Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Oiã

Feira de Artesanato regressa ao Silveiro após anos de interregno

artesanato silveiroA União Desportiva Cultural e Recreativa do Silveiro (UDCRS) vai voltar a promover a feira de Artesanato e Velharias do Silveiro, desta feita, nos dias 10, 11 e 12 de junho, no Largo do Barreiro.
O presidente UDCRS, Paulo Martins, diz que “depois de alguns anos de interregno, a UDCRS volta a engalanar o Largo do Barreiro com artesanato e velharias, com animação de palco e rua, com bares, no fundo, com 3 dias em que o convívio, a animação, a cultura popular e as artes vão estar de mãos dadas”. “Este evento, aquando da sua génese, teve uma dimensão digna de registo, mas hoje são muitos os eventos deste cariz, o que associado aos tempos de maior austeridade, leva a que a associação promova a feira não com a dimensão da altura, mas com a dignidade que merece e com a qualidade que se exige”, recorda.
Este responsável afirma ainda que em breve a associação dará a conhecer o programa do evento, que vai contar com 40 participantes, instalados numa tenda, com artesanato variado e com velharias, com folclore, música tradicional e dança.

Posted in Oiã, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Carnaval de Oiã aposta nas celebridades da “Quinta”

Marta Cruz e Kelly Medeiros, ex-concorrentes da Quinta das Celebridades, são as duas rainhas do Carnaval de Oiã, anunciou a organização.
De acordo com António Dias, presidente da Associação de Carnaval de Oiã, a aposta nas concorrentes fica a dever-se à popularidade que ambas conseguiram no programa da TVI, sendo que Kelly Medeiros foi a vencedora da Quinta.
Segundo António Dias, o programa do Carnaval de Oiã começa na sexta-feira, dia 5, com karaoke Portuga; no sábado dia 7, Vip Karaoke; no domingo, dia 7, desfile carnavalesco com Marta Cruz; na segunda-feira, dia 8, espetáculo com João Claro (entrada, dois euros) e na terça-feira de Carnaval, desfile com Kelly Medeiros.
António Dias explica que as entradas no carnaval são gratuitas em todos os dias, exceto no concerto de João Claro, que é organizado pelo próprio cantor, sublinhando que “o investimento do Carnaval de Oiã rondará os 12 mil euros”.

Posted in Oiã, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

ADO suspende treinador que fez chantagem sexual com jovem

A Associação Desportiva de Oiã (ADO) suspendeu de forma imediata Rúben Silva, de 24 anos, treinador de formação (escalão petizes), após o Correio da Manhã ter noticiado que este foi detido em flagrante, na penúltima quarta-feira à noite, pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Águeda, quando alegadamente extorquia 200 euros a uma jovem de 21 anos que conhecera nas redes sociais e que lhe enviou fotos suas, nua. A ADO suspendeu Rúben da Silva de toda a atividade de treinador na Associação Desportiva de Oiã, até ao apuramento definitivo do processo.
Segundo o Correio da Manhã, Rúben Silva, na posse das fotografias, começou a exigir dinheiro, 200 euros, à jovem, para não divulgar as mesmas. A vítima ainda tentou negociar, mas o tom das ameaças aumentou, pelo que esta foi pedir ajuda à GNR.
Na altura, o detido negou o crime e justificou que apenas se tratava de um encontro casual com aquela jovem. Depois de ter sido ouvido, pelo juiz de instrução criminal, Rúben Silva vai aguardar a acusação em casa.
Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Oiã, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Oliveira do Bairro: Espaços do Cidadão chegam às 4 freguesias

Oliveira do Bairro: Espaços do Cidadão chegam às 4 freguesias

Oliveira do Bairro passou, desde o dia 26 de novembro, a usufruir de quatro Espaços do Cidadão que estão agora a funcionar na cidade de Oliveira do Bairro e, de forma rotativa, nas restantes três freguesias do Município.
O Espaço do Cidadão de Oliveira do Bairro, instalado numa sala do Quartel das Artes Dr. Alípio Sol, virada para a Incubadora de Empresas, funcionará todos os dias úteis, das 9h às 13h e das 14h às 17h30. O Espaço do Cidadão de Oiã está localizado no edifício da Junta de Freguesia e funcionará todas as quintas-feiras; o da Palhaça às terças-feiras, nas instalações da antiga escola primária; e o da União de Freguesias de Bustos, Troviscal e Mamarrosa utiliza as instalações da antiga Junta de Freguesia do Troviscal, funcionando às segundas-feiras. O horário para estes três espaços será o mesmo, das 9h às 13h e das 14h às 17h30.

Posted in Bustos, Destaque, Mamarrosa, Oiã, Oliveira do Bairro, Palhaça, Troviscal0 Comentários

Centro Social de Oiã acolhe família de refugiados “de braços abertos”

Centro Social de Oiã acolhe família de refugiados “de braços abertos”

“Apelo às paróquias, às comunidades religiosas, aos monastérios e santuários de toda a Europa que recebam uma família de refugiados.” O apelo do Papa Francisco, feito durante a oração do Angelus, no dia 6 de setembro, tocou fundo no coração de Carlos Réu. Dois dias volvidos e com aquela mensagem em constante vaivém no seu interior, o presidente do Centro Social de Oiã pegou no telefone. “Padre Mário, estamos na disposição de acolher uma família de seis pessoas.”
Estava dado o primeiro passo. Um mês depois, no dia 14 de outubro, em Lisboa, era assinado um protocolo de compromisso entre a Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR) e a Paróquia de Oiã, no âmbito do programa PAR Famílias.
“Antes disso, recebemos uma visita de uma responsável da CNIS (Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade), do Porto, que ficou bastante agradada com as instalações do velho Lar, que está funcional, apesar de não ter lá pessoas”, adiantou Carlos Réu ao JB.
Será, pois, por estes dias, que a família, vinda da Síria, será acolhida no Centro Social de Oiã. “Não sabemos, até ao momento, quem são, quantos são, que idade e formação têm, que língua falam, nada… O que sabemos é que estamos em condições de lhes oferecer alojamento com todas as condições de higiene e conforto, alimentação, vestuário, acesso à educação através da nossa creche, jardim de infância e ATL, e acesso a cuidados de saúde, pois temos um médico e enfermeiros nas novas instalações.” Para além disso, o Centro Social de Oiã está muito bem localizado, tendo ali bem perto a estação de caminhos de ferro, a extensão de saúde e a EB 2/3.
Quando à possibilidade de emprego, Carlos Réu não a assume, mas deixa um apelo ao tecido empresarial da freguesia (e do concelho), para que sejam sensíveis e ajudem na integração laboral destes refugiados. “Há já, também, algum movimento da sociedade civil, a apoiar-nos”, frisa o presidente da direção do CSO.

Oriana Pataco

Leia a notícia completa na edição de 12 de novembro de 2015

Posted in Destaque, Oiã, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Dr. Fernando Peixinho imortalizado em monumento

O monumento ao Dr. Fernando Peixinho, da autoria de Fernando Filipe, do Troviscal, foi inaugurado no passado dia 17 de outubro, no Largo do Cruzeiro em Oiã. A obra pretende também lembrar e homenagear todos aqueles que se destacaram nas suas profissões e nas suas vidas no concelho de Oliveira do Bairro.
Antero Moreira, membro da Comissão Promotora do monumento, explicou que o mesmo foi construído com o apoio de muitos amigos e familiares, bem como da Junta de Freguesia de Oiã e da Comissão de Melhoramentos, além da Câmara Municipal, que esteve presente em todos os momentos do projeto.
Antero Moreira referiu ainda que, “profissionalmente, o Dr. Fernando Peixinho foi um médico competente, com grande sentido de solidariedade e disponibilidade, desde o início da sua carreira. De bicicleta, de motorizada ou de automóvel, enxuto ou molhado, normalmente de forma gratuita, a todos ia atender, fosse a que horas fosse, mesmo nas zonas serranas, à época de muito difíceis acessos”. “Foi também um empreendedor na área da saúde, dando a mão a jovens colegas com os quais expandiu a Clínica Central de Oiã, fundada pelo também saudoso Dr. Ângelo Graça”, acrescentou Antero Moreira.
“Fernando Peixinho foi um homem sofrido, revoltado com a vida, sobretudo depois de ter ficado órfão de pai aos 12 anos. Talvez por isso, tornou-se um homem simples, generoso e amigo, mas também de fortes convicções. Sempre deu mais do que recebeu. Foi suporte de muita gente nos mais variados aspetos e muitas vezes “ingratificado”. Foi amigo, como poucos, da sua terra e das suas gentes”, referiu Antero Moreira.
Antero Moreira explicou ainda que Fernando Peixinho, “politicamente, foi um homem de fortes convicções e sempre defendeu aquilo em que acreditava. Integrou a Comissão de Apoio à candidatura do General Humberto Delgado. Foi militante do MDP/CDE e, posteriormente, membro e fundador da ID (Intervenção Democrática). Fez parte da Comissão Administrativa da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, em 1974, até às primeiras eleições democráticas. Foi deputado à Assembleia Municipal do mesmo concelho entre 1997-2005”. Por tudo isto, “foi reconhecido pela Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, que lhe atribuiu a Medalha Municipal de Mérito – Grau Ouro; o seu nome foi dado à Escola Básica do 2.º e 3.º Ciclos de Oiã, da qual se tornou patrono, e, recentemente, o seu nome foi também atribuído ao novo Lar de Idosos do Centro Social de Oiã”.

História. O sobrinho do homenageado recordou, de seguida, muitos dos comportamentos do tio e, em especial, a sua dedicação a toda a gente, prestando muitos serviços médicos gratuitamente, e apoiando social e economicamente, aqueles que a ele recorriam. “Temos na memória e no coração esse homem que dedicou a sua vida a todos os que amou intensamente, à sua terra de Oiã que adotou para sempre, às suas gentes com quem compartilhava as alegrias e as tristezas, a mesa e o consultório, o infortúnio e o sucesso deixando escritas, para sempre, muitas páginas na história de Oiã”, acrescentou o sobrinho.
A finalizar, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Mário João Oliveira, destacou os aspetos humanos do homenageado, mas também a sua retidão e participação na vida política ativa como membro da Assembleia Municipal, pela CDU.

Posted in Destaque, Oiã, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

D. António Moiteiro benzeu Capela da Ressurreição

O Bispo de Aveiro, D. António Moiteiro, benzeu, na tarde do último sábado, cheio de sol, a Capela da Ressurreição (vulgo capela mortuária), um equipamento que, há muitos anos, vinha fazendo falta à freguesia de Oiã. Trata-se de um “belo projecto do Eng. Eugénio Maia e da nossa muito querida arquitecta Joana Mota”, havia de sublinhar Padre Mário Ferreira. Para assinalar a feliz data, foi descerrada uma placa comemorativa pelo Bispo, pároco, padre Mário, o grande impulsionador, e pelo presidente da câmara, Mário João Oliveira e presidente da JF, Victor Oliveira.

Um sonho, muito trabalho e esforço. O evento constituiu uma espécie de Dia da Comunidade, de grande união e partilha. Perante o Largo de S. Sebastião regorgitando de gente, crianças, adolescentes e jovens (era celebrada a abertura da catequese), e gente de todas as faixas etárias, padre Mário Ferreira, após a bênção do interior do novo templo e a calçada portuguesa que agora embeleza toda a área envolvente da igreja, outro investimento que concorreu para o embelezamento do templo e após os agradecimentos gerais, realçou que, de futuro, será neste templo que “a Comunidade Cristã de Oiã passará a reunir para se despedir com dignidade dos nossos entes queridos e reforçar nossos laços enquanto comunidade”. Considerou ainda que “este é um espaço, acima de tudo, de esperança que começou com um sonho. Esta construção foi fruto de muito sacrifício e trabalho” cujos custos finais deverão rondar os 140 mil euros… Sonho que começou a borbulhar em 2011 pela “necessidade de se ter um local digno onde se pudesse velar aqueles que nos vão deixando (…) e havia muitas pessoas empenhadas na construção deste sonho”, ainda que nessa altura andasse o mesmo Conselho Económico Pastoral “com grandes obras na igreja”. No entanto, começaram a dar-se os primeiros passos como definição do local, diligências na aquisição do terreno, angariação de fundos, elaboração dos vários projectos. Tratados os trâmites legais, a obra, em face do concurso, foi entregue à empresa Malhamuros. Ldª, de Malhapão. Não esqueceu de lembrar que, apesar de nem sempre estarmos todos de acordo, “todos têm feito para servir esta Comunidade na concretização das obras e que todos me têm ajudado a tomarmos as melhores decisões”. Apesar do muito esforço e trabalho, fez, a terminar, esta confissão: “não é a capela da Ressurreição a menina dos meus olhos. A menina dos meus olhos é a igreja, sois todos e cada um de vós”.
Leia mais na versão digital do seu JB.

Armor Pires Mota

Posted in Oiã, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Centro Social inaugura Lar Dr. Fernando Peixinho, no valor de 1.4 milhões de euros

O novo Lar Dr. Fernando Peixinho foi inaugurado, na última sexta-feira, pelo secretário de Estado da Segurança Social, Agostinho Branquinho. Uma inauguração feita no exato dia em que o Centro Social de Oiã comemorou 57 anos de existência. A nova valência, agora inaugurada e que custou 1.4 milhões mais IVA, acolhe as respostas de lar residencial para 13 utentes; lar de idosos para 30 utentes e serviço de apoio domiciliário. “Nas duas primeiras respostas, a procura é já superior à capacidade disponível e no serviço de apoio domiciliário, a arrancar em breve, o número de interessados é já significativo”, afirmou Carlos Réu, presidente da direção do Centro Social de Oiã, destacando “a profunda ligação do Centro Social à comunidade e o trabalho notável de todos que têm servido a associação ao longo dos anos”. “De facto é bem patente como a instituição cresceu à medida que a vila de Oiã também cresceu, como se adaptou e procurou dar respostas adequadas às necessidades sentidas pela população”, afirmou Carlos Réu, sublinhando que “quanto ao trabalho que aqui tem sido feito, ao longo de mais de cinco décadas, a direção, a que presido, quer manifestar o apreço, o profundo respeito e a bem merecida gratidão, a todos quantos deram ao Centro Social o melhor de si”.

Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Oiã, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Brigotintas assinala 18.º aniversário durante todo o mês de maio

Brigotintas assinala 18.º aniversário durante todo o mês de maio

A Brigotintas está a assinalar os seus 18 anos de vida, ao longo de todo o mês de maio. Para isso, conta com a colaboração dos seus fornecedores, que estão presentes nas ações promotoras, nas várias lojas da Brigotintas, em Cabecinhas (Calvão, Vagos), Ílhavo e Oiã.
A gerente Helena Domingues recorda como tudo começou, há 18 anos. “Começámos praticamente do zero, numa pequena loja, aqui em Cabecinhas. Depois, estendemo-nos para Ílhavo, em 2004, e Oiã, em 2007. Um ano depois, transferimos a loja de Cabecinhas para este espaço”, na mesma localidade.
Um percurso “trabalhoso”, mas que “valeu a pena”, garante Helena Domingues, que gere uma empresa que conta já com nove funcionários.
As comemorações deste aniversário tão especial vão ter ações, sempre nas três lojas, relacionados com as próprias datas e começaram já no dia 2 (sábado), numa antecipação do Dia da Mãe, com entrega de rosas a todas as mães. Uma ação com apoio da Barbot (foi, aliás, uma semana dedicada a este fornecedor de tintas).
No dia 4, Dia do Sol, foram oferecidos bonés. Ainda neste dia e no dia seguinte, comemorando o Dia da Imprensa (que se assinala no dia 3), houve apontamentos decorativos e distribuição dos dois jornais que colaboram nesta iniciativa, Jornal da Bairrada e O Ponto.
No dia 5, Dia do Trânsito, foram distribuídos folhetos com conselhos aos automobilistas.
No dia 15 de maio, assinalou-se o Dia Internacional da Família.
Já no dia 18, aproveitando o Dia da Internet que se assinala na véspera, haverá uma interação com quem escolher um produto através da loja online e o levar impresso à loja física. Neste mesmo dia, Dia dos Museus, serão oferecidos bilhetes para o Museu do Brincar (Vagos), folhetos informativos sobre o Museu de Etnomúsica (no Troviscal).
No dia 21, Dia Mundial da Diversidade e Cultura para o Diálogo e Desenvolvimento, serão aceites inscrições para uma visita à Casa Gandareza. No dia seguinte, Dia Internacional da Biodiversidade, haverá uma oferta relacionada com o tema.
No dia 28, Dia Internacional da Saúde Feminina, será feita uma interação com a esteticista Joana Ramos, de Calvão, que oferece vouchers de 10% de desconto a todas as mulheres.
No dia 29, Dia da Energia, estará em vigor uma campanha de LED’s.
Finalmente, no dia 30 de maio, a Brigotintas antecipa o Dia da Criança. Serão oferecidos brindes, de vários fornecedores e os mais pequenos podem contar com muita animação.
Todas estas ações serão patrocinadas e realizadas em colaboração com os principais fornecedores da Brigotintas: Barbot, Dyrup, Robbialac, Tintas Titan, Lusaveiro, Mistolin, UHU, Indasa, Central Lobão e também com o apoio dos Municípios de Vagos, Oliveira do Bairro e Ílhavo.

Posted in Ílhavo, Oiã, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Região, Vagos0 Comentários

Ciclismo: IV Troféu Luso-Galaico este domingo em Sangalhos

Ciclismo: IV Troféu Luso-Galaico este domingo em Sangalhos

No âmbito das Bodas de Diamante do Sangalhos Desporto Clube, a Associação de Ciclismo de Aveiro, a Federação Portuguesa de Ciclismo e a Federação Galega de Ciclismo promovem mais uma edição do Troféu Luso-Galaico no próximo domingo, dia 3 de maio.
O Troféu Luso Galaico consta de duas provas uma já disputada em Espanha no passado dia 11 de abril e outra, agora domingo, que comemora também o 75.º Aniversário do Sangalhos Desporto Clube.
A prova é destinada a corredores Sub-23 das equipas de clube, podendo participar corredores Elites das citadas equipas.
Com saída e chegada a Sangalhos, a prova de 159,5 kms terá partida simbólica na Av Dr. Seabra Dinis e partida real às 13.01 em frente à Aliança – Vinhos de Portugal.

A prova segue em direção a Vila Verde, Póvoa do Forno, Quinta do Gordo, Campanas, Poutena, Torres, Vilarinho do Bairro, Curia (meta volante), Póvoa do Pereiro, Monsarros, Moita, Vale de Boi, Póvoa do Gago (prémio de montanha), Canelas, Boialvo, Perrães, Palhaça, Ílhavo (meta volante), Albergaria a Velha, Águeda, Piedade, Perrães, Oiã, Oliveira do Bairro e Sangalhos (meta final) na Avenida Dr. Seabra Dinis.

Posted in Anadia, Ciclismo, Ílhavo, Oiã, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Região0 Comentários

SFImobiliaria

Pergunta da semana

É assinante do Jornal da Bairrada?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com