Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "museu"

Mário Frota fala sobre Serviços Públicos essenciais


Realizou-se no dia 4 de abril, no auditório do Museu da Pedra, em Cantanhede, a sessão de esclarecimentos “Serviços Públicos essenciais – Comunicações eletrónicas”. Foi orador Mário Frota, presidente da Associação Portuguesa de Direito do Consumo (APDC) e diretor do Centro de Estudos de Direito ao Consumo, tendo a iniciativa surgido de uma dinâmica conjunta entre a APDC, a Câmara Municipal de Cantanhede e o Contrato Local de Desenvolvimento Social Cantanhede 3G – Intervir, Integrar e Incluir.
A iniciativa teve como tónica dominante esclarecer os munícipes para esta temática, com especial incidência para as comunicações eletrónicas, nomeadamente telemóvel, telefone, televisão e internet, sendo um contributo muito importante para a clarificação dos direitos relativamente à prestação dos serviços públicos essenciais, alertando ainda para os cuidados a ter na contratação destes serviços, o direito de desistência, os contratos falsos, a fidelização, a suspensão, o corte dos serviços e os meios e instrumentos de defesa dos consumidores.
De acordo com Mário Frota, “o contrato só se considera celebrado depois de o consumidor assinar a oferta ou enviar o seu consentimento escrito ao fornecedor e não pode ser recusada a celebração de contratos com base na existência de dívidas de outro consumidor que tenha ocupado o imóvel, por exemplo, na instalação de um telefone de rede fixa, entre outros, ainda que o consumidor tenha direito a uma fatura que especifique convenientemente os valores que dela constem”.
O presidente da APDC concluiu ainda que “o consumidor deve pagar só o que consome, na exata medida do que e em que consome”.
A sessão foi presidida pelo vereador da Cultura, Pedro Cardoso, que destacou “a oportunidade para informar os cidadãos para que sejam capazes de agir, intervir, e assim, evitar práticas abusivas por parte do fornecedor de produtos ou serviços que atentem contra os seus direitos”, concluindo que “nós, enquanto consumidores, temos algumas obrigações no que diz respeito ao usufruto destes serviços, mas também temos direitos, e devemos ser esclarecidos dos mesmos pelas entidades prestadoras dos referidos serviços”.

Posted in CantanhedeComments (0)

“Jornadas Europeias do Património” no Museu


Nos dias 25 e 26 de setembro, o Museu de Etnomúsica da Bairrada, no Troviscal, acolhe mais uma edição das “Jornadas Europeias do Património”, uma iniciativa do Conselho da Europa e da União Europeia, coordenada em Portugal pelo IGESPAR, à qual a Câmara Municipal de Oliveira do Bairro (CMOB), entidade responsável pelo museu, se volta uma vez mais a associar.
Para as comemorações de 2015, e sob o lema “Património Industrial e Técnico”, o Museu oferece uma programação especial. No dia 25, o Museu de Etnomúsica da Bairrada vai promover o ateliê “Um dia no Laboratório…”, onde os mais pequenos vão poder viver a experiência de se tornarem verdadeiros conservadores/restauradores do Museu. Tendo como público-alvo crianças com idades compreendidas entre os 3 e os 12 anos, esta iniciativa de cariz lúdico tem como objetivo sensibilizar os mais novos para os valores do património e da sua conservação, proporcionando, ao mesmo tempo, momentos de diversão e descoberta. As sessões realizam-se durante todo o dia, às 10h30, 14h30 e 16h.
Para o dia seguinte, 26 de setembro, o Museu vai organizar visitas orientadas sobre o tema “Os Jazzes da Bairrada”, dando a conhecer um importante período da história da região, onde se assistiu ao surgimento e afirmação de um novo tipo de agrupamentos musicais, modernos e cosmopolitas, que ficaram conhecidos como os “Jazzes”. A visita partirá da exposição com o mesmo nome, composta por imagens e espólio deste período, compreendido entre os anos 30 e 60 do século XX, abordando igualmente as questões da sua conservação e estudo. Para além da exposição, a visita inclui abordagem às diferentes áreas internas do Museu, como as Reservas, Laboratório de Conservação e Restauro e Centro de Documentação. Esta é uma ocasião única para conhecer espaços físicos e aspetos que não são abordados numa normal visita ao Museu e que seguramente ajudarão a compreender melhor quer o tema em questão, quer o importante trabalho que é desenvolvido em prol do património cultural da região. A visita decorrerá às 16h.
A participação nas duas iniciativas é gratuita mediante inscrição prévia (no Museu, através do telefone 234 757 006 ou do e-mail memb@cm-olb.pt.

Preservação do património. A celebrar este ano o seu 10.º aniversário, o Museu de Etnomúsica da Bairrada, na vila do Troviscal, é um projeto da CMOB que tem por objetivo preservar o património cultural produzido na área musical, construído e vivido ao longo de gerações por toda a comunidade bairradina. Para além de exposições temáticas, o Museu possui uma vasta coleção de instrumentos, partituras, gravações, documentação variada e depoimentos, num total de cerca de 8.300 peças, todas elas tratadas e com inventário sumário.
De referir ainda que o Museu de Etnomúsica da Bairrada leva a efeito, durante todo o ano, uma série de iniciativas dirigidas a vários segmentos de públicos, desde as crianças à população sénior, não só do concelho de Oliveira do Bairro mas de toda a região, contribuindo para um cada vez maior conhecimento da música e das raízes culturais do nosso território, eternizando as nossas tradições, a nossa história e a nossa real identidade.

Posted in Por Terras da Bairrada, TroviscalComments (0)

Anadia: Portugal Wine Trophy 2016 realiza-se no Museu do Vinho


O Portugal Wine Trophy 2016 realiza-se no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia.
Aquele que é considerado um dos mais importantes e maiores concursos mundiais de vinhos vai realizar-se em Anadia, de 5 a 8 de maio do próximo ano.
Terá como palco o Museu do Vinho Bairrada. A informação foi avançada no passado final de semana pelo vice-presidente da autarquia anadiense, Jorge Sampaio, que se deslocou a Daejeon (Coreia do Sul) onde apresentou o município de Anadia, palco deste evento que já passou por Berlim.
Anadia, ao receber o Portugal Wine Trophy 2016, junta-se, desta forma a Daejeon (Coreia do Sul) e a Berlim, num dos maiores concursos de vinhos do mundo.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (1)

Tanoaria e espumante em fotografia no Museu do Vinho


A fotografia estará em destaque no novo ciclo de exposições do Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, cuja inauguração está marcada para o próximo sábado, 20 de dezembro, pelas 16h, com entrada livre.

Na ocasião, abrirão portas ao público as mostras “A arte da tanoaria – os últimos”, de José Fangueiro, e “Bairrada, a musa do espumante”, de Pedro Nóbrega. Serão ainda apresentados um Espumante Bairrada em homenagem a José Luciano de Castro e o documentário “A Arte da Tanoaria” do realizador Roger Nicolau, num evento onde estará presente Carlos Alberto Moniz, que interpretará alguns temas do seu último trabalho discográfico “O Vinho dos Poetas”.

Neste novo ciclo expositivo, o Vinho continua a dar o mote para a criação artística, sendo a fotografia a técnica escolhida para revelar dois novos conjuntos de perspetivas sobre o universo vinícola da Bairrada. José Fangueiro traz-nos “A arte da tanoaria – os últimos”, uma mostra concebida para o Museu do Vinho Bairrada, contemplando uma vasta coleção de imagens resgatadas de algumas tanoarias portuguesas, homenageando os homens que dão vida a esta arte ancestral. Resgatam-se expressões, habilidades e saberes do passado, culminando com imagens captadas nalgumas caves emblemáticas da Bairrada. A exposição é complementada pelo documentário “A Arte da Tanoaria”, realizado por Roger Nicolau, e tem como pano de fundo uma trilha sonora da autoria de Fernando Alves, jornalista da TSF. Será ainda exposto, pela primeira vez, um vasto conjunto de equipamentos e de ferramentas de associados à tanoaria, que o Museu do Vinho Bairrada tem vindo a integrar nas suas coleções e que não haviam sido ainda apresentados ao público.

Bairrada, a musa do espumante”, de Pedro Nóbrega, foi igualmente idealizada a pensar no Museu do Vinho Bairrada. Trata-se de um conjunto de fotografias dedicado aos Espumantes Bairrada, e que, segundo o seu autor, “recria um círculo entre o espumante e a sua musa”, sendo sua intenção “mostrar, em cada peça, uma fase distinta da sua produção em que a sua musa a influencia”.

Para além deste tributo ao Espumante Bairrada, que, no próximo ano celebra o seu 125º aniversário, esta inauguração dá ensejo a uma outra homenagem. No ano em que se completa o primeiro centenário da morte de José Luciano de Castro (n. 1834 – m. 1914), a Câmara Municipal de Anadia tem vindo a promover uma série de atividades evocativas da vida e da obra desta influente personalidade da história de Portugal, que deixou profundas na história de Anadia e da região, nomeadamente no que respeita às origens do próprio Espumante Bairrada. Estadista, deputado, chefe do Partido Progressista, por várias vezes ministro e em três ocasiões presidente do conselho de ministros, jurisconsulto e jornalista, José Luciano de Castro é recordado pelos anadienses como grande benemérito. Ligado à criação da Escola de Viticultura e Pomologia da Bairrada (atual Estação Vitivinícola da Bairrada), acabou por ser um dos pioneiros no fabrico de vinhos espumantes em Portugal, na qualidade de associado da “Associação Vinícola da Bairrada”, fundada no seu palacete de Anadia. Esta sucessão de efemérides justificou, no entender da Câmara Municipal de Anadia, a criação de um Espumante Bairrada em homenagem ao estadista, contando, na concretização deste projeto, com a colaboração da Comissão Vitivinícola da Bairrada.
A tarde encerra com a atuação do maestro e compositor Carlos Alberto Moniz, que traz à Bairrada o seu disco “O Vinho dos Poetas”, que, segundo João Paulo Guerra, “tem castas, tem canções frutadas, tem canções com regiões demarcadas, tem aromas, elegância, perfil, equilíbrio, estrutura, complexidade e definição. Um disco com bouquet”.
As exposições estarão patentes até 10 de maio de 2015, de terça a sexta-feira, das 9h às 13h e das 14h às 18h, e aos fins-de-semana, das 10h às 19h.

Programa do evento:

Inauguração da exposição de fotografia “A Arte da Tanoaria – Os últimos”. Autoria: José Fangueiro

Inauguração da exposição de fotografia “Bairrada, a Musa do Espumante” – Autoria: Pedro Nóbrega

Apresentação oficial do Espumante Bairrada José Luciano de Castro – projeto da Câmara Municipal de Anadia em parceria com a Comissão Vitivinícola da Bairrada

Apresentação do documentário “A Arte da Tanoaria”. Autoria: Roger Nicolau.

Atuação de Carlos Alberto Moniz – interpretação de temas do seu último trabalho discográfico “O Vinho dos Poetas”

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: 1.ª mostra do Clube Tex no Museu do Vinho Bairrada


Entre os dias 15 e 17 de agosto, o Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, será palco de uma mostra inédita. Trata-se da primeira Mostra do Clube Tex em Portugal, evento que contará inclusive com a presença de um consagrado desenhador italiano deste peculiar personagem de banda desenhada, com mais de 65 anos de vida editorial.
A mostra intitulada “Pasquale Del Vecchio e o seu Color Tex 2015” reúne cerca de duas dezenas de pranchas do autor, selecionados pelo próprio, que pretendem dar aos visitantes da primeira Mostra do Clube Tex Portugal, uma visão geral acerca da colaboração mais recente deste consagrado desenhador italiano para com a Sergio Bonelli Editore. Poderemos ver expostas pranchas da história, ainda em produção, para o Color Tex 2015, que terá textos de Roberto Recchioni e que será publicado a cores em 2015.
Segundo José Carlos Francisco, Presidente do Clube Tex Portugal, Pasquale del Vecchio nasceu em Manfredonia, na província de Foggia, a 17 de março de 1965 e é diplomado em arquitetura. Tendo-se mudado para Milão em 1985, onde começou a dar os seus primeiros passos no mundo do desenho profissional, levado pela paixão que dedicava aos quadradinhos desde pequeno, quando começou as suas leituras com Tex, Zagor (a primeira paixão) e Tarzan e, mais tarde, Mister No, Ken Parker e Dylan Dog.
Convidado a integrar a equipa de Tex, no início Del Vecchio sentiu-se um pouco “desambientado”, pois as histórias que ele havia feito até então tinham ambientação eminentemente metropolitana, e agora tinha que desenhar o Velho Oeste.
Leitor de Tex desde pequeno, tomou como referências Giovanni Ticci e Claudio Vilia, assistiu a um monte de filmes de faroeste, empunhou lápis e pincel e… realizou um sonho, tornando-se hoje um dos mais apreciados desenhadores de Tex!
A entrada nesta exposição será gratuita, com direito a entradas também para as restantes exposições patentes no Museu.
Após a inauguração, pelas 15h30, do dia 15, os visitantes podem ainda contar com uma sessão de autógrafos com Pasquale del Vecchio, entre as 18 e as 19h, com um jantar/tertúlia com a participação de Pasquale Del Vecchio, pelas 20h, no dia 16. No dia seguinte, haverá uma aula de desenho Tex (a partir dos 12 anos), com Pasquale Del Vecchio, entre as 11 e as 12h. À tarde, pelas 15h30, terá lugar a Conferência Tex em Portugal e na Itália, com a participação de Gianni Petino, José Carlos Francisco, Mário João Marques, Carlos Moreira, Orlando Santos Silva e Hernâni Portovedo, sob a moderação de Pedro Cleto, no Auditório do Museu do Vinho.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Fado e Vinho, uma simbiose para apreciar até outubro no Museu do Vinho


Vinho e Fado são os dois pilares identitários do novo núcleo expositivo inaugurado no passado domingo, dia 18 de maio, no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia.
Neste dia (18 de maio) em que se celebrou o Dia Internacional dos Museus, o do Vinho recebeu uma multidão que não quis perder a inauguração de três novas exposições temporárias, que podem ser visitadas até ao próximo mês de outubro.
Na cerimónia inaugural, que contou com a presença da fadista Ana Moura, embaixadora oficial do evento, Pedro Dias, diretor do Museu do Vinho Bairrada, sublinharia “serem estes os dois elementos centrais do nosso património cultural e etnográfico”, que serviram de mote a três núcleos expositivos: um centrado em Amália Rodrigues, no qual estão patentes diversos objetos pessoais da diva do fado, cedidos pela Casa Museu Amália Rodrigues e pela Fundação Amália Rodrigues.
“Por muito que se queira fazer e dinamizar uma exposição sobre o fado, nomeadamente sobre a grande diva Amália, ficaremos sempre com a sensação que será pouco e/ou pequeno para homenagear tão grandes nomes e feitos”, diria, não deixando de se dirigir a Ana Moura, fadista convidada pela autarquia, para dizer: “Não há outra voz no fado como a de Ana Moura. Uma voz que se passeia pela tradição livremente, sem deixar de flirtar elegantemente com a música pop, alargando de uma forma muito pessoal o raio de ação da canção de Lisboa”.
Pedro Dias reconhece-lhe “um timbre grave e sensual como há poucos” e que, por isso, “tem elevado o nome de Portugal e a nossa cultura no mundo”.
Quanto aos outros dois núcleos expositivos, um é centrado no “Fado – Património da Humanidade”, fruto de um protocolo com o Museu do Fado, permitiu trazer à cidade uma mostra que revela a história do fado, lembra alguns dos seus protagonistas (podendo o visitante escutar e visualizar diversos registos) e não descura a sua ligação a outras artes. Pedro Dias diz ser “uma exposição fortemente interativa e de grande índole pedagógica”.
Já a mostra coletiva internacional “Vinho e Fado” de arte contemporânea, na qual participam cerca de 50 artistas, o diretor do Museu sublinhou a pareceria com os curadores José Sacramento e Nuno Sacramento, que trouxe a Anadia obras de consagrados artistas nacionais e estrangeiros.

Museu municipal na prossecução do interesse público. Na ocasião, a autarca Teresa Cardoso lembrou que numa altura de crise, “a ação dos museus pode ser difícil, mas enfrenta novos desafios que estimulam a criatividade e levam à apresentação de temas e de linguagens inovadores”. Por outro lado, este é um museu que “não obstante ter uma abrangência regional, é um museu municipal, gerido pela Câmara, segundo uma filosofia que não pode ser outra que não a da prossecução do interesse público”.
A edil anadiense reconheceria ainda que o visitante pode ficar a conhecer um pouco mais sobre o fado, a sua história e os seus protagonistas, enaltecendo ainda as parcerias com o Museu do Fado e com a Fundação Amália Rodrigues que tornaram possíveis estas mostras.
Sobre Ana Moura, a presidente do município de Anadia destacaria que a fadista, que dispensa apresentações, mostrou interesse no projeto, recordando os presentes da sua presença no encerramento (29 de junho) da Feira da Vinha e do Vinho, num espetáculo que acredita, irá ser “memorável”.
As exposições estarão patentes até ao próximo dia 31 de outubro, podendo ser visitadas de terça a sexta-feira, das 9 às 13h, e das 14 às 18h, e fins de semana e feriados, das 10h às 19h.
Catarina Cerca

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Ciclos de informação “Associativismo Desportivo – Presente e Futuro”


No âmbito das políticas de apoio ao Associativismo Desportivo, a Câmara Municipal de Anadia organiza nos meses de maio e junho, Ciclos de Informação sobre as novas realidades e desafios do panorama desportivo atual, dirigidos aos agentes de promoção desportiva do concelho.
Este Ciclo de Informação, alusivo ao tema “Associativismo Desportivo – Presente e Futuro”, irá decorrer, no auditório do Museu do Vinho Bairrada, em quatro sessões, entre os meses de maio e junho, com o seguinte calendário:
1.ª Sessão – 5 de maio (21h) Apoio Municipal ao Associativismo Desportivo
Esclarecimento sobre o Registo Associativo Municipal e processos de candidatura a apoio financeiro, logístico e técnico da Câmara Municipal de Anadia
2.ª Sessão – 19 de maio (21h) Organização e Gestão de Clubes Desportivos
Políticas e Estratégias de Sucesso
3.ª Sessão – 2 de junho (21h) Organização e Gestão de Clubes Desportivos
Políticas e Estratégias de Sucesso
4.ª Sessão – 16 de junho (21h) Associativismo Desportivo
Desafios Futuros

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Museu do Vinho é referência nacional


Muitos foram os amigos e convidados que, na tarde do último sábado, celebraram o 10.º aniversário do Museu do Vinho Bairrada, em Anadia.
Os 10 anos de atividade do Museu fizeram-se à volta de uma exposição singular do mestre Nadir Afonso, da mostra das fotografias premiadas no âmbito da 1.ª edição do Photo Museu do Vinho Bairrada, da abertura da exposição de tamboladeiras, da coleção particular do comandante José Rafeiro e do lançamento do espumante Museu do Vinho Bairrada.
A abertura da cerimónia caberia a Pedro Dias, diretor do Museu, para quem esta é “a segunda casa onde nos últimos 10 anos tenho procurado contribuir com o meu modesto saber e paixão pela Bairrada”. Na ocasião, sublinharia ainda o facto deste museu ser um veículo de defesa e valorização do património secular da região, promovendo e divulgando a marca territorial Bairrada.
“Assumimos desde sempre, que este seria um Museu supra municipal, ou seja, um Museu que procura, ir sempre mais além, do que o local onde foi edificado”.
Um palco por onde têm passado exposições resultantes de parcerias com inúmeros particulares e inúmeras instituições públicas e privadas. “O museu acolhe, atualmente, uma multiplicidade de tipologias de espólio histórico com bens de cariz arqueológico; histórico; bibliográfico e arquivístico; técnico, científico e industrial; etnográfico, etc.”.
No entanto, a forte aposta em arte contemporânea, tem ajudado na afirmação deste espaço, no panorama artístico e cultural português. Grandes referências das artes plásticas nacionais e internacionais têm colaborado com o Museu do Vinho, e por aqui já passaram prestigiados artistas plásticos tais como: Pablo Picasso; Chagall; Cargaleiro; Cutileiro; Cruzeiro Seixas; Fernanda Fragateiro; Júlio Pomar; Paula Rego, entre tantos outros.

Uma década ao serviço de todos. Para assinalar uma década ao serviço da cultura e da arte, nada melhor do que ter uma mostra da obra do mestre Nadir Afonso em exposição. Este prestigiado arquiteto e pintor, um dos artistas plásticos portugueses mais consagrados e reconhecidos expõe, em Anadia, uma mostra intitulada “Arte é como Vinho”, apresentando uma magnífica coleção de originais, sendo alguns deles completamente inéditos com referências à Bairrada (Buçaco e Curia).
Dada a idade avançada do mestre (93 anos), não esteve presente. Caberia à esposa Laura Afonso falar da mostra e ao jornalista Carlos Magno falar do mestre que tão bem conhece.
Carlos Magno destacou a lucidez do mestre. “Um individualista, que não frequentou escolas, nem cartilhas, um homem livre”, deixando ainda a nota de que Nadir Afonso começou a pintar muito cedo, continuando, até aos dias de hoje, a pintar cidades e mulheres. Um artista que classificou de “perfeito, rigoroso, brilhante e fascinante”. Por isso, “é bom ter aqui tantos amigos para ver um dos mais internacionais pintores portugueses”, concluiria.
Na ocasião, Pedro Soares referiu-se às comemorações como um marco e uma data da qual a CV Bairrada não se poderia dissociar, até porque considerou este espaço “a sala de visitas da CV Bairrada”. Reportando-se ao espumante comemorativo que assinala estes 10 anos de atividade do Museu, mostrou-se bastante sensibilizado pelo facto do mestre Nadir Afonso ter autorizado a utilização de uma obra sua para figurar no rótulo do espumante. A escolha recaiu na ilustração, “Filhas de Dionísio”, porque a Bairrada se escreve no feminino, sendo a única região demarcada do país com tal característica e com a singularidade de também aqui a casta Fernão Pires se chamar Maria Gomes.
Também Fernando Castro, presidente da da Confraria dos Enófilos da Bairrada, realçou o trabalho desenvolvido ao longo da última década pelo Museu: “o trabalho tem de prosseguir por forma a continuar a louvar a Bairrada e para que a colheita de amanhã seja melhor”, deixando ainda aos presentes uma evidência: “a Bairrada está a mexer (fim de semana recheado de eventos vínicos), o que mostra claramente o que a região pode e tem para oferecer. Uma região pequena, mas com um futuro promissor, não só por ter muito potencial, mas por atravessar um grande momento de renovação, graças ao trabalho da CVB, dirigida há cerca de um ano por Pedro Soares”.
A terminar, também o autarca Litério Marques recordou o nascimento do museu que surge em Anadia porque foi o município que teve coragem para avançar. “É um orgulho para o município e para a região”, ciente de que este espaço virá, no futuro, a ser ainda muito mais importante.

Mostra única de tamboladeiras. Em simultaneamente, uma exposição temporária daquela que provavelmente será, a maior coleção nacional de Tamboladeiras, resultante da colaboração e cedência protocolada com o proprietário, Comandante José Rafeiro. Esta coleção, maioritariamente concebida em prata nos séculos XVIII e XIX e agora exposta numa ala das exposições de longa duração, certamente irá provocar motivações de visita.

Fotografia vale 1500 euros
Em simultâneo com a abertura deste novo espaço expositivo, foram apresentadas as fotografias resultantes do 1.º concurso Photo Museu do Vinho Bairrada, dedicado à temática “Espumante Bairrada”.
O grande vencedor foi Pedro Nóbrega que, desde cedo, aprendeu a reconhecer os fatores de produção que influenciam o sabor único do espumante Bairrada.
Para casa levou um cheque no valor de 1500 euros. A sua e as restantes fotografias concorrentes podem ser visitadas numa das salas do Museu.
“A imagem surreal criada é dividida em partes que representam um todo! A imagem é criada com a mais avançada tecnologia fotográfica e de iluminação,todos os elementos são fotográficos e com a manipulação digital (pós produção). Tentei criar um acabamento simples a fazer lembrar os primórdios da reprodução fotográfica analógica”, diz o autor.
Foram ainda premiadas outras oito fotografias, cabendo as menções honrosas a Carlos Gomes e a Igor Pinto.

Espumante comemorativo
Em dia de festa e de brinde, numa iniciativa da Comissão Vitivinícola da Bairrada, foi apresentada uma edição limitada de um espumante Museu do Vinho Bairrada, comemorativo da data.
Um espumante DOC Bairrada, nascido nas vinhas da região, com a particularidadede de ser uma edição limitada de garrafas com rótulo embelezado com uma das obras de Nadir Afonso.
As duas primeiras garrafas foram entregues por Pedro Soares, presidente da CV Bairrada à esposa de Nadir Afonso e ao autarca Litério Marques.
Os interessados podem adquirir este espumante no Museu do Vinho Bairrada.

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Passeio de carros antigos


Integrado nas comemorações dos 10 anos do Museu do Vinho Bairrada, a Câmara Municipal de Anadia vai organizar um passeio de carros antigos no próximo domingo, dia 23 de junho. A organização limitou as inscrições a 50 carros, sendo as inscrições efetuadas diretamente para o Museu do Vinho Bairrada.
Programa: Dia 23, 9h – Concentração no parque de estacionamento do Museu do Vinho Bairrada; 10h – Início do passeio pelos vinhedos da Bairrada; 10h30/11h30 – Primeira paragem na Adega de Cantanhede, exposição de carros, visita e espumante de honra; 12h15/12h45 – Segunda paragem na Quinta do Encontro, exposição de carros, visita e espumante de honra; 13h – Almoço no Museu do Vinho; 15h30 – Terceira e última paragem no Vale Santo (Feira da Vinha e do Vinho). Para os interessados inscritos antecipadamente, participação no maior brinde de espumante do mundo.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: 10.ª edição do Rally Museu do Vinho Bairrada


O Município de Anadia irá, uma vez mais, orgazinar o Rallye Museu do Vinho Bairrada, que decorrerá no próximo dia 1 de junho, pelas 9h30, na Praça do Município.
Programa:
Anadia-Sever do Vouga
9h30 – Exposição dos carros na Praça do Município, em Anadia;
10h – Partida em frente à Câmara Municipal;
11h45 – Super-Especial de Sangalhos, no parque de estacionamento do Velódromo Nacional;
17h30 – Super-Especial de Sever do Vouga, na pista do Alto do Roçário;
21h – Super-Especial noturna no Complexo Desportivo de Anadia;
22h, jantar de entrega de prémios, no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Pergunta da semana

É assinante do Jornal da Bairrada?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com