Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Mealhada

“Mata do Buçaco tem de ter outra ambição”, afirma António Gravato

“Mata do Buçaco tem de ter outra ambição”, afirma António Gravato

Com a intenção de manter o objetivo de tornar a Mata património Mundial da UNESCO, acompanhada da perseguição a uma candidatura a Bruxelas para recuperar o património edificado, António Gravato, presidente da Fundação Mata do Buçaco deixa, também, nesta primeira entrevista ao JB, o desejo de reforçar os laços entre o Luso e Buçaco e promete novidades a este respeito.

João Paulo Teles

Ler entrevista completa na edição impressa ou digital do Jornal da Bairrada de 23 de outubro de 2014

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Mealhada e Pampilhosa vão ter Espaços do Cidadão

A Mealhada é um dos municípios da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM – RC) que vão ter Espaços do Cidadão, isto é, locais onde os munícipes vão poder tratar de um vasto leque de assuntos, como por exemplo renovar a carta de condução, alterar a morada no Cartão de Cidadão ou entregar documentação para a ADSE. Mealhada e Pampilhosa são os locais em que serão instalados estes serviços destinados a facilitar a vida dos munícipes.

Os 18 municípios da CIM – RC que assinaram o protocolo são: Arganil, Cantanhede, Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz, Góis, Lousã, Mealhada, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Mortágua, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua e Vila Nova de Poiares.

Posted in Mealhada, Por Terras da Bairrada0 Comentários

“Estou a ser amesquinhado  na praça pública”, diz Alcides Branco

“Estou a ser amesquinhado na praça pública”, diz Alcides Branco

O empresário Alcides Branco, administrador da empresa do Luso que tem sido alvo de protestos da população e da Câmara da Mealhada, decidiu reagir e escolheu o JB para contestar o que se tem dito e feito nos últimos dias. Diz ser vítima de “perseguição”, de “vingança” e de “achincalhamento público”.

Para ele é tudo “uma orquestra” e o presidente da Câmara é o “maestro”, que acusa de falta de colaboração e disponibilidade. Os outros fumos e cheiros da Mealhada são abordados pelo empresário da “baganha”, que até fala na prostituição no concelho como sendo mais nefasta do que os fumos da sua empresa.

João Paulo Teles

Entrevista completa na edição de 16/10/2014 do Jornal da Bairrada.

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da Bairrada0 Comentários

OP 2015 na Mealhada: Melhoramento do Parque Radical foi a proposta mais votada

São 11 propostas que vão ser incluídas no Orçamento Municipal de 2015 e abrangem todas as freguesias do concelho da Mealhada. A proposta mais votada prevê o melhoramento do Parque Radical, de Parkour, uma obra que poderá ir até ao limite de 50 mil euros.
Neste primeiro Orçamento Participativo (OP) do Município da Mealhada, contabilizaram-se 684 votos, 217 desses realizados presencialmente, nas Assembleias Participativas que decorreram nas seis freguesias do concelho, e 467 concretizados online, na plataforma do Orçamento Participativo, em op.cm-mealhada.pt.
Recorde-se que a Câmara Municipal definiu um montante máximo de meio milhão de euros do Orçamento Municipal 2015 para a execução das propostas vencedoras.

Posted in Mealhada, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Cantanhede: Adega arrecada sete prémios no Concurso  de Vinhos e Espumantes Bairrada

Cantanhede: Adega arrecada sete prémios no Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada

A Adega Cooperativa de Cantanhede foi a grande vencedora da 4.ª edição do Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada ao arrecadar sete prémios, entre os quais o do melhor vinho.
O concurso, que vai na 4.ª edição, decorreu no primeiro dia do evento. Foram provados 76 vinhos, por um painel de 17 jurados, entre críticos e jornalistas, enólogos e escanções.
Os vinhos, todos certificados pela Comissão Vitivinícola da Bairrada, concorreram em quatro categorias (tinto, branco, rosé e espumante), com especial atenção para três prémios: o melhor espumante, o melhor espumante Baga (a casta bandeira da região) e o melhor vinho do concurso.
A entrega de prémios, que aconteceu por volta das 20h, foi presidida por Luís Campos, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros.
Na ocasião, Luís Lopes, da Revista de Vinhos, sublinharia “o nível muito bom, mesmo bastante elevado” dos vinhos apresentados, o que é revelador “do salto qualitativo que a região deu nesta última dezena de anos”.
Luís Campos, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, classificaria, perante os convidados presentes, “o vinho e a gastronomia como dois grandes embaixadores de Portugal, que produz cada vez com mais qualidade e criatividade”. Duas áreas “importantes para o desenvolvimento da economia regional”.
A propósito dos sete prémios conquistados, Vitor Damião, presidente da direção da Adega de Cantanhede, disse estar muito satisfeito e orgulhoso porque “são mais sete prémios que se vão juntar aos outros 75 já recebidos este ano”. Destacando a importância deste evento para os vinhos da região, não deixou de destacar que todas estas distinções confirmam que “as adegas não são filhos de um Deus menor e que não ficam atrás de qualquer produtor”.
“Estes prémios nacionais e estrangeiros ajudam a projetar a imagem da Adega, do concelho, mas também de toda a região”, disse, destacando que a Adega exporta já 20% da produção, para mais de 20 países: Canadá, Russia, China, entre outros.
A Adega de Cantanhede, que é já o maior produtor da Bairrada, tem como enólogo o consultor Osvaldo Amado.

Espumante Prata
Encontro Special Cuvée Branco 2010, Quinta do Encontro
Marquês de Marialva Blanc de Blancs Branco 2012, Adega Cooperativa de Cantanhede
Milheiro Selas Pinot-Noir/Cercial Branco 2011, António Selas
Montanha Real, Super-Reserva Branco 2009, Caves da Montanha – A. Henriques

Espumante Ouro
Aliança Vintage Branco 2008, Aliança Vinhos de Portugal
Casa de Sarmento Brut de Baga Branco 2009, Casa de Sarmento
Marquês de Marialva Bical / Arinto Reserva Branco 2011, Adega Cooperativa de Cantanhede
Marquês de Marialva Cuvée Branco 2010, Adega Cooperativa de Cantanhede
Primavera Unum Touriga – Nacional Branco 2012, Caves Primavera
São Domingos Baga Branco 2008, Caves do Solar de São Domingos

Vinho Branco Prata
Encontro Bical Branco 2013, Quinta do Encontro

Vinho Branco Ouro
Marquês de Marialva Reserva Arinto Branco 2013, Adega Cooperativa de Cantanhede
Quinta dos Abibes Sublima Branco 2010, Quinta dos Abibes

Vinho Rosé Ouro
Quinta do Poço do Lobo Reserva Baga / Pinot-Noir Rosé 2013, Caves São João

Vinho Tinto Prata
Marquês de Marialva Grande Reserva Tinto 2008, Adega Cooperativa de Cantanhede
São Domingos Reserva Tinto 2009, Caves do Solar de São Domingos

Vinho Tinto Ouro
Pinho Leão Tinto 2011, Casa Agrícola António Santos Lopes, Herd.
Quinta dos Abibes Sublime Tinto 2010, Quinta dos Abibes
Encontro 1 Tinto 2009, Quinta do Encontro
Marquês de Marialva Confirmado Baga Tinto 1991, Adega Cooperativa de Cantanhede
Castel Venegas Tinto 2013, Hélder Manuel Ferreira dos Santos

Melhor Espumante
Aliança Vintage Branco 2008, Aliança – Vinhos de Portugal

Melhor Espumante Baga
Casa de Sarmento Brut de Baga Branco 2009, Casa de Sarmento

Melhor Vinho
Marquês de Marialva Reserva Arinto Branco 2013, Adega Cooperativa de Cantanhede

Posted in Águeda, Anadia, Aveiro, Cantanhede, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Câmara da Mealhada corta água à empresa Alcides Branco

Câmara da Mealhada corta água à empresa Alcides Branco

A Câmara da Mealhada cortou o fornecimento de água à empresa Alcides Branco & Companhia SA por suposto atraso no pagamento deste serviço, confirmou ao JB o presidente da Câmara, Rui Marqueiro. Esta unidade industrial, que tem sido alvo de queixas da autarquia e da população por alegada poluição, está agora privada de água da rede pública e dentro de dias deverá ser alvo de uma ação popular.

João Paulo Teles

Leia a notícia completa na edição impressa ou digital do JB de 9/10/2014

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da Bairrada0 Comentários

EPVL paga 35 mil euros a Filomena Pinheiro

EPVL paga 35 mil euros a Filomena Pinheiro

A Escola Profissional Vasconcellos Lebre (EPVL) da Mealhada vai pagar 35 mil euros à ex-vice-presidente da câmara, Filomena Pinheiro, por não a ter reintegrado nos seus quadros. O acordo foi alcançado na passada sexta-feira, dia 3 de outubro, no Tribunal do Trabalho de Coimbra, confirmado ao JB por ambas as partes. O diferendo arrastava-se desde outubro do ano passado, quando a vereadora cessou funções na autarquia, tendo sido impedida de voltar para o cargo que exercia naquela escola em 1999.
A escola profissional da Mealhada tem 30 dias para pagar a Filomena Pinheiro uma verba de 35 mil euros. Este foi o entendimento possível e final decidido na sexta-feira, depois de uma primeira tentativa de acordo falhada a 8 de abril passado, mas alcançada agora num segundo esforço que juntou os representantes das duas partes, por sugestão dos magistrados daquele tribunal.
Apesar da aparente concordância, Filomena Pinheiro não deixa de lançar críticas à administração da escola e ao atual executivo municipal por “perseguição e histeria política” em torno deste assunto.

João Paulo Teles

Leia a notícia completa na edição impressa ou digital do JB de 9 outubro 2014

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Jovens bairradinos morrem durante manutenção de chaminé

Dois operários, de 26 e 28 anos, residentes na Bairrada, morreram carbonizados, na sexta-feira, quando se encontravam a fazer a manutenção de uma chaminé na fábrica de celulose do Caima, em Constância.
A empresa e as autoridades já abriram um inquérito para apurar as circunstâncias em que ocorreu o acidente.
Cristiano Catarino, de 26 anos, residente em Anadia, e Filipe Miguel Tomás, de 28, residente em Ventosa do Bairro, Mealhada, eram funcionários da empresa de revestimento de superfícies Orbisource, com sede em Anadia. Os seus serviços foram contratados pela Caima.
A presidente da Câmara Municipal de Constância, Júlia Amorim, disse à Lusa que, de acordo com a informação recolhida junto dos bombeiros o acidente decorreu da inflamação de um produto que estava a ser usado nos trabalhos de manutenção.
Fonte da empresa de Constância explicou ao Correio da Manhã que a produtora de pasta de papel suspende a laboração uma vez por ano para proceder a trabalhos de manutenção dos equipamentos. Desde 29 de setembro que a empresa estava parada. Enquanto decorrem estes procedimentos, a Caima tem ao serviço cerca de 700 trabalhadores, a maioria pertencente a empresas contratadas. No resto do ano, o quadro de pessoal é de 180 trabalhadores, divididos por dois turnos.
No local compareceram os Bombeiros Voluntários de Constância, com quatro veículos, e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Centro Hospitalar do Médio Tejo.
O funeral de Cristiano Catarino decorreu na terça-feira, pelas 17h30, tendo o seu corpo ido a enterrar para o cemitério de Vila Nova de Monsarros. Já o funeral de Filipe Miguel realizou-se na segunda-feira. Ambos os atos lutuosos decorreram debaixo de grande consternação.

Posted in Anadia, Mealhada, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Diocese de Aveiro recorda D. António Marcelino

No próximo dia 9 de outubro ocorre o primeiro aniversário da morte de D. António Baltasar Marcelino. Neste sentido, o Bispo D. António Moiteiro irá celebrar a Eucaristia na Sé, com início às 19h. Nesta memória, serão lembrados, em oração de sufrágio, todos os bispos, presbíteros e diáconos permanentes, já falecidos, que se dedicaram à pastoral na diocese, nos seminários, nas paróquias e nos diversos serviços e movimentos.
Pretende-se que o dia do aniversário da morte do último bispo de Aveiro seja um dia de memória agradecida, não apenas na Sé mas em todas as comunidades.

 

Posted in Águeda, Anadia, Aveiro, Cantanhede, Ílhavo, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Vagos0 Comentários

Mealhada vai discutir mudança de distrito

A Assembleia Municipal da Mealhada vai discutir a possibilidade de pedir a alteração de distrito. O assunto não é novo mas voltou à ordem do dia na última sessão daquele órgão, com a proposta do deputado Artur Dinis (PS), que decidiu “lançar o desafio à assembleia”, referindo que “a Mealhada há muito tempo que fala nesta mudança para o Distrito de Coimbra”. Para o deputado, “pertencer a Aveiro não traz qualquer benefício e as alterações feitas pelos Governos não ajudaram nada”. “Mealhada teria mais vantagens passar para Coimbra, isto devia ser discutido aqui”, concluiu.
A proposta foi aprovada por maioria pelos deputados do PS, com as abstenções da CDU e da Coligação Juntos Pelo Concelho da Mealhada.
João Paulo Teles

Posted in Mealhada, Por Terras da Bairrada1 Comentário

Ad Code

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com