Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "GNR"

GNR encerra operador de resíduos em Vila Verde


O Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) do Destacamento Territorial da GNR de Anadia, reforçado pelo Posto Territorial da GNR de Sangalhos, no âmbito de uma Operação Inopinada de fiscalização de operadores de gestão de resíduos, procedeu ao encerramento das instalações de um operador de gestão de resíduos, em Vila Verde, Oliveira do Bairro.
O encerramento das instalações ficou a dever-se à falta de licenciamento, ao abrigo do art.º 8º da Lei nº 54/2012, de 6 de setembro.
Da ação resultou ainda a elaboração de um auto de notícia por contraordenação, enviado à CCDR Centro.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

GNR recupera peças de ouro furtadas por homem de 32 anos


A GNR, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Aveiro, deteve em flagrante, na semana passada, pelas 17h, em Ervedal, Vagos, um indivíduo que estava a furtar ouro de uma residência.
O suspeito de 32 anos, largamente referenciado por crimes do mesmo género nas zonas de Cantanhede e Vagos, estava na posse de vários objetos (fio, pulseira e um anel) no valor estimado de 500 euros, que foram recuperados pela GNR.

Posted in Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

Estabelecimento de restauração e bebidas fiscalizados


O Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana de Aveiro desencadeou, no último sábado, uma operação de fiscalização de estabelecimentos de restauração e bebidas e estabelecimentos de diversão noturna. A operação foi conjugada com ações dinâmicas de fiscalização rodoviária, com especial enfoque para a utilização de cintos de segurança, condução sob o efeito do álcool e condução sem habilitação legal, tendo sido empenhados cerca de 95 militares.
Durante a operação, foram fiscalizados 25 estabelecimentos de restauração e diversão noturna e levantados 58 autos de contraordenação, bem como quatro autos de notícia de crimes, abrangendo legislação diversa tais como a não afixação de licenciamento, a não existência de horário e livro de reclamações, venda ilícita de bebidas alcoólicas e tabaco, bem como máquinas de diversão em situação ilegal.
Foram apreendidas duas máquinas de jogo eletrónicas, duas mesas de mistura, dois computadores, 16 colunas e um LCD e ainda 0,24gr de cannabis. Foi detido ainda um indivíduo pelo crime violência doméstica praticado na presença da patrulha. Assim como, foram controlados e identificados vários estrangeiros, tendo sido detetado um em situação ilegal, que foi notificado para comparecer no SEF.
No âmbito da fiscalização rodoviária, foram fiscalizados e testados 403 condutores, tendo sido detetados 29 excessos de álcool. Foram elaborados 108 autos de contraordenação ao código da estrada.

Posted in Por Terras da Bairrada, RegiãoComments (0)

Bar encerra após consecutivos assaltos


O DC Bar, localizado no Parque do Silveiro, vai fechar após ter sido assaltado na madrugada da última sexta-feira. É o segundo assalto ocorrido no espaço de três meses. Os prejuízos ascendem aos 5 mil euros.
Sérgio Loureiro, proprietário do Bar, diz estar cansado dos consecutivos assaltos e que, agora, não consegue aguentar os prejuízos.
Este empresário conta que, na noite anterior ao assalto, os assaltantes passaram pelo bar e arrancaram os parafusos de uma grade de proteção, o que levantou algumas desconfianças de que poderia ser assaltado em breve. “Fui à GNR dar conta do sucedido, mas eles não têm militares suficientes para patrulharem a zona, pelo que contactei o guarda-noturno para passar por aqui. E foi mesmo ele que acabaria por descobrir que tinha sido assaltado”, explica o responsável.

Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Oiã, Oliveira do BairroComments (0)

Apreendido carro e material utilizado no forte do cobre


A GNR de Vagos apreendeu, na penúltima terça-feira, em Soza, Vagos, um carro utilizado por dois indivíduos que se dedicavam ao furto de material de cobre. Foi ainda apreendido algum cobre furtado e material utilizado para o corte de postes telefónicos, para consequente furto dos fios de cobre.
Segundo nota da GNR, os dois indivíduos encontrava-se a cortar postes em madeira pertencentes à PT comunicações, com o intuito de furtar os fios de cobre, tendo sido surpreendidos por uma patrulha do Posto Territorial da GNR de Vagos. Perante a presença dos militares, os indivíduos colocaram-se em fuga, tendo sido seguidos pela patrulha durante cerca de três quilómetros, local onde acabariam por abandonar a viatura onde seguiam, prosseguindo a fuga a pé em direção a Vale de Ílhavo, não tendo sido localizados.

Posted in Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

Armas apreendidas na Mealhada


A GNR da Mealhada deteve, na penúltima quinta-feira, em Silvã, Casal de Comba, um homem de 33 anos de idade, por posse de arma proibida.
Os militares, durante uma fiscalização de trânsito, ao abordarem um veículo, verificaram que debaixo do banco do condutor se encontrava uma arma branca (faca) tendo, ainda sido verificado que atrás do mesmo banco se encontrava uma moca em madeira com cerca de 50 cm, revestida em plástico com metal numa das extremidades, procedendo à sua apreensão.
O indivíduo foi presente ao Tribunal Judicial da Mealhada, em 24 de julho, tendo o processo baixado a inquérito.

Posted in Destaque, Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Apreendidos objetos furtados em oficina e em casa


O Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Aveiro, nos passados dias 14 e 15 de julho, em Oiã, com a colaboração do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da GNR de Anadia, no âmbito de uma investigação de inquérito em curso efetuou duas buscas, uma domiciliária e outra em armazém/oficina, tendo apreendido objetos que foram furtados do interior de residências situadas na localidade da Taipa – Requeixo – Aveiro. Foram identificados um homem de 44 anos de idade e de uma mulher de 37 anos de idade, suspeitos de recetação do material furtado.
Segundo comunicado da GNR, “dos objetos recuperados destacam-se duas motos roçadoras, uma moto-enxada, duas rodas fresadoras, três motosserras, um gerador, um aparelho de soldar, dois computadores, um telemóvel e uma máquina fotográfica, correspondendo a um valor aproximado de 1.600 euros”.
As diligências continuam com vista a recuperação de outros objetos furtados.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Ministério Público investiga corrupção na GNR de Aveiro


O Ministério Público está a investigar um esquema de corrupção envolvendo quatro militares da GNR de Aveiro que, alegadamente, recebiam vantagens patrimoniais para não fiscalizar empresas ligadas à extração de areias.
Além dos militares, um primeiro-sargento e três cabos do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento da GNR de Aveiro, a investigação abrange também dois empresários de Vagos do setor da extração de inertes, que são suspeitos da prática de crimes de corrupção ativa para ato ilícito.
O inquérito está a ser dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Aveiro.
Na penúltima quinta-feira, a Polícia Judiciária levou a cabo buscas nas residências e nas viaturas automóveis dos suspeitos, tendo sido apreendidos documentos e discos rígidos.
De acordo com os investigadores, os empresários contactavam os militares para se assegurarem que podiam exercer a sua atividade ilícita sem qualquer ação ou fiscalização por parte da GNR.
Além disso, há ainda suspeita de os militares beneficiarem aqueles empresários, desviando autos de notícia, que deveriam ter sido remetidos à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Centro, a entidade competente para processar a contraordenação, e não foram.
Até ao momento, foram detetados oito autos de notícia relacionados com infrações ambientais que não foram rececionados na CCDR do Centro, incluindo um caso de escavações e aterros ilegais numa zona de proteção e recarga de aquíferos inserida na Reserva Ecológica Nacional, em Lombomeão, Vagos.
Estas ações constituem uma contraordenação ambiental muito grave, punível com coima de 20.000 a 30.000 euros ou de 38.500 a 70.000 euros, consoante se trate de pessoa singular ou coletiva, em caso de negligência.
Como contrapartida da omissão dos seus deveres funcionais, os quatro militares da GNR terão recebido vantagens patrimoniais, designadamente dinheiro e bens móveis.
Os investigadores sustentam que, em junho do ano passado, um dos empresários almoçou num restaurante em Aveiro com os militares que estão a ser investigados e terá entregado mil euros a distribuir por todos.

Posted in Aveiro, RegiãoComments (0)

PJ detém um homem suspeito de crimes de roubo, sequestro e incêndio


A PJ de Aveiro identificou e deteve o presumível autor de crimes de roubo, sequestro e incêndio, ocorridos na madrugada de 30 para 31 de março, em duas habitações situadas na localidade do Préstimo, concelho de Águeda.
Segundo a PJ, “o suspeito, agindo num quadro de motivação passional, introduziu-se numa habitação onde se encontravam as duas vítimas, do sexo feminino, tendo manietado e amarrado as mesmas com cordas, após o que as agrediu e ameaçou com uma faca e uma pistola, tendo subtraído diversos objetos que se encontravam no local”.
O sequestro durou mais de quatro horas, tendo as vítimas conseguido libertar-se após a fuga do autor. Depois de abandonar o local do primeiro crime, a PJ refere que “o indivíduo incendiou uma habitação contígua, também propriedade de uma das vítimas, tendo provocado elevados danos”.

Posted in Águeda, Por Terras da BairradaComments (0)

Quarteto em fuga, detido pela GNR em Oliveira do Bairro, acusado de furto qualificado


Os quatro indivíduos que foram detidos, na penúltima terça-feira, no centro de Oliveira do Bairro, após um militar da GNR de Anadia os ter visto a furtar uma residência em Espairo, São Lourenço do Bairro, foram acusados pelo Ministério Público e julgados de seguida pelo Tribunal, pela alegada prática, em coautoria, de um crime de furto qualificado.
O condutor da viatura também respondeu por um crime de condução perigosa de veículo rodoviário. Os indivíduos foram julgados em menos de 24h e vão conhecer a sentença no dia 19, às 14h.
Rui M., de 23 anos, residente em Gondomar; Manuel C., de 32 anos, residente em Benavila, Portalegre; Paulo O., de 45 anos, residente em Fanzeres, Gondomar e Marco C, de 42 anos, também residente em Gondomar, arquitetaram um plano para furtar uma residência. Assim, dirigiram-se para uma habitação em Espairo, São Lourenço do Bairro, com o propósito de consumarem um assalto.

Plano. Na execução do plano, o quarteto estacionou o carro nas imediações da casa, tendo os arguidos Rui M. e Manuel B. saído do carro, enquanto os seus comparsas ficaram a vigiar possíveis movimentos estranhos.
Para se introduzirem no interior da casa, os arguidos entraram por um portão, que abriram, e depois por uma porta sacada. Já no interior da moradia, o arguido Rui M. dirigiu-se ao quarto da proprietária da casa, onde a mesma se encontrava a descansar, retirando um guarda-joias que continha diversas peças de ouro, no valor total de 300 euros.
No momento em que o indivíduo retirou o guarda-joias da cómoda, a dona da casa (ofendida) acordou e gritou, altura em que este abandonou o quarto, mas levando consigo as peças de ouro. Os dois arguidos saíram e revistaram o carro da ofendida, mas foram avistados por um militar da GNR de Anadia que se encontrava nas proximidades.
O quarteto acabaria por abandonar o local em direção a Outeiro de Baixo, mas foi seguido pelo militar. Já nas proximidades de Amoreira da Gândara, o militar perdeu-os de vista. Mas, já no seu encalço, os militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Anadia avistaram o carro, que perante a sua presença, aumentaram a velocidade. Entretanto, entraram numa rotunda sem parar, seguindo em direção à extensão de saúde de Mogofores. Quando o arguido se apercebeu que tinha entrado numa estrada sem saída, iniciou uma manobra de inversão, ficando de frente para o carro da patrulha da GNR. O militar teve que saltar para dentro da viatura, senão era atropelado. Aqui o arguido Rui M. saiu do carro e apanhou o comboio até à Estação de Aguim, onde foi avistado e detido por militares da GNR.
O arguido continuou a fuga, no sentido de Sangalhos, embatendo num carro e quase na viatura da GNR de Sangalhos, que entretanto se juntara ao seguimento do quarteto.

Danos. Em Oliveira do Bairro, o arguido quase chocou de frente com duas viaturas, entrando em sentido proibido na Rua Cândido dos Reis, onde foi ultrapassado por um jipe dos militares, agora da GNR de Oliveira do Bairro, que se colocou à frente do carro onde seguia o quarteto que, mesmo assim, embateu na parte lateral do carro da GNR. Os danos no carro da GNR foram de cerca de 400 euros.

Detidos novamente. Os arguidos, no mesmo dia em que foram julgados, foram detidos pela PJ de Aveiro por suspeita de serem os presumíveis autores de um crime de roubo, ocorrido na madrugada de 17 de outubro de 2013, numa residência localizada em Macinhata do Vouga, concelho de Águeda.
Os suspeitos introduziram-se nessa habitação e, utilizando armas de fogo para ameaçar os elementos da família que nela habitavam, apoderaram-se de elevada quantia em dinheiro, joias e de uma espingarda de coleção, prosseguindo ainda as diligências para apurar qual o seu grau de envolvimento noutros crimes ocorridos nos últimos meses no mesmo concelho, nomeadamente em Barrô, onde morreu um idoso, devido à violência física exercida.-
O indivíduo mais velho, já com antecedentes pelo mesmo tipo de crime, ficou sujeito a prisão preventiva e os restantes a termo de identidade e residência.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Ad Code

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com