Não foi de todo positivo o regresso do Oliveira do Bairro ao convívio dos grandes do futebol distrital aveirense, ao empatar em casa a um golo com o Bustelo, com João Rui a evitar a derrota nos minutos finais. Mas mais vale um ponto do que nada, porém era importante entrar a ganhar.
Num confronto entre bairradinos, o Pampilhosa esteve muito perto de somar os três pontos na visita ao terreno do Mourisquense, mas os locais, no último minuto, conseguiram o empate a três golos.
Foi uma jornada bastante produtiva em matéria de golos, 22 no total.
2-Na segunda ronda, o Oliveira do Bairro volta a encontrar o Mansores, na casa deste, duas equipas que subiram de divisão. Os locais venceram fora na jornada inaugural, estão motivados, compete aos bairradinos puxar dos galões e mostrar que o empate caseiro foi um acidente de percurso.
O grande jogo da jornada é sem dúvida o Pampilhosa – Beira-Mar, duas equipas que apostam as fichas todas, sobretudo os beiramarenses, no regresso às competições nacionais. Ambas as equipas deixaram boas indicações na estreia no campeonato, daí se perspetivar um jogo renhido e de resultado imprevisível.
 
I DIVISÃO
1-A 1.ª Divisão também começou no passado fim de semana e não houve grandes surpresas de maior, com o fator casa a predominar em seis dos nove jogos.
O Oiã deslocou-se a Ponte de Vagos e a Juve Force venceu, já na parte final do desafio, mostrando que, jogar em casa, como aconteceu na época passada, continua a ser uma fortaleza para a equipa de António Luís.
No dérbi bairradino, o Mealhada levou a melhor sobre o Fermentelos, uma boa entrada para a equipa de Davide Dias.
O Antes esteve a ganhar em Cucujães com um golo do inevitável Roberto, mas os locais acabaram por dar a volta ao resultado (3-1).
O Famalicão também entrou no campeonato com o pé esquerdo ao perder no terreno do Beira-Vouga por 1-0.
2-Tratando-se de um dérbi, o Oiã – Mealhada centra as atenções. Pelos resultados da primeira jornada, acreditamos que as duas equipas se vão apresentar em campo com estados de espírito diferentes. Os detalhes poderão fazer toda a diferença.
O Fermentelos mede forças em casa com o Beira-Vouga e, à partida, não deverá deixar fugir a vitória.
O Famalicão recebe o Cucujães. A equipa bairradina ainda está em construção e é crível que isso possa pesar na hora de todas as decisões.
O Antes fará a receção ao São Vicente Pereira e não terá pela frente um adversário qualquer, pois os visitantes apostam na subida de divisão. Acreditamos que a equipa de José Rocha vai dar uma boa resposta e somar pontos no ano de estreia nesta divisão.
A Juve Force também vai defrontar um adversário, a ACRD Mosteirô, com aspirações na luta pela subida. Um jogo complicado para a equipa do concelho de Vagos.
 
TAÇA DO DISTRITO
1-Os clubes que vão competir na 2.ª Divisão entram em ação este fim de semana, não para o campeonato (começa dia 30 de setembro), mas para a 1.ª eliminatória da Taça do Distrito de Aveiro.
Na Zona Sul, como seria de imaginar, há alguns derbies interessantes. Desde logo, o Vaguense, de regresso ao futebol sénior, a receber o vizinho Calvão. A experiência calvonense deverá fazer a diferença.
O Bustos recebe o renovado CRAC, mas o fator casa poderá ditar leis, tal como na LAAC – Luso.
Também em casa, o Águas Boas defronta o Aguinense, num jogo que se prevê equilibrado, prevendo-se o mesmo no Sosense – Valonguense.
O Mamarrosa deixou boas indicações na pré-época e, frente ao Pessegueirense, é favorito, prevendo-se o mesmo ao Paredes do Bairro na receção ao Bom Sucesso, de regresso ao futebol sénior.
Num jogo entre duas equipas com muitas novidades, o Azenha recebe o Carqueijo, num jogo que pode cair para qualquer dos lados. O VN Monsarros joga em Rocas do Vouga; o Santo André, fora, com o Santiais, têm tudo para passar.