Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "visto bancada"

Anadia vence em casa e Pampilhosa empata no terreno da Naval


Depois de dois empates fora de casa, o Anadia voltou ao seu habitat natural e derrotou o Cesarense.
A equipa de Luís Simões marcou dois golos nos primeiros 15 minutos. O Cesarense reduziu no início da segunda parte, equipa que jogou a última meia hora com nove jogadores. Com este triunfo, o Anadia não deixou fugir o 2.º lugar, mantendo os quatro pontos de diferença para o líder, o São João de Ver.
O Pampilhosa, que ainda não perdeu fora de casa, conseguiu um ponto na deslocação à Figueira da Foz, diante da Naval. A equipa ferroviária mantém o 2.º lugar, mas ficou mais distante do Benfica e Castelo Branco, que tem mais seis pontos. E tem logo a ameaça do Sertanense (menos um ponto), que tem um jogo em atraso.
2-Em mais um dérbi aveirense, o Anadia desloca-se ao terreno do Lusitânia de Lourosa. A equipa de Martelinho já não perde há quatro jogos, vem de uma goleada em Cinfães, está moralizada. O mesmo se aplica aos Trevos, que também não perdem há quatro jogos. Prevê-se um jogo extremamente equilibrado, cujo desfecho da partida poderá ser decidido nos detalhes. Apostamos na divisão dos pontos.
O Pampilhosa, que não se tem dado muito bem no seu terreno, fará a receção ao Nogueirense. A equipa beirã, capaz do melhor e do pior, foi derrotada em casa na última jornada pelo Sourense, penúltimo da classificação. O conjunto de Fernando Niza tem tudo para somar os três pontos, caso seja igual a si próprio, o que por vezes não tem acontecido em casa.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

OBSC ganha fôlego por uma vaga na 1.ª eliminatória da Taça de Portugal


A penúltima jornada confirmou o Grijó como campeão da Série C, depois de vencer em casa o Alba, aproveitando o empate caseiro do Salgueiros 08 frente ao Penalva do Castelo. Um título justo para a equipa do Grijó, pois na minha opinião foi de longe a melhor equipa do campeonato. Salgueiros 08 e Estarreja acompanham a formação nortenha na subida ao novo Campeonato Nacional de Seniores da próxima época.
O Oliveira do Bairro despediu-se com glória dos seus adeptos dos campeonatos nacionais, ao vencer em casa o Estarreja, naquela que foi uma das melhores exibições da época. A equipa de Óscar Mendes rubricou uma exibição bastante personalizada e, caso jogasse sempre assim, talvez a subida de divisão não fosse uma miragem.
Com esta vitória, os Falcões do Cértima deixaram o último lugar, por troca com o Penalva do Castelo, mantendo viva a esperança de ficar entre o quarto e o quinto lugar, que dá acesso à 1.ª eliminatória da Taça de Portugal do próximo ano. O Oliveira do Bairro parte para a última jornada com um ponto de vantagem do Penalva do Castelo, que fará a receção ao Grijó, e menos um do que o Alba, seu próximo adversário. O jogo realiza-se este sábado em Albergaria-a-Velha e, pelas contas atrás descritas, a equipa comandada por Óscar Mendes terá forçosamente de, pelo menos, conquistar um ponto para atingir a meta de na próxima época, nem que seja por um jogo, participar numa prova nacional, a Taça de Portugal. Jogo de tripla.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

OBSC mais perto da descida. Luís Simões renova com o Anadia


Num jogo fulcral contra o adversário direito na luta pelo terceiro lugar, o Oliveira do Bairro perdeu em casa com o Grijó (atual 3.º classificado) e ficou a nove pontos dessa posição. A equipa esteve em vantagem, teve hipótese de matar o jogo, mas erros individuais deitaram tudo a perder.
E quando faltam quatro jogos e 12 pontos em disputa, a tarefa do Oliveira do Bairro em chegar ao 3.º lugar parece uma miragem. Matematicamente ainda é possível, mas só um milagre é que salvará o Clube da descida aos distritais.
Domingo joga no terreno do Penalva do Castelo. Só a vitória interessa. E até pode nem chegar.
1-Terminada a época no Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Nacional – Zona Centro, os clubes começam já a planear a temporada 2013/2014. No Anadia, depois de alcançada a melhor classificação de sempre naquela competição (8.º), e com a continuidade da atual Direção por mais um mandato, o que traz sempre estabilidade a qualquer Clube, o presidente Vasco Oliveira e seus pares, decidiu pela continuidade do treinador Luís Simões. Um reconhecimento ao excelente trabalho efetuado pelo técnico bairradino, que chegou a liderar o campeonato na primeira volta.
Para a próxima época, no denominado Campeonato Nacional de Seniores, que terá oito séries com dez equipas cada, o objetivo passa pela manutenção. De momento, a prioridade passa por saber quem fica no plantel e os necessários reajustes em termos de reforços.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

OBSC entra com o pé esquerdo e fica mais longe da subida


Continua o calvário do Anadia nesta segunda volta. Os Trevos já não vencem há dez jogos e somaram a sexta derrota consecutiva no terreno do Tourizense. A equipa até se exibiu bem, desta vez até esteve em superioridade numérica, mas acabou por sofrer o golo na parte final da partida. Com mais este desaire, o Anadia caiu mais um lugar (9.º).
De vento em popa está o Pampilhosa. A equipa ferroviária já não perde há seis jornadas e, em casa, somou a terceira vitória consecutiva. Com o empate do Espinho na Tocha, o conjunto de Fernando Niza subiu ao 3.º lugar, a cinco pontos da liderança.
No arranque da fase de subida, o Oliveira do Bairro escorregou em Grijó e ficou mais longe do 3.º lugar, que pertence ao seu adversário, que ficou com uma vantagem de sete pontos.
Vida difícil para os bairradinos, que tiveram uma má abordagem ao jogo na segunda parte.
2-Jogos complicados. O Anadia recebe o Cinfães, adversário que luta pela subida e que perdeu a liderança na última jornada. Se os Trevos continuarem como até aqui, os pontos podem ser uma miragem.
O Pampilhosa joga em Espinho. As duas equipas dividem o 3.º lugar e prevê-se um jogo equilibrado e de resultado imprevisível.
Sem margem de erro, o Oliveira do Bairro, um mês depois, volta a jogar em casa com o Penalva do Castelo. As duas equipas entraram mal na ronda inaugural. Só a vitória interessa a ambos, com mais responsabilidade para os Falcões.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Anadia volta a perder e Pampilhosa sobe ao 4.º lugar


Quarta derrota consecutiva, oito jogos sem ganhar, é este o estado de alma do Anadia. Apetece dizer quem te viu e quem te vê, mas a verdade, pelo menos pela amostra do último encontro, no terreno do Sousense, o Anadia merecia melhor fortuna. Na realidade, a equipa teve o mesmo estofo daquilo que mostrou ao longo da primeira volta do campeonato. E isso ficou bem patente ao conseguir anular uma desvantagem de dois golos. Alcançado o empate, os Trevos claudicaram por culpa própria, sobretudo após a expulsão de Branco, em mais um jogo em que a equipa não acabou o jogo com onze jogadores.
Devagar devagarinho, quase sem se dar por ele, o Pampilhosa tem feito uma segunda volta sempre em crescendo. Em casa, os ferroviários venceram pela margem mínima o Operário e “roubaram” o 4.º lugar ao conjunto açoriano. A equipa de Fernando Niza já não perde há quatro jogos.
2-Numa jornada em que todos os olhos estarão centrados no Académico de Viseu – Cinfães, jogo que pode decidir muito de quem será o campeão da Zona Centro, o Anadia recebe o Bustelo, antepenúltimo classificado. Poderá ser este o adversário ideal para o regresso às vitórias? Tudo é possível.
O Pampilhosa desloca-se aos Açores para defrontar o Lusitânia. Não se adivinha um jogo fácil para os bairradinos. Os açorianos apenas perderam duas vezes. O empate (7) tem sido rei. Será que o jogo termina como começou?

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

OBSC garante lugar na fase de subida. Anadia volta a perder em casa


Depois da vitória na primeira jornada da segunda volta, em casa, diante do S. João de Ver, a 20 de janeiro, o Anadia não mais ganhou. Se na primeira volta fez 28 pontos, na segunda, com oito jornadas cumpridas, a equipa de Luís Simões apenas conquistou cinco, muito longe do fulgor inicial, onde liderou o campeonato durante várias jornadas.
Os Trevos voltaram a perder em casa (segunda derrota consecutiva) com o Benfica e Castelo Branco e desceram para o 7.º lugar.
O Pampilhosa trouxe um ponto do terreno do Cesarense. Desceu uma posição (5.º) e está a dois pontos da 3.ª posição.
2-Na próxima jornada, o Anadia desloca-se ao terreno do Sousense. Sem perder há quatro jogos e vinda de uma goleada em S. João de Ver, a equipa da Foz do Sousa está motivada, tem os mesmos pontos, e tudo fará para manter esta senda de bons resultados. O Anadia terá que contrariar o favoritismo local.
O Pampilhosa recebe o Operário, que tem mais um ponto. Não se perspetiva um jogo fácil para os ferroviários, mas o bom momento que a equipa atravessa confere-lhe elevado favoritismo.
3-Missão cumprida com muito custo. Assim se classifica o desempenho do Oliveira do Bairro, que conseguiu os três pontos diante do Penalva do Castelo e garantiu um lugar nos seis primeiros. Para a fase de subida, os bairradinos partem com 16 pontos, menos 10 do Estarreja e oito do Salgueiros. Do 3.º classificado (Grijó), que também pode dar a subida, quatro pontos.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Pampilhosa goleia Anadia e sobe ao 4.º lugar. OBSC em maus lençóis


Num dérbi que prometia e onde se jogava pelo 4.º lugar, o Pampilhosa goleou o seu vizinho Anadia e “roubou-lhe” essa posição. Os ferroviários, nos últimos oito jogos em casa, venceram sete, daí em grande parte a subida na tabela classificativa. O Anadia já não vence há seis jogos. A expulsão de Manuel Gama, ainda na primeira parte, e a grande eficácia do Pampilhosa no segundo tempo, acabam por justificar a mão cheia de golos.
Na casa de um dos líderes do campeonato, o Oliveira do Bairro perdeu com o Estarreja e complicou ainda mais as contas de chegar aos seis primeiros. Na primeira parte, a equipa não se encontrou e, na segunda, apesar do domínio no jogo, faltou-lhe poder de fogo.
2-Em casa, o Anadia não terá um obstáculo fácil. O Benfica e Castelo Branco tem os mesmos pontos, o empate (9) tem feito parte do seu vocabulário, mas os Trevos estão obrigados a ganhar para se reabilitarem de novo com os bons resultados. O Pampilhosa joga no reduto do Cesarense, adversário ávido de pontos. A maior tranquilidade dos ferroviários poderá jogar a seu favor.
3- Domingo joga-se a última jornada da 1.ª fase da 3.ª Divisão. O Oliveira do Bairro fará a receção ao Penalva do Castelo. Fora dos seis primeiros lugares (luta pela subida de divisão), com menos três pontos do seu adversário e dois do União de Lamas, o Oliveira do Bairro só tem um caminho: ganhar. Caso contrário, desce aos distritais. Uma autêntica final para os Falcões.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Anadia perde em casa. Pampilhosa perde vantagem e OBSC empata


Todas as equipas têm os seus ciclos negativos. Esta tese poderá aplicar-se ao Anadia que já não vence há cinco jornadas. Em casa, os Trevos da Bairrada foram surpreendidos no último minuto pelo Nogueirense. A derrota, a terceira em casa, acabou por colocar a equipa no 5.º lugar, uma posição privilegiada, pois ninguém ousava, a nove jornadas do final do campeonato, vê-la entre os primeiros classificados, depois das várias transformações que o plantel conheceu no início da temporada.
Em São João de Ver, num jogo em que se lutava pelo 4.º lugar, o Pampilhosa perdeu excelente oportunidade, pois esteve a ganhar por dois golos sem resposta e deixou-se empatar.
Na estreia de Óscar Mendes como treinador, o Oliveira do Bairro trouxe um ponto de Santa Maria de Lamas. Pelas incidências do jogo, a equipa bairradina merecia mais, pois teve mais oportunidades e outra atitude na abordagem ao jogo. Face ao empate do Penalva do Castelo em Albergaria-a-Velha, continua tudo na mesma.
2-Grande jogo em perspetiva, domingo, com o dérbi bairradino entre Pampilhosa e Anadia. Neste tipo de jogos não há vencedores antecipados. Os ferroviários têm estado muito bem em casa nos últimos jogos, com uma série de sete jogos e seis vitórias. Jogo para tripla.
O Oliveira do Bairro joga na casa de um dos líderes, o Estarreja, que perdeu, pela primeira vez, no seu reduto, na última jornada, frente ao Salgueiros 08. Jogo extremamente complicado para os Falcões.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Jornada nefasta para as equipas bairradinas


Previa-se um jogo complicado e assim aconteceu. O Anadia baqueou em Espinho e sofreu a derrota mais pesada da época. A equipa da Costa Verde já vencia ao intervalo por 3-o. Com este desaire, o Anadia não só perdeu a liderança, como desceu para o 3.º lugar. Quem recuperou a liderança foi o Cinfães, que em casa bateu o Pampilhosa, num jogo ganho pela equipa que melhor aproveitou as oportunidades de golo.
De mal a pior. O Oliveira do Bairro voltou a desiludir e acabou goleado no terreno do Sampedrense. Paulatinamente, a equipa vai revelando que não tem estofo para discutir a subida de divisão. Contra um adversário com menos recursos, os Falcões foram uma equipa sem soluções e com gritantes erros defensivos.
2-O Anadia volta a jogar fora, no terreno do Cesarense, adversário que está mal posicionado. É um jogo para somar pontos.
O Pampilhosa fará a receção ao Coimbrões. Em casa, nos últimos cinco jogos, os ferroviários foram letais para os adversários. Acreditamos que a senda das vitórias vai continuar.
O Oliveira do Bairro recebeu esta quarta-feira o Aguiar da Beira, jogo em atraso da 15.ª jornada. Face à posição do adversário (último classificado), era jogo para ganhar. Tal como o do próximo domingo, também em casa, contra o Parada, penúltimo da tabela classificativa. E tem sido com equipas de menor dimensão que a equipa tem claudicado. Será que consegue os seis pontos em disputa?

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Anadia recupera liderança. Pampilhosa volta a ganhar em casa


No arranque da segunda volta, o Anadia, em casa, regressou às vitórias, depois de duas derrotas consecutivas. O triunfo foi frente ao São João de Ver, num jogo onde prevaleceu a eficácia e a forma energética como a equipa defendeu após estar em vantagem.
Com a derrota do Cinfães no reduto do Nogueirense, o Anadia voltou ao topo da classificação.
E já lá vão cinco jogos a vencer. O Pampilhosa tem sido uma fortaleza no seu reduto. Levou a melhor sobre o Tourizense e colou-se ao São João de Ver no 5.º lugar.
Devido às más condições climatéricas, falta de energia elétrica e água, o jogo Oliveira do Bairro – Aguiar da Beira não se realizou.
A jornada ficou marcada pelos empates. Apenas o Grijó venceu.
2-O Anadia tem uma viagem curta mas complicada a Espinho. Apesar dos problemas financeiros que atravessa a formação da Costa Verde, com os jogadores a fazerem greve aos treinos, a equipa tem feito um campeonato bastante positivo, ocupando o 4.º lugar. Os Trevos podem tirar partido da instabilidade que assola a nau espinhense.
O Pampilhosa joga no terreno do Cinfães. Um jogo complicado para os ferroviários. Se a equipa mantiver o nível dos jogos em casa, acreditamos que discutirá palmo a palmo o jogo com o 2.º classificado.
O Oliveira do Bairro joga na casa do Sampedrense, adversário que luta por entrar nos seis primeiros lugares. Esse objetivo está longe. Os bairradinos têm boas hipóteses de terem sucesso, mas terão que ser iguais a si próprios.

Posted in Desporto, Visto da Bancada Comentários

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...