Autor: Oriana Pataco

GNR vigia residências em tempo de férias

Com a finalidade de permitir a todo o cidadão usufruir de um período de descanso e lazer fora da sua residência normal, sem ter como preocupação principal o facto de deixar a residência desabitada e, assim, mais vulnerável a todo e qualquer tipo de intrusão, a GNR tem activo, desde 1 de Julho e até 15 de Setembro, o programa “Verão Seguro – Chave Directa”. Com este programa, qualquer cidadão que deixe a sua residência desabitada durante este período, pode efectuar um pedido formal de vigilância da residência preenchendo um formulário em qualquer posto policial ou através da internet (www.gnr.pt). Neste formulário, indica o período em que estará ausente e, durante esse espaço de tempo, a GNR efectuará uma vigilância descontínua sobre a residência com passagens periódicas e com verificação dos aspectos exteriores de inviolabilidade da residência. No Verão de 2009, houve 29 residências que foram vigiadas nos concelhos de Anadia, Mealhada e Oliveira do Bairro, não existindo qualquer registo de furto nas mesmas. Medidas a adoptar para evitar furtos em residências Para além do programa “Verão Seguro – Chave Directa”, existem algumas medidas que as pessoas que se afastam das suas residências habituais podem adoptar, dificultando o acesso às habitações por parte de indivíduos que delas se aproximem com intenção de retirar bens que lhes possam render algum dinheiro. Assim, e antes de sair de casa, é importante...

Ler Mais

Voluntários vigiam florestas do município de Oliv. do Bairro

O município de Oliveira do Bairro candidatou-se a seis quinzenas do programa Voluntariado Jovem para as Florestas, promovido pelo IPJ e pela Autoridade Florestal Nacional, mas viu aprovadas apenas três, de quatro voluntários cada. A iniciativa, que visa a preservação da natureza e da floresta, e redução do flagelo dos incêndios, através de acções de prevenção, arrancou na última quinzena de Julho e decorre até final deste mês. Na primeira quinzena os jovens estiveram em acção nas freguesias de Oliveira do Bairro e Troviscal. Este mês, fazem vigilância nas freguesias da Palhaça, Oiã e Troviscal. Sónia Costa e Ricardo Neves, que já participaram neste programa em 2008, confirmam que foi uma experiência enriquecedora: “Ficámos a conhecer o concelho de outra forma.” “Na altura, identificámos imensas lixeiras, este ano temos visto muito menos lixo em locais indevidos, o que nos satisfaz, pois os nossos registos podem ter ajudado na limpeza”. Marlene Costa e Daiana Fazendeiro ressaltam que “aprendemos imenso, começando logo por saber manusear bem mapas. Claro que é cansativo e desgastante, mas é simultaneamente muito divertido.” Neste programa, os jovens vigiam áreas florestais, fazem a detecção de colunas de fumo, e, se possível, a identificação da sua origem, e investem na sensibilização da...

Ler Mais

Jovens fazem experiência de miséria até Schoenstatt

Encontramos Pedro Rocha e Melo e José Maria Rebelo caminhando, descontraídos, pelas ruas de Oliveira do Bairro. O cajado que lhes serve de apoio e o casaco ao ombro não os deixam passar despercebidos. Vêm em missão, apenas com a roupa que trazem no corpo, e dirigem-se ao Santuário de Schoenstatt, na Gafanha da Nazaré. Pedro Melo, 20 anos, e José Rebelo, 17, pertencem ao Movimento Apostólico de Schoenstatt de Lisboa. São dois dos 15 jovens (seis pares e um trio) que partiram da capital na segunda-feira, dia 2, com destino à zona Centro. Cada grupo foi destinado a um local diferente, a cerca de 60 kms de Aveiro. A este par calhou-lhe uma viagem de comboio até Mortágua. “Estamos a fazer uma experiência de miséria e temos de chegar em quatro dias ao Santuário”, explicam a JB. Nos bolsos apenas o BI e uma folha de papel com leituras e orações para meditação. A passagem por Oliveira do Bairro acontece depois de uma primeira paragem no Luso, onde foram recebidos pela Associação de Jovens do Luso, dormindo no Centro Paroquial. Na terça-feira rumaram a Oliveira do Bairro, encontrando na Santa Casa da Misericórdia o abrigo ideal para passar a noite. Pelos cafés vão granjeando alguma generosidade, sob a forma de sopa, bolos e fruta. Assumem a experiência como “uma grande lição de humildade”. “Sabemos o que é estar...

Ler Mais

100%Cool no Festival de Vagos revela condutores exemplares

Sessenta e oito (98%) dos condutores sujeitos a testes de alcoolemia na operação da GNR com o 100%Cool nos arredores do Festival Vagos Open Air (Calvão, Vagos) apresentaram taxas de alcoolemia inferiores a 0,5%, dos quais 26 tinham 0% de álcool. Na operação de sensibilização dos condutores para o consumo moderado de álcool que decorreu na madrugada de 6 de Agosto foram fiscalizados 69 condutores. Esta foi mais uma iniciativa conjunta da GNR e da Associação Nacional de Empresas de Bebidas Espirituosas (ANEBE) promotora do 100%Cool na sequência do protocolo assinado entre as duas entidades para a realização de iniciativas conjuntas de sensibilização dos condutores para o consumo moderado de álcool. Estas operações estão inseridas em acções de patrulhamento normais em que elementos da GNR e da ANEBE realizaram testes de alcoolemia e atribuíram prémios simbólicos aos condutores que registaram taxas de alcoolemia de 0%. Os prémios 100% Cool – entre eles, vales de gasolina da BP no valor de 25 euros, t-shirts e outros brindes simbólicos – são atribuídos a condutores, com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos, que registaram 0% de álcool no teste de alcoolemia e transportavam, pelo menos, mais dois amigos seguindo a filosofia subjacente ao conceito do “Condutor Designado 100% Cool”. A inédita parceria com a GNR é a novidade da 7.ª edição do 100% Cool promovida pela ANEBE e que conta também com o renovado alto patrocínio da...

Ler Mais

Oliv. Bairro: jovens voluntários em “Operação Verde” pelo concelho

A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro candidatou-se, pelo quarto ano consecutivo, ao programa Voluntariado Jovem para as Florestas, uma iniciativa promovida pelo IPJ e pela Autoridade Florestal Nacional. Um programa que pretende incentivar a participação juvenil no grande desafio que é a preservação da natureza e da floresta em particular, e reduzir, assim, o flagelo dos incêndios, através de acções de prevenção. O município candidatou-se a 6 quinzenas de programa, mas dada a redução generalizada de candidaturas aprovadas neste programa a nível nacional, Oliveira do Bairro viu aprovadas penas 3 quinzenas de 4 voluntários cada. As inscrições para este verão já terminaram, o programa arrancou na última quinzena de Julho e vai decorrer até ao final do mês de Agosto. Na primeira quinzena os jovens estiveram em acção nas freguesias de Oliveira do Bairro e Troviscal. Este mês os voluntários fazem vigilância e sensibilização nas freguesias da Palhaça, Oiã e Troviscal. Os 16 jovens, com idades entre os 18 e os 30 anos, frequentaram a formação a cargo do IPJ e a formação específica necessária a cargo da autarquia. Durante o período da participação neste programa recebem uma bolsa diária de 12 euros. Experiência enriquecedora para quem participa Para alguns esta não é a primeira vez que participam, como é o caso da Sónia Costa e do Ricardo Neves, dois jovens que já participaram neste programa e que...

Ler Mais

Siga-nos

Primeira página

Publicidade

O JB no Facebook

Unable to display Facebook posts.
Show error

Error: (#4) Application request limit reached
Type: OAuthException
Code: 4
Please refer to our Error Message Reference.