Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "Cantanhede"

Câmara de Cantanhede cria incentivo à natalidade


O município de Cantanhede vai avançar em 2015 com um programa de incentivo à natalidade. A iniciativa faz parte do pacote de medidas de caráter social proposto pelo presidente da autarquia e que foi aprovado por unanimidade pelo executivo na reunião camarária de 2 de dezembro, entre as quais está também o apoio à empregabilidade, traduzido na atribuição de um subsídio às empresas que contratem trabalhadores desempregados.
Para o incentivo à natalidade entrar em vigor falta ainda a aprovação da Assembleia Municipal, o que deverá acontecer no plenário do próximo dia 17 de dezembro. O respetivo regulamento contempla a atribuição de um subsídio de 500 euros às famílias com os bebés nascidos a partir de 1 de janeiro de 2015, concretizando-se segundo um modelo de reembolso de despesas efetuadas na área do concelho de Cantanhede com a aquisição de bens e/ou serviços considerados indispensáveis ao desenvolvimento saudável e harmonioso das crianças.

Posted in Cantanhede, Por Terras da BairradaComments (0)

João César das Neves em Cantanhede para “Dois Dedos de Conversa” sobre “As Figuras do Presépio”


João César das Neves é o próximo convidado da Biblioteca Municipal de Cantanhede para “Dois Dedos de Conversa”, ação de dinamização sociocultural que tem vindo a ser realizada no âmbito das Tardes Comunitárias: Dar mais Vida aos Anos. O economista e escritor, também conhecido pelas suas posições públicas enquanto católico, virá a Cantanhede falar sobre “As Figuras do Presépio”, numa sessão agendada para a próxima quarta-feira, dia 17 de dezembro, pelas às 14h30, com entrada livre.
Doutorado em Economia pela Universidade Católica Portuguesa, mestre em Economia pela Universidade Nova de Lisboa e em Investigação Operacional e Engenharia de Sistemas, pela Universidade Técnica de Lisboa, João César das Neves foi assessor económico do Primeiro-Ministro Cavaco Silva, de 1991 a 1995, e, além da sua prestigiante carreira académica como professor catedrático da Universidade Católica Portuguesa, tem desenvolvido uma intensa atividade como analista de temas económicos e sociais.
Neste âmbito, tem publicados diversos livros, a maioria relacionados com as matérias em que é especialista, mas também com outros assuntos como é o caso da obra que escreveu sobre “As Figuras do Presépio” (2014), que dará o mote para o colóquio do próximo dia 17 de dezembro, na Biblioteca Municipal de Cantanhede.
A iniciativa “Dois Dedos de Conversa…. na Biblioteca” pretende facultar a diferentes setores da população a partilha de experiências e a visão do mundo de personalidades da cultura e de outras áreas do saber. A iniciativa faz parte do leque de atividades do projeto de intervenção social “Tardes Comunitárias: Dar mais Vida aos Anos”, que têm vindo a ser dinamizadas pela Biblioteca Municipal e outros serviços do Município, e que vão prosseguir no próximo ano com várias ações, algumas delas já programadas.

Posted in Cantanhede, Por Terras da Bairrada, RegiãoComments (0)

Cantanhede: Entrega de Cabazes de Natal à Conferência da Sociedade São Vicente de Paulo


A Câmara Municipal de Cantanhede irá proceder à entrega simbólica dos 70 cabazes de Natal que, à semelhança do que tem acontecido nos últimos anos, oferece à Conferência da Sociedade São Vicente de Paulo, instituição de solidariedade social que depois os irá distribuir por famílias carenciadas do concelho.
Constituídos por bens de primeira necessidade e por alguns produtos que habitualmente fazem parte da consoada, os referidos cabazes vão ser formalmente entregues aos representantes da Conferência, na próxima segunda-feira, dia 15 de dezembro, pelas 15h, no salão nobre dos Paços do Concelho.
Com esta iniciativa de carácter social, a autarquia pretende, mais uma vez, proporcionar a alguns agregados familiares que enfrentam dificuldades económicas a possibilidade de viverem a consoada de forma mais condizente com o espírito natalício que deve estar presente em todos os lares do concelho.

Posted in Cantanhede, Por Terras da BairradaComments (0)

Animação cultural assinala Natal no concelho de Cantanhede


A atmosfera de Natal está de regresso ao concelho de Cantanhede com um programa de animação cultural especialmente associado ao espírito que caracteriza esta época do ano. Como habitualmente, a agenda do mês de dezembro é quase integralmente dominada por eventos alusivos à quadra natalícia, na maioria organizados pela Câmara Municipal ou com o apoio da autarquia, no âmbito de parcerias com outras entidades. Esta que é uma orientação seguida relativamente às iniciativas promovidas pelos agentes socioculturais adquire particular expressão neste período através de uma agenda que contempla diferentes tipos de manifestações artísticas em torno do Natal, do seu significado e dos seus valores.
Este fim-de-semana, essa agenda propõe já para amanhã, 12 de dezembro, às 21h30, a atuação do Coro de Câmara da Bairrada na Igreja Matriz de Cantanhede. Trata-se de uma iniciativa promovida pela Paróquia de S. Pedro Coro que permitirá apreciar peças de canto coral alusivas à quadra.

No sábado, dia 13 de dezembro, às 21 horas, realiza-se na Igreja Matriz de Ançã o Encontro de Cantares Natalícios, promovido pelo Grupo Típico de Ançã, com apoio do Município de Cantanhede, da Junta de Freguesia de Ançã, da Federação Portuguesa de Folclore e do INATEL. Esta antiga tradição natalícia da vila histórica conta com a participação do Rancho Folclórico do Centro Beira Mondego de Santo Varão, do Rancho Típico de S. Mamede Infesta e do Grupo Típico de Cadima.

Finalmente, no domingo, dia 14 de dezembro, também na Igreja Paroquial de Ançã, a partir das 17h30, realiza-se o I Concerto Promenade para Órgão de Tubos e Ensemble de Sopros. Organizado pela AACCC – Associação de Arte e Cultura do Concelho de Cantanhede, no âmbito de uma parceria com a Paróquia de Ançã que conta também com o apoio do Município de Cantanhede, o evento começa com a atuação de jovens organistas da paróquia no órgão de tubos local, um dos de maior qualidade na região, seguido de uma alocução sobre a importância dos órgãos de tubos existentes no concelho, terminando com o concerto de órgão de tubos e a atuação da Divina Philarmonia Ensemble.

Posted in Cantanhede, Por Terras da Bairrada, RegiãoComments (0)

Bairrada unida na candidatura a Cidade Europeia do Vinho/2015


A quatro dias de sabermos se a Bairrada é ou não Cidade Europeia do Vinho/2015, foi divulgada à comunicação social a apresentação de 15 minutos com as linhas de força da região, que, na próxima segunda-feira, será vista em Jerez de la Frontera. É nesse dia 24, cerca das 17h, no âmbito da Assembleia Geral da RECEVIN – Rede Europeia das Cidades do Vinho, que ficaremos então a saber se a Bairrada foi mais forte que Melgaço e Monção (candidatura conjunta) e Reguengos de Monsaraz.

Foi em Cantanhede que se encontraram todos os protagonistas da candidatura bairradina, entre os quais os presidente de câmara dos oito concelhos da Bairrada e outras entidades parceiras – Turismo Centro de Portugal, Comissão Vitivinícola da Bairrada, Associação Rota da Bairrada, Vinibairrada e Confraria dos Enófilos da Bairrada.

Na região da Bairrada, Cantanhede assumiu as rédeas da candidatura, mas trata-se de uma candidatura conjunta dos municípios de Cantanhede, Anadia, Mealhada, Águeda e Oliveira do Bairro, para “promover e divulgar a excelência dos vinhos da Bairrada”, através de 72 eventos previstos, num orçamento que “ronda os cinco milhões de euros”, disse o presidente da Câmara de Cantanhede, João Moura.

Antes ainda da apresentação do vídeo promotor, Ana Catarina Gomes conduziu os convidados numa visita à unidade de Genómica (UC-Biotech), no Biocant Park, onde estão em curso projetos de investigação pioneiros baseados no conceito de agricultura de precisão, entre os quais o “Inovwine”.

A responsável pela unidade Genómica, onde trabalha uma equipa de 10 jovens investigadores, esclareceu, de forma sintetizada, todo o programa que é ali desenvolvido, dedicado à vinha e ao vinho. “A nossa postura foi sempre de olhar para a tradição, percebendo a dinâmica de tudo o que se faz na prática enológica, e depois inovar, pois uma tradição não é mais do que uma inovação bem sucedida.”

O foco desta unidade, disse ainda Ana Catarina Gomes, “é analisar o que se faz e procurar desafios, que permitam a transferência do que se obtém aqui em conhecimento para a indústria”, destacando o papel fundamental que tem tido neste processo a Adega Cooperativa de Cantanhede. Adega cujos vinhos estiveram depois em destaque no almoço que se seguiu, que terminou com um brinde à candidatura da Bairrada, com o vinho que já conquistou 12 medalhas de ouro, o Foral de Cantanhede Grande Reserva 2009.

Posted in Águeda, Anadia, Aveiro, Cantanhede, Destaque, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Região, VagosComments (0)

Cantanhede: Câmara aprova orçamento voltado para o reforço do investimento


A Câmara Municipal de Cantanhede aprovou em reunião ordinária de executivo, realizada no passado dia 28 de outubro, o orçamento para 2015. Com quatro votos a favor e duas abstenções, o orçamento da autarquia no próximo ano, irá agora ser submetido à apreciação da Assembleia Municipal.
O valor global do orçamento é de 24.910.000 euros, dos quais 11.534.000 euros se destinam a despesas de capital, o que, representando um aumento de 19.21% relativamente a 2014, refletindo a tendência de reforço do investimento da autarquia em infraestruturas e equipamentos coletivos. Perspetiva-se portanto uma evolução muito positiva, depois dos últimos anos terem sido marcados por alguma contenção na atividade do Município de Cantanhede em função do forte condicionamento provocado pela crise orçamental do Estado e pela conjuntura económica desfavorável do país.
Em todo o caso o executivo camarário liderado por João Moura propõe-se prosseguir com “uma política de racionalização de custos, tirando o melhor partido possível dos meios financeiros de que dispõe, fazendo um controlo apertado das despesas de natureza corrente e rentabilizando as receitas, orientando-as para despesas de capital (investimento) até ao limite das possibilidades, designadamente através de um muito rigoroso planeamento estratégico da atividade camarária e de uma gestão disciplinada e previdente”.

Orçamento cresceu. No global, o orçamento para o próximo ano cresce 10,93 % em relação ao de 2014, mas esse aumento não se reflete de igual modo na receita e na despesa: “estima-se que o crescimento das receitas correntes será de 11,56% enquanto o das despesas correntes ficará pelos 4,66%; já quanto às receitas de capital, estas deverão registar uma variação positiva de 9,18% contra os 19,21% das despesas de capital, aumento que traduz bem o esforço de investimento que o Município de Cantanhede se propõe fazer em 2015, retirando o máximo proveito das oportunidades de financiamento comunitário e da conjuntura favorável que agora parece iniciar-se”.
O somatório das transferências do Estado para o Município de Cantanhede, incluindo as verbas de FEF, FSM e IRS, deverá ascender a 9.119.024,00 euros.
O executivo camarário adianta que “sendo certo que tal aumento tenderá a aliviar alguns dos constrangimentos e obstáculos com que o município se tem confrontado, ele diz respeito a receitas que representam pouco mais de 1/3 do orçamento, pelo que o executivo camarário se propõe prosseguir com um controlo orçamental muito apertado, em articulação com um planeamento eficaz, de modo a tirar o melhor partido possível das oportunidades de financiamento que se abrem no âmbito dos fundos comunitários, estratégia que aliás tem dado muitos e bons frutos em exercícios anteriores.
Para o FAM (Fundo de Apoio Municipal) destinado a apoiar municípios em situação de saneamento financeiro ou de recuperação financeira, o contributo do Município de Cantanhede ascenderá a 1.179.156,95 euros.
De acordo com a autarquia, o orçamento foi elaborado numa lógica de médio prazo, compreendendo um horizonte temporal móvel de quatro anos (2015-2018), tal como está traduzido nas Grandes Opções do Plano (GOP’S), documento que contempla as linhas de orientação do desenvolvimento estratégico da autarquia, incluindo o Plano Plurianual de Investimentos (PPI) e as Atividades Mais Relevantes (AMR’S).

Grandes opções do plano. O montante global das GOP’S evidencia um aumento significativo quando comparado com o de 2014. Este acréscimo é em larga medida justificado pelos investimentos em infraestruturas e equipamentos inscritos em orçamento, os quais terão execução no decorrer de 2015. O sector a que o executivo destina a verba mais significativa é, à semelhança do que aconteceu em 2014, destinada às funções sociais, com 68,94% do total, sendo a Educação o setor de maior relevância financeira, com 27,5%, prevendo-se um investimento de cerca de 3.523.012 euros a este nível, ou seja, 27,5% do montante global orçamentado para 2015. Com o Centro Escolar de Ançã e o Centro Escolar de Cadima em pleno funcionamento, o orçamento contempla verbas para fazer face ao pagamento de obras complementares à empreitada inicial, mas o valor mais relevante inscrito é para o Centro Escolar de Cantanhede, obra em execução e que corresponde a um investimento de cerca de 1,5 milhões de euros em 2015, ou seja, 22,69% do montante global do PPI, sendo certo que este será comparticipado em 85% por fundos comunitários, no âmbito do QREN, em todas as despesas consideradas elegíveis, incluindo todos os equipamentos necessários.
Outras rubricas com verbas apreciáveis são, entre outras, as vias de comunicação, com enfoque na requalificação da rede viária, o ordenamento do território, designadamente para a execução de arranjos urbanísticos e paisagísticos um pouco por todo o concelho, e as parcerias com as juntas de freguesia.

Posted in Cantanhede, Por Terras da BairradaComments (0)

Cantanhede: Câmara Municipal aprova constituição da comissão organizadora da Expofacic


A Câmara Municipal de Cantanhede aprovou a constituição da comissão organizadora da XXV Expofacic – Festas do Concelho/2015, que vai decorrer de 23 de julho a 2 de agosto. Datada de 28 de outubro, a deliberação camarária formaliza institucionalmente a composição da equipa responsável pela organização do evento, cujo núcleo duro já está a trabalhar para assinalar a 25.º edição com um programa recheado de novidades.
A equipa passa a ser presidida pelo líder do executivo camarário, João Moura, que terá como vice-presidente na entidade organizativa Pedro Cardoso, vereador da Educação, Cultura e Solidariedade e Ação Social, ficando a gestão administrativa, financeira e logística mais uma vez a cargo da INOVA-EM, sob orientação de António do Patrocínio Alves, presidente do Conselho de Administração, que será coadjuvado nessa função por Serafim Castro Pires e Idalécio Pessoa Oliveira, também da empresa municipal, e Emanuel Casas de Melo, adjunto do presidente da Câmara Municipal.
Com uma estrutura executiva idêntica à de anos anteriores, a filosofia subjacente à celebração das bodas de prata do certame aponta para a inclusão de várias iniciativas inovadoras, algumas diretamente relacionadas com a efeméride, outras que decorrem da constante preocupação de surpreender o público.

Posted in Cantanhede, Por Terras da BairradaComments (0)

Cantanhede: Chá e fado em solidariedade com jovens com epilepsia


Este sábado, 8 de novembro, a partir das 21h, decorre no salão dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede, um Chá Solidário com o projeto Arco Íris, da Associação Portuguesa de Familiares, Amigos e Pessoas com Epilepsia (EPI). Nesta iniciativa de carácter beneficente vão ser apresentadas algumas especialidades da área de pastelaria do projeto Arco Íris.
A animação vai estar a cargo do Grupo de Fados de Coimbra.
O valor das entradas será de cinco ‘cores’ e dará direito a chá e biscoitos. Parte das  entradas reverterá ainda para os Bombeiros.
Os bilhetes estarão à venda no local.
A funcionar há três anos em Cantanhede, na Fundação Pires Negrão, o projeto Arco Íris desenvolve atividades ocupacionais e pré-profissionais nas áreas de pastelaria, jardinagem, agricultura biológica e atividades de percurso educativo. Conta atualmente com uma dezena de alunos, jovens com epilepsia e/ou incapacidade e deficiência.

Posted in Cantanhede, Por Terras da Bairrada, RegiãoComments (0)

Cantanhede: Adega arrecada sete prémios no Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada


A Adega Cooperativa de Cantanhede foi a grande vencedora da 4.ª edição do Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada ao arrecadar sete prémios, entre os quais o do melhor vinho.
O concurso, que vai na 4.ª edição, decorreu no primeiro dia do evento. Foram provados 76 vinhos, por um painel de 17 jurados, entre críticos e jornalistas, enólogos e escanções.
Os vinhos, todos certificados pela Comissão Vitivinícola da Bairrada, concorreram em quatro categorias (tinto, branco, rosé e espumante), com especial atenção para três prémios: o melhor espumante, o melhor espumante Baga (a casta bandeira da região) e o melhor vinho do concurso.
A entrega de prémios, que aconteceu por volta das 20h, foi presidida por Luís Campos, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros.
Na ocasião, Luís Lopes, da Revista de Vinhos, sublinharia “o nível muito bom, mesmo bastante elevado” dos vinhos apresentados, o que é revelador “do salto qualitativo que a região deu nesta última dezena de anos”.
Luís Campos, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, classificaria, perante os convidados presentes, “o vinho e a gastronomia como dois grandes embaixadores de Portugal, que produz cada vez com mais qualidade e criatividade”. Duas áreas “importantes para o desenvolvimento da economia regional”.
A propósito dos sete prémios conquistados, Vitor Damião, presidente da direção da Adega de Cantanhede, disse estar muito satisfeito e orgulhoso porque “são mais sete prémios que se vão juntar aos outros 75 já recebidos este ano”. Destacando a importância deste evento para os vinhos da região, não deixou de destacar que todas estas distinções confirmam que “as adegas não são filhos de um Deus menor e que não ficam atrás de qualquer produtor”.
“Estes prémios nacionais e estrangeiros ajudam a projetar a imagem da Adega, do concelho, mas também de toda a região”, disse, destacando que a Adega exporta já 20% da produção, para mais de 20 países: Canadá, Russia, China, entre outros.
A Adega de Cantanhede, que é já o maior produtor da Bairrada, tem como enólogo o consultor Osvaldo Amado.

Espumante Prata
Encontro Special Cuvée Branco 2010, Quinta do Encontro
Marquês de Marialva Blanc de Blancs Branco 2012, Adega Cooperativa de Cantanhede
Milheiro Selas Pinot-Noir/Cercial Branco 2011, António Selas
Montanha Real, Super-Reserva Branco 2009, Caves da Montanha – A. Henriques

Espumante Ouro
Aliança Vintage Branco 2008, Aliança Vinhos de Portugal
Casa de Sarmento Brut de Baga Branco 2009, Casa de Sarmento
Marquês de Marialva Bical / Arinto Reserva Branco 2011, Adega Cooperativa de Cantanhede
Marquês de Marialva Cuvée Branco 2010, Adega Cooperativa de Cantanhede
Primavera Unum Touriga – Nacional Branco 2012, Caves Primavera
São Domingos Baga Branco 2008, Caves do Solar de São Domingos

Vinho Branco Prata
Encontro Bical Branco 2013, Quinta do Encontro

Vinho Branco Ouro
Marquês de Marialva Reserva Arinto Branco 2013, Adega Cooperativa de Cantanhede
Quinta dos Abibes Sublima Branco 2010, Quinta dos Abibes

Vinho Rosé Ouro
Quinta do Poço do Lobo Reserva Baga / Pinot-Noir Rosé 2013, Caves São João

Vinho Tinto Prata
Marquês de Marialva Grande Reserva Tinto 2008, Adega Cooperativa de Cantanhede
São Domingos Reserva Tinto 2009, Caves do Solar de São Domingos

Vinho Tinto Ouro
Pinho Leão Tinto 2011, Casa Agrícola António Santos Lopes, Herd.
Quinta dos Abibes Sublime Tinto 2010, Quinta dos Abibes
Encontro 1 Tinto 2009, Quinta do Encontro
Marquês de Marialva Confirmado Baga Tinto 1991, Adega Cooperativa de Cantanhede
Castel Venegas Tinto 2013, Hélder Manuel Ferreira dos Santos

Melhor Espumante
Aliança Vintage Branco 2008, Aliança – Vinhos de Portugal

Melhor Espumante Baga
Casa de Sarmento Brut de Baga Branco 2009, Casa de Sarmento

Melhor Vinho
Marquês de Marialva Reserva Arinto Branco 2013, Adega Cooperativa de Cantanhede

Posted in Águeda, Anadia, Aveiro, Cantanhede, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Grandes oportunidades de compras em Cantanhede


Desde 2003 que se realiza duas vezes por ano, no âmbito de uma parceria entre a Associação Empresarial de Cantanhede (AEC) e o Município de Cantanhede. E é já no próximo  fim de semana, de 3 a 5 de outubro, que a Feira das Reduções regressa ao Pavilhão Marialvas, naquela que é já a 24.ª edição de uma iniciativa que tem vindo a afirmar-se como a principal realização do género na região. Presentes no recinto estarão diversas empresas do ramo do vestuário, calçado, perfumaria e dietética, desporto e utilidades, entre outros, comercializando produtos com descontos que podem chegar a 80%. No dia inaugural, sexta-feira, o certame decorre das 19h às 23h e, nos restantes (sábado e domingo), das 10h às 23h.

Durante o fim de semana, o Pavilhão Marialvas será um amplo espaço comercial onde se abrem excelentes oportunidades de negócio, tanto para quem compra como para quem vende. Por um lado, aos comerciantes são proporcionadas condições para venderem stocks de produtos de final de estação, o que, do ponto de vista económico é sempre importante para qualquer empresa; por outro lado, os consumidores têm aí a possibilidade de adquirir bens e artigos com excelente relação qualidade/preço. Outro factor aliciante é sem dúvida a Feira de Velharias e Antiguidades, evento que decorrerá no Parque de S. Mateus (junto aos Campos de Ténis Municipais), no domingo (5 de outubro), com a participação cerca de três dezenas de expositores, profissionais e amadores, oriundos de todo o país, o que certamente vai suscitar muito interesse em toda a região.

Posted in Cantanhede, Por Terras da BairradaComments (0)

Ad Code

Pergunta da semana

Acredita na Astrologia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com