Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "vinhos"

Espaço Bairrada promove provas de vinho Bairrada para visitantes


O Espaço Bairrada, no edifício da estação dos caminhos-de-ferro da Curia, atualmente sede da Rota da Bairrada, iniciou uma ação de promoção dos vinhos Bairrada, oferecendo aos visitantes e turistas, provas de vinhos da Região. Diariamente, e em sistema de rotatividade quinzenal, é possível, para quem visita aquele espaço, degustar alguns dos vinhos brancos, tintos e espumantes da Região da Bairrada, gratuitamente.

 

Em prova de 15 a 27 de setembro

Espumante QMF Branco Bruto 2010 (Maria Gomes, Bical, Baga, Arinto e Chardonnay), Quinta da Mata Fidalga

Espumante Primavera Baga Bairrada Bruto 2012, (Baga), Caves Primavera

Vinho Branco Entre II Santos 2012 (Sauvignon Blanc e Bical), Campolargo

Vinho Branco São Domingos 2013 (Bical e Maria Gomes), Caves São Domingos

Vinho Tinto Ortigão 2010 (Baga e Touriga Nacional), Quinta do Ortigão

Vinho Tinto Luis Pato Baga – Touriga Nacional 2010 (Baga e Touriga Nacional), Luis Pato

 

Horário das provas

De terça-feira a sábado: 10h às 13h e das 14h30 às 18h30

Domingo: 10h às 13 e das 15h às 18h30

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da Bairrada, Tamengos Comentários

Vinhos Bairrada: Confraria dos Enófilos premeia vinhos de excelência


O vinho branco, da Quinta do Encontro arrecadou a Grande Medalha de Ouro no 34.º concurso “Os melhores vinhos da Bairrada – colheita 2013”, promovido pela Confraria dos Enófilos da Bairrada.
Neste já tradicional concurso levado a cabo anualmente pelos Enófilos da Bairrada arrecadaram ainda medalhas de ouro um vinho branco das Caves Primavera, assim como dois vinhos tintos, um da Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias, S.A. e outro da Quinta do Encontro.
A cerimónia de entrega de prémios do 34.º concurso “Os melhores vinhos da Bairrada – colheita 2013”, realiza-se no próximo sábado, dia 21 de junho, pelas 12h30, nas Caves da Primavera, em Aguada de Baixo, Águeda.
Premiados:
Grande Medalha de Ouro
Vinho Branco – Quinta do Encontro, Soc. Vitivinícola S.A.
Vinhos Brancos
Medalha de Ouro: Caves Primavera, Lda.
Medalhas de Prata: Quinta dos Abibes; Caves São Domingos, S.A.; Adega de Cantanhede.
Vinhos Rosados
Medalhas de Prata: Quinta da Mata Fidalga, Lda.; Aveleda, S.A.; Rama & Selas, Lda.
Vinhos Tintos
Medalha de Ouro: -Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias, S.A. e Quinta do Encontro, Sociedade Vitivinícola ,S.A.
Medalhas de Prata: Caves S. João; Aveleda, S.A. e Caves São Domingos, S.A.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Anadia: Curso de prova de vinhos exclusivo para mulheres


Integrado na Feira da Vinha e do Vinho de Anadia, a DRAPCentro organiza novamente um curso de Provas de Vinhos, exclusivamente para público feminino.
O curso decorre das 10h às 12h30 de sábado, dia 28 de junho, na Sala de Provas da Estação Vitivinícola da Bairrada, em Anadia.
O programa e as inscrições ao público irão abrir online nos próximos dias em www.drapc.min-agricultura.pt.
A frequência é gratuita.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Vinhos: Bairrada em grande no concurso “Melhores Vinhos de Portugal 2014”


O espumante branco Quinta do Poço do Lobo Arinto Chardonnay 2009, das Caves São João, foi o único espumante nacional a arrecadar uma medalha de ouro no concurso Vinhos de Portugal 2014, promovido pela ViniPortugal.
No total foram atribuídas 280 medalhas: 3 Melhores do Ano, 22 Grandes Ouros, 45 Ouro e 213 Pratas, mas nenhuma de bronze devido às elevadas notas obtidas. Mas o certame não poderia ter decorrido de melhor forma para os produtores e empresas da Bairrada, região que, uma vez mais, a par com o Alentejo, Dão e Porto foi, este ano, eleita como uma das melhores.
O jantar de entrega de prémios teve lugar no passado dia 29 de maio, no Palácio da Bolsa, no Porto.
A JB, Célia Alves, das Caves São João, admitiu que “a região está de parabéns, pois foi a única do país que recebeu esta distinção nesta categoria, mas também a única que obteve medalhas de prata com outros espumantes”, concluindo que “todos estas distinções vêm comprovar, uma vez mais, que a região será a melhor região do país para a produção de vinhos espumantes de qualidade”.
Acrescente-se ainda que este concurso pretende, em primeira instância, estimular a produção de vinhos de qualidade, mas também projetar no plano internacional a imagem da marca Vinhos de Portugal e dos seus vinhos, bem como dar a conhecer aos consumidores os melhores vinhos produzidos com direito às diversas denominações de Origem (DOP) e Indicações Geográficas (IGP) e os vinhos de casta e/ou ano de colheita.

Premiados

Medalhas Grande Ouro
Marquês de Marialva – Confirmado Baga, Tinto 1991, Adega de Cantanhede
Foral de Cantanhede – Baga – Grande Reserva, Tinto 2009, Adega de Cantanhede
Encontro 1 , Branco 2012 Dão Sul Soc. Vitivinícola S.A.

Medalha de Ouro
Espumante Quinta do Poço do Lobo Arinto Chardonnay 2009, Caves São João
Encontro 1, Tinto 2009 Dão Sul Sociedade Vitivinícola S.A.
Quinta dos Abibes Sublime, Branco 2010, Quinta dos Abibes

Medalha de Prata
Marquês de Marialva Baga Reserva Tinto 2009, Adega de Cantanhede
Espumante Marquês de Marialva Bruto, Blanc des Blancs 2011, Adega de Cantanhede
Aliança Baga Tinto 2009, Aliança Vinhos de Portugal
Follies Touriga Nacional Tinto 2010, Avelada
Quinta do Valdoeiro Chardonnay, Branco 2012, Caves Messias
Colinas Tinto 2008, Idealdrinks SA
RS Rama & Selas Reserva Tinto 2011, J.Rama, Lda
Kompassus, Tinto 2011, Kompassus Vinhos, Lda
Espumante Kompassus Blanc de Noir, 2010
Vinha Formal, espumante branco 2009, Luís Pato
Quinta dos Abibes Reserva Tinto 2010, Quinta dos Abibes
Quinta dos Abibes Sublime Brute Nature, espumante branco 2009
Quinta dos Abibes Sublime, Tinto 2010, Quinta dos Abibes
Aliança Reserva, Tinto 2011, Aliança Vinhos de Portugal

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Caves São Domingos: Vinho branco “voa” com American Airlines


O vinho São Domingos Bairrada Branco 2013 foi selecionado para a carta de vinhos da American Airlines.
De acordo com Alexandrino Amorim, das Caves São Domingos, esta conquista foi possível graças a um importador: “surgiu a possibilidade de concorrer à seleção de vinhos para o serviço de catering dos aviões da American Airlines”.
A empresa anadiense, com sede em Ferreiros (Moita), concorreu com este vinho branco: “um vinho de qualidade e a um preço bastante convidativo, para clientes muito exigentes como é o universo de passageiros no mercado da aviação norte-americana”, salientou Alexandrino Amorim.
Uma aposta ganha, que deixa a empresa muito satisfeita. “Todos os dias surgem oportunidades de negócio, no entanto, as apostas surgem dos mais variados pontos do globo. Não é todos os dias que se conquista o gosto do cliente e da equipa que seleciona os vinhos”, avançou, fazendo referência ao facto de, há uma meia dúzia de anos, a empresa ter sido igualmente selecionada, curiosamente com o mesmo vinho branco Bairrada, para o serviço de vinhos das salas VIP da Lufthansa, localizadas nos sete aeroportos da Alemanha.
“Esta grande janela de oportunidade conquista-se com muito trabalho na vinha, qualidade e rigor na vinificação das nossas uvas, que resultando numa qualidade superior, veem ser reconhecida a sua notoriedade em qualquer mercado por muito exigente que ele seja”, diz, sublinhando que o vinho já saiu das caves, devendo estar disponível nos aviões a partir de junho ou julho. “O sucesso desta operação está nas mãos, ou melhor dizendo na boca do consumidor. Ele é que vai dizer se é para continuar ou não nas cartas de vinhos da American Airlines”, refere ainda o empresário. “Trata-se de um vinho branco que vai encontrar um consumidor muito diverso”.
A notícia, diz, foi recebida com grande satisfação nas Caves São Domingos. “Pensar no número de portugueses que viaja nesta companhia aérea e poderem contar com um vinho português na carta de vinhos, é motivo de orgulho e enorme satisfação”.
Este vinho branco, segundo a enóloga Susana Pinho, tem origem nos vinhedos de Vilarinho do Bairro e Ventosa do Bairro, constituído por Maria Gomes em 80% e o restante corte é de Bical, sem passagem por madeira. Muito perfumado no aroma, evidencia elegantes notas florais com sugestões cítricas, lembrando limão e laranja, e ainda um ligeiro mineral. Na boca, apresenta uma textura sedosa e uma acidez refrescante bem integrada, evidenciando harmonia e elegância.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Bairrada: Vinhos da região arrecadam cerca de duas dezenas de medalhas em concurso internacional


A região da Bairrada arrecadou perto de duas dezenas de medalhas na segunda tranche da 31.ª edição do International Wine Challenge (IWC). O concurso decorreu em Londres, no início do passado mês de abril.
Ouro, Prata, Bronze e também menções honrosas (“Commended”), distinguem os vinhos Bairrada a concurso.
O néctar Campolargo 2011, produzido por Manuel dos Santos Campolargo, conquistou uma medalha de Ouro, enquanto que três vinhos Bairrada foram premiados com Prata. São eles: Encontro Bruto 2010, da Quinta do Encontro; “Foral de Cantanhede” Baga Grande Reserva 2009, produzido pela Adega de Cantanhede e Quinta do Valdoeiro 2010, da Sociedade Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias.
Quanto às Medalhas de Bronze, os galardoados são: Aliança Bairrada Baga 2009, da Aliança Vinhos de Portugal; Ex-libris Super Reserva 2008, da Viteno – Consultadoria de Viticultura e Enologia; Frei João Reserva 2011, das Caves São João; Encontro Special Cuvée 2010, da Quinta do Encontro; Colinas Reserva 2008, da IdealDrinks; Marquês de Marialva – Confirmado Baga 1991, da Adega de Cantanhede.
Na categoria das menções honrosas/Commended, estão os vinhos da Adega Cooperativa de Cantanhede: Espumante Blanc de Blancs Marquês de Marialva Bruto 2011; Espumante Blanc de Noir Marquês de Marialva Baga Bruto 2011; Vinho Branco Marquês de Marialva – Arinto Reserva 2013; Vinho Tinto Marquês de Marialva Colheita Selecionada 2010, mas também os néctares da Quinta do Encontro: QdoE 2011; Qdoe Espumante Branco Bruto, NV; QdoE 2013 e QdoE Tinto Bruto, NV. No total, os vinhos portugueses arrecadaram 910 medalhas.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Região: “Os melhores vinhos da Bairrada” a concurso


Está aí a 34.ª edição do tradicional e prestigiado Concurso “Os Melhores Vinhos da Bairrada”, destinado a avaliar e promover os vinhos da Colheita de 2013. A realização deste concurso é da responsabilidade da Confraria dos Enófilos da Bairrada e conta com o apoio da Comissão Vitivinícola da Região Demarcada da Bairrada.
O concurso é aberto a todos os produtores inscritos na Comissão Vitivinícola. Deles se pretende uma adesão em número significativo, pois só assim se poderá fazer um juízo válido das potencialidades da Região e fazer a sua promoção.
Nos termos do Regulamento do Concurso, os concorrentes deverão entregar no Laboratório da Estação Vitivinícola da Bairrada, em Anadia, até ao dia 22 de maio, 4 garrafas de cada vinho a submeter a concurso. As amostras deverão estar identificadas com o nome do produtor, tipo de vinho e castas predominantes, número do depósito/lote e os litros certificados, e acompanhadas da correspondente ficha de inscrição preenchida, fotocópia da declaração de colheita e produção e do cheque ou do comprovativo da transferência.
No dia 23 de maio decorre a prova de pré-seleção, a ser efetuada por dois enólogos da Câmara de Provadores da CVB e o júri de seleção final, com a composição eclética definida no Regulamento do Concurso, reunirá no próximo dia 26 de maio, a partir das 9h30, na Sala de Provas da EVB. Os resultados serão comunicados e publicitados na comunicação social, devendo a cerimónia oficial de entrega dos prémios realizar-se no dia 21 de junho.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

ASAE apreende espumante de imitação e rótulos


A ASAE apreendeu, na semana passada, em Amoreira da Gândara, quase 1400 garrafas de vinho espumante por indícios de contrafação e imitação de marca, no valor total de 13.860 euros.
Segundo informa a autoridade de segurança alimentar, o material em causa foi encontrado na freguesia de Amoreira da Gândara.
A apreensão deve-se a indícios de contrafação, imitação e uso ilegal de marca, explica a mesma informação. Na altura, a ASAE detetou igualmente 19.963 rótulos supostamente falsos.
A Comissão Vitivinícola da Bairrada estima que por ano sejam produzidas cerca de um milhão de garrafas de espumante na Bairrada sem rótulo, o que é ilegal.

Posted in A. da Gândara, Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

“Os melhores do Ano 2013″: Revista de Vinhos premeia agentes da Bairrada


O produtor Luís Pato foi distinguido, na última sexta-feira, pela prestigiada Revista de Vinhos, em mais uma edição de “Os melhores do Ano 2013”, na categoria “Identidade e Caráter”.
A cerimónia de entrega dos prémios, que teve lugar em Lisboa, durante o jantar anual da Revista de Vinhos, realizado no Campo Pequeno, distinguiu ainda o restaurante da Mealhada “O Rei dos Leitões” com Restaurante do Ano, na categoria de cozinha tradicional.

Prémio Identidade e Caráter. De acordo com a Revista de Vinhos, “Luís Pato foi dos que mais ajudou a melhorar a imagem que o consumidor moderno tem da casta Baga e da Bairrada. Mas fez mais… muito mais. O seu nome é, como poucos outros, sinónimo de «identidade» e «carácter».

Prémio Restaurante do Ano (cozinha tradicional). Este galardão foi atribuído ao restaurante mealhadense “O Rei dos Leitões”.
De acordo com a Revista de Vinhos, “O Rei dos Leitões foi fundado em 1947 e, no panorama tantas vezes monocórdico da Mealhada, conseguiu a proeza de se reinventar, afirmando-se como um restaurante de referência, com uma oferta atual, baseada em produtos escolhidos a dedo. E o leitão? Belíssimo!”

Vinhos de excelência. Mas os prémios para a Bairrada não se ficaram por aqui.
Em matéria de vinhos, três tintos da região foram igualmente distinguidos por estarem entre “o melhor de Portugal”. São eles: Luís Pato Vinha Barrosa Monopólio Vinha Velha Regional Beiras tinto 2010; Principal Bairrada Grande Reserva tinto 2009, das Colinas de São Lourenço e o Quinta das Bágeiras Bairrada Garrafeira tinto 2009, do produtor Mário Sérgio Alves Nuno.
De acordo com explicação da Revista de Vinhos, ao longo de 2013, especialistas desta publicação provaram e avaliaram mais de dois mil vinhos, dos quais só os mais cotados, com a classificação mais alta, têm acesso ao grau de Prémio de Excelência. São apenas 30 vinhos, o que representa apenas 1% do total provado.
Designados pela Revista de Vinhos como “grandes embaixadores do vinho português”, neste restrito grupo encontram-se três vinhos da região o que, contas feitas, têm um peso significativo tendo em conta a quantidade de produtores, empresas e adegas existentes a nível nacional.
Acrescente-se ainda que estes prémios, que procuram escolher quem mais se destacou ao longo do ano anterior, evidencia que a região da Bairrada caminha a passos largos para o patamar da excelência, sendo uma das melhores regiões do país para a produção de vinhos de grande qualidade, mas também por ser detentora de um património gastronómico riquíssimo.
Prémios gratificantes não só para os premiados, mas também para a região.
Catarina Cerca

Produtor Luís Pato: “É uma honra ser reconhecido pela minha irreverência. Não sou um «yes men» e haver quem reconheça qualidade por uma pessoa que mantém sempre a verticalidade é uma honra muito grande. Quanto ao vinho premidado, é interessante porque se trata de um «baga», de vinhas com 90 anos.”

António Rodrigues, Restaurante O rei dos Leitões: “Trata-se de um prémio a nível nacional e como tal não estávamos à espera, embora se trabalhe sempre para isso. Foi fantástico, pois traz mais clientes e notoriedade para o restaurante, mas também para a região. Nós não dormimos à sombra do leitão, inovamos e temos muito mais oferta, abrangente e consensual.”

Produtor Mário Sério Nuno: ” A Bairrada começa a ter prémios, o que é ótimo. O nosso esforço enquanto produtores na Bairrada começa a surtir efeito. Este prémio confirma a regularidade da Quinta das Bágeiras ao longo dos anos. A distinção  é muito gratificante, até porque este vinho tem, nos últimos meses, somado várias distinções internacionais. A Revista de Vinhos escolheu bem.”

Carlos Lucas, Colinas de São Lourenço: “Tentamos fazer todos os dias vinhos de excelência, que agradem ao consumidor. Esta distinção é muito importante, dá-nos reconhecimento e responsabilidade para fazer sempre melhor. O consumidor está farto de vinhos banais. Estes prémios ajudam a Bairrada e a região tem de saber tirar partido de todas as suas potencialidades.”

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Dias Cardoso, dos vinhos à política e às artes


António Dias Cardoso foi o segundo convidado da iniciativa “Tem a Palavra”, promovida pela Junta de Freguesia de Oliveira do Bairro, em parceria com a ANOB.
Cerca de cinco dezenas de pessoas estiveram, durante hora e meia do seu serão de sexta-feira, no salão nobre da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, ouvindo atentamente o homem que, em dois mandatos distintos, presidiu aos trabalhos da Assembleia Municipal. Primeiro, ainda no tempo do saudoso autarca Alípio Sol, onde, confessou, havia mais “cordialidade e respeito”; já mais recentemente, foi também presidente daquele órgão com o atual autarca, Mário João Oliveira.
O que o levou a ser Engenheiro Agrónomo, a sua passagem por Angola e, já depois de 1975, o regresso a Portugal e concretamente o seu percurso e ascensão na Estação Vitivinícola da Bairrada foram outros assuntos abordados, nesta conversa conduzida pela diretora do Jornal da Bairrada, Oriana Pataco.
Não fugindo ao tema do associativismo, da música e das artes, falou-se também da infância, da família, da religião e da morte. Temas profundos a que Dias Cardoso nunca se esquivou a responder. Recorde-se que esta foi a 2.ª de 13 entrevistas, que serão depois compiladas em livro. A próxima é já no dia 7 de fevereiro: Armor Pires Mota entrevista Carlos Nunes, no Quartel dos Bombeiros de Oliveira do Bairro.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada Comentários

Pergunta da semana

Vai a algum festival de verão este ano?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com