O Município de Anadia, com o fim de prevenir o risco de contágio do coronavírus Covid-19 e alertar para a adoção de comportamentos, está a entregar a todos os alunos que frequentam as escolas do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo da rede pública do concelho um kit de proteção individual.

Cada kit inclui três máscaras reutilizáveis e um frasco de gel desinfetante. Ao todo estão a ser entregues cerca de 2100 kits.

Para além destes kits de proteção individual, o Município de Anadia também dotou todos os estabelecimentos de ensino de dispensadores de álcool gel pedestais, que se encontram à entrada de cada escola, e dispensadores de álcool gel de parede em todas as salas de aula para que as crianças possam, igualmente, proceder à higienização das mãos e ainda termómetros laser para que seja vigiada a temperatura das crianças.

O investimento nestas medidas de proteção individual representa um esforço financeiro municipal que ronda os 16 mil euros.

Com o intuito de reforçar as medidas de segurança, a vereadora da Câmara Municipal de Anadia, com o Pelouro da Educação, Jennifer Pereira, acompanhada por um elemento da Direção do Agrupamento de Escolas de Anadia e por uma equipa de profissionais de Saúde, constituída por uma médica de saúde pública, um enfermeiro da UCC e uma nutricionista realizaram, na última semana, uma vistoria a todas as escolas da rede pública do Pré-Escolar e do .1º Ciclo. O objetivo desta iniciativa visa conhecerem, “in loco”, as medidas que os estabelecimentos de ensino implementaram para reduzir o eventual contágio do Covid-19.

Desde a receção dos alunos, passando pela sinalização de circuitos internos, o distanciamento físico no interior das salas de aula, a existência de um espaço de isolamento para eventuais casos que surjam, a distribuição dos alunos durante os intervalos, entre outras medidas necessárias, tudo foi visto ao pormenor por esta equipa que aproveitou também para esclarecer algumas dúvidas suscitadas pelos responsáveis de cada escola e docentes.

Com todas estas medidas, segundo a vereadora, “o executivo da Câmara Municipal pretende assegurar as condições de segurança e de confiança, tanto para quem presta serviço nos estabelecimentos de ensino, como aos encarregados de educação e respetivas famílias”.