Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "lazer"

Ecoparque quer fazer parte dos hábitos de vida saudáveis dos anadienses


O Dia Mundial do Ambiente, celebrado todos os anos a 5 de junho, foi a data escolhida pela autarquia anadiense para inaugurar o novo Ecoparque de Anadia.
Num dia que começou nublado, o sol acabou por se juntar à festa, proporcionando a mais de mil crianças, dos jardins de infância e do 1.º CEB da rede pública, um dia inesquecível passado nesta infraestrutura de desporto e lazer.
Durante toda a manhã e tarde, as crianças – repartidas por dois grupos (cerca de 530) – participaram, juntamente com professores e auxiliares de ação educativa, num conjunto de atividades (jogos, ateliês) que envolveram ainda os alunos da Universidade Sénior da Curia.
O aparato foi grande e ao ato inaugural não faltaram vereadores, presidentes de Juntas de Freguesia, entre muitas outras entidades convidadas.

Promover hábitos de vida saudáveis. Na ocasião, a autarca Teresa Cardoso avançou que este equipamento se enquadra numa série de investimentos que a autarquia vem realizando no âmbito da promoção de hábitos de vida saudáveis, no quadro geral da melhoria da qualidade de vida.
Uma obra que considerou ser “para todos”, já que corresponde a um velho anseio da população. Daí que a Câmara Municipal tenha projetado e construído este Ecoparque, um espaço de ar livre onde a atividade física e o lazer são possíveis, num estreito contacto com a natureza.
Este novo espaço público ficou orçado em 350 mil euros e estende-se por uma área de 25 mil metros quadrados.
Abrangente e transversal a diversos públicos, a presidente Teresa Cardoso não deixou de destacar o facto de “promover o convívio intergeracional, originando benefícios diretos e indiretos óbvios para a qualidade de vida da população, que terá ao seu dispor um circuito de manutenção, equipamento geriátrico, um polidesportivo, um parque infantil, um campo de malha e um parque de merendas”.
A edil anadiense destacou ainda o facto deste Ecoparque ter sido dotado de zonas de circulação pedonal e ciclável, referindo-se ainda a esta infraestrutura como uma forma de potenciar e valorizar as características naturais do local, na procura de um equilíbrio entre as suas componentes funcional, ecológica e paisagística.

Crianças fizeram a festa. Neste dia dedicado à natureza, as crianças foram convidadas a plantar 69 árvores, enquanto que os alunos da Universidade Sénior da Curia levaram a cabo a plantação de outras 28.
No local, de dimensão considerável, foram ainda previamente plantadas pela Câmara Municipal cerca de 50 árvores de diversas espécies (carvalho, tília, faia, liquidamber, ácer, entre outras).
Presentes no dia da inauguração estiveram ainda vários parceiros como o Centro de Saúde de Anadia, o Agrupamento de Escolas de Anadia e a Clínica do Cértoma que proporcionaram alguma animação e sensibilização das crianças no que respeita a questões de saúde, nomeadamente Higiene, Saúde Oral, entre outras.
Também o CDOS, os Bombeiros Voluntários de Anadia e a GNR de Anadia estiveram presentes nesta iniciativa para sensibilizar as crianças para a preservação do ambiente e salvaguarda dos recursos naturais, e fazer a demonstração de algumas ações de proteção e socorro.
A edil apelou ainda à preservação deste espaço público, por forma a evitar atos de vandalismo. Por isso, deixaria a todos um apelo para a necessária proteção deste espaço, que é de todos.
Paralelamente, teve lugar uma performance do Teatro Útero, com base num texto de José Luís Peixoto e cenografia de Jorge Moreira.
Acrescente-se que o Ecoparque de Anadia confina com o Complexo Desportivo de Anadia (que inclui as Piscinas Municipais, o Pavilhão de Desportos, courts de ténis, campos sintéticos para futebol de 7 e de 11, e estádio municipal) e com a obra da nova Escola EB2/3 e Secundária de Anadia.

Catarina Cerca

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Circuito de manutenção na zona desportiva da cidade


A cidade de Anadia vai ter um circuito de manutenção na zona desportiva. A notícia foi avançada pelo próprio autarca Litério Marques, na última reunião de executivo.
Este novo espaço de lazer começa a tomar forma junto às piscinas municipais e às futuras instalações da Escola Básica e Secundária de Anadia.
O projeto de embelezamento desta zona está a ser desenvolvido pelos serviços técnicos camarários e, de acordo com o edil anadiense, “é um circuito de manutenção que integrará ainda um pequeno parque de lazer e merendas”, não descartando a hipótese do projeto (ainda em elaboração) ser mais ambicioso.
Neste momento estão em curso os trabalhos de movimentação de terras, por forma a que naquela vasta área possa surgir um circuito de manutenção, em terra batida, mas também espaços relvados, com várias árvores. “Vamos tirar os eucaliptos, manter os pinheiros e os cedros e plantar um número elevado de árvores de sombra junto ao novo equipamento escolar e à estrada”.
As obras de fundo que vão remodelar esta área começam dentro de um mês, tendo ainda Litério Marques avançado que a autarquia irá adquirir equipamentos específicos – desportivos e lúdicos – para apetrechar aquele espaço.
O espaço será, segundo referiu, “uma mais-valia para a cidade”, na medida em que vem colmatar uma lacuna – a inexistência de um circuito de manutenção na cidade.
É que, na sua opinião, o local ideal para receber este tipo de projeto seria o Monte Crasto. Contudo, reconhece que “os defensores do ambiente – que não defendem nada, nem coisa nenhuma – arranjariam formas de criar grandes problemas e entraves a esta pretensão. O Monte Crasto, pela sua localização e caraterísticas, será excelente para receber um circuito de manutenção, mas dadas as dificuldades, optámos por melhorar e dar uma outra configuração e aproveitamento à zona envolvente à futura Secundária e Piscinas Municipais”, destacou, não deixando de acrescentar que, “um dia, pode ser que as mentalidades mudem e o Monte Crasto possa vir a ser devidamente preservado e aproveitado em benefício da população do concelho”.

Catarina Cerca

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Parque de Lazer da Fogueira vai ser uma realidade


A tão desejada construção de um Parque de Lazer no lugar da Fogueira, freguesia de Sangalhos, vai ser uma realidade.
Na reunião de câmara do executivo anadiense, realizada no dia 25 de julho, foi decidido, por unanimidade, atribuir um donativo à Junta de Freguesia de Sangalhos, de 5 mil euros, para aquisição dos terrenos necessários à implantação de um Parque de Lazer no lugar da Fogueira, na freguesia de Sangalhos.
A obra, que é um sonho antigo do executivo da JF, liderado por António Floro, começa agora a tomar contornos mais definidos com a ajuda atribuída pela Câmara Municipal de Anadia. O Parque de Lazer irá ser implantado junto ao lavadouro do lugar – Porto das Figueiras – que, segundo António Floro, “possui condições privilegiadas” para além de poder ser adquirido por um preço acessível tendo em conta a dimensão e as caraterísticas do espaço.
Por isso, foi já formalizado com o proprietário do terreno um contrato de promessa de compra e venda do referido espaço, tendo sido já realizado um levantamento topográfico do local, por forma a dar início à obra.
O apoio de 5 mil euros não é muito, na medida em que a Junta de Freguesia terá de desembolsar 8.505 euros pelo terreno, que tem uma área de 5.670m2 e que se irá juntar a uma outra parcela já pertencente à autarquia. No total, o parque ficará com mais de 8 mil m2.
A JB, António Floro revela que se trata de um projeto que irá colmatar uma lacuna da freguesia e, por conseguinte, será de certeza uma mais-valia para a população e concelho.
Embora reconheça que a JF não tem capacidade financeira para adquirir o terreno, solicitou apoio à Câmara Municipal de Anadia, que decidiu, por unanimidade, atribuir este subsídio.
“Não é o subsídio ideal, porque o ideal seria o total. Mas somos realistas, sabemos das dificuldades e agora teremos de arranjar a verba restante, com a ajuda de alguns particulares e com o sacrifício da Junta de Freguesia iremos fazê-lo”, diz.
Embora reconheça tratar-se de um projeto embrionário, o seu sonho para aquele espaço é, no mínimo, ambicioso.
“Já pedimos a colaboração a arquitetos e técnicos da Câmara. Não queremos cortar qualquer árvore desnecessariamente. Para além de uma ligeira alteração do curso de água, queremos criar um lago, arranjar todo o espaço envolvente, com relvas, flores e árvores, assim como, no futuro, ali colocar bancos, mesas, zona de estacionamento, churrasqueiras e sanitários”.
Um projeto ambicioso que acredita ser possível com a ajuda e colaboração de toda a comunidade.

Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

Anadia:“Dos 8 aos 80, tudo se movimenta” juntou centenas de participantes


Cerca de três centenas de pessoas participaram, na manhã do último domingo, dia 6 de maio, na primeira sessão daquela que é a 7.ª edição de “Dos 8 aos Oitenta, tudo se Movimenta”, promovido pela Câmara Municipal de Anadia, em colaboração com os Bombeiros Voluntários de Anadia, Hospital José Luciano de Castro e GNR.
Esta atividade, que é já uma tradição no calendário de atividades desportivas e de lazer em Anadia, continua a manter a ambição de chegar a toda a população (jovens de todas as idades, mais ou menos atletas) através de atividades desportivas divertidas e acessíveis a todos.
Assim, todos os domingos (maio: 6, 13, 20, 27; junho: 3, 10, 17, 24), das 10 às 12h, com ponto de encontro na Praça Visconde Seabra, têm lugar estas atividades.
Segundo a autarquia, esta ação pretende generalizar o acesso à prática do desporto, procurando aumentar os níveis de frequência e participação dos diferentes grupos etários; criar hábitos de atividade física e o incremento de um estilo de vida mais ativo e, consequentemente, uma vida mais saudável, assim como combater o sedentarismo e a obesidade.
Por isso, a Câmara Municipal desafia os anadienses, de todas as idades, em família ou em grupos de amigos, a participar, bastando, para tal, trazer equipamento desportivo e, sobretudo, muito boa disposição.
E boa disposição e entusiasmo não faltaram neste domingo, Dia da Mãe. No final das atividades foi assinalado o dia com a oferta de uma flor a cada mãe presente.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Está aí a 7.ª edição “Dos 8 aos Oitenta, tudo se Movimenta”


Arranca no próximo domingo, dia 6 de maio, a 7.ª edição “Dos 8 aos Oitenta, tudo se Movimenta”, promovido pela Câmara Municipal de Anadia.
Esta atividade, que é já uma tradição no calendário de atividades desportivas e de lazer em Anadia, continua a manter a ambição de chegar a toda a população (jovens de todas as idades, mais ou menos atletas) através de atividades desportivas divertidas e acessíveis a todos.
Assim, no próximo domingo, das 10 às 12h, com ponto de encontro na Praça Visconde Seabra, arranca mais uma edição que se prolongará aos domingos, até final de junho (maio: 6, 13, 20, 27; junho: 3, 10, 17, 24).
Segundo a autarquia, esta ação pretende generalizar o acesso à prática do desporto, procurando aumentar os níveis de frequência e participação dos diferentes grupos etários; criar hábitos de atividade física e o incremento de um estilo de vida mais ativo e, consequentemente, uma vida mais saudável, assim como combater o sedentarismo e a obesidade.
A Câmara Municipal desafia os anadienses, de todas as idades, em família ou em grupos de amigos, a participar, bastando, para tal, trazer equipamento desportivo e, sobretudo, muito boa disposição.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Caminhada pelo Coração alerta alunos e professores


Sensibilizar alunos, docentes e encarregados de educação para uma alimentação saudável e prática regular de exercício físico foi um dos principais objectivos da 5.ª edição da “Caminhada pelo Coração”, realizada na quarta-feira, dia 25 de Maio. Promovido pelo projecto Educação para a Saúde e pelo Departamento de Matemática e Ciências Documentais da E.B n.º 2 de Vilarinho do Bairro, o balanço desta acção, que levou 250 alunos e 50 docentes daquele estabelecimento de ensino até ao parque de merendas na Lagoa de Torres, numa distância de 10 quilómetros (ida e volta), não poderia ser melhor. Isso mesmo foi frisado pela docente Alexandra Gonçalves, uma das principais dinamizadoras da iniciativa. A presença de 250 alunos (5.º ao 9.º ano) dos cerca de 300 que frequentam aquela escola e de 50 docentes demonstra que a iniciativa está já enraizada no calendário das actividades escolares. Por outro lado, a maior participação de pais e encarregados de educação vem demonstrar que, apesar de se tratar de um dia de semana, estes começam também a estar mais sensibilizados para esta questão e a querer partilhar com os filhos esta experiência.
Presente na caminhada, a enfermeira Silvana Marques, da equipa de Saúde Escolar da Unidade Cuidados Comunidade de Anadia sublinhou a importância de acções desta natureza, quer no que se refere à sensibilização para a prática de exercício físico regular, quer para uma alimentação saudável e equilibrada, alertando que no concelho estão já referenciados e acompanhados vários casos de obesidade infantil. Uma situação cada vez mais preocupante e frequente que é preciso combater, sensibilizando todos para hábitos de vida saudáveis.
“Para além dos legumes e fruta é preciso sensibilizar para a importância de beber água”, diz a enfermeira, aproveitando para lançar o repto a outras escolas públicas do concelho para que adiram e participem nestas acções, já que, como disse, “têm inúmeros benefícios”.
Acompanhou a caminhada até à Lagoa de Torres e diz ter sido uma experiência muito positiva. Falamos da vereadora da Educação e Cultura da Câmara Municipal de Anadia, Rosa Maria Tomás que, para além de congratular a escola pela iniciativa, considerou fundamental consciencializar os jovens para as questões alimentares, até porque “é uma faixa etária que está mais receptiva a este tipo de acções”. Por outro lado, defendeu que a caminhada pode ter “um efeito multiplicador”, ou seja, os jovens, em casa, vão, no contacto com os pais e encarregados de educação, sensibilizá-los para estas questões e partilhando com eles a experiência vivida e incentivando-os também a alterar estilos de vida.
Depois da caminhada, todos almoçaram na Lagoa de Torres. Após um merecido descanso, pois o dia foi de muito calor, o regresso à escola teve lugar pelas 15h.
Ao evento juntaram-se ainda Elói Gomes e Dulce Silva, da Comissão Administrativa Provisória do Agrupamento de Escolas de Anadia, a coordenadora do 1.º ciclo, Dilma Simões, assim como a coordenadora da E.B n.º 2 de Vilarinho do Bairro, Olga Allen, que, segundo Alexandra Gonçalves, “esteve muito empenhada na acção”. Um destaque especial para o apoio, entusiasmo e participação das cozinheiras daquele estabelecimento de ensino, Escola Segura da GNR de Anadia, Bombeiros Voluntários de Anadia e professores de Educação Física da E.B nº.2 de Vilarinho do Bairro, que acompanham os alunos na caminhada, sobretudo aqueles que optaram pela bicicleta.

CC

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Av. Caminho: Idosos da freguesia unidos pela boccia


Comentam jogos adversários, delineiam estratégias, ensaiam jogadas e até criticam decisões dos árbitros. É assim que as duas equipas de praticantes de boccia da freguesia de Avelãs de Caminho encaram a modalidade que, implantada na freguesia há quatro anos, é cada vez mais querida e acarinhada por todos.
Os actuais 11 jogadores, de ambos os sexos, têm idades compreendidas entre os 65 e os 87 anos e treinam semanalmente, ora na Casa do Povo, ora na ASAC.
O sucesso da implantação da modalidade foi tal que as treinadoras (Graça Veiga e Fabiana Aranha, gerontólogas e Maria João Santos, psicóloga) equacionam expandir a modalidade a outras freguesias vizinhas.
Mas, de facto, a originalidade reside no facto de serem pessoas da comunidade, da freguesia e não ligadas a uma instituição a praticarem a modalidade com grande dinâmica.
O sucesso, segundo a treinadora, deve-se ao facto desta faixa etária se identificar com a modalidade, e por ela ser uma novidade e não estar dependente de estereótipos.
“Para que não fossem só pessoas institucionalizadas a praticar, decidimos alargar a modalidade à comunidade em geral”, revelou, dando conta da sua importância para combater a solidão, o isolamento, a tristeza, promovendo o convívio, a união, a partilha e a boa disposição.
Depois, trata-se de uma modalidade que permite, a pessoas com limitações distintas, jogar sem problemas.
“Temos casais a jogar e até a treinar, ao serão, em casa”, evidenciando a importância e forma séria como encaram a modalidade.

Primeiros passos. O projecto surgiu há três anos, quando a ASAC manifestou vontade de colocar os seus idosos a praticar esta modalidade que era ainda desconhecida na região. Pelas mãos de Graça Veiga e de colegas ligados à gerontologia, conseguiram colmatar aquela que era a maior dificuldade na colocação em prática da modalidade – a aquisição de material e equipamento de jogo que são bastante caros – através da APPACDM do Porto, que cedeu 10 conjuntos/kits de boccia. Casa do Povo local, Junta de Freguesia e a ASAC têm sido os principais apoios ao longo desta ainda curta existência.
Os primeiros passos dados foram no sentido de colocar os utentes das várias IPSS da região a praticar a modalidade, dando formação a animadores e fisioterapeutas. Instituições dos concelhos de Anadia, Mealhada e Oliveira do Bairro começaram então a promover a modalidade junto dos seus utentes, preparando-os assim para aquele que seria o 1.º Torneio de Boccia da Bairrada, um mês depois. O sucesso foi tal que superou todas as expectativas iniciais. E foi a equipa de Avelãs de Caminho que venceu este 1.º Torneio, depois de disputar a final com a equipa “já veterana” na modalidade, da Santa Casa de Oliveira do Bairro.
De lá para cá, a modalidade tem vindo a crescer na motivação e no empenho que todos lhe dedicam. A equipa participou, em 2009, com bons resultados no Campeonato Nacional e na Taça de Portugal.

Objectivos ambiciosos. A nova época começou há pouco mais de uma semana e a equipa prepara-se para novos desafios. A participação no Campeonato Nacional e na Taça de Portugal voltam a ser prioridades para a equipa que continua a crescer. Contudo, Graça Veiga destaca a prática de boccia como uma das estratégias para promover um envelhecimento activo. Uma actividade que, em Avelãs de Caminho, tem contado com o apoio dos familiares, rendidos às capacidades destes desportistas seniores.

O jogo. Boccia é um jogo constituído por bolas, inspirado num desporto praticado na antiga Grécia do qual descenderam outros jogos, tão distintos como o bowling e a petanca. O objectivo deste desporto é colocar as bolas de cor (seis azuis contra seis vermelhas) o mais perto possível de uma bola alvo (bola branca), que é lançada estrategicamente por um primeiro jogador, para dentro do campo (10 x 6 metros). Este desporto foi originalmente concebido para ser jogado por pessoas com paralisia cerebral, mas tornou-se tão popular que actualmente é praticado por qualquer pessoa.

Catarina Cerca

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Animação na Curia durante três meses


Durante três meses (Julho, Agosto e Setembro), a estância termal da Curia vai conhecer uma intensa animação cultural. A apresentação do programa “CuriAnima” decorreu no passado dia 6 de Julho, nas instalações da autarquia anadiense.
Durante a apresentação do Programa, Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal (TCP), sublinhou ser a apresentação “o cumprir de uma promessa” deixada por si ao autarca e população do concelho, aquando da inauguração da Feira da Vinha e do Vinho.
O programa de animação, válido para os próximos três meses, terá continuidade nos anos seguintes, ainda que possa sofrer alterações e melhorias. Para esta época de Verão, fica a certeza de muita música e variados ritmos. Jazz, Bossa Nova, Rock, Música Clássica ou ritmos mais tradicionais vão alegrar as noites de Verão e os espaços públicos daquela estância termal. Outros eventos como a Festa do Espumante e do Leitão (14 e 15 Agosto), ou a Festa das Vindimas (25 e 26 Setembro), traduzem a vitalidade da região onde os vinhos, a gastronomia, a natureza e o património se afirmam como produtos turísticos de excepção.
A acção visa incentivar a visita à Curia e região, estimular as dormidas no destino Centro de Portugal, assim como apresentar as novas dinâmicas dos espaços termais, onde a componente de Saúde & Bem-estar se associa ao lazer, abrangendo diversos segmentos de consumo.
Neste contexto, os equipamentos hoteleiros, termais e de animação da Curia, em alguns casos recém-qualificados, respondem positivamente às tendências de procura do mercado nacional e internacional.
Pedro Machado confirmaria querer captar mais turistas para a região, oferecendo-lhes um programa de animação que seja do agrado geral e o mais abrangente possível em matéria de público.
Ciente do muito trabalho que há a fazer na promoção deste destino turístico reconhece o enorme trabalho desenvolvido em parceria com a Rota da Bairrada na promoção, divulgação da gastronomia e vinhos.
Na oportunidade, o autarca Litério Marques não deixou de lamentar que se tenham passado alguns anos sem promover devidamente esta estância termal, sob pena de perder turistas e aquistas. De qualquer forma, reconhece o esforço feito pela Turismo Centro de Portugal “já está aqui muita coisa”, desejando que o programa seja efectivamente uma forma de dinamizar, animar e atrair turistas à Curia. Por isso, desafiou Pedro Machado a realizar, na Curia, grande eventos, à semelhança do que já é feito pela TCP noutros concelhos. Ao desafio lançado pelo autarca de “mais e melhor” animação para a Curia, Pedro Machado deixou ainda a certeza de que, em 2011, a estância termal irá receber um evento de âmbito regional, que será oportunamente apresentando.
“Queremos que a Curia seja sempre beneficiada com estas acções. Temos muitos produtos que devem ser potenciados, promovidos e divulgados”, disse Litério Marques, fazendo votos de que a promessa agora feita por Pedro Machado traga vantagens à região da Bairrada. A terminar deixaria a certeza de que, com este programa, os turistas podem vir para o ano e ter a certeza de que a animação será uma realidade.

Catarina Cerca

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Vilarinho do Bairro: Volta ao concelho em cicloturismo


O Grupo Desportivo de Torres (Vilarinho do Bairro) está a organizar a Volta ao Concelho de Anadia em Cicloturismo, que terá lugar no domingo, dia 6 de Junho, deixando desde já o convite a todos os eventuais interessados. Esta actividade tem como objectivo o convívio entre todos os participantes e desta forma promover o município, sensibilizando as populações para a prática do ciclismo, relembrando os campeões.
A concentração dos cicloturistas será junto à Pista de Motocross da Poutena, com saída prevista para as 9h e chegada às 13h, junto à Capela de Torres.
Serão percorridos cerca de 75 quilómetros, efectuando o seguinte percurso: saída Torres em direcção à Poutena, Chipar de Cima, Chipar  de Baixo, Azenha, Samel, Levira, Grou, Amoreira da Gândara, Ancas, Fogueira, Sangalhos, Avelãs de Caminho, Avelãs de Cima, Pereiro, Famalicão, Malaposta, Mogofores, Anadia, Moita, Vale da Mó, Algeriz, Vila Nova de Monsarros, Monsarros, Zona Industrial de Anadia, Aguim, Tamengos, Curia, Mata, Óis do Bairro, São Lourenço do Bairro, Paredes do Bairro, Couvelha, Pedralva, Vilarinho do Bairro e Torres.
Após a chegada, decorrerá o almoço-convívio na Lagoa de Torres, sendo o leitão à Bairrada o prato principal.
Os cicloturistas podem inscrever-se contactando os seguintes telemóveis: 934063104 (Sérgio Pedro) ou 933564572 (Mário Maia). O valor da inscrição é de 7,50 euros, com confirmação até 2 de Junho.  
O Grupo Desportivo de Torres agradece o apoio das Juntas de Freguesia do concelho.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

“Dos 8 aos 80 tudo se Movimenta” regressa a Anadia


A Câmara Municipal de Anadia leva a efeito a 5.ª edição do projecto “8 aos 80 Tudo se Movimenta que, durante os meses de Maio (dias 9, 16, 23, 30) e Junho (dias 6, 13, 20, 27), aos domingos de manhã, no horário das 10 às 12h, traz à Praça Visconde Seabra cerca de 200 participantes.
A iniciativa consiste numa caminhadas (onde se explora diversos temas) e ginástica aeróbia. Uma actividade alegre e entusiasta, de cara transpirada, mas contente.
Destinado à população em geral: novo ou menos novo, magro ou menos magro, com ou sem vivências de actividade física e desportiva, o projecto dos “8 aos 80” é, sem dúvida, uma iniciativa de sucesso.
De referir que as sessões iniciar-se-ão, sempre, às 10h na Praça Visconde Seabra (no centro da cidade) e terão, sensivelmente, a duração de duas horas.
Para participar nestas actividades é necessário o uso de equipamento desportivo, boa disposição movimento, alegria e cor!
A organização aconselha a realização de exames médicos regulares para a verificação do bom estado de saúde.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)


Ad Code

Pergunta da semana

Acredita na Astrologia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com