No Campeonato Safina e no dérbi bairradino, o Pampilhosa, em clara subida de forma, derrotou em casa o Famalicão, que assim continua na zona de despromoção. Os ferroviários ganharam uma vantagem de dois golos na primeira parte que acabaria por ser decisiva.
2-O Famalicão recebe o Estarreja. Longe dos lugares de decisão, os visitantes têm argumentos para complicar a vida aos locais que não podem vacilar de novo sob pena de ver a concorrência fugir na tabela.
O Pampilhosa joga no terreno do Alba. O bom momento da equipa de Nuno Raquete confere-lhe a possibilidade de trazer pontos para casa.
 
I DIVISÃO
1-O Oliveira do Bairro soma e segue. Os Falcões até foram para o intervalo a perder, mas nos últimos quinze minutos viraram o resultado e golearam o Paços de Brandão.
Numa tarde de reviravoltas, o Oiã, em casa, diante do Macieirense, esteve a ganhar por 2-0, mas os últimos minutos foram cruciais, acabando por perder o jogo.
E o Fermentelos, em Mansores, também esteve em vantagem, mas permitiu que o adversário marcasse três golos, em mais um jogo sem ganhar dos Pimpões.
Em casa, o Mealhada também esteve a perder frente ao Mosteirô FC, porém os bairradinos conseguiram dar a volta e regressar às vitórias.
O Mourisquense não foi além de um nulo no terreno do Valecambrense e perdeu a oportunidade de se aproximar do terceiro lugar.
A Juve Force alcançou a primeira vitória fora, no Carqueijo, num jogo em que também conseguiu a reviravolta no marcador.
Na estreia de Luís Pinho, o Calvão, no reduto do Milheiroense, por pouco que não trouxe os três pontos, com os locais a empatarem no último minuto.
2-O Oliveira do Bairro visita Cucujães. Os locais, com a mudança de treinador, recuperaram na classificação e, em casa são uma equipa por vezes complicada. Só um melhor Falcão levará a melhor.
O Fermentelos, em casa, frente à EF Rui Dolores, tem tudo para regressar aos triunfos, todavia não pode menosprezar o adversário.
Tal como o Oiã em Paços de Brandão, num jogo que é crucial para as duas equipas na recuperação classificativa.
Alérgico quando joga em casa (só ganhou duas vezes), o Calvão recebe o Mealhada e está obrigado a vencer.
O Mourisquense, em casa, tem jogo de capital importância frente ao Mansores. Em caso de vitória sobe ao quarto lugar.
A Juve Force é favorita na receção ao Milheiroense. Já o Carqueijo tem vida difícil diante do segundo, o S. Vicente Pereira.
 
II DIVISÃO
SÉRIE B. 1-Ao perder no terreno do Pinheirense, o Macinhatense perdeu a possibilidade de subir ao primeiro lugar, tendo sido apanhado pelo Valonguense que venceu em casa o Gafanha B.
Na próxima ronda são favoritos. O Macinhatense, em casa, contra o Válega, e o Valonguense no reduto do Estarreja B.
SÉRIE C. 1-Tudo igual na frente da classificação. O Antes goleou fora o VN Monsarros, tal como o Bustos na casa da Juve Force B.
O Águas Boas foi ao terreno do Aguinense vencer por 7-1 e subiu ao terceiro lugar, com os mesmos pontos da LAAC (perdeu jogo na secretaria com o Mamarrosa) que ganhou em casa ao Santo André.
O Luso ganhou pela margem mínima ao Ribeira/Azenha; o Mamarrosa não foi além de um empate (0-0) em casa com o Sosense, o mesmo resultado verificado no CRAC – Paredes do Bairro.
2-Antes e Bustos, ambos em casa, não deverão ter problemas de maior frente a Juve Force B e CRAC, respetivamente.
No Águas Boas – Mamarrosa,  dérbi concelhio sempre de resultado imprevisível. A LAAC joga na casa do Sosense e terá de aplicar-se a fundo casa queira ser bem-sucedida.
O fator casa poderá ser determinante no Paredes do Bairro – Aguinense. Em dia de festa (inauguração do relvado), o VN Monsarros recebe o Azenha. No Santo André – Luso prevê-se um jogo equilibrado.