Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "horta"

Emigrar sem documentos “é muito duro”


A vida de Joana Pato não tem sido fácil. Saiu de Horta, Anadia, com os pais, tinha 15 anos e desde então, vive na cidade de Newark, no estado de Nova Jersey, Estados Unidos da América.
A difícil situação económica em que se encontravam os pais praticamente “obrigou-os” a sair de Portugal. Já lá vão quase 10 anos, mas Joana Pato não esquece as dificuldades que sentiu de integração, principalmente a adaptação à língua. “Para se emigrar como os meus pais fizeram, sem saber a língua, e a começar tudo de novo, não é fácil. É preciso ter muita coragem e força de vencer”, reforça Joana Pato, que hoje trabalha num jornal luso-americano, em Newark (atendimento ao público). Os pais regressaram há quase três anos a Portugal e vivem com algumas dificuldades. Partiram para os Estados Unidos sem documentos e, como se isso não bastasse, o pai, trabalhador na construção civil, sofreu um acidente de trabalho que o deixaria inválido. Depois de oito operações, meses numa cadeira de rodas e muitas lágrimas, consegue agora deslocar-se com a ajuda de muletas.
“Não recomendo a ninguém vir para este país sem documentos, isso torna tudo muito mais complicado”, afiança Joana Pato, que diz estar grata aos pais pela oportunidade que lhe deram, sem esconder, no entanto, alguma mágoa. “Sem documentos, não pude aceitar as bolsas de estudo que me foram oferecidas. Com o acidente do meu pai, tive de começar a trabalhar aos 16 anos para ajudar a pagar as contas e, muitas vezes, dependemos da ajuda de pessoas desconhecidas.”
Hoje, Joana é uma mulher casada e, como cidadã americana, “torna-se muito mais fácil comunicar e até viajar à minha terra natal”, admite. Tenta vir à Bairrada pelo menos de dois em dois anos. Apesar de sentir saudades da nossa região e da beleza “inigualável” de Portugal, não tem dúvidas de que, no que respeita às condições económico-financeiras, “tudo se torna um pouco mais acessível” naquele país do outro lado do Atlântico. “Portugal é um país fantástico, muito mal governado, e com um povo pobre. É o país ideal para passar férias, mas não para viver no dia a dia, especialmente se só se ganha o salário mínimo”, considera esta jovem emigrante.
Morando em Newark, conhecida pela forte comunidade portuguesa, é natural que conviva com conterrâneos diariamente. E até “trabalho com bairradinos”.
Talvez um dia, quando se reformar, volte às origens. Mas para já, a sua vida é lá. A quem pensa em emigrar, deixa um conselho: “com muita coragem e já com documentos, sim. Porque emigrar indocumentado é muito duro e injusto.”
Oriana Pataco

Posted in Bairradinos no MundoComments (1)

Av. Cima: Horta recebe bênção em Dia Mundial da Árvore


Tem 2500 metros quadrados e vai tornar o Centro Social da Freguesia de Avelãs de Cima autosuficiente na produção de kiwis. A nova horta social foi “inaugurada” com toda a pompa e circunstância na tarde do passado dia 21.
À cerimónia não faltaram Santos Sousa, novo diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Aveiro, Rosa Tomás, vereadora do Ambiente da Câmara Municipal de Anadia, beneméritos e amigos da instituição, bem como representantes de outras IPSS’s convidadas para o evento.
A horta, localizada junto à estrada, em terreno da instituição, foi toda vedada e terá, no futuro, um papel preponderante ao nível da ocupação lúdica e de lazer para os idosos e crianças que frequentam a instituição. Terá mais de 35 árvores de fruto, muitas plantas de kiwis, vários talhões divididos com cebolo, batata, alface, tomate, flores, abóboras, couves, feijão verde, entre muitos outros legumes. A estes vai juntar-se, em breve, também um grande galinheiro pronto a receber cerca de meia centena de aves.
A bênção deste espaço esteve a cargo do pároco Vitor Gabriel que, na ocasião, pediu a bênção da horta “para que os que nela vão trabalhar, possam da terra colher muitos e bons frutos”. A cerimónia, muito participada, contou ainda com a presença de mecenas (José Simões e Armando Barbas), que ofereceram à instituição uma motocultivadora, fundamental para a manutenção deste espaço e que irá dar resposta cabal às necessidades da instituição.

Agradável surpresa. Quem não faltou a este gesto simbólico, em Dia Mundial da Árvore, foi Santos Sousa, recentemente empossado diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Aveiro que, pôde constatar, in loco, o crescimento desta grande instituição que é já o maior empregador da freguesia e uma referência na assistência à infância e à terceira idade.
Numa prolongada visita às instalações, Santos Sousa (ex-autarca da Murtosa) constatou a realidade da instituição que, neste momento, avança com a ampliação do Lar (para mais 13 camas) e que tem já em projeto a construção, em terreno anexo aos edifícios existentes, de uma meia dúzia de casas pré-fabricadas, tipo T1, onde casais podem fazer uma vida autónoma, mas usufruindo de todos os serviços oferecidos pela instituição.

Instituição exemplar. Na hora dos discursos, Santos Sousa mostrou-se muito satisfeito com a visita, reconhecendo no Centro Social “um exemplo na gestão de rigor e um exemplo para outras instituições”. Embora tenha entrado há apenas dois meses para a Segurança Social, acredita que se vão registar “mudanças para melhor”, avançando aos presentes ter aceite o desafio, num momento em que o país atravessa uma conjuntura difícil e em que “é preciso fazer mais com menos”, mas também “gerir melhor, para ser melhor”.
Na ocasião, Carlos Martins, presidente da instituição, referiu-se à horta como “um local de lazer”, porque “há mais vida para além das paredes da instituição, que se pauta “por prestar um serviço de grande qualidade, graças a uma equipa de colaboradoras que merece todo o respeito e carinho”.
Rosa Tomás, vereadora da autarquia anadiense, sublinhou o caráter de Santos Sousa, que conhece há já vários anos: “Não poderia haver melhor pessoa para o cargo que agora ocupa. É uma pessoa que prima pelo trabalho, pelo rigor e pela honestidade”, diria, não deixando de sublinhar que, tal como até aqui, o Centro Social quer ter a Segurança Social como parceira.

Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Avelãs de Cima, Por Terras da BairradaComments (0)


Ad Code

Pergunta da semana

Acredita na Astrologia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com