No jogo cabeça de cartaz da primeira jornada do Campeonato Safina, o Beira-Mar, em casa, levou a melhor sobre o Pampilhosa, numa partida que acabou por ser decidida nos minutos finais, com os aveirenses a marcarem o golo da vitória já em período de descontos.
Má estreia teve também o Famalicão, que em casa perdeu com o Vista Alegre, com a equipa de Ílhavo a repetir (3-1) o mesmo resultado da última jornada do apuramento de campeão da 2.ª Divisão.
2-O Famalicão desloca-se a Alvarenga e é bem capaz de recuperar os pontos perdidos do último jogo.
Já o Pampilhosa defronta em casa o Bustelo e tem boas hipóteses de somar a primeira vitória.
 
I DIVISÃO
 
1-O Oliveira do Bairro entrou com o pé direito no campeonato ao vencer em casa o Macieirense, num jogo que justificou os três pontos.
A mesma sorte não teve o Oiã, que cedeu no seu terreno diante do ACRD Mosteirô.
Também em casa, o Mealhada, que esteve a perder frente ao Mourisquense, acabou por dar a volta ao resultado e a deixar boas indicações.
O Fermentelos perdeu na parte final na casa do Valecambrense, enquanto o Calvão esteve em grande ao aplicar uma mão cheia de golos na casa do Carqueijo.
Já a Juve Force perdeu no reduto do São Vicente Pereira.
2-O Oliveira do Bairro joga em Paços de Brandão, equipa que vendeu cara a derrota com a EF Rui Dolores. Para quem é candidato tem que aproveitar todas as migalhas, num jogo em que terá de ser igual a si próprio.
O Oiã atua no reduto do Macieirense e tem fortes possibilidades de trazer pontos, tal como o Mealhada no terreno do Mosteirô FC.
O Fermentelos recebia o Mansores, mas, a pedido do seu adversário, o jogo foi adiado para 24 de dezembro, às 15h.
Ambos em casa, Mourisquense e Calvão, frente a Valecambrense e Milheiroense, respetivamente, são favoritos.
Na receção ao Carqueijo, a Juve Force deverá ser bem-sucedida.
 
II DIVISÃO
 
SÉRIE B. 1-No arranque do campeonato, nesta série, só há duas equipas da região, Valonguense e Macinhatense. O primeiro defronta fora a Ovarense B e tem boas hipóteses de ganhar. O segundo joga em casa com o Requeixo e tudo fará para entrar da melhor maneira.
SÉRIE C. 1-Numa série praticamente com pronúncia da Bairrada, o Bustos recebe o Luso ciente de que só a vitória lhe interessa para começar a cimentar o objetivo da subida.
O Águas Boas, que jogava em casa com o CRAC, viu o encontro adiado para 22 de outubro, às 15h, a pedido da equipa de Parada de Cima.
O Ribeira/Azenha recebe o Mamarrosa, num jogo que se prevê equilibrado, tal como o Santo André – Sosense, por se tratar de um dérbi concelhio.
O Antes, um dos grandes candidatos à subida, joga em casa com a LAAC e, com mais ou menores dificuldades, deverá vencer.
O Aguinense terá de limpar a má imagem do jogo da taça na receção à Juve Force B, o que é possível.
No dérbi anadiense, o Paredes do Bairro tudo fará para derrotar o VN Monsarros. As duas equipas entraram em falso na taça e agora pretenderão redimir-se.
 
TAÇA DO DISTRITO
 
1-O Antes foi o grande protagonista da 1.ª eliminatória, ao golear no terreno do Aguinense por 14-0.
O Águas Boas, em dia de festa da requalificação do campo de Santa Margarida, foi eliminado em casa pelo Beira-Vouga, sucedendo o mesmo ao Paredes do Bairro, que não teve atributos para o Valonguense.
Um golo foi suficiente para o Bustos eliminar o Ribeira/Azenha, acontecendo o mesmo com o Luso, que venceu fora o CRAC. O Mamarrosa também segue em frente, ao derrotar o VN Monsarros.
A LAAC, em casa, não deu a mínima hipótese ao Sosense, tal como o Santo André no Requeixo. Ambos venceram por 4-0.