Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "buçaco"

Passeio Fotográfico ao Luar na Mata do Buçaco


Esta terça-feira, dia 18 de agosto, no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Fotografia, a Fundação Mata do Buçaco e o fotógrafo profissional João M. Gil vão realizar um passeio noturno fotográfico pela Mata Nacional do Buçaco.

Aventurar-se numa noite, em pleno verão, pela Mata Nacional do Buçaco é o desafio lançado a todos os amantes da fotografia. O Passeio Fotográfico Noturno realiza-se dia 18 de agosto, noite que antecede o Dia Mundial da Fotografia, com a coordenação de João M. Gil, fotografo profissional.

Será uma experiência diferente e um desafio constante fotografar a Mata Nacional do Buçaco durante a noite, enquanto são transmitidos alguns conhecimentos sobre a área da fotografia. João M. Gil acompanhará todos os participantes nesta atividade que será também uma forma diferente de conviver com o espaço.

Usar e brincar com a luz, numa altura em que a sombra e o negro são dominantes, obtendo assim fotografias únicas e curiosas é o objetivo deste passeio fotográfico, que assinala também o Dia Mundial da Fotografia.

O preço por participação é de 12 euros, sendo que as inscrições estão limitadas a um mínimo de 10 participantes e um máximo de 30. Já a atividade decorre das 21h às 00h00 e o ponto de encontro será na Esplanada da Mata, no núcleo central da Mata Nacional do Buçaco, junto ao Palace Hotel do Bussaco.

Para inscrições e mais informações contactar a Fundação Mata do Buçaco através do 231 937 000 ou pelo email: comunicacao@fmb.pt

Sobre o coordenador da atividade

João M. Gil fundou a Alma Lux Photographia em 2007. É fotógrafo profissional, de Paisagens, Gentes e Culturas. Ensina também nos seus já conhecidos Workshops de Fotografia CAUSAS e In Vivo, em vários locais de Portugal e fora do país.

Publicou recentemente dois livros, “Olhares Montanheiros” (em português) e “On Mountains” (em inglês), com o fotógrafo Nuno Verdasca, contando com os prefácios de Carlos Pinto Coelho e do João Garcia.

Ganhou vários prémios em Pessoas, no 7th Annual Black & White Spider Awards 2012, Fine Art-Paisagem, Natureza-Paisagem, Natureza-Árvores, Pessoas-Retrato, Pessoas-Família, no Concurso IPA International

Photography Awards 2010 e 2008, entre outros concursos. É colaborador frequente em Revistas de Fotografias Nacionais – zOOm e FotoDigital, com as suas crónicas “Fotografias com histórias por detrás da lente”. Mais informação em http://www.alma-lux-photographia.com/

Posted in Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Caminhada Solidária dia 21 de junho na Mata Nacional do Buçaco


Uma Caminhada Solidária orientada por monitores da Fundação Mata do Bussaco tem lugar no próximo dia 21 de junho, pelas 9h30, com início junto da esplanada da Mata Nacional do Buçaco. As verbas angariadas com a iniciativa revertem a favor da Liga dos Pequeninos do Hospital Pediátrico de Coimbra. O evento é organizado pelo Armazém do Fitness com o apoio da Câmara Municipal da Mealhada, da Fundação Mata do Bussaco, da Sociedade da Água de Luso, Feitio Jóias Ourivesarias, deBastos Design e Publicidade e do Restaurante O Castiço. A inscrição na atividade tem um valor de cinco euros por participante devendo, para o efeito, os interessados contatar através do número 231 406 898 / 934 099 568 ou endereço de e-mail geral@armazemdofitness.pt

Posted in Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Câmara e Fundação do Buçaco querem investir 9 milhões na Mata


A Câmara Municipal da Mealhada e a Fundação Mata do Buçaco anunciaram, na terça-feira, dia 16 de junho, que pretendem investir nove milhões de euros na recuperação e restauro do edificado daquela Mata Nacional, tendo em vista uma futura candidatura a Património Mundial da UNESCO.
As duas entidades pretendem aproveitar os fundos europeus do quadro de apoio “Portugal 2020” para a recuperação e restauro do Convento de Santa Cruz, da Via Sacra e das suas Ermidas, num projeto que deverá ter um custo de nove milhões de euros, no âmbito dos Investimentos Territoriais Integrados (ITI) do Programa Operacional do Centro, em que a autarquia se disponibiliza a assumir a comparticipação nacional de 15% do investimento.

O presidente da Fundação Mata do Buçaco (FMB), António Gravato, recordou que a Mata já se encontra inscrita na lista nominativa da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), considerando que esta iniciativa é um ponto importante para a apresentação de uma candidatura, que terá de ser realizada depois de 2017, visto que, de momento, Portugal faz parte do Comité do Património Mundial da UNESCO.
Explicou ainda que a Fundação tem poucos recursos e que nunca recebeu subsídios do Estado, vivendo das suas atividades, da sua programação e daquilo que fazem todos os dias, pelo que “sem este bom relacionamento com a Câmara da Mealhada, nunca poderíamos avançar para esta candidatura”. “O presidente da Câmara vai assumir o financiamento de 15%, o que nos dá um conforto que, de outra forma, jamais conseguiríamos”, referiu António Gravato.

Para o presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Rui Marqueiro, “trata-se de um momento importante e de “uma oportunidade única para a Câmara Municipal e para a Fundação da Mata unirem esforços no sentido de recuperarem o Convento de Santa Cruz, Via Sacra e suas Ermidas e darem, assim, um passo importante para a obtenção da classificação de Património da UNESCO pela Mata do Buçaco”.
Deu ainda a conhecer que “a candidatura já está prevista no Pacto Territorial para a Região Centro, existindo mesmo duas dotações, uma de 600 mil euros e outra de 200 mil, que poderão ainda ser aumentadas ao longo da execução do Portugal 2020”. Por isso, “temos que colocar isto na lista do Património Nacional. É um desígnio nosso e uma obrigação moral”, reforçou Rui Marqueiro, explicando que “a candidatura tem de ser muito cuidada, pelo que temos de ter gente com grande capacidade técnica”.
Rui Marqueiro reforçou ainda que “a intenção de atingir a classificação de Património da UNESCO é um longo caminho e deverá ser – ao longo dos anos – uma luta transversal a toda a sociedade e partidos políticos”. “A candidatura é sempre um momento difícil, pelo que temos de colocar a Mata nas melhores condições possíveis”, afirmou ainda o autarca, dando conta da “importância que o Buçaco tem para o turismo militar, já que foi aqui decidida a independência de Portugal, senão estaríamos, hoje, a falar francês”.
Por outro lado, Rui Marqueiro defendeu ainda a importância de serem criadas condições que possam inverter o número médio de noites (1,8) que os turistas passam na região centro do país.

Pedro Fontes da Costa

Posted in Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Milene Matos conquista duplo prémio em Paris


O projeto “Biodiversidade para Todos” da Mata do Buçaco, um trabalho da bióloga da Universidade de Aveiro (UA) Milene Matos, foi o vencedor do Prémio Internacional Terre de Femmes. Instituído pela Fundação Yves Rocher, o trabalho de Milene Matos conquistou pela primeira vez para Portugal um galardão que este ano colocou a concurso outros seis projetos de seis mulheres da França, de Marrocos, da Suíça, da Alemanha, da Ucrânia e da Rússia. Vencedora nacional do prémio Terre de Femmes, atribuído a 3 de março, Milene Matos recebeu o prémio a 2 de abril, em Paris, durante a cerimónia internacional da Yves Rocher. O trabalho arrecadou também o Prémio do Público atribuído por votação online.

“Se é verdade que dediquei muitas horas, anos, ao trabalho no Buçaco, não é menos verdade que este prémio o devo aos portugueses. O apoio de amigos, colegas e mesmo perfeitos desconhecidos foi indescritível, desde o primeiro dia das votações”, diz Milene Matos.

João Paulo Teles

Posted in Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Buçaco: Recuperação da Via Sacra conquista especialistas em património


A criação de um lóbi positivo, que juntou a academia científica e outras entidades na questão da preservação e recuperação da Via Sacra do Buçaco, foi uma das mais importantes conclusões do I Seminário sobre Património Edificado do Buçaco, que decorreu durante todo o dia de sexta-feira, dia 27 de março, disse o presidente da Fundação Mata do Buçaco, António Gravato.

Para aquele responsável, a presença de cerca de uma centena de pessoas, entre as quais muitos especialistas de várias entidades do país, onde se destacam as academias de Aveiro, Coimbra e Porto, “resultou num lóbi bastante positivo no seio da academia científica, que trouxe ao Buçaco inúmeros especialistas que abordaram todas as temáticas relacionadas com o edificado”. De historiadores de arte a especialistas em arquitetura e em materiais usados em construções antigas, todos foram unânimes em reconhecer o “elevado valor patrimonial do Buçaco”, completou António Gravato.

“Iniciativas deste género não resolvem problemas mas mostra-nos o caminho para os resolver”, destacou o presidente da FMB, avançando que no seguimento deste evento, a Mata vai receber a visita, no próximo dia 21 de abril, da presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), Ana Abrunhosa, numa altura em que a FMB está a preparar candidaturas a fundos comunitários para a recuperação do edificado.

Recorde-se que os 32 edifícios da Via-Sacra do Buçaco, construídos pela Ordem dos Carmelitas Descalços, a partir do início do século XVII, estão bastante degradados e “precisam de obras urgentes de reabilitação sob o risco de degradação irreparável”, aponta um estudo do Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Aveiro (UA), divulgado neste seminário.

Segundo avançou António Gravato ao JB, para o corrente ano estão previstas mais ações deste género, com destaque para workshops e debates sobre temas específicos na área do património.

João Paulo Teles

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Dia dos namorados na Mata do Buçaco


Dormir em plena natureza, num cenário bucólico e romântico como é a Mata Nacional do Buçaco é por si só um programa imperdível, no entanto, foram também preparados alguns momentos únicos para aliar a este dia especial. Um jantar no mais antigo restaurante da Mealhada e provar o típico leitão, uma hora de pura sensação de bem-estar na Clinica Maló ou um passeio romântico de barco ou de carro clássico são as escolhas que tem de fazer! Estas são as propostas da Fundação Mata do Buçaco para o dia dos namorados.

Data: 13 a 15 de fevereiro

Local: Mata do Buçaco

Preço: 90 euros / 2 pessoas / 1 programa

Inscrições: turismo@fmb.pt | 231 937 000

Programas:

 Programa “Romance Delicioso”

Estadia numa das Casas do Bussaco (TER) – T2* + Jantar para 2**

Valor: 90 euros

*1 noite de alojamento numa das Casas do Bussaco (TER) com Pequeno Almoço + Check-out tardio (mediante disponibilidade)

** Restaurante Pedro dos Leitões (Mealhada), Menu: Leitão, Espumante e Sobremesa

Noite extra: 60 euros

Programa “Luso- Bussaco, encontro perfeito”

Estadia numa das Casas do Bussaco (TER) – T2* +Acesso ao circuito Acqua Sensations** da Malo Clinic Termas Luso – Thermal & Medical Spa para duas pessoas.

Valor: 90 euros

*1 noite de alojamento numa das Casas do Bussaco (TER) + Pequeno Almoço + Check-out tardio (mediante disponibilidade)

** Inclui sauna, fonte de gelo, duche suíço, banho turco, duche sensações e piscina interativa com camas de hidromassagem, jatos bico de pato, jatos de cascata e jatos de massagem subaquática. Duração: 1 hora.

Noite extra: 60 euros

Programa “Experiências apaixonantes”

Estadia numa das Casas do Bussaco – T2 (TER)* + Passeio Buçaco Romântico em carro clássico** ou Passeio de barco nas águas do Mondego (Barragem da Aguieira)***

Valor: 90 euros

*1 noite de alojamento numa das Casas do Bussaco (TER) + Pequeno Almoço + Check-out tardio (mediante disponibilidade)

Noite extra: 60 euros

Posted in Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Buçaco: Repavimentação da estrada da Cruz Alta antes do verão


A reabilitação do pavimento na Estrada Nacional 234 – 4, que liga o Buçaco e a Cruz Alta, estará concluída antes do verão, prevê o presidente da Câmara da Mealhada, Rui Marqueiro, acrescentando que a consignação da obra “está para breve”.
O elevado estado de degradação do piso desta artéria tem motivado várias queixas, ao ponto de apelidarem a mesma como Rua da Vergonha (ver foto). A falta de intervenção e o desgaste, acentuados nos últimos invernos, tornaram aquela estrada quase intransitável em alguns locais, situação que levou, há já algum tempo, a autarquia mealhadense a encetar contactos com as congéneres de Mortágua e Penacova, já que tal ligação abrange territorialmente os três municípios, curiosamente de três distritos distintos.
Resolvida a questão, a obra mereceu a assinatura de um protocolo entre as Câmaras de Penacova e Mealhada, ficando a cargo da primeira a responsabilidade financeira da empreitada, cabendo à Mealhada a supervisão e fiscalização da mesma. Assim, a empreitada foi adjudicada por 118.599,93 euros (+ IVA) para um prazo de execução de 60 dias, a consignar em breve para acabar antes do verão, como destacou Rui Marqueiro.
João Paulo Teles

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Luso e Buçaco criam programa natalício para todas as idades


A Fundação Mata do Buçaco, em conjunto com a Associação Aquacristalina e a Junta de Freguesia do Luso, criaram um programa de Natal que irá desde o Luso até ao Bussaco, de 6 de dezembro a 7 de janeiro.
No próximo domingo, 14, o dia será de espetáculos, com a peça de teatro “Tudo Certo”, uma comédia romântica para maiores de 12 anos e de seguida ao lançamento do 1.º álbum de uma fadista lusense, Edna, com o título “Saudade”. O dia 21 de dezembro será dedicado às crianças, com a encenação do conto infantil “Duendes na Mata”, às 10h no Luso e às 14h na Mata do Buçaco. Para fechar o ano, irá acontecer na Igreja do Luso um Concerto Solidário de Canto Lirico com Ana Atalaya.
Mas o programa não se fica por aqui… Espalhados por toda a vila irão acontecer micro concertos desde o Luso até ao Buçaco, com temas natalícios e cantos dos reis. E para quem quer fazer compras no mercado tradicional e artesanal irão ocorrer dois mercados de natal, nos dias 14 e 21 na Alameda do Luso.
Os mais pequenos que queiram conhecer o Pai Natal também terão essa oportunidade tanto no convento de Sta. Cruz do Buçaco como na Alameda do Luso, e podem ainda tirar uma selfie com o Pai Natal para mais tarde recordar.
O valor solidário deste natal irá centrar-se numa Campanha de recolha de roupas usadas, com pontos de recolha no Luso e no Buçaco e numa grande ação de Voluntariado Solidário na Mata, que permite a um grupo de amigos, pessoas individuais ou até empresas recolher lenha da mata (com auxílio de técnicos especializados) e doá-la a duas instituições: Bombeiros da Pampilhosa e Centro Social Melo Pimenta.
O espírito natalício pode ainda ser visto durante todos os dias e todas as noites deste mês nas luzes, nos laços e nas coroas de natal que enfeitam a vila do Luso e a Mata do Buçaco e ainda no roteiro de presépios que já conta com mais de quinze unidades espalhados por estes dois espaços.

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Convento de Sta. Cruz com obras de manutenção


A pensar no próximo inverno, a Fundação Mata do Buçaco tem vindo a fazer vistorias à estrutura da cobertura do Convento, identificando as principais patologias que permitem, neste período, concretizar trabalhos de limpeza e reparações dos elementos cerâmicos que possibilitam a salvaguarda da mesma.

Em paralelo decorre o processo e programação do projeto de recuperação do património que visa restaurar a mata do Buçaco, na componente do Património Cultural.

Posted in Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

“Mata do Buçaco tem de ter outra ambição”, afirma António Gravato


Com a intenção de manter o objetivo de tornar a Mata património Mundial da UNESCO, acompanhada da perseguição a uma candidatura a Bruxelas para recuperar o património edificado, António Gravato, presidente da Fundação Mata do Buçaco deixa, também, nesta primeira entrevista ao JB, o desejo de reforçar os laços entre o Luso e Buçaco e promete novidades a este respeito.

João Paulo Teles

Ler entrevista completa na edição impressa ou digital do Jornal da Bairrada de 23 de outubro de 2014

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Pergunta da semana

Portugueses praticam cada vez mais exercício ao ar livre. É o seu caso?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com