Dos clubes da Bairrada ainda envolvidos na Taça Distrito de Aveiro, o CRAC, segundo classificado da 2.ª Divisão – Zona Sul, foi o grande protagonista, ao eliminar fora o Bustelo, que está no segundo posto do campeonato SABSEG. Excelente campanha da equipa de Luís Santos.
O Fermentelos também merece destaque ao eliminar em casa o primodivisionário Alba na lotaria das grandes penalidades, depois do nulo no tempo regulamentar.
O Mamarrosa perdeu em Fiães (3-1) e saiu da taça com o dever cumprido, tal como o Bustos, que fez a vida negra ao Macieirense ao perder por 3-2. Os dois jogaram contra adversários que militam no principal escalão.
Em casa, a LAAC sofreu a primeira derrota da época, ao ser eliminado pelo União de Lamas (1-4).
O Beira-Mar demonstrou o seu favoritismo no reduto do Vaguense e o Alvarenga levou a melhor sobre a Juve Force.
O jogo Oiã – Santo André foi adiado para 21 de fevereiro.
 
CAMPEONATO SABSEG
1-Em Alvarenga, o Oliveira do Bairro tem todas as condições de regressar, quatro jornadas depois, às vitórias. O seu antagonista ocupa os lugares de descida e em casa ainda não ganhou para o campeonato.
Em casa, o Pampilhosa, diante do Fiães, tem tudo para começar o novo ano com o pé direito. Já o Mourisquense, no terreno do União de Lamas, não terá tarefa fácil.
 
I DIVISÃO
1-Nos lugares de subida, o Mealhada, que fará a receção ao Mosteirô FC, adversário que está abaixo da linha de água, é favorito.
Sem ganhar há quatro jogos, o Fermentelos, em casa frente ao Gafanha B, tem boas hipóteses de regressar aos triunfos.
Contra um adversário direto na luta pela manutenção, o Oiã, em casa com Paços de Brandão, é jogo que vale mais do que três pontos, sendo, por isso, imperioso os bairradinos vencerem.
O Famalicão viaja até Argoncilhe, adversário que está a realizar um bom campeonato (5.º lugar), a dois pontos dos lugares de subida. Mais um jogo complicado para os bairradinos que não conseguem sair dos lugares de despromoção.
O Antes joga fora com o Arrifanense, prevendo-se um encontro equilibrado. Apostamos no empate.
Na casa de um dos últimos classificados, o Beira-Vouga, a Juve Force, que já não ganha para o campeonato há cinco jogos, tem boas possibilidades de garantir os três pontos.
 
II DIVISÃO
ZONA SUL. 1-A jornada 13 teve quatro jogos antecipados, os restantes (5) disputam-se a 5 de março, devido à presença de vários clubes na 3.ª eliminatória da Taça Distrito de Aveiro.
O Águas Boas meteu água e foi goleado no Luso (4-1), adversário que vinha de uma série de maus resultados.
A realizar um campeonato positivo, atendendo ao que fez nas últimas épocas, sempre nos últimos lugares, o VN Monsarros venceu em casa o Carqueijo.
No dérbi concelhio, o Calvão goleou o Sosense (4-0) e subiu ao quarto lugar (Bustos ainda não jogou), relegando o Águas Boas para a sexta posição.
O Bom Sucesso tirou a barriga de misérias e foi a Parada de Cima golear a Juve Force B por 4-0.
2-Com a LAAC de folga, o CRAC, caso vença em casa o Luso, apanha no topo da classificação a formação de Aguada de Cima.
O Mamarrosa recebe o Pessegueirense e tem tudo para manter os bons resultados e o terceiro lugar.
Logo atrás vem o Bustos, que joga no Bom Sucesso e é claramente favorito. O Águas Boas fará a receção ao Vaguense e o fator casa poderá ser determinante, tal como ao Sosense frente ao Aguinense.
Equilíbrio prevê-se no Paredes do Bairro – Calvão, tal como no dérbi anadiense entre Ribeira/Azenha e VN Monsarros, com os vilanovenses melhor posicionados.
Em casa, o Carqueijo tudo fará para somar pontos diante da Juve Force B, e o Valonguense leva ligeira vantagem sobre o Santo André.