Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "Curia"

Rota da Bairrada: Apelo à união para valorizar a região


 

O município de Anadia foi reconduzido na presidência da direção da Rota da Bairrada.
Teresa Cardoso, presidente da Câmara Municipal de Anadia, tomou posse como presidente da direção da Rota da Bairrada, no passado dia 14 de janeiro, juntamente com os restantes elementos que integram os órgãos sociais daquela associação, para o triénio 2014-2016.
O evento teve lugar na sede da Rota da Bairrada, no Largo da Estação da Curia e contou com a presença de várias entidades e agentes associadas.

Conjugar energias. Na ocasião, a autarca de Anadia destacou a importância deste espaço, que “acolhe todos os associados e aqueles que querem dar vida a esta casa com as suas ideias e sugestões”, mas também o facto de “neste início de mandato, para muitos autarcas, se iniciar um ciclo, que pode também ser extensível à Associação”, na medida em que podem ser desenvolvidos projetos diferentes e concretizadas novas ideias que valorizem a região “que é de todos e que todos queremos dignificar e colocar no mapa”, salientou.
Por isso, destacou que todos os associados devem “dar corpo e contribuir para este projeto que, só com a conjugação de energias, será possível implementar, valorizando a região, a vitivinicultura e o turismo local”.
Teresa Cardoso não deixou de frisar que só na união será possível fazer uma promoção turística e da vinicultura da região, criando uma imagem apelativa aos turistas e visitantes.

Promoção da Bairrada no país. Na ocasião, o vice-presidente da autarquia de Anadia, Jorge Sampaio, que irá representar a Câmara Municipal de Anadia na presidência da Rota da Bairrada, avançou que, até final deste mês, o Plano de Atividades da Rota da Bairrada para 2014 será publicamente apresentado, sendo certo que será um “ano de mudança”.
Ao JB, aquele responsável salientou que será um ano “vocacionado para sair da região, para promover a Bairrada no país, assim como será igualmente desenhado um novo modelo de gestão financeira e um novo modelo de sustentabilidade para a Rota.”
Jorge Sampaio falou ainda da necessidade de abrir a Rota da Bairrada a novos associados, mais pequenos e que, até agora, não podiam estar integrados nesta associação.
“São agentes de pequena dimensão, sem estrutura e dimensão para o enoturismo, mas que podem ter aqui uma sala de visitas para receber os seus clientes e, consequentemente, trazer à Bairrada mais turistas”, explicou, referindo-se ainda à marca “Rotas dos Vinhos de Portugal” da qual a Rota da Bairrada faz parte, uma associação nacional que vai ser apresentada este ano e que se destina essencialmente à promoção externa, envolvendo o Turismo de Portugal.
Refira-se ainda que a Rota da Bairrada foi criada em 2006. É uma associação de caráter regional, sem fins lucrativos, com o objetivo de dinamizar, promover e valorizar a atividade vitivinícola da Bairrada, e atividades afins, enquanto produtos turísticos e culturais da região.

Novos Corpos Sociais para o triénio 2014/16
Direção: Município de Anadia (Presidência); Adega do Fidalgo; Hotel Paraíso; Município da Mealhada; Quinta do Ortigão; Comissão Vitivinícola da Região da Bairrada; Caves São João.
Conselho Fiscal: Município de Águeda (Presidência); Quinta de Baixo; Pedro dos Leitões.
Assembleia Geral: Município de Vagos (Presidência); Hotel Cabecinho; e Adega Cooperativa de Cantanhede.
Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da Bairrada Comentários

Curia: WRC elege corpos sociais


A WRC | Agência de Desenvolvimento Regional viu recentemente eleitos os novos corpos sociais para o triénio 2014/ 2016.
O Conselho de Administração da agência viu-se reeleito para um novo mandato, permanecendo assim João Vasco Ribeiro como presidente e o Município de Anadia na presidência da Assembleia Geral, na qualidade de acionista maioritário.
Ao longo dos próximos três anos, o Conselho de Administração prosseguirá a valorização das atividades da Agência, continuando os esforços de implementação da sua estratégia de desenvolvimento, com destaque para a Incubadora de Empresas, para o trabalho em parceria com os municípios acionistas e para a Universidade Sénior da Curia, enquanto pilar de responsabilidade social da agência.
Na ordem de trabalhos da Assembleia Geral esteve ainda a Aprovação do Plano de Atividades e do Orçamento para 2014, ambos aprovados por unanimidade dos acionistas.
O Conselho de Administração demonstrou aos acionistas que “há já três anos vem conseguindo apresentar resultados positivos da atividade desta empresa intermunicipal, o mesmo esperando em 2014”, como explicou Pedro Maranha, Administrador. Este acrescentou ainda que a WRC possui um passivo bancário nulo, não existindo quaisquer dívidas à banca por parte da agência.
Recorde-se que no início deste ano, a WRC viu alterados os seus estatutos dando cumprimento às exigências da Lei 50/2012, de 31 de agosto, que aprova o regime jurídico da atividade empresarial local, passando a adotar a designação de Empresa Intermunicipal, neste caso formada por 40 municípios, além das instituições de ensino e empresas privadas que a constituem.

Órgãos Sociais:
Conselho de Administração
Presidente: João Vasco Ribeiro
Vice-Presidente: José Simões Marques
Vogal: Pedro Maranha Tiago
Suplente: Jorge Eduardo Ferreira Sampaio

Mesa da Assembleia Geral
Presidente: Litério Augusto Marques (Município de Anadia)
Vogal: Rosa Reis Marques (Município de Coimbra)
Vogal: Rui Jorge da Silva Antunes (Instituto Politécnico de Coimbra)

Fiscal Único
Efectivo: Vitor Bizarro do Vale, R.O.C.
Suplente: António Luís Noras Silvério, R.O.C.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Curia: Ciclo de concertos solidários na Universidade Sénior


Numa iniciativa conjunta da Escola Artística do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian (Aveiro) e a Universidade Sénior da Curia, sediada no Curia Tecnoparque, terá lugar no próximo dia 14 de dezembro (sábado) um Concerto de Natal, pelas 17h. O concerto pela Orquestra de Cordas terá lugar no Cineteatro de Anadia. Os bilhetes são gratuitos. Para marcações e aquisição de bilhetes contactar a Universidade Sénior da Curia; o mail – mgraca@wrc.pt ou o telefone 231 519712.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, Tamengos Comentários

Curia: Universidade Sénior promove ENCONTR’US


A Universidade Sénior da Curia (USC) promoveu mais um ENCONTR’US. Nesta edição a instituição convidada foi a Universidade Sénior da Figueira da Foz. A iniciativa contou com a participação de mais de 100 alunos das duas universidades.
Mais do que um intercâmbio entre Universidades Seniores, o evento ENCONTR’ US assume-se como um momento cultural que possibilita a alunos de outras universidades congéneres conhecerem de perto a USC e o património local do concelho de Anadia.
Nas boas-vindas à Universidade Sénior da Figueira da Foz, João Vasco Ribeiro, Presidente do Conselho de Administração da WRC, congratulou-se com a proximidade e reforço da “vizinhança” que momentos como este proporcionam. “Sendo a Figueira da Foz um acionista vizinho da WRC”, é fundamental que se estimulem estes laços, referiu João Vasco Ribeiro.
Luís Ferreira, Presidente da Associação Viver em Alegria, gestora do projeto da Universidade Sénior da Figueira Da Foz, realçou “as sinergias criadas entre as duas instituições”, que permitirão atingir “novos e ambiciosos objetivos na prossecução do bem-estar da comunidade sénior que as duas universidades servem”.
Neste ENCONTR’US foram visitados alguns dos pontos mais emblemáticos do concelho de Anadia. A paisagem vinhateira de S. Mateus foi um dos locais mais apreciados, a par da visita guiada ao Velódromo Nacional de Sangalhos feita por Jorge Sampaio, Vereador do Desporto, Juventude e Turismo da Câmara Municipal de Anadia. O Museu do Vinho da Bairrada e o Espaço Bairrada, na Curia, foram também pontos obrigatórios nesta viagem pelo património local. O momento gastronómico do evento, que teve lugar no Museu do Vinho, foi da responsabilidade da turma de Restauração da Escola de Viticultura e Enologia da Bairrada.
Seguiu-se uma tarde de convívio marcada pela atuação da Tuna da USC e do Grupo de Teatro com uma performance de poetas portugueses, entre os quais Miguel Torga e Sophia de Mello Breyner Andersen e Alberto Caeiro.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Curia Tecnoparque à conversa com Empreendedores


“Criar empresas ontem e hoje” é o mote para uma conversa partilhada entre duas gerações de empreendedores. A iniciativa tem lugar no Curia Tecnoparque, no dia 29 de maio, entre as 18h45 e as 20h e insere-se na OPO Startup Week.
O Curia Tecnoparque irá acolher o primeiro de dois eventos marcados para a região da Bairrada sob a chancela da OPO Startup Week. Neste evento serão colocados lado a lado dois empreendedores de duas gerações diferentes, que irão partilhar as suas histórias enquanto “criadores de empresas”, as etapas por que passaram, erros cometidos e principais aprendizagens recolhidas.
Foram convidados para este evento o jovem empreendedor Pedro Gonçalves, vencedor de um concurso de ideias que o levou recentemente a Silicon Valley, e Fernando Tavares Pereira, Presidente do Grupo Tavfer.
Com esta iniciativa o Curia Tecnoparque pretende juntar os (futuros) empreendedores da Região e, através da partilha de experiências, apoiar quem está a dar os primeiros passos na criação de empresas.
No dia 31 está também agendado um Cocktail de Empresários a decorrer no espaço Rodoviária, em Anadia, a partir das 21h30. Neste dia o tema do debate será “Fazer Acontecer” e conta com a organização do Link Coworking.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Incubadoras Nacionais reúnem no Curia Tecnoparque


O Encontro Nacional de Incubadoras (ENI) regressa ao Curia Tecnoparque para a sua terceira edição. O encontro, que resulta de uma Iniciativa da RIERC – Rede de Incubadoras de Empresas da Região Centro, no âmbito do projeto Start Up, realiza-se hoje, dia 24 de abril.
O ENI assume-se como um fórum de discussão e de partilha de experiências, com o objetivo último da promoção do conhecimento no domínio do empreendedorismo e da inovação.
O encontro destina-se essencialmente a responsáveis, técnicos e gestores de incubadoras de empresas e irá contar com a presença da maioria das entidades que, no país, promovem o empreendedorismo.
No encerramento dos trabalhos está já confirmada a presença de Franquelim Alves, Secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, assim como Pedro Saraiva, Presidente da CCDRC.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Anadia: Câmara leva 1200 crianças ao Parque da Curia


Cerca de 1200 crianças do Ensino Pré-Escolar e do 1.º CEB da rede pública do município de Anadia participaram nas celebrações dos Dias da Árvore e da Água que tiveram lugar no passado dia 5 de abril, no Parque das Termas da Curia.
A iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Anadia prolongou-se por todo o dia, na medida em que foi dinamizado um conjunto de atividades subordinadas ao tema do Meio Ambiente e que tiveram como principais objetivos sensibilizar os mais pequenos para a proteção da natureza e preservação dos recursos naturais, nomeadamente da água e da floresta.
Na ocasião, Rosa Tomás, vereadora da Educação, avançou que neste tipo de iniciativas, a deslocação de tantas crianças é sempre o mais complexo e que a escolha da data de 5 de abril (ainda na primeira semana de aulas do 3.º período) se deveu ao facto de os Dias da Água e da Árvore – 21 de março – terem coincidido com período de férias escolares.
Também Elói Gomes, diretor do Agrupamento de Escolas de Anadia, destacaria as mais valias desta iniciativa, que dá a conhecer a muitas crianças o Parque das Termas da Curia (desconhecido de muitos), “um local que pela sua beleza permite a realização das mais variadas iniciativas”, já que as crianças “têm um espaço enorme para explorar, ao ar livre”.
O evento contou com a colaboração da GNR – Serviço de Apoio ao Ambiente e Floresta, Proteção Civil de Aveiro, Bombeiros Voluntários de Anadia, Fábrica da Ciência Viva (UA), ERSUC, Unidade de Cuidados na Comunidade do Centro de Saúde de Anadia, Universidade Sénior da Curia, Sociedade das Águas da Curia, Lions Clube da Bairrada e Associação de Pais do Agrupamento de Escolas de Anadia.
CC

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Curia: Universidade Sénior alerta para a necessidade de um “bom sono”


“Uma noite bem dormida permite recordar melhor o que aprendemos e vivenciamos, reforça o sistema imunitário e reequilibra as nossas hormonas”. Estes são alguns dos benefícios do sono destacados pelo psicólogo Jorge Pinhal durante a conferência “O Sono na Saúde e Antivelheciemento”.
A iniciativa teve lugar na última semana, no auditório do Curia Tecnoparque e contou com a presença de mais de 80 participantes, alunos da Universidade Sénior mas também pessoas da comunidade.
Estima-se que 42% da população mundial tem algum problema para dormir e que num terço das consultas médicas os pacientes reclamam da qualidade do sono.
Segundo o psicólogo Jorge Pinhal, “a falta de sono está muitas vezes relacionada com a falta de saúde”. É durante o sono que se realiza a “função restauradora do organismo, com efeitos positivos para a diabetes, doenças virais e artrite reumatoide”.
A quantidade ideal de horas de sono pode variar de pessoa para pessoa e ao longo do ciclo de vida. O mínimo recomendado é de seis horas e, no caso dos adultos, não deverão dormir mais de 9 horas. Jorge Pinhal adianta que dormir menos de 6 horas, por noite, conduz a uma expetativa de vida menor, comparando com as pessoas que dormem mais, e alertou que “dormir menos de 5 horas aumenta o risco de morte por qualquer causa nos anos subsequentes”.
Depois da meia-idade, a quantidade de sono profundo é reduzida gradualmente. A maioria das pessoas com mais de 70 anos dorme menos de 7 horas por noite. Nesta idade são gastos somente 23 minutos de sono profundo, a maioria do sono é leve e frequentemente interrompido.
Quanto às causas da falta de sono, o psicólogo destacou o stress, a poluição auditiva, a alimentação deficiente, o fumo, o consumo excessivo de álcool e a falta de exercício físico.
Por fim, Jorge Pinhal deixou algumas sugestões para fazer antes de dormir. Ler, ouvir música relaxante, tomar um banho quente meia hora antes de se deitar ou tomar um chá de camomila poderão ser alguns dos truques para conseguir uma boa noite de sono.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, Tamengos Comentários

Verão Total, da RTP, dá a conhecer riqueza do concelho de Anadia


Turismo, termalismo, artesanato, desporto e agricultura foram alguns dos temas que serviram de mote ao programa Verão Total, da RTP1, que regressou à Estância Termal da Curia, na última segunda-feira, dia 16.
O programa, que começou às 10h, prolongou-se até às 18h, a partir dos jardins das Termas da Curia. Ao longo do dia e perante o olhar atento de algum (pouco) público presente no local, os apresentadores Jorge Gabriel e Sónia Araújo deram a conhecer algumas das mais valias e ex-líbris que o concelho tem para oferecer aos visitantes.
As Termas de Vale da Mó e da Curia, a Estação Vitininícola da Bairrada, a Comissão Vitivinícola da Bairrada, a Escola de Viticultura e Enologia da Bairrada, o Museu do Vinho Bairrada, o Velódromo Nacional, o leitão, o espumante e os vinhos da região, as confrarias, a hotelaria, as zonas de recreio e lazer, entre muitos outros, foram realçados ao longo de seis horas de emissão.

Turismo desportivo. Numa breve entrevista, o autarca anadiense Litério Marques falou das muitas infraestruturas que tornam Anadia num dos concelhos mais dinâmicos da Bairrada. O edil anadiense diz que “Anadia é uma região rica com vários fatores de desenvolvimento económico: turismo, agricultura, vinho”. Mas é o turismos desportivo aquele que mais tem crescido no concelho, fruto do investimento realizado pela autarquia com a construção do Velódromo Nacional – Centro de Alto Rendimento de Sangalhos. “Sangalhos é uma zona com muita tradição no ciclismo, com grandes empresas e atletas nas duas rodas mas faltava uma infraestrutura que veio revitalizar a modalidade”, disse, destacando ser este Centro também a casa de outras modalidades e federações: ginástica, judo, esgrima e trampolins. Por outro lado, explicou que as obras da regeneração urbana de Anadia e da Curia, ainda em curso, são intervenções que acarretam muitos inconvenientes, sobretudo para os moradores, mas inevitáveis e fundamentais para o desenvolvimento do concelho. “São obras financiadas pelo QREN, de uma grandeza extraordinária e muito necessárias. Uma oportunidade única que não poderíamos desperdiçar”, acrescentou.

Leque de ofertas. Ao longo do dia foram várias as intervenções dignas de nota: o médico Dinis Calado, diretor clínico das Termas da Curia, deu a conhecer os benefícios do termalismo para a saúde e bem-estar, destacando ainda que as águas de Vale da Mó são únicas no país.
Em matéria de desporto, destaque para a presença de modalidades tão variadas como o Karaté, presente através do Núcleo de Sangalhos, Kickboxing, presente pelo Curigym, Moita Rugby Clube e futebol feminino do União Recreativa Ferreirense (Moita).
Jorge Sampaio, vereador do desporto da Câmara Municipal de Anadia e presidente da Associação Rota da Bairrada, evidenciou como o Velódromo veio colmatar uma lacuna existente na política desportiva, não deixando igualmente de sublinhar a riqueza do concelho em termos turísticos. Por isso, o Museu do Vinho Bairrada, em Anadia e o Aliança Underground Museum também não foram esquecidos pela qualidade e importância da suas exposições, visitadas por muitos turistas.
Durante a emissão foram ainda conhecidas outras ofertas: António Fernandes, do restaurante Virgílio dos Leitões e Fabiano Santos, do restaurante Nova Casa dos Leitões, falaram do Leitão Assado à Bairrada, eleito uma das sete maravilhas da gastronomia nacional, enquanto que o chef Luís Lavrador apresentou os Amores da Curia, um pequeno folhado recheado com ovos moles que faz as delícias dos mais gulosos.
Em matéria de vinhos, a produtora Filipa Pato e Fátima Flores, das Caves S.João, falam da qualidade dos vinhos da região, opiniões reforçadas pelas intervenções de Fernando Castro e Alexandrino Amorim, da Confraria dos Enófilos da Bairrada; Pedro Soares, presidente da Comissão Vitivinícola da Bairrada, José Carvalheira, da centenária Estação Vitivinícola da Bairrada.

Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Destaque Comentários

Curia: Rotas de Vinho querem ser produto turístico naciona


 

Imagine as 14 Rotas de Vinho de Portugal a trabalhar em rede, apresentando-se como um único produto turístico nacional. Esta poderá vir a ser uma realidade muito em breve.
Sob a alçada da Associação de Municípios Portugueses do Vinho, teve lugar no passado dia 23 de março, na sede da Associação Rota da Bairrada, na Curia, o segundo encontro de trabalho com os representantes das Rotas do Vinho do país.
A reunião, segundo José Arruda, presidente da Associação de Municípios Portugueses do Vinhos, visa “começar a definir a estratégia para a promoção das Rotas do Vinho portuguesas como um produto único”.
No país, existem 14 Rotas (mas quatro não estão a funcionar) pelo que a primeira tarefa passa por colocá-las todas a funcionar, em rede, até porque “existem Rotas em estádios diferentes de desenvolvimento e com modelos de funcionamento também diferentes”.
“É preciso colocá-las em patamares semelhantes e depois promovê-las como um produto turístico nacional”, acrescentou.
José Arruda avançou ainda à comunicação social, antes da reunião de trabalho que o trouxe a Anadia, que os primeiros passos deste projeto começaram a ser desenhados em 2008. “Temos realizado reuniões de trabalho com todas as Rotas do país”, disse, revelando que este encontro, na Curia, “serve para começar a delinear estratégias com vista à promoção das Rotas do Vinho como um produto turístico nacional”.
O grande objetivo é potenciar o enoturismo. “Há 14 anos, quando foram criadas, as Rotas de Vinho integravam apenas produtores de vinho. Hoje, o conceito é mais abrangente e integra municípios, hotéis, restauração, museus, casas rurais, sendo o vinho o elemento base que os une. O conceito de Rotas de Vinho ultrapassa, hoje, o vinho”, destacou aquele responsável.
Aos jornalistas sublinhou ainda que, “ao se promoverem Rotas de Vinho, promove-se o território nacional como um todo”, potenciando as sinergias turísticas de vinho geradoras de riquezas, convidando os turistas a “consumir” o território e dinamizando a economia (vendas de vinho, restauração, produtos regionais, alojamento). Por outro lado, esta rede permitirá aumentar a taxa de empregabilidade, atraindo investimentos para os territórios, promovendo novas oportunidades de negócio assim como a inversão da sazonalidade do turismo.
“Estamos num país em que um turista, em poucas horas, pode deslocar-se do Algarve, ao centro de Portugal ou ao Douro, ou ainda até ao Minho. Queremos potenciar essas visitas e levá-los a percorrer o país”, destacou José Arruda, concluindo que esta parceria pode também funcionar a nível externo: “poderemos promover as Rotas no exterior, apresentando-as, a elas, e aos seus territórios, promovendo todas as regiões de Portugal”.

Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da Bairrada Comentários

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...