Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "teatro"

Anadia: Teatro sénior em palco


A Câmara Municipal de Anadia, juntamente com o Centro Social, Cultural e Recreativo da Poutena; Centro Social e Cultural N.ª Sra. do Ó de Aguim; Centro Social, Recreativo e Cultural da Pedralva; Clube de Ancas e Centro Social, Cultural e Recreativo de Avelãs de Cima irá promover uma atividade inter-Institucional, designada “Em Palco – Teatral Sénior”, no próximo dia 22 de maio, inserida no Plano de Ação da Rede Social de Anadia.
Esta atividade tem como objetivo principal fomentar a participação em palco de idosos autónomos e dependentes, bem como o intercâmbio entre as instituições sociais do concelho.
Durante os últimos meses, as instituições sociais do concelho trabalharam em rede a preparação de uma peça de teatro comum, com os seus clientes, num processo dinâmico e interativo.
Esta é uma atividade inovadora no concelho de Anadia, e o programa será constituído por quatro peças de teatro dinamizadas por seniores das instituições sociais do concelho e por duas atuações de Dança, do grupo “Corpos com Ritmo”, da APPACDM de Anadia.
No Cineteatro de Anadia estarão presentes todas as instituições sociais com resposta social na área da terceira idade e como convidados alunos do Grupo de Teatro, da Universidade Sénior da Curia.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Câmara de Águeda leva 3000 Crianças ao Teatro


Nos dias 22, 23, 24 e 26 de abril decorre a “Semana do Teatro”, uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Águeda, em que o Teatro Com.Tigo da Com.Cenas Associação Cultural, apresenta no Cine-Teatro S. Pedro a peça para a infância “Do Cimo desse Telhado” de António Manuel Couto Viana. No dia 28 de abril a exibição destina-se ao público em geral.

A peça estará em cena diariamente, tendo como público-alvo todas as crianças dos Jardins-de-Infância da rede pública, escolas do 1.º ciclo do Ensino Básico, e Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do Concelho de Águeda.

“Do Cimo desse Telhado” de António Manuel Couto Viana conta a estória de um gato e um canário, ambos pertencentes a donos que muito os estimam, encontram-se no cimo de um telhado. O gato preferia caçar a ser alimentado pelo seu dono e o canário preferia voar e cantar em liberdade do que ser super-protegido e acarinhado pelo seu. É claro que o gato vai tentar apanhar o canário e quando está prestes a consegui-lo eis que surge o limpa-chaminés que restabelece a paz e lhes faz sentir os erros em que ambos incorreram.

A cadeia alimentar a servir de metáfora da hierarquia social. O aparecimento de uma personagem equidistante, qual juiz, resolve o conflito e aplica conceitos morais.

A direção e encenação são de Guilherme Guerra, que conta com os atores Marisa Ferreira, Nuno Candeias, e Paulo Brites.

Oportunidade para as Famílias
Para que as famílias não percam a oportunidade de assistir à peça, além das apresentações para as escolas e IPSS, “Do Cimo desse Telhado” estará ainda em cena para o público em geral nos domingo 28 de abril, às 15h30, no Cine-teatro S. Pedro, em Águeda. As entradas têm o custo de €3 para maiores de 10 anos (inclusive), sendo gratuito para os mais novos e os bilhetes estarão à venda no próprio dia no Cine-teatro S. Pedro.

Esta calendarização cultural é disponibilizada no âmbito do protocolo entre a Câmara Municipal de Águeda e a Com.Cenas – Associação Cultural com vista à dinamização de diversos espetáculos teatrais de qualidade dirigidos a diferentes públicos e com vista à criação de hábitos de fruição cultural.

Posted in Águeda, Por Terras da Bairrada Comentários

Torneio d’Armas a Cavalo no dia 10 em S. Bernardo


A Companhia de Teatro Viv’Arte – Laboratório de Recriação Histórica vai concretizar em São Bernardo, Aveiro, junto ao antigo centro de saúde mental, no próximo domingo, dia 10 de março, pelas 16h30, um grandioso Torneio Medieval D’Armas a Cavalo.

Este é um evento realizado em parceria pela Companhia de Teatro Viv’Arte e a Escola Profissional de Aveiro. A entrada do espetáculo é de 4,50 euros e gratuita para crianças até aos 12 anos.

A Companhia de Teatro Viv’Arte é uma Instituição Cultural de Utilidade Publica com Estatuto de Superior Interesse Cultural, uma das maiores e mais prestigiadas companhias de teatro da Europa, realizando cerca de 200 eventos anuais.

Posted in Aveiro, Região Comentários

UDCRS fecha programação dos próximos quatro meses com três comédias imperdíveis


A União Desportiva Cultural e Recreativa do Silveiro (UDCRS), com o apoio da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, mantém a oferta de teatro no concelho de Oliveira do Bairro no primeiro semestre de 2013 e fecha a programação para os próximos quatro meses com três espetáculos agendados até abril.

A 16 de fevereiro, o palco do Centro Cultural Élio Martins recebe a peça “A loja das lamparinas”, com João Didelet e Elsa Galvão. Nesta recolha e compilação de 22 contos de várias origens, Elsa Galvão e João Didelet brincam com as preocupações da humanidade nos últimos dez mil anos. Há questões filosóficas, religiosas, sociológicas. Uns contos são divertidos, outros não, mas são todos desconcertantes…

Em março, mês em que se assinala o Dia Mundial do Teatro, o concelho volta a receber Tozé Martinho, a 22 e 23 de março, com um elenco conceituado de atores na estreia da comédia “Agarra que é milionário”. Para além de Tozé Martinho, o elenco é composto por Carlos Areia, Patrícia Candoso, Marta Fernandes, Daniel Garcia e Rosa Areia.

A 27 de abril, vai passar pelo palco do Centro Cultural Élio Martins, mais um uma homenagem a Raúl Solnado, com um fantástico elenco onde constam José Raposo, Sara Barradas, Joel Branco, Joaquim Nicolau, Fátima Severino, Ricardo Raposo e Miguel Raposo, interpretando a comédia “Isto é que me dói”. Uma peça onde Raúl Solnado foi o protagonista em 1977.

O teatro continua a fazer parte da oferta de programação cultural do concelho, através da UDCRS, associação que tem mantido uma dinâmica de programação cultural regular há vários anos com o apoio do Município, tendo já também assumido que só promoverá mais um espetáculo em junho, até à abertura da Casa da Cultura, em Oliveira do Bairro, altura em que a realização deste tipo de espetáculos se deslocará certamente para este espaço privilegiado.

Para assistir aos quatro espetáculos de 2013, a associação vai manter o seu “Cartão Anual”, que tem um custo de 40 euros para sócios e 50 euros para não sócios e que pode, desde já, ser adquirido.
Mais informações podem ser obtidas, através do telefone 234 724 990.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada Comentários

História breve da lua é prenda para os mais novos


A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro vai oferecer, mais uma vez nesta quadra, como prenda de Natal a todas as crianças da rede pública e privada do ensino pré-escolar e 1.º ciclo do ensino básico, das unidades de Oiã e dos Centros de Atividades Ocupacionais sedeados no concelho, uma peça de teatro.

Este ano, a autarquia conta com a participação da Companhia de Teatro de Aveiro – Efémero – que, ao longo dos dias 10 e 11 de dezembro, apresenta no auditório de Oiã, seis sessões da peça “História Breve da Lua” para mais de 2000 crianças. Uma peça com texto de António Gedeão e encenação de Vítor Correia, cujo texto está incluído nas metas curriculares de Português do programa do ensino básico.

“História Breve da Lua” aborda algumas das curiosidades, histórias e lendas que envolvem a Lua e perduraram no tempo, “António Gedeão pega numa delas – a do camponês que devido às agruras da vida até ao Domingo trabalhava, apanhando lenha para sobreviver e que, por isso, foi condenado a fazer o mesmo para todo o sempre na superfície lunar – e, através de dois homens do povo e um astrónomo, põe em confronto a sabedoria popular com o conhecimento científico. Surgirá ainda uma outra personagem que pedirá ao mestre que lhe satisfaça a curiosidade sobre as fases da Lua. Esta última não é mais do que o aluno que questiona o professor e este encarregar-se-á de lho explicar, tal como muitas vezes Rómulo de Carvalho o terá feito aos seus alunos de forma simples, mas plena de poesia”, como se pode ler na sinopse da peça.

Além desta iniciativa, a programação de Natal da campanha “Natal brilhante”, promovida pela autarquia de 1 de dezembro a 5 de janeiro, envolve um conjunto de propostas, que vão de concertos a campanhas de solidariedade e que poderá ser consultada online no site da autarquia.

Posted in Bustos, Oiã, Oliveira do Bairro, Palhaça, Troviscal Comentários

Companhia de Teatro Viv’Arte na Figueira da Foz


A Companhia de Teatro Viv’arte, de Oliveira do Bairro, e uma das maiores e mais prestigiadas companhias de teatro da Europa, realizando cerca de 200 eventos anuais, vai desta feita concretizar na Figueira da Foz, um velho sonho de cavalaria, no dia 18 de agosto, na arena do Coliseu Figueirense.
A primeira sessão – “Torneio de Armas a Cavalo- Matiné para a Infância” terá lugar pelas 18h, especialmente para os petizes. Os cavaleiros defrontar-se-ão em combates corteses pela mão da gentil donzela Floripes do Castelo de Montemor-o-Velho.
Uma histórica mágica onde reis e rainhas, princesas, cavaleiros e bufões farão as delícias das crianças transportando-as numa viagem pelo tempo para um mundo de encantar!
Pelas 22h, no “Torneio de Armas a Cavalo”, bravos cavaleiros enfrentarão as mais estonteantes provas de destreza e perícia com combates e justas aguerridamente dinâmicas em que a coragem e a temeridade apurarão os vencedores.
O Coliseu Figueirense vai transformar-se numa verdadeira Liça Medieval em que o ambiente será rigorosamente da época e a música e muita animação completarão a festa.
Os bilhetes dos espetáculos podem ser independentemente adquiridos.
A entrada na Matinée para a Infância tem o preço de 3 euros.
O Bilhete para o Torneio de Armas a Cavalo, pelas 22h, custa 5 euros.
Bilhetes à venda: no próprio dia na bilheteira do evento, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C.C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu, C.C. MMM e C.C. Mundicenter;
INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada Comentários

Adama apresenta “A Máquina”


Tem lugar este sábado, dia 21 de abril, pelas 21h30, a apresentação da primeira peça de teatro organizada pela Adama – Associação dos Amigos de Malhapão (Oiã, Oliveira do Bairro).

Pode assistir à peça “A Máquina” no Anfiteatro da Junta de Freguesia de Oiã.

Reserve já o seu bilhete, na sede da Adama ou junto dos elementos da associação.

Posted in Oiã, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada Comentários

Grada: Noite de teatro para angariar fundos


“O morto em cuecas” é a peça que o TEMA – Teatro Espontâneo de Macinhata vai levar a cena, no próximo sábado, dia 14 de abril, pelas 21h30, a Grada.
O espetáculo terá lugar na sede da Associação Recreativa de Grada e está integrado no Plano de Atividades para o ano 2012.
De acordo com a direção da Associação Recreativa de Grada, este primeiro espetáculo integrado nas “Noites e Teatro” visa a angariação de fundos a favor da Associação de Grada.
Assim, a população está convidada a assistir a esta comédia.
Entrada com donativo livre.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, V. Nova de Monsarros Comentários

Av. Cima: “Casa de Pais” foi sucesso em Carregal do Sal


O Centro Cultural de Carregal do Sal foi palco, no passado dia 26 de fevereiro, de uma representação teatral intitulada “Casa de Pais”, que esteve a cargo do Grupo Cultural Raízes Verde Pinho, do Centro Social de Avelãs de Cima. A peça, da autoria de Fernando Ventura, tem encenação de Alcindo Oliveira e trouxe a palco um drama que reflete o que se passa com algumas famílias na partilha das heranças, situação que, muitas vezes, leva a desentendimentos e zangas familiares.
A peça, em três atos, exemplarmente interpretada pelos atores de Avelãs de Cima, despertou várias emoções na plateira: lágrimas, tristeza, alegria e algumas gargalhadas apoderaram-se de todos os que assistiram ao espetáculo, uma verdadeira boa lição de vida.
A JB, Rosa Tomás, da direção do Centro Social de Avelãs de Cima e vereadora da Cultura da Câmara de Anadia não deixou de destacar o facto de se tratar de “um grupo amador do teatro, mas muito motivado”, que não deixam cair os seus créditos em mãos alheias, já que as suas representações arrancam do público calorosos aplausos. O espetáculo, que teve uma duração aproximada de duas horas, surgiu na sequência de um convite da Câmara de Carregal do Sal e fez parte da programação cultural do mês de fevereiro do novo Centro Cultural. “Esta foi uma forma de partilhar os talentos da nossa terra com outro município”, concluiu. A próxima actuação será em V.N. Monsarros, em data a anunciar.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Daniel Tércio nomeado consultor artístico do Teatro Aveirense


A empresa municipal Teatro Municipal de Aveiro – TEMA nomeou Daniel Tércio como consultor Artístico do Teatro Aveirense, a principal sala de espectáculos do concelho, que está sem direcção artística há quase um ano.

A nomeação foi comunicada ao executivo camarário, liderado pela coligação PSD/CDS-PP, durante a última reunião da autarquia.

Segundo uma nota da Câmara, Daniel Tércio será responsável pela “orientação programática do conjunto de espectáculos do Teatro Aveirense”, que está sem direcção artística desde Novembro passado, após a demissão de Pedro Jordão.

Na hora da saída, Pedro Jordão denunciou a “falta de condições para o exercício das funções” e acusou a câmara de Aveiro de “não cumprir com o contrato-programa de financiamento do equipamento”.

Em declarações à Lusa, a vereadora da Cultura, Maria da Luz Nolasco, admitiu que “o anterior modelo não resultou”, pelo que decidiram apostar na criação de “uma nova figura com uma fusão de serviços”.

“A vinda deste consultor é muito importante para nós, porque ele vai ajudar a reestruturar o sector cultural”, realçou Luz Nolasco, acrescentando que uma das medidas a desenvolver será “uma fusão ao nível dos recursos humanos”.

Segundo a vereadora, os serviços culturais, que actualmente estão localizados na Casa da Cultura vão passar a partilhar um espaço no Teatro Aveirense, com a equipa responsável por aquela sala de espectáculos.

“Com isso teremos maior rentabilidade das acções e uma maior integração e articulação daquilo que é a dinâmica cultural do município”, adiantou Luz Nolasco.

A vereadora assumiu ainda ter “uma grande expectativa” em trabalhar com Daniel Tércio, acrescentando que espera que o consultor consiga, através da sua rede de contactos nacionais e internacionais, “criar maiores fluxos de públicos para aumentar as receitas de bilheteira”.

Além da programação do Teatro Aveirense, Daniel Tércio será também responsável pela programação de outros equipamentos que complementarmente acolhem eventos culturais e artísticos na cidade, tais como, o Centro Cultural e de Congressos de Aveiro e auditórios municipais.

Daniel Tércio irá assumir uma presença sistemática e regular a partir de Janeiro de 2012 “em dias a definir e com a flexibilidade que o cargo exigir”, segundo a autarquia.

Doutorado em Motricidade Humana na especialidade de Dança, pela Faculdade de Motricidade Humana da Universidade Técnica de Lisboa, onde é actualmente professor associado, Daniel Tércio tem vários artigos publicados em Portugal e no estrangeiro.

É autor de obras de ficção e tem participado em projectos performativos e de formação artística, numa perspectiva transdisciplinar.

Posted in Aveiro, Região Comentários

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com