E à 4.ª jornada fez-se luz para o Oliveira do Bairro. Os Falcões, na deslocação a Fiães, conseguiram a primeira vitória e deixaram os lugares de descida. Três pontos importantes numa caminhada longa e que, decerto, irá trazer outra tranquilidade ao grupo de trabalho.
Em casa, o Pampilhosa cumpriu a sua obrigação e derrotou o Macieirense, única equipa que ainda não pontuou. Mas só chegou aos golos perto do final da partida.
Já o Mourisquense não foi capaz de neutralizar o Mansores na casa deste, que é a sensação da prova.
2-O Oliveira do Bairro volta a jogar fora, desta vez no reduto do Alba. Não terá pela frente facilidades, pois o seu adversário entrou muito bem no campeonato. Pontuar é possível se a equipa apresentar os mesmos níveis de Fiães.
O Pampilhosa é bem capaz de ser bem sucedido em Estarreja e, em casa, o Mourisquense terá um osso duro de roer frente ao São João de Ver, opositor que apostou na subida de divisão e que já veio à Bairrada vencer o Oliveira do Bairro.
 
I DIVISÃO
1-O destaque vai para as primeiras vitórias de Oiã e Antes. Ambos a jogar em casa, o primeiro derrotou o Beira-Vouga, enquanto os mealhadenses garantiram os três pontos no período de descontos frente ao Paços de Brandão.
A jogar fora, o Fermentelos empatou (razão de queixa da arbitragem) a um golo com a ACRD Mosteirô, o mesmo resultado verificado pela Juve Force no terreno do Canedo. O Mealhada também empatou fora (0-0), na casa do Valecambrense, líder do campeonato. Quem destoou foi o Famalicão, que perdeu em casa com a Ovarense (3-0).
2-Jogo grande em Fermentelos com a equipa da casa a receber o Valecambrense, líder isolado. Jogo complicado para os Pimpões e de resultado imprevisível.
O Oiã volta a jogar em casa, agora com a ACRD Mosteirô, adversário que luta pela subida. Os bairradinos tudo farão para contrariar algum do favoritismo dos visitantes.
O Famalicão joga em Paços de Brandão e não deverá vir com os passos trocados.
Em casa, o Mealhada irá tentar regressar às vitórias diante do Canedo, o mesmo se aplica à Juve Force na receção ao Argoncilhe.
O Antes tem boas hipóteses de trazer pontos da Gafanha.
 
II DIVISÃO
ZONA SUL. 1-Num dos jogos mais aguardados, pois ambas as equipas apostaram na subida de divisão, o Bustos, na semana em que completou 70 anos de vida, deu uma bela prenda aos seus sócios, ao vencer no terreno do Calvão.
O Águas Boas foi surpreendido em casa pelo Valonguense; o contrário não aconteceu ao Mamarrosa, que venceu o Sosense.
Em casa, Luso e Pessegueirense venceram pela margem mínima Ribeira/Azenha e VN Monsarros, respetivamente. A LAAC teve de suar para levar de vencida o Bom Sucesso (3-2), já Vaguense e CRAC ganharam com facilidade a Carqueijo e Paredes do Bairro.
Num jogo com muitos golos (6), Aguinense e Juve Force B dividiram os pontos. O Santo André folgou.
2-Prevê-se jornada tranquila para as quatro equipas que têm o pleno dos pontos (6). O Bustos, em casa, é favorito diante do Aguinense, prevendo-se o mesmo para a LAAC na deslocação ao Carqueijo, isto pela entrada em falso dos seus adversários no campeonato.
O Luso, no terreno do VN Monsarros, não se pode distrair, pois existe grande rivalidade entre os dois clubes, separados por escassos quilómetros, não sendo também fácil a tarefa do CRAC na casa do Valonguense.
Sempre apetecível para os adeptos, no Paredes do Bairro – Mamarrosa, prevê-se um jogo equilibrado.
O Águas Boas, no Bom Sucesso, terá de ser igual a si próprio, caso queira regressar às vitórias, tal como o Ribeira/Azenha na receção ao Vaguense.
No dérbi de Vagos, o Calvão tem boas possibilidades de fazer mossa ao Santo André. Acreditamos também que o Pessegueirense irá trazer pontos do terreno da Juve Force B.
Nesta jornada, o Sosense folga.