Autor: Catarina Cerca

Localização dos contentores de peixe gera polémica

“Vender em contentores não vai afastar clientes, até porque os espaços têm condições para trabalharmos”. A opinião é de António Sarabando, e foi transmitida aos jornais na altura do acordo formalizado entre a Câmara de Vagos e comerciantes. Estava (ficou) decidido que a localização do “novo” mercado de peixe, seria a praceta delimitada pelos balneários e tendas de venda ambulante, nas traseiras do Esplanada-Bar. Mas alguém se esqueceu da moradia ali existente, propriedade do sosense Vitorino Rocha, que terá sido “avisado” do incómodo que causaria a instalação do mercado perto de sua casa. Vitorino Rocha apresentou-se, na última sexta-feira, no plenário municipal. A sessão foi longa, mas valeu a espera. Usou da palavra no período reservado ao público, e fez saber que lhe tinha sido vedado o acesso à casa, queixando-se que fora informado que um dos contentores (são três) será “colocado a três metros da porta de entrada da minha casa”. E que, a verificar-se tal facto, “a minha casa deixará de ser habitável.” Afinal, de acordo com o presidente da Câmara de Vagos, a localização “ainda não está definida”. Rui Cruz, que alegadamente “desautorizou” Silvério Regalado, vereador responsável pelas Feiras e Mercados, diria depois que a referida praceta “é o local que fica mais próximo”, do mercado mandado encerrar pela ASAE. E confirmou que a situação é “provisória”, e que os contentores vão ser “expostos em L,...

Ler Mais

Samel: Faleceu Arlindo Vidal

Com 79 anos de idade, faleceu, nos hospitais da Universidade de Coimbra, Arlindo Nunes Vidal, na situação de viúvo. Era pai de Luis Manuel e António José de Almeida Vidal, emigrantes no Canadá, onde o extinto também esteve emigrado. O seu corpo esteve em câmara ardente na capela do lugar. O seu desaparecimento que nos surpreendeu e dele só agora tivemos conhecimento, vem na sequência de outras mortes, nomeadamente da esposa e do seu irmão Diógenes, o que o deixou muito abalado, segundo nos confessara recentemente. Embora padecesse de alguns problemas, nada fazia prever este desfecho. Arlindo Vidal que sempre revelou amor à sua terra e gentes, foi emigrante em França e no Canadá e, no tempo de aposentação, dedicou-se à arte dos vitrais que ficaram a reflectir a sua alma de artista por muitas capelas e igrejas. Era um dos raros artesãos nesta área. Foi também durante muitos anos dedicado colaborador do nosso jornal. Gostando de escrever, deixou em livro registadas as suas memórias de infância e da família, venturas e desventuras do tempo de emigrante, do tempo do amor e da arte do vitral, não deixando de lembrar os tempos difíceis em que se viu envolvido com a morte do pai e a descoberta de meios (lícitos) para a sobrevivência. Sabemos que deixou também muitas notas e páginas sobre a história de Samel, que esperava trazer á...

Ler Mais

Corso sensibiliza população para a saúde

Na passada sexta-feira, dia 12 de Fevereiro, o Jardim de Infância e a Escola Básica n.º 1 de Pista – Sangalhos, do Agrupamento de Escolas de Vilarinho do Bairro, levaram a cabo mais uma iniciativa, no âmbito da Área de Projecto cujo tema é “Crescer com Saúde e em Segurança”. Conforme o Plano Anual de Actividades estes estabelecimentos de ensino realizaram o corso carnavalesco. Com o objectivo de sensibilizar a população e interiorizar alguns conceitos e reforçar hábitos e boas práticas exercidas nas áreas da saúde e segurança, os alunos muniram-se com colete reflector, fardas apropriadas para as diferentes intervenções nestas áreas, seringas gigantes, chapéus piramidais com sinalética adequada ao nível da saúde e segurança chamando a atenção para o perigo, informação, proibição e/ou obrigação. As “Brigadas de Saúde e da Segurança” apresentaram-se coloridas, animadas e ruidosas, como convém para este tipo de evento. Alunos do 3.º e 4º. anos da EB1 de...

Ler Mais

Museu Luciano de Castro mais rico

O Museu José Luciano de Castro, da Misericórdia de Anadia, está mais enriquecido, graças a um gesto de grande generosidade e de sensibilidade histórica e cultural. João Venâncio Marques doou todo o seu espólio, caso senão único, de certo muito raro no país, constituído por imensos volumes de recortes de jornais, que envolvem praticamente um século. Não foi coisa pouca. São mais de 50 mil recortes, embora a exposição patente, para assinalar o evento, mostre apenas uma pequena parte. Revisitação ao passado. O facto foi celebrado, como “uma festa”, no último sábado, com a presença do doador, provedor da Misericórdia, Carlos Matos, director do Museu, Carlos Alegre, historiador, Nuno Rosmaninho; a nível político, presidente da câmara, Litério Marques, e presidente da JF, Fernando Fernandes, além de outros autarcas, e muitas pessoas, o que motivou uma pequena, mas significativa sessão solene, na sala de recepção. Testemunhas de um nobre gesto e de um acto cultural de alta relevância. Carlos Matos deu as boas vindas, congratulando-se com o gesto de João Venâncio Marques, que “teve a sensibilidade de oferecer à Misericórdia” um acervo de inegável valor, trabalho que corresponde a milhares horas de trabalho e, portanto, doou-se também, de certo modo. Realçou a mais valia que este significa, porque “o Museu precisa de fundos para poder funcionar”. Com este espólio, o espaço ganhará mais dinâmica, para além das exposições temporárias, que...

Ler Mais

ESOB e SOLSIL partilham candidatura

A Escola Secundária de Oliveira do Bairro e a Solsil assinaram, na última quinta-feira, um protocolo de parceria que visa desenvolver uma candidatura conjunta relativa ao Projecto Comunitário “Star: sharing, traditions and roots”, da medida Comenius Escolar. O projecto, que deverá ser aprovado pela CE até Junho, irá iniciar-se em Setembro de 2010, envolvendo sete países europeus (Portugal, Alemanha, Estónia, Holanda, Bélgica, Hungria e Lituânia). À semelhança de outros projectos, já desenvolvidos por este estabelecimento de ensino, também este visa o intercâmbio de alunos, a partilha de experiências e de actividades. “O projecto foi realizado numa perspectiva de multiculturalidade: cultura, raízes, tradições, folclore, situações várias, que caracterizam os diferentes povos”, revelou Acácio Albuquerque, director da ESOB. O projecto vai envolver 16 alunos de cada país (4.º, 5.º e 6.º anos) e integrado no curriculum escolar dos alunos. Por outro lado, “visa a aprendizagem da língua inglesa, tornando os países mais próximos pela partilha de uma língua comum”, adianta o professor de Inglês, Alberto Cardoso. Como o projecto obriga a um mínimo de 12 mobilidades (por país), a Solsil, como parceira da ESOB, será uma mais valia no acolhimento de alunos estrangeiros. “Trata-se de uma parceria estratégica, já que a Solsil tem essa facilidade”, sublinha Acácio Albuquerque, revelando ainda que o primeiro encontro da parceria se realiza em Portugal, em Outubro deste ano, e que o financiamento, feito através de...

Ler Mais

Siga-nos

Primeira página

O JB no Facebook

Unable to display Facebook posts.
Show error

Error: (#10) To use 'Page Public Content Access', your use of this endpoint must be reviewed and approved by Facebook. To submit this 'Page Public Content Access' feature for review please read our documentation on reviewable features: https://developers.facebook.com/docs/apps/review.
Type: OAuthException
Code: 10
Please refer to our Error Message Reference.