Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "Vagos"

“O” Meeting traz a Vagos e Mira mais de 2200 atletas de toda a Europa


Começa esta quinta-feira, dia 12, em Mira e termina no dia 17, em Vagos, o Portugal “O” Meeting 2015 – POM 2015, que se espera seja a edição com mais participantes de sempre. As Câmaras Municipais de Vagos e de Mira associaram-se, este ano, ao Clube de Orientação de Estarreja (Ori-Estarreja) e às Federações Portuguesa de Orientação (FPO) e Internacional de Orientação (IOF) e vão ser os municípios por onde vão passar mais de 2200 atletas, de vários países da Europa, nomeadamente da Suécia, Finlândia, Reino Unido, França, Espanha, entre outros.
Desde 2009 que não se realiza um grande evento internacional nesta zona do país e, sendo este um desporto praticado em florestas, parques e também em rua, nada melhor do que escolher dois municípios com boas condições de constituição dunar. As provas em Vagos vão decorrer de 15 a 17 de fevereiro, esperando-se neste dia de encerramento a presença do Secretário de Estado do Desporto, Emídio Guerreiro.
“Consideramos o evento uma mais-valia para o concelho, na vertente desportiva, mas também e sobretudo, na turística. Aliás, o enfoque deste executivo tem sido muito no turismo desportivo”, adiantou a JB o autarca de Vagos, Silvério Regalado. Apesar de não haver, no concelho, nenhum clube a praticar Orientação, o presidente da câmara não exclui que as pessoas “ganhem algum entusiasmo pela modalidade”. Deixa ainda um apelo aos intervenientes privados, principalmente do ramo da hotelaria e restauração, para que respondam de forma adequada. “Esperamos criar aqui uma boa relação, de forma a que as pessoas que aqui vão passar no âmbito do evento possam voltar mais tarde, para nos visitar, com outra perspetiva.”

Programa
12/02: Abertura Modelo – Mira Norte
13/02: Estafeta de Sprint – Mira Villas
14/02: Distância Longa – Dunas de Mira; Sprint Noturno – Praia de Mira
15/02: Distância Média – Dunas de Mira; Orientação de Precisão – Dunas de Vagos
16/02: Distância Longa WRE – Vagos
17/02: Distância Longa – Vagos; Cerimónia de entrega de prémios e encerramento do evento
Cabeças de cartaz: Olav Lundanes e Annika Billstam

Posted in Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

Passadiços unem Praias da Vagueira e do Labrego


No próximo mês de março, já será possível a quem visitar a Praia da Vagueira, andar pelos passadiços que a vão unir à Praia do Labrego. Fica assim concluída a segunda fase da defesa aderente da praia da Vagueira, que contemplou uma primeira etapa, de construção de um muro de suporte à defesa aderente e agora, a ligação ciclável e pedonal entre o limite norte da Praia da Vagueira e a Praia do Labrego.
Recorde-se que foi necessário proceder à reparação da defesa aderente, que ficou concluída a semana passada, e que teve um custo aproximado de 150 mil euros. A este valor juntam-se os 850 mil de construção do muro e dos passadiços, ou seja, um milhão de euros no total. “Trata-se de uma obra que resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Vagos e a Agência Portuguesa do Ambiente e que é cem por cento financiada pelo POVT [QREN]”, esclareceu a JB o presidente Silvério Regalado.
Este conjunto de intervenções, explicou ainda, “tem como principal função a defesa de pessoas e bens, mas também a vertente de fruição”. Ou seja, já este verão, os turistas vão ver uma praia ligeiramente diferente e que “estará em processo de evolução e melhoria nos próximos anos.” “Trabalhamos para que a Praia da Vagueira seja um cartaz turístico do concelho”, concluiu.
Oriana Pataco
oriana@jb.pt

Posted in Destaque, Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

Vagos: Matrimónios em queda


Os números não enganam: a comunidade católica de S. Tiago de Vagos casa [pela igreja] cada vez menos. Em 2014 realizaram-se apenas 26 matrimónios, quando em 2007 tinham dado o “nó” 59 casais. Trata-se do registo mais baixo da última década.
Nada que aflija o pároco de Vagos, Pe. Manuel Carvalhais, para quem, no cômputo geral do último quinquénio, “somos uma igreja em crescimento” face à entrada, pelo batismo, de 221 novos cristãos.
Recorde-se que, já em 2006, a paróquia admitia, em relatório entregue a D. António Marcelino, então bispo da diocese, que a perda de regalias (sociais e fiscais) estava a “matar” o casamento católico. A alegada “facilidade” com que os cônjuges estavam a divorciar-se, e a entrega “quase cega” dos filhos às instituições educativas, eram dois dos aspetos negativos que constavam do referido documento.
O relatório, produzido no final da visita pastoral, por um grupo restrito de católicos vaguenses, advertia, por outro lado, que a opção “união de facto”, tomada por muitos jovens, tinha a ver com a alegada “ausência de fé esclarecida”, para além das dúvidas quanto a um amor “coeso e fiel”.
Eduardo Jaques

Posted in Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

VAGOS: Ação de formação no CER


Sexta-feira, dia 6 de fevereiro, será realizada em Vagos, no auditório do Centro de Educação e Recreio de Vagos (CER) uma Acão de formação intitulada “Educação para Valores e Ética pelo Desporto”, que vai contar com a presença da formadora Gabriela Castro Silva, do Plano Nacional de Ética no Desporto.
Esta ação de formação é de um interesse fundamental, com especial incidência nas Associações Desportivas que abrangem a prática desportiva de crianças e jovens em todos os concelhos.
Um evento aberto a todas as Entidades e Associações concelhias, sendo que a temática é transversal e abrange não só a ética desportiva, mas os valores éticos que devem estar presentes na formação de todas as crianças e jovens.
Para além das crianças e jovens a temática também está direcionada a dirigentes desportivos, treinadores (ação acreditada), pais e encarregados de educação e árbitros.
De realçar a creditação existente para todos os treinadores e profissionais da área do desporto que participem nesta ação de formação. Os créditos fornecidos contribuem para a renovação da cédula profissional de treinador e técnicos de exercício físico.
A participação tem o custo de 7,50 euros.

Posted in Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

Vagos: EPADRV promove seminário “A Valorização do Vigor Híbrido na Produção Leiteira”


No próximo dia 15 de janeiro (quinta-feira), entre as 15h30 e as 17h30, no auditório da EPADRV, decorrerá um seminário sobre Procross em bovinos- uma nova tendência genética-, cujo tema é “A valorização do Vigor Híbrido na produção leiteira”, aberto à comunidade escolar e exterior.

Neste seminário pretende-se dar a conhecer uma nova técnica de cruzamentos entre 3 raças de vacas e para isso, a EPADRV contará com a presença de especialistas qualificados na área, entre eles Carlos Serra, criador de bovinos, e de produtores de leite de vários pontos do país.

À semelhança de outras iniciativas, como o 1.º Curso Certificado “Tratamentos podais e correção de cascos”, realizado no passado dia 22 de novembro e destinado a alunos do 12.º ano do Curso Técnico de Produção Agrária, este seminário visa alargar o horizonte formativo dos alunos do Curso de Produção agrária, constituindo uma formação complementar ao Plano Curricular do Curso.

Posted in Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

Vagos: Paulo Gravato continua provedor na Misericórdia


É seguramente o dirigente mais antigo, que preside aos destinos de uma IPSS no concelho de Vagos. António Paulo Gravato, ex-bancário, voltou a ser eleito, em lista única, provedor da Santa Casa da Misericórdia, cargo que desempenha desde 1986.
Vai cumprir novo mandato (2015/2018), depois de há quatro anos ver aprovada uma moção, que lhe garantia “experiência acumulada” no desempenho de funções, para enfrentar as dificuldades, obstáculos e desafios que o futuro próximo reservava à instituição.
Com Paulo Gravato, foram também reeleitos os mesários João Manuel Domingues, Maria Céu Matos, Manuel Cruz, Dorinda Esmerada Neves e Horácio Dionísio Mateus. O único estreante é Eduardo Manuel Cipriano, sendo suplentes José Manuel Franco e Maria Celeste Almeida.
Na Assembleia-geral, a que preside o Pe. Manuel Carvalhais, Basílio Oliveira, Alexandre Ferreira e Valter Ribeiro e António Machado (suplente) fazem parte do elenco.
Quanto ao Definitório (Conselho Fiscal), a remodelação operada trouxe Óscar Oliveira Gaspar à presidência deste órgão. Com o antigo secretário de Estado da Saúde, que presidiu à cerimónia dos 50 anos da instituição, estão João Mário Fernandes e Carlos Guilhermo Pereira. Amândio Carvalhais é suplente.
EJ

Posted in Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

Vagos: Décadas para benzer a Igreja Matriz


Aberta ao culto no final da década de 70 [do século passado], a igreja de Vagos esperou quase 40 anos para ser benzida e obter a sagração do altar. A cerimónia já tem data marcada, 26 de julho, dia do padroeiro, S. Tiago, e conta com a presença do bispo da diocese, D. António Moiteiro.
A cerimónia esteve agendada para 1976, por altura da solenidade do Espírito Santo (Festas da Vila), mas os trabalhos de reconstrução do novo templo, que se arrastavam desde os primeiros meses de 1972, estavam atrasados. Alegadamente devido a “arreliadoras e numerosas paralisações”, atribuídas a “numerosas circunstâncias e ainda a dificuldades de mão-de-obra”, referia, então, o Pe. Manuel Carvalho e Silva, que pretendia uma inauguração “simples, como simples e silencioso foi o processo de construção”.
Anos mais tarde, já em 1985, face à existência de mais obras, seria o próprio Conselho Económico, alegadamente à revelia do pároco, a preconizar a necessidade da nova igreja ser inaugurada. Em comunicado (não assinado), a referida estrutura considerava que o templo deveria ser acabado, “principalmente no que toca à comodidade, acolhimento e embelezamento interno”.
Por decreto do bispo de Aveiro, o Pe. Carvalho e Silva cessaria funções em setembro desse mesmo ano, sendo transferido para Oiã. E seria no tempo do seu sucessor, Pe. Manuel Teixeira das Neves, que parte do sonho da comunidade católica vaguense se haveria de concretizar.
Aproveitando a sua presença em Vagos, para celebrar a eucaristia e o sacramento da confirmação, foi o próprio bispo, D. António Marcelino a dar por inaugurada a referida igreja, adiantando que a dedicação da mesma “se faria em cerimónia condizente, em data a escolher”. Por sugestão do pároco, publicada em artigo de opinião no mensário “Terras de Vagos”, propriedade da paróquia, a data mais apropriada “seria a 25 de Julho de 1987, sábado, festa de S. Tiago, padroeiro da freguesia”.

Arrepio das normas. O que acabaria por não acontecer, ao arrepio das normas promulgadas no Código de Direito Canónico de 1983, as quais determinam que “a nova igreja seja dedicada ou benzida quanto antes”, considera agora o atual pároco de Vagos, Pe. Manuel Carvalhais.
A cerimónia está, finalmente, marcada para 26 de julho, e conta com a presença do bispo de Aveiro. D. António Moiteiro estará em Vagos nessa data, para presidir aos ritos de bênção e sagração da igreja matriz, que curiosamente ainda continua em obras.
A última empreitada, já concluída, diz respeito à aplicação de seis portas de freijó brasileiro, fixação do crucifixo do Senhor da Agonia, e mudança da peanha que suporta a imagem do padroeiro, S. Tiago (século XVI). Para breve vai avançar o tratamento do soalho do coro, pintura de portas exteriores e melhoramento da iluminação elétrica.

Eduardo Jaques/Colaborador

Posted in Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

Vagos: Misericórdia continua a sonhar aos 55 anos


No balanço de 2014, destaque para a Santa Casa da Misericórdia, que comemorou em dezembro o 55º aniversário. A IPSS de Vagos existe desde 1959. Continua a trabalhar, fruto das parcerias/protocolos que mantém, com organismos estatais, em prol da franja social que revela maiores fragilidades sócio económicas. Instituição de mérito foi, durante mais de mais de meio século, visitada por alguns governantes, incluindo um primeiro-ministro, como se dá conta no trabalho de pesquisa, em jeito de memória, que a seguir reproduzimos.
Em setembro de 1980, por exemplo, coube ao então secretário de Estado da Segurança Social, Bagão Félix, inaugurar o Infantário. Alda Santos Victor era presidente da câmara, João Carlos Regalado o provedor, sendo a nova infraestrura benzida pelo arciprestre de Vagos, padre Carvalho e Silva. O governante admitia, nessa altura, que o país estava “longe de possuir um mínimo de proteção, no campo social”. E lembrava que a justiça social não devia ser “mensagem panfleária”, uma vez que “se existe é para se praticar, para se cumprir”.
Anos mais tarde, em 1984, seria a vez de Leonor Beleza, titular da mesma pasta, inaugurar o Centro de Dia para a Terceira Idade. Foi benzido pelo bispo de Aveiro, D. Manuel Almeida Trindade, na presença, entre outros, de Gilberto Madail, governador civil, e João Rocha, presidente da câmara.
Em pleno cavaquismo, Silva Peneda, ministro do Emprego e Segurança Social, inaugurou, em Fevereiro de 1991, o Lar da Terceira Idade. O governante seria generoso, depois de ouvir o rol de carências, enunciadas pelo provedor, Paulo Gravato. No seu discurso, depois de lembrar que o apoio do governo é “firme, mas discreto”, anunciou a atribuição de um subsídio extraordinário, no valor de cinco mil contos, para a obra que acabara de inaugurar.
Em 2005, Vagos fez parte do roteiro do ministro da Segurança Social, Fernando Negrão, que em janeiro aqui inaugurou duas novas valências, Centro de Medicina e Reabilitação Física e Lar para Jovens em Risco. Na presença do então bispo de Aveiro, D. António Marcelino, o ministro destacou o papel das misericórdias, em particular na área da saúde, tendo-se mostrado surpreendido pela “coragem desta instituição querer instalar aqui valências deste nível”.
A iniciativa “Governo Presente” trouxe José Sócrates à Santa Casa da Misericórdia, em fevereiro de 2009. O antigo primeiro-ministro vinha observar, no ano em que a IPSS de Vagos completava meio século, as duas mais recentes valências – a Creche e o Centro de Acolhimento Temporário (CAT) para jovens raparigas em risco. Deixou uma palavra, de coragem: “Estamos muito orgulhosos de vós e do vosso trabalho, que queremos apresentar com um bom exemplo para o país”. E outra, de esperança: “Com este trabalho diário, em prol da solidariedade humana, do companheirismo e entreajuda, é que a coesão do país se torna uma realidade”.
Ainda em 2009, mas em dezembro, coube ao vaguense Óscar Gaspar, então secretário de Estado da Saúde, presidir à cerimónia festiva dos 50 anos da instituição. Descerrou a placa comemorativa e confirmou a aprovação da candidatura para a construção de uma unidade de cuidados continuados de média duração e manutenção, no âmbito da segunda fase do Programa Modelar. A referida infra-estrutura, com um custo de 1,5 milhões de euros, receberia a comparticipação de 750 mil euros do Estado. Infelizmente, a obra nunca passou do papel.
Eduardo Jaques
Colaborador

Posted in Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

Vagos: Trabalho inspirado no evangelho é “mais-valia para município”


“Que o bem que se faz, seja cada vez mais e melhor”, foi a mensagem, deixada pelo bispo de Aveiro, que marcou presença no arranque das comemorações do 55.º aniversário da Santa Casa da Misericórdia de Vagos.
D. António Moiteiro, que pela primeira vez desde que tomou posse, celebrou missa na igreja matriz de Vagos, reconheceu que fazer o bem ao próximo será, na perspetiva cristã, fazê-lo sempre “na dimensão das obras da misericórdia”.
“É aqui que está a marca de Deus”, referiu, destacando o trabalho, que disse ser “inspirado no Evangelho”, que vem sendo desenvolvido pela misericórdia local. “Uma mais-valia para o município de Vagos, e para as pessoas que nele vivem”, confirmou o bispo de Aveiro, fazendo votos para que aquela instituição continue a fazer “cada vez mais e melhor”.

Eduardo Jaques/Colaborador

Reportagem completa na edição de 23/12/2014 do JB

Posted in Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

Santa Casa da Misericórdia de Vagos assinala 55 anos de existência


O bispo de Aveiro, D. António Moiteiro, preside hoje, na igreja matriz de Vagos, pelas 18h30, à celebração da missa de ação de graças e sufrágio pelos Irmãos, clientes, colaboradores e benfeitores da Santa Casa da Misericórdia, que assinala 55 anos de existência.
Das comemorações, que se estendem ao longo do próximo ano, faz parte o lançamento de um livro para crianças, da responsabilidade do escritor Paulo Frade.
De acordo com a mesa administrativa daquela IPSS, a referida publicação resulta da recolha de estórias, contadas por utentes da estrutura residencial para pessoas idosas (ERPI). Os textos serão ilustrados por desenhos de crianças, que frequentaram o pré-escolar da Misericórdia no ano letivo passado.
Paralelamente, serão lançadas ações, de caráter cultural e lúdico, com destaque para uma mostra de pintura envolvendo artistas vaguenses. Dedicada às catorze obras de misericórdia, com a exposição será, ainda, publicado um livro sobre o mesmo tema.
Instituição de mérito, a Santa Casa da Misericórdia de Vagos foi fundada em 1959, por despacho do então ministro da saúde e da assistência, Henrique Martins Carvalho, publicado no Diário do Governo nº 303, 3ª série, de dezembro do mesmo ano.

Boa resposta. Com múltiplas valências (a primeira, infantário-creche, foi inaugurada em 1980, por Bagão Félix, secretário de Estado da Segurança Social), a IPSS de Vagos continua a dar excelente resposta às necessidades emergentes, através de acordos de cooperação com a Segurança Social.
Falamos do serviço de apoio domiciliário, estrutura residencial para idosos, centro de acolhimento temporário, creche e estabelecimento pré-escolar. Mas, também, da participação no núcleo local de inserção, fundo europeu de auxílio a carenciados e desenvolvimento da cantina social, entre outros.
Destaque, ainda, para a Rede Local de Intervenção Social (RLIS), na qual a instituição vaguense foi selecionada para desenvolver, a nível concelhio, um dos doze projetos-piloto, a realizar no continente.
O projeto, a desenvolver até junho de 2015, será liderado por equipa multidisciplinar, e configura um serviço de atendimento e acompanhamento social a famílias, em situação de vulnerabilidade, de exclusão ou emergência social.

Eduardo Jaques
Colaborador

Posted in Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

SFImobiliaria

Pergunta da semana

Acredita na Astrologia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com