia, as queijadas de Águeda, o folar de Vale de Ílhavo, entre muitos outros.
Vai ainda haver espaço para a divulgação da oferta turística: enoturismo, turismo termal, hotelaria e restauração.
A entrada na feira é gratuita, sendo que a prova de vinhos implica a compra de um copo, no valor de 3,5 euros, com oferta de porta-copos.
Os horários variam consoante as datas: das 17h às 22h, na sexta-feira (dia 3); das 15h às 22h, no sábado (dia 4); e entre as 15h e as 20h, no domingo (dia 5).
O warm up para o ‘Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada 2014’ começa no dia 26 de setembro com uma ação de promoção em cerca de 15 restaurantes de Coimbra e Aveiro.
Os clientes destes espaços vão ser brindados com um flute de espumante Bairrada e um convite para o evento, convite esse que dá acesso à compra do copo por 2,50 euros. Quem entrar no evento com convite – devidamente preenchido – habilitar-se-á a um fim-de-semana num hotel da região, uma iniciativa da Rota da Bairrada.
No fim-de-semana que precede o EVS-B estão igualmente previstas ações de animação de rua nas cidades de Coimbra e Aveiro, acompanhadas da distribuição de informação sobre o evento.
Programa
Sexta-feira, dia 3
9h30 – ‘Concurso de Vinhos Engarrafados da Bairrada 2014’
17h – Inauguração do ‘Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada 2014’
Abertura da Feira
18h – Prova de Vinhos ‘Bairrada de Excelência| Espumantes’ por João Paulo Martins (10 euros)
20h – Jantar Temático ‘Sabores do Mar’, pelo restaurante Rei dos Leitões (35 euros)
22h – Encerramento da Feira
Sábado, dia 4
10h30 – Visita e Almoço na Quinta do Produtor Campolargo (jornalistas, bloggers e representantes do comércio)
15h – Abertura da Feira
16h – Entrega de Prémios do ‘Concurso de Vinhos Engarrafados da Bairrada’
18h – Prova de Vinhos ‘Bairrada de Excelência| Os Baga que fizeram história (1985-2009)’, por Luís Lopes, no Museu do Vinho Bairrada (25 euros)
20h – Jantar Temático ‘Sabores da Terra’, pelo restaurante Mugasa (35 euros)
22h – Encerramento da Feira
Domingo, dia 5
10h30 – Visita e Almoço no Produtor Vinhos Messias (jornalistas, bloggers e representantes do comércio)
15h – Abertura da Feira
16h – Prova de Vinhos ‘Bairrada de Excelência| Brancos e Tintos’, por Nuno Oliveira Garcia (10 euros)
20h – Encerramento da Feira e do ‘Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada 2014’

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, Sangalhos0 Comentários

Sangalhos: Construção de ETAR no Vidoeiro resolver problema de saneamento

Sangalhos: Construção de ETAR no Vidoeiro resolver problema de saneamento

A pequena povoação do Vidoeiro, na freguesia de Sangalhos, poderá ter os problemas de saneamento resolvidos com a construção de uma ETAR que venha a servir esta localidade.
A garantia foi deixada pela edil Teresa Cardoso durante a última reunião de câmara, realizada na quarta-feira, dia 23.
A autarca foi interpelada pela vereadora Lígia Seabra, do PSD, que se mostrou preocupada com o facto da povoação do Vidoeiro ter, há cerca de uma década, o saneamento concluído mas sem funcionar devido à falta de ligação a uma ETAR.
Ciente de todo o investimento realizado pela autarquia anadiense nos últimos anos em matéria de água e saneamento básico no concelho, a vereadora desafiou a edil a avançar com uma solução definitiva para este problema, já que, a seu ver, “parece que em matéria de gerir a sua funcionalidade, a Câmara Municipal tem-se desresponsabilizado”, argumentou.
Na ocasião, perguntou ainda “para quando a ligação do saneamento no Vidoeiro; qual a solução, mas também por que razão até hoje nada mais foi feito no local e se todo o investimento já realizado não se estaria a degradar.”
Teresa Cardoso avançou que o caso do Vidoeiro é excecional, já que se trata de uma pequena povoação no limite do concelho com o vizinho concelho de Águeda, com o qual, de resto, já houvera contactos com vista a um eventual protocolo em matéria de saneamento, mas que acabou por não se concretizar, por se considerar complexo e difícil.
“Não foi fácil tratar deste assunto ao longo destes anos. Neste momento, acho que a melhor solução será a aquisição de uma pequena ETAR para aquele local”, avançou a edil anadiense.
Para a presidente de Câmara, ainda que a solução inicial apontasse para um protocolo com o concelho de Águeda, considerou que este poderia acarretar constrangimentos vários, no futuro, para a população, dando como exemplo o facto das tarifas de água e saneamento praticadas no concelho de Águeda serem mais elevadas do que em Anadia.
Assim, a solução mais viável passa pelo investimento numa ETAR, por forma a não depender de concelhos vizinhos.
Para já, há que procurar terreno para implantar este equipamento, sendo certo que mesmo sendo uma ETAR de pequena dimensão, representará um investimento significativo para o município.
Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, Sangalhos0 Comentários

Sangalhos: Geminação reforça laços de amizade com franceses

Sangalhos: Geminação reforça laços de amizade com franceses

Chegaram na última quinta-feira, dia 24 e partiram, de regresso a França, na noite de domingo. Uma visita de quatro dias que veio reforçar os laços entre a população de Sangalhos e a comunidade de La Chaize de Vicomte, com a qual existe uma geminação que já completou dois anos.
Depois de, no ano transato, os sangalhenses terem visitado esta localidade francesa, agora foi a vez de 42 franceses, 11 das quais crianças, passarem uns dias na região da Bairrada.
A Associação da Gemi-nação da Vila de Sangalhos (AGVS) faz a “ponte” nesta geminação relativamente à partilha de experiências resultantes deste intercâmbio entre comunidades, desenvolvendo uma cultura de formação, educação de âmbito linguístico e cultural.
Durante a cerimónia de boas-vindas, que teve lugar no passado dia 24 de julho, pelas 16h, na sede da Junta de Freguesia de Sangalhos, a edil Teresa Cardoso realçou a importância e mais valias da geminação que se tem vindo a consolidar nos últimos anos, mas também pelo facto de, pela primeira vez, integrar 11 crianças francesas. “Sei que o programa é extenso e os dias curtos para visitar tudo”, referiu, destacando aos visitantes o facto de Sangalhos estar a ser palco do Campeonato da Europa de Pista em Sub 23, “um espaço que deve ser visitado”, bem como aconselhou a que todos aproveitassem para descobrir a riqueza da região em termos gastronómicos e vitinivícolas. A terminar, os seu votos foram para que todos, no momento da partida, levassem já vontade de regressar.
Jean Noel Violleau, presidente da Associação de Geminação francesa e Pascal Bonnin, vereador do Desporto da Câmara de La Chaize de Vicomte, agradeceram a receção e a hospitalidade dos sangalhenses, sublinhando ainda a “importância do intercâmbio entre estas famílias” num trabalho de aproximação de culturas e povos.
Silvana Marques, presidente da AGVS, fez uma breve resenha sobre a freguesia: população, localização, infraestruturas, dando a conhecer o vasto programa que integra visitas ao Velódromo, Centro Escolar, Santuário de Fátima, Mosteiro da Batalha, Praia da Nazaré, noite de Fados na Estalagem de Sangalhos, visitas às praias da Barra, Costa Nova e Tocha, Aveiro, Olhos de Fervença, Cantanhede (Expofacic 2014), visita às Caves S. João, às vinhas de São Lourenço do Bairro e concelho de Anadia, Rota da Bairrada e Museu do Vinho da Bairrada.
Catarina Cerca

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, Sangalhos0 Comentários

Sangalhos: Novas ofertas atraem 1500 à Feira da Saúde

Sangalhos: Novas ofertas atraem 1500 à Feira da Saúde

A 3.ª edição da Feira da Saúde, realizada nos passados dias 17 e 18 de maio, no Velódromo Nacional, em Sangalhos, não poderia ter decorrido da melhor forma.
Cerca de 1500 pessoas (mais do dobro das presenças na edição do ano transato) passaram no último final de semana pelo Velódromo, não só para beneficiarem dos múltiplos rastreios (controlo da tensão arterial, da glicémia, do colesterol e do ácido úrico) e serviços (cálculo do índice de massa corporal, cardio-stress, testes de visão, espirometria, entre outros) oferecidos pelos 30 parceiros presentes, mas também para assistir a aulas inéditas, mas muito participadas no certame: ioga, jump, easy fit.
Também pela primeira vez decorerram, em paralelo com a feira, em gabinetes próprios, atividades e terapias como reiki, taças tibetanas, osteopatia, terapia sacro-craniana, audiometria, hipnoterapia, shiatsu, pilates, ecografia musculo-esquelética de tecidos moles, entre outros.
Numa iniciativa da Câmara Municipal de Anadia, esta 3.ª edição voltou a merecer os aplausos da população, vindo a revelar-se um sucesso e de grande importância para a comunidade, a avaliar pela forte adesão.
Os munícipes, oriundos de todas as freguesias do município de Anadia, mas também de concelhos limítrofes, marcaram presença no certame, que pretendeu reforçar a promoção da saúde dos munícipes.
Durante o evento, que durou dois dias, destaque para uma recolha de sangue promovida pela ADASFES e a realização da ação “Ler + dá Saúde”.
Na abertura do certame, o médico Manuel Jacinto, do ACes Baixo Vouga admitiu que o concelho tem uma boa oferta em termos de iniciativas para a saúde e que todos os stands visitados eram de grande interesse e esclarecedores do que podem oferecer às pessoas. O médico sublinhou ainda a importância dos rastreios, por exemplo, que podem ajudar a detetar várias situações, possibilitanto depois o encaminhamento para outras valências mais específicas.
Também Teresa Cardoso, presidente da Câmara Municipal de Anadia, sublinhou a mais valia da descentralização do certame para o velódromo (as duas primeiras edições realizaram-se no Pavilhão dos Desportos de Anadia), “um espaço com melhores condições e com dimensão capazes de abarcar vários tipos de serviços e atividades em simultâneo”.
Uma das presenças habituais em iniciativas do género é o Hospital José Luciano de Castro que, uma vez mais, divulgou os as suas Consultas Externas (Cirurgia Geral, Diabetes, Medicina Interna, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Dor, Anestesiologia, Fisiatria, Pediatria, Ortopedia, Urologia, Nutrição, Psicologia, Terapia da Fala e enfermagem), Cirurgia de Ambulatório (Cirurgia geral, Ortopedia e Urologia), Imagiologia (Rx Convencional, Contrastados, Ecografias e Mamografias); Unidade de Convalescença, Eletrocardiografia e Fisioterapia.
Catarina Cerca

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, Sangalhos0 Comentários

Torneio de Sueca no Paraimo

No próximo dia 4, pelas 21h, terá lugar um torneio de sueca no palco das festas, no lugar do Paraimo, freguesia de Sangalhos.
Numa organização da Comissão de Festas do Paraimo, o evento terá os seguintes prémios: 1.º um leitão assado, 2.º dois frangos no churrasco; 3.º duas garrafas de espumante.
O torneio será disputado por um mínimo de cinco equipas.
Para mais informações e inscrições contactar Eduardo Costa – 914087445.

Posted in Por Terras da Bairrada, Sangalhos0 Comentários

Ad Code

Pergunta da semana

Vai a algum festival de verão este ano?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com