padre_calvao

Festa rija na igreja paroquial de Calvão, para assinalar os 50 anos de sacerdócio ministerial do Pe. José Arnaldo Simões, com a presença do bispo diocesano. Uma vida bem preenchida, feita de “generosidade, dinamismo e criatividade pastoral”, por quem para anunciar o Evangelho era “uma obrigação”, que foi testemunhada por mensageiros de algumas das 12 paróquias onde serviu, com destaque para o Pe. Costa Leite, pároco de Recardães, com quem o homenageado trabalhou na década de 70.
D. António Moiteiro, que na homilia a que presidiu, reconheceu que celebrar meio século de vocação é também “celebrar a história de uma vida e do chamamento de Deus”, partilhou com a assembleia duas legendas dos vários desenhos, oferecidos ao “Sr. Padre Zé” pelas crianças do centro social e paroquial de Calvão. Presentes na homenagem, também os presidentes da câmara, Silvério Regalado, e da junta de Freguesia, Luís Oliveira, deixaram elogios ao sacerdote.
Pe. José Arnaldo, que é natural de Lombomeão (Vagos), foi ordenado a 18 de dezembro de 1964, por D. Manuel de Almeida Trindade. Pároco de Calvão desde 1984, exerceu o seu ministério nas paróquias da Glória, sangalhos, Espinhel, S. João de Loure, Alquerubim, Requeixo, Eirol, Fonte de Angeão, Ponte de Vagos, Santo André e Gafanha da Boa Hora.
EJ