Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "leitão"

XII festa Rotária do Leitão da Bairrada


No sábado, dia 6 de setembro, o Rotary Club de Águeda promoveu, na Festa do Leitão de Águeda, a sua XII Festa Rotária do Leitão da Bairrada, inserida no evento rotário Saberes & Sabores.
Entre os presentes, estiveram o presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais, a presidente da ACOAG, Olívia Passos e a representante do Governador, Deolinda Nunes.
As receitas angariadas reverteram para as causas sociais que o Rotary Club de Águeda promove junto da comunidade.
Nesta festa informal, participaram também diversos Clubes Rotários, nomeadamente Tondela, Ponte de Lima, Curia Bairrada, Porto Oeste, Aveiro, Coimbra, Ovar, Oliveira do Bairro, Gaia-Sul e S. João da Madeira.
Estiveram também presente jovens dos Clubs do Rotaract de Águeda, de Famalicão e Tondela em formação, bem como o Interact de Águeda.
Celestino de Almeida interveio dentro do âmbito dos Saberes desta Festa, falando sobre as “almas e o leitão”, de onde destacou que “a gastronomia regional tem sempre história cultural e ambiental das populações que a confecionam”. Já as romarias, eram “pontos de encontro”.
O presidente do Rotary Club de Águeda, José Neves, encerrou a festa congratulando-se pelo “sucesso obtido do evento na promoção da gastronomia e tradições da nossa terra” lembrando que “o Club continuará a desenvolver o seu trabalho junto da Comunidade sob o lema Rotário do presente ano, “Faça o Rotary Brilhar!”.

Posted in Águeda, Por Terras da BairradaComments (0)

Ministra da Agricultura preside à abertura da Festa do Leitão em Águeda


O leitão faz as honras da casa, até domingo, dia 7, na 21.ª edição da Festa do Leitão à Bairrada e 17.ª Mostra de Artesanato e Gastronomia de Águeda.

Olívia Passos, presidente da Associação Comercial de Águeda (ACOAG), entidade organizadora, mostrou-se, ontem, quarta-feira, dia 3, durante a inauguração, convicta do sucesso da feira, lamentando apenas o curto espaço de tempo que a ACOAG teve para organizar o certame, já que esta direção tomou posse em fevereiro deste ano.

Olívia Passos encarou a presença da ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, como um sinal de reconhecimento do evento.

Esta dirigente agradeceu a colaboração da Câmara, “cuja sua participação não se traduz só em dinheiro, mas também em logística”.

Ao contrário do que tem acontecido, ao longo do historial da Festa do Leitão, Olívia Passos clarificou que que não iria pedir nada ao governo a não ser que “a ministra chegue lá abaixo e diga que foi ao certame e que tem um leitão ótimo”. “Não gosto de pedir nada em termos do governo. Nadinha”, reforçou.

Já o presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais, começou por recordar a sua ligação ao início do certame. “Já passaram 21 anos e o certame tem vindo a granjear o espaço e a fama”.
Gil Nadais mostrou-se disponível para trabalhar em parceria com a ACOAG no sentido de aumentar a área do certame na próxima edição.

A ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, referiu que Portugal tem “belíssimos produtos diferenciados”, afirmando que os portugueses têm muito a ganhar na valorização dos produtos nacionais, acrescentando que “os portugueses andaram deslumbrados com tudo aquilo que vinha de fora e que era novidade e, talvez, não tivessem valorizado aquilo que era próprio da nossa terra”.

“ Hoje, todos nós portugueses valorizamos cada vez mais o que tem a ver com as nossas tradições, com a nossa gastronomia e com as nossas receitas e o leitão é um exemplo claro disso”, disse Assunção Cristas.
A ministra desafiou ainda os portugueses a inovar e a criar novas tradições, alegando que “daqui a muitos anos as tradições que hoje se criam darão cartas seguramente”.

Quanto ao cartaz musical, para esta quinta-feira, dia 4, atuam os Blind Zero; sexta-feira, dia 5, Deolinda; sábado, dia 6, Boss AC, espetáculo piro-musical e Dj’s The Fucking Bastards; e no último dia, domingo, Portugal em Festa (programa da SIC, com seis horas de emissão em direto) e uma SunSet Party com vários Dj’s.

O certame aguedense terá cinco restaurantes presentes, mantendo-se o preço por dose de leitão nos 12,50 euros. E uma vez mais, esta que é a iguaria maior da região será acompanhada pela excelência dos vinhos e espumante das Caves São João.

Este ano, conforme vem sendo habitual, as novidades gastronómicas são de comer e chorar por mais. Novamente confecionadas pela Padaria Pastelaria Trigal, são inspiradas no próprio certame: o semi-folhado com formato e recheio de leitão e o folhado em formato de garrafa de espumante, mas com recheio de doce de ovos, prometem fazer a delícia dos comensais.

Posted in Águeda, Por Terras da BairradaComments (0)

Águeda: Em setembro, leitão é rei durante cinco dias de festa rija


David Carreira, Blind Zero, Deolinda e Boss AC são os cabeças de cartaz da 21.ª edição da Festa do Leitão assado à Bairrada que decorre em Águeda, de 3 a 7 de setembro.
A apresentação do certame, promovido pela ACOAG (Associação Comercial de Águeda) em parceria com a Câmara Municipal de Águeda, aconteceu no passado dia 1 de agosto e teve como palco, uma vez mais, as Caves S.João, em Sangalhos.
Nesta que é a 21.ª edição o cartaz musical de grande qualidade, associado à gastronomia, ao artesanato e aos doces regionais serão os ingredientes suficientes para atrair ao Largo 1.º de Maio milhares de visitantes.
Este ano, o emblemático certame aguedense, terá cinco restaurantes presentes, mantendo-se o preço por dose de leitão nos 12,50 euros. E uma vez mais, esta que é a iguaria maior da região, será acompanhada pela excelência dos vinhos e espumante das Caves São João.
“Em volta dos restaurantes decorre toda a restante dinâmica da Festa, sendo de salientar a tenda da novidade”, avançou Olívia Passos, presidente da ACOAG, durante a apresentação do certame.
“Temos tido o apoio do Turismo do Centro e da Câmara Municipal de Águeda que nunca nos faltou com o seu apoio e tem estado sempre disponível”, diria ainda.

Novidades gastronómicas. Este ano as novidades gastronómicas são de comer e chorar por mais. Novamente confecionadas pela Padaria Pastelaria Trigal, acabam por ser inspiradas no próprio certame: o semi-folhado com formato e recheio de leitão e o folhado em formato de garrafa de espumante, mas com recheio doce de ovos, prometem fazer a delícia de todos os comensais. Acrescente-se que esta pastelaria volta a reeditar aquelas que foram as novidades dos anos de 2009 e de 2010: bola de leitão, bateirinha do Águeda doce, bateira de leitão e lencinhos de Águeda, sendo certo que na presente edição haverá ainda outra tentação em cima da mesa: as sombrinhas de Águeda, um doce inspirado no agitÁgueda.
No recinto de espetáculos estarão a funcionar quatro bares assim como diversas animações: pista de carros de choque e insufláveis para os mais novos.

Variados ramos de negócio presentes. Paralelamente, a mostra de artesanato e gastronomia serão os grandes atrativos. Expositores dos mais variados ramos de negócio (pastéis de Águeda; doces da Confraria Sabores do Botaréu; produtos regionais alentejanos; iguarias da Ilha da Madeira; Mirtilos e a batata frita artesanal, entre outros), vão atrair muitos visitantes.
Na ocasião, Olívia Passos falou da segunda corrida e caminhada Solidária+. Um evento organizado e dinamizado pela ATIVA+ em colaboração com a ADERCUS e inserido na 21.ª Festa do Leitão. De acordo com o princípio solidário que rege esta iniciativa, a totalidade das verbas angariadas reverterá a favor da Associação de Pais de Mourisca do Vouga – “Os Pioneiros”.
Jorge Almeida, vice-presidente da autarquia aguedense, avançou estarem reunidos todos os ingredientes para que o certame seja um sucesso. “Só é preciso rezar a S. Pedro para que esteja um tempo ótimo”, considerando que “Águeda se vai orgulhar deste certame” que marca “a maioridade da Festa do Leitão”.
Também Alberto Marques, presidente da Assembleia Geral da ACOAG, apelou aos associados e amigos da ACOAG para que não faltem a esta festa: “Passem a palavra junto de fornecedores e clientes para que tenhamos muitos visitantes”, num evento que considerou ter evoluído muito ao longo destas duas décadas, sendo já “uma referência na região”, mas que poderá evoluir ainda mais por forma “a dar o salto importante”. O preço das entradas será de 3 euros, exceto no domingo que será de apenas dois.

Programa
Quarta-feira, dia 3: David Carreira
Quinta-feira, dia 4: Blind Zero
Sexta-feira, dia 5: Deolinda
Sábado, dia 6: Boss AC e espetáculo piro-musical; Dj’s The Fucking Bastards
Domingo, dia 7: Portugal em Festa (programa da SIC) com seis hora de emissão, em direto, que prometem essencialmente humor, música, reportagem, prémios e muita animação e ainda uma SunSet Party com vários Dj’s.
Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Águeda, Destaque, Por Terras da Bairrada, RegiãoComments (0)

FIACOBA e Feira do Cavalo à conquista de público mais jovem


A FIACOBA – Feira Industrial, Agrícola, Comercial da Bairrada e a Feira do Cavalo da Bairrada, que vai decorrer entre 11 e 20 de julho no Espaço Inovação, em Vila Verde – Oliveira do Bairro, resultado de um investimento de cerca de 250 mil euros, apostam, este ano, em atingir um público mais jovem.
Segundo António Mota, vereador do pelouro responsável pela FIACOBA, “as feiras apresentam uma clara aposta numa programação que espelha as múltiplas experiências que só a região bairradina é capaz de proporcionar, desde a gastronomia à enologia, passando pela música, artesanato e desporto equestre, a que se junta a habitual mostra do tecido empresarial regional”.
O autarca refere que “a Feira apresenta um programa bem aconchegado, com a preocupação que estivessem envolvidas todas as associações de Oliveira do Bairro”. “Se todas as entidades envolvidas tiverem um grande empenho, a certeza da sua participação fará que o evento seja de qualidade e que demonstre de forma global o interesse e as potencialidades de Oliveira do Bairro”.
O responsável pela feira referiu ainda que, em relação ao programa cultural, “houve uma preocupação de dar um timbre diferente. Pretendemos virar a feira para os jovens, para que tenham a oportunidade de assistir a espetáculos que procuram nos outros concelhos”.

Relativamente à Feira do Cavalo, António Mota sublinhou que “vai ser a aposta mais forte de sempre”, destacando a realização de vários concursos nacionais de Saltos, de Modelo e Andamentos e ainda de Atrelagens, que vão decorrer ao longo dos 10 dias da feira, para além de uma Monumental Garraiada, no dia 14, e de uma grandiosa Corrida de Touros, que acontece no dia 20, com os prestigiados cavaleiros Joaquim Bastinhas, Sónia Matias e Brito Paes. Para além de outras atividades equestres, todas as noites haverá ainda desfiles de cavalos, póneis, cavaleiros e atrelagens na manga da feira.

Para além das novas edições da Feira do Cavalo da Bairrada e da Feira Nacional do Pónei, dois eventos de grande prestígio no panorama equestre nacional e que têm atraído a Oliveira do Bairro milhares de aficionados, António Mota deu conta da realização do 5.º Festival do Kiwi e da “À prova 2014 Bairrada – 1ª Mostra de Vinhos”, que reforça a aposta da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro na criação de eventos diferenciados e complementares, em parceria com entidades locais e regionais, como são os casos da ACIB, Associação Equestre da Bairrada, CALCOB, Clube Ornitófilo da Beira Litoral, Comissão Vitivinícola da Bairrada, Rota da Bairrada e Kiwicoop.
A versatilidade do programa permite a apresentação de um conjunto de propostas diversificadas e convidativas, a preços bastante acessíveis, para toda a família, para o público que procura conciliar negócios com lazer e para os aficionados da arte equestre. Na área de exposição, será possível conhecer o tecido industrial e comercial não só do concelho de Oliveira do Bairro mas de toda a região da Bairrada, para além do melhor artesanato que se faz na região. No exterior do recinto destacam-se a área de restauração e os palcos, por onde vai passar a animação da feira. Para os mais novos, haverá uma “quinta pedagógica”, local onde poderão fortalecer a sua ligação com as tradições rurais do concelho, através do contacto privilegiado com a natureza e com os animais.
No dia 19 de maio, o Festival é dedicado aos kiwicultores, com um seminário que se realiza no Auditório do Espaço Inovação.

Entradas
O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Mário João Oliveira, referiu ainda que as entradas para o certame variam entre 1 euro e 1,50 euros, com acesso a todas as zonas dos três eventos. Para crianças até 10 anos de idade a entrada na feira mantém-se gratuita. No domingo, dia 21, para a Corrida de Touros, que será realizada em recinto próprio, o preço vai variar entre os 15 e os 20 euros.
O edil sublinhou ainda que as inscrições ainda não estão encerradas, pelo que ainda não é possível quantificar o número de expositores que estarão presentes.


Cartaz

Relativamente à música, o cartaz é verdadeiramente eclético, indo do reggae ao hip hop, passando pela pop/soul e pela música ligeira. Como cabeças de cartaz destacam-se os nomes de Richie Campbell (dia 19), Expensive Soul (18), Áurea (12) e ainda de José Cid (11), cantor que já é praticamente “da casa” e que todos os anos atrai milhares de pessoas ao recinto da feira. A estes prestigiados artistas nacionais, juntam-se outros espetáculos musicais, como a 3.ª edição do espetáculo “Canta-me como foi”, da Escola de Artes da Bairrada, para além de uma noite de fados e das muitas atuações de vários ranchos, grupos de cantares, bandas filarmónicas, etc, oriundos do concelho de Oliveira do Bairro e da região.

Posted in Destaque, Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Restaurante à Robin dos Bosques “assalta” CDS


Os delegados do Algarve ao congresso do CDS queixam-se de um restaurante da Mealhada lhes ter cobrado refeições a mais, alegadamente em retaliação pelas medidas de austeridade impostas pelo Governo. Quando detetaram o erro, um responsável justificou-se que era por serem apoiantes do Governo.
A história, contada num “post” colocado, na segunda-feira, na página do Facebook do CDS Algarve, terá ocorrido, no domingo, quando um grupo de militantes (14) centristas do Algarve parou para almoçar na Meta dos Leitões, na Mealhada.
No final, a conta foi dividida por todos e dava mais de 40 euros a cada um. Perante o valor algo elevado, e já cá fora, os centristas acabaram por verificar que tinham sido cobradas 19 refeições.
Regressados ao restaurante para esclarecer o valor, a justificação do responsável pelo restaurante foi a seguinte: “tendo-se ele apercebido que eram do CDS e como tal apoiantes do governo, e aqui cito ipsis verbi as palavras proferidas «desse governo que nos rouba, então para me defender eu também os roubo a vocês»”, escrevem os militantes do CDS na sua página do Facebook, onde relatam a peripécia.
Solicitaram o livro de reclamações, mas o mesmo não foi facultado e a quantia cobrada a mais não foi devolvida”.
Entretanto, os militantes do CDS/PP do Algarve, ao início da tarde de hoje, terça-feira, deram a conhecer na página oficial do Facebook que denunciaram “uma situação indigna e vergonhosa, não porque nos tenha ocorrido a nós militantes do CDS, mas porque consideramos que num estado de direito isto não pode voltar a acontecer”. “Não generalizamos esta atitude ao povo hospitaleiro da Mealhada nem à generalidade dos estabelecimentos de restauração daquela localidade. O conhecimento público está feito, a participação às autoridades competentes já seguiu o seu caminho, e por nós damos aqui por encerrados este episódio”.
JB procurou, hoje, terça-feira, ouvir a versão de Gonçalo Sarmento, responsável da Meta dos Leitões, mas quem atendeu o telefone referiu que o responsável não estava presente e que o mesmo não tinha um contacto alternativo.

No entanto, a Agência Lusa diz que o gerente do restaurante nega todas as acusações. “Isso é tudo uma pantominice. Isso é tudo falso”, disse à Lusa Gonçalo Sarmento, adiantando não ter conhecimento das acusações.

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Semana do Leitão de 16 a 23 de junho na Mealhada


De 16 a 23 de junho, o Leitão Assado vai estar no centro das atenções. O concelho da Mealhada vai ser palco da Semana do Leitão, que vai decorrer em dez dos restaurantes aderentes ao projeto 4 Maravilhas da Mesa da Mealhada. Durante esta semana, para além de poder saborear o melhor leitão, vai ser ainda possível apreciar as entradas que serão oferecidas pelos restaurantes aderentes: todos terão à disposição cabidela de leitão e outras, tais como iscas, rissóis, empadas e bola de leitão, que vão variar de restaurante para restaurante. Cada restaurante terá ainda ofertas especiais, que podem ir dos vinhos a variados descontos, informação essa que constará num flyer que será distribuído nas próximas semanas.

A ideia é promover o principal prato gastronómico do concelho e mostrar a todos que é na Mealhada que se come o melhor leitão, impulsionando ainda a economia local, sobretudo a dos restaurantes aderentes. Quem vier à Mealhada irá encontrar na mesma o melhor leitão de sempre, com a tradição e qualidade que a marca 4 Maravilhas exige, encontrará ainda a água do Luso, o pão cozinhado em forno a lenha e os vinhos dos produtores do concelho, a mesma hospitalidade e arte de bem servir, e poderá ainda usufruir das entradas gratuitas, sempre elaboradas a partir do produto leitão, e de uma série de ofertas especiais que cada um dos restaurantes se encontra a preparar.

“O leitão é o produto gastronómico mais marcante em termos de destino turístico e devemos sempre promovê-lo. O objetivo desta iniciativa é reforçar a marca 4 Maravilhas e dar um novo impulso à economia local, apoiando sobretudo os restaurantes aderentes ao projeto 4 Maravilhas que aceitaram este desafio, aqueles que todos os dias se empenham fortemente na apresentação de um produto de excelência e de qualidade”, avançou a vice-presidente da Câmara Municipal e também presidente da Associação Maravilhas da Mealhada, Filomena Pinheiro.

No âmbito da Semana do Leitão, existe ainda outro atrativo, que é um sorteio de refeições para duas pessoas, a realizar nos restaurantes que aderiram à iniciativa. E como irá funcionar? Durante a semana de 16 a 23 de junho, todos os que consumirem leitão num dos dez restaurantes aderentes receberão um cupão por cada refeição efetuada que, no final da semana, irá a sorteio. A refeição para duas pessoas será depois sorteada em cada restaurante, em data a divulgar posteriormente pelos mesmos.

Esta iniciativa é promovida pela Câmara Municipal e pela Associação Maravilhas da Mealhada.

Os restaurantes são os seguintes:

  • Pedro dos Leitões
  • Licínio
  • Típico da Bairrada
  • O Castiço
  • Av. Cidade de Coimbra, 93/95 3050-374 Mealhada
  • Três Pinheiros
  • Nelson dos Leitões
  • Octávio
  • Churrasqueira Rocha
  • Hilário
  • Oásis

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Confraria do Leitão: Encontro Internacional de Confraria, dias 23 e 24


A Confraria Gastronómica do Leitão da Bairrada realiza nos próximos dias 23 e 24 de março, o IV Encontro Internacional de Confrarias da Bairrada.
Este ano, o evento terá lugar no Aliança Underground Museum, em Sangalhos, podendo reunir mais de 60 confrarias e um total de mais de 300 confrades, incluindo delegações estrangeiras
O programa do encontro é, segundo a direção da Confraria “aliciante”, mas tem elevados custos que esta associação não quis que fossem totalmente suportados pelos convidados que já pagam 40 euros. Contas feitas pela Confraria os custos, destes dois dias dedicados ao Leitão, rondam os oito mil euros: mil para o entretenimento dos dias 23 e 24; quatro mil euros para a exclusividade do Aliança Underground Museum, bebidas e aluguer do espaço e três mil euros inerentes à fabricação de um monumento metálico alusivo ao Leitão (Afirmação) para implantar numa das rotundas do concelho.
Um montante elevado que leva a Confraria a pedir a colaboração ao município de Anadia, até porque como se sabe a Confraria defende aquela que é uma das 7 maravilhas da gastronomia portuguesa, “o Leitão”, mas também toda uma região.

Monumento. Segundo conseguimos apurar, esse monumento poderá ter como destino a Rotunda em Sá, Sangalhos (à entrada/saída da variante à EN 235). Para já, sabemos que a localização exata ainda não está definida até porque a colocação do monumento implica uma autorização da Câmara e das Estadas de Portugal. Contudo, era vontade da Confraria proceder à sua inauguração no segundo dia do evento, 24 março, pelas 17h.
Na última reunião e Câmara, o executivo anadiense decidiu comparticipar o evento com um pequeno subsídio de mil euros.

Iniciativas previstas para 2013. A Confraria tem, para este ano de 2013, previstas a realização de algumas ações, tanto ao nível nacional, como internacional pelo que apelou ao executivo anadiense para que apoio financeiramente as mesmas.
Para já estão calendarizadas o VII Capítulo da Confraria, a 9 de março; Encontro Internacional de Confrarias na Bairrada, a 23 e 24 março; continuação da edição da revista “O Leitão da Bairrada”; criação de um monumento alusivo ao Leitão a colocar numa rotunda do concelho de Anadia; Noites da Confraria, subordinadas aos temas: Fado, Espumante e Queijo; ações de promoção em feiras de gastronomia a nível nacional.
Sublinhe-se ainda que só no ano de 2012, as Noites da Confraria permitiram a entrega de 6.260 euros a instituições de solidariedade social.
Apesar do apelo a um apoio mais efetivo por parte da autarquia, o executivo anadiense entende que os apoios e subsídios a conceder às ações e iniciativas que a Confraria venha a desenvolver, serão analisados caso a caso, evento a evento.
CC

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Águeda: Festa do Leitão, de 5 a 9 de setembro


De 5 a 9 de setembro, Águeda acolhe, novamente, um dos mais importantes eventos gastronómicos do país, com a realização da 19.ª edição da Festa do Leitão, que decorre em simultâneo com a 15.ª Mostra de Artesanato e Gastronomia de Águeda. O certame terá como palco o Largo 1.º de Maio, na baixa da cidade de Águeda.
Para além da vertente gastronómica, a ACOAG – Associação Comercial de Águeda, organizadora do evento, aposta também forte na animação. Este ano, vão passar pelo palco, grupos como: THE GIFT (dia 5), UHF (6), Filipe Pinto, vencedor da edição de 2009 do programa Ídolos e DJ Pedro Cazanova (7) e no sábado, dia 8, Rita Guerra, com a noite a terminar com a Banda de Tributo Oficial aos Xutos&Pontapés.
Segundo a organização, o espetáculo piromusical promete surpreender, no domingo, dia 9, por volta das 21h45, não sendo ainda conhecido o nome do artista que animará o certame no último dia.
As entradas custam três euros, à exceção do dia 9, que terá o valor de dois euros.
A 19.ª edição da Festa do Leitão terá seis restaurantes: Nelson dos Leitões, Jorge Marques, Casa S. Sebastião, José Augusto e Olga dos Leitões, Nova Casa dos Leitões de Aguim e Vidal Agostinho.
A dose de leitão vai custar 12 euros, sendo o espumante oficial das Caves S. João, de S. João da Azenha, local onde teve lugar a apresentação do certame.

Novidades gastronómicas. As novidades gastronómicas serão três: Travesseiro de Leitão (salgado), Folha de Framboesa e Folha de Ovos Moles (semi-frios), confecionadas pelo Restaurante Sabores.
As obras de remodelação que estão em curso no Ginásio Clube de Águeda e no Largo 1.º de Maio, segundo José Castilho, presidente da ACOAG, exigiram uma reestruturação do espaço, que se conseguiu contornar graças à boa vontade do GICA, Construções Marvoense e da Câmara Municipal de Águeda.
“Só com o empenho de todos estes intervenientes, dos expositores e dos patrocinadores, é que conseguimos fazer cada ano mais e melhor”, confessou José Castilho.
Aparentemente sem grandes alterações face aos anos anteriores, o presidente da ACOAG falou de um evento que “alia gastronomia, artesanato, espetáculos e atividades, e que promete continuar a prestigiar a região”.
“Apesar de contarmos com meia dúzia de restaurantes, a capacidade para servir aqueles que nos visitam é ainda superior ao que se tem assistido. Somos ambiciosos, e como tal queremos proporcionar a todos os visitantes momentos únicos de gastronomia, deliciando-se com o maravilhoso Leitão da Bairrada, que será servido a 12 euros a dose, acompanhado pela excelência dos vinhos e espumante das Caves São João”, vincou José Castilho.

Evento grandioso. No que toca ao programa de entretenimento, segundo o timoneiro da ACOAG, “a Associação tem feito um esforço enorme para garantir que o programa deste ano mantenha a qualidade das edições anteriores. Estamos cientes que as expetativas são sempre muito elevadas”, disse, acrescentando que a 19.ª Festa do Leitão sobressai “pela aposta na qualidade e animação”.
A organização, no sentido de dar asas à criatividade e de forma a mostrar as tradições da cultura aguedense, está a trabalhar com o objetivo de conseguir que pequenos grupos musicais dinamizem o recinto nos cinco dias do evento, existindo ainda atividades lúdicas para miúdos e graúdos.
Em 2011 a organização introduziu um novo ponto de entrada com bilheteira no recinto, junto ao rio. Agora, pretende manter a mesma entrada mas com um pórtico mais atrativo, facilitando o acesso para aqueles que deixam as viaturas nos Abadinhos ou à saída de Águeda.
A concluir, José Castilho diria o seguinte: “Sabemos que as expetativas das pessoas são sempre muito elevadas, porque habituámos os aguedenses e os nossos visitantes a um nível de qualidade muito grande. Este ano, acredito que não será exceção.”
Jorge Almeida, vice presidente da Câmara Municipal de Águeda, afiançou que “a Festa do Leitão promete e que, mais uma vez, a organização vai cumprir com os seus objetivos, pois está dentro da linha daquilo que estamos habituados a assistir. Há uma imagem muito grande. Essa imagem é a do concelho de Águeda, que tem uma imagem imaculada com mais esta organização”.
Sobre as obras, o autarca aguedense disse que as mesmas não vão condicionar o certame, mostrando-se confiante de que para o ano será possível ultrapassar todos os obstáculos.
Por seu turno, Gil Abrantes, presidente da Assembleia Geral da ACOAG, referiu que a Festa do Leitão “é um projeto que consegue colocar o nome de Águeda no mapa nacional. Este é mais um dia de emoção para todos nós”. Noutro âmbito, e numa altura de crise, falou da verdadeira coragem da presença dos seis restaurantes e de todos aqueles que patrocinam este evento: “Sem o vosso apoio era impossível materializar este evento tão importante para Águeda, que tem todos os condimentos, tanto gastronómicos como ao nível do cartaz de espetáculos, para ser mais uma vez um grande sucesso.”

Manuel Zappa
zappa@jb.pt

Posted in Águeda, Por Terras da BairradaComments (2)

Festa do Leitão é uma janela de oportunidades


A Festa do Leitão da Bairrada terminou, no domingo, com um balanço “positivo”, garantiu ao Jornal da Bairrada, José Castilho, presidente da Associação Comercial de Águeda (ACOAG), que organiza o evento em parceria com a Câmara Municipal de Águeda.

Paralelamente, realizou-se a 14ª. Mostra de Artesanato e Gastronomia de Águeda, cujo balanço também é satisfatório.
Sem especificar, José Castilho afirma que a ACOAG conseguiu “aumentar o número de visitantes de forma tão significativa, face a 2010, num evento gastronómico na actual conjuntura económica, foi algo que não prevíamos e que nos deixa orgulhosos e com a sensação plena de dever cumprido”.

Lamentou, no entanto, “a impossibilidade da realização do espectáculo piromusical na noite de sábado, onde uma solução eminente para os problemas técnicos ocorridos se transformou numa penosa e angustiante espera para os visitantes”. Contudo, “ficou uma vez mais provado que a Festa do Leitão à Bairrada é a grande referência promocional do concelho, representando um património que deve ser acarinhado e defendido por todos os aguedenses”, acrescentou Castilho.

Recorde-se que, este ano como novidades, a ACOAG lançou a lancheira de leitão, enquanto que na área dos doces a torta de mirtilo, gelado de mirtilo e o gelado de ovos-moles fizeram as delícias dos mais gulosos.

18 anos. Durante a inauguração do evento que decorreu, na penúltima quarta-feira, na Câmara Municipal de Águeda, o presidente da Assembleia-geral da ACOAG, Gil Abrantes, sublinhou que “o certame comemora este ano 18 anos”, sublinhando “o sonho que hoje é uma realidade”.
Já José António Castilho, presidente da ACOAG, disse que “a Festão do Leitão é um evento marcante e incontornável do nosso turismo, que a todos engrandece e nos enche de orgulho”, lamentando, no entanto, “o insuficiente apoio da Câmara Municipal de Águeda” que, no seu entender, “é manifestamente insuficiente, pelo que a Câmara devia conceder um apoio mais condizente com o evento”.

Oportunidades. Gil Nadais, presidente da Câmara Municipal de Águeda, destacou que o leitão é uma janela de oportunidades que não deve ser perdida, sublinhando que “a autarquia apoia a ACOAG com 50 mil euros, o segundo mais alto valor atribuído para a realização de eventos no concelho. Apenas o GICA recebe 75 mil euros para a realização do mundial de motocross”.

Aliás, do mesmo pensamento comungou o presidente da Assembleia Municipal de Águeda, Celestino de Almeida, recordando que “as pessoas vêm à procura deste sabor especial, desta relíquia que é o leitão da Bairrada”, sublinhando que “o leitão da Bairrada é uma janela de oportunidades que os empresários do concelho da Mealhada souberam aproveitar”.

Economia. O secretário de Estado adjunto da Economia e Desenvolvimento Rural, Almeida Henrique, sublinhou a importância da realização da Festa do Leitão no contexto da economia. “Esta região tem um micro cluster de leitão da Bairrada, conseguindo criar riqueza num produto endógeno”.

Acrescentou que “estamos num concelho onde as pessoas souberam subir a pulso. Um concelho que soube reinventar-se quase todos os dias e onde se criam valores, pelo que deve ter muito orgulho na sua história”.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Obrigado! O leitão da Bairrada foi eleito uma das 7 Maravilhas da Gastronomia de Portugal


O leitão da Bairrada foi eleito, hoje sábado à noite, uma das 7 Maravilhas da Gastronomia de Portugal. Obrigado.

Em votação estiveram pratos como os pastéis de bacalhau, alheira de Mirandela e queijo Serra da Estrela (entradas), açorda alentejana, caldo verde e sopa da pedra (sopas), amêijoas à Bulhão Pato, arroz de marisco e xarém com conquilhas (mariscos). Nos peixes, bacalhau à Gomes de Sá, polvo assado no forno e sardinha assada, nas carnes chanfana, leitão da Bairrada e tripas à moda do Porto, na caça coelho à caçador, coelho à Porto Santo, à caçador e perdiz de escabeche de Alpedrinha e, nos doces, pastel de Belém, pastel de Tentúgal e pudim Abade Priscos.

E as 7 Maravilhas da Gastronomia de Portugal são (pela ordem em que foram anunciadas): Alheira de Mirandela, Queijo Serra da Estrela, Caldo Verde, Arroz de Marisco, Sardinha Assada, Leitão da Bairrada e Pastel de Belém.

Posted in Águeda, Anadia, Cantanhede, Destaque, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, VagosComments (2)

Pergunta da semana

Vai a algum festival de verão este ano?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com