Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "Curia"

Curia: Convívio e jogos tradicionais juntam 400 idosos


“A jogar e a dançar na Curia com alegria” serviu de mote a um encontro que reuniu, na tarde da última sexta-feira, 400 idosos, no Parque de Merendas da Curia. Dezasseis instituições do concelho, às quais se juntaram duas respostas particulares (Bem-me-Quer e Clínica Belorizonte), no âmbito do plano de ação para 2015 da Rede Social de Anadia, escolhem este dia, brindado pelo bom tempo, para se reunirem numa tarde de partilha e muita animação.
Em duas zonas de jogos tradicionais, os idosos foram desafiados a participar no jogo da colher saltitona, jogo da malha, jogo da bola, jogo da lata, jogo às voltas com o balão, jogo do pião, jogo da bolacha, dança do limão, entre muitos outros. Pelo meio houve lugar a um animado lanche partilhado e a um animado baile, com música popular portuguesa. A Câmara Municipal de Anadia ofereceu a todos os participantes, nesta tarde de calor, um gelado.
Dora Gomes, técnica responsável na Rede Social de Anadia, revelou que a adesão foi total e que nestes encontros “os idosos podem rever amigos e conhecidos, recordar e reviver memórias”, ao mesmo tempo que lhes é proporcionada “uma tarde diferente do dia-a-dia”, para além de se estimular, através dos jogos, o exercício cognitivo, muito importante nestas idades.
A responsável destacou ainda o efetivo trabalho em rede e o grande envolvimento de todas as instituições que permitem e contribuem para o sucesso das ações.
CC

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Curia: Derrapagem nas contas da WRC preocupa deputados


Pelo primeiro ano, desde a sua criação em 2002, a WRC – Web para a Região Centro, Agência de Desenvolvimento Regional, localizada no Curia Tecnoparque apresentou resultados negativos.
Uma situação levantada na última assembleia municipal de Anadia, tanto pelo deputado Sidónio Simões, do CDS/PP como pelos deputados Ricardo Manão e José Manuel Carvalho, do PSD. Todos se mostraram preocupados com o facto da empresa apresentar estes resultados, em 2014.
A edil Teresa Cardoso explicou que a Câmara Municipal (principal acionista, detentora da maioria do capital) “fez refletir nas contas a sua participação social, o que não tinha acontecido até agora”. Por isso, diz não ter existido “qualquer injeção de dinheiro”, apenas “se fez refletir nas contas do Município, conforme recomendação dos Revisores de Contas da própria WRC e do Município.” Ou seja, o município reconhece nas suas Contas uma provisão no valor de cerca de 464 mil euros, correspondente ao valor proporcional à sua participação na WRC, para fazer face à diminuição do seu capital social, que se tem vindo a depreciar ao longo destes anos pelos sucessivos resultados líquidos negativos. E são precisamente estes resultados negativos que alarmaram os deputados.

Deputado do CDS/PP foi o mais crítico. O deputado centrista, Sidónio Simões, foi o mais contundente e na ocasião disse que a “WRC está em perigo de continuidade por não cumprir rácios obrigatórios segundo o Código das Sociedades Comerciais”, acrescentando que só não encerrou porque a Câmara Municipal assumiu o défice. Por isso, falou em “falência técnica”. “Se não fosse a Câmara Municipal a entrar com o dinheiro, a WRC desaparecia”, disse, questionando ainda se a WRC “vai continuar a dar prejuízos”.

PSD preocupado com o prejuízo apresentado. Também o deputado Ricardo Manão, do PSD, se referiu a uma “situação preocupante da WRC, que no final do ano 2014 apresenta uma situação eminente de perda de mais de metade do capital, o que coloca em causa o Pressuposto da Continuidade, conforme preconizado no art. 35.º do Código das Sociedades Comerciais”. Por seu turno, José Manuel Carvalho disse que “das entidades participadas: o valor de participação em capital na WRC pela Câmara de Anadia é de 952.000 euros, quase um milhão de euros, para a relação comercial não ultrapassar os mil euros”.

Sustentabilidade. Teresa Cardoso rejeita que se diga que a autarquia esteja a suportar qualquer défice. “É certo que as Câmaras ou outros acionistas deveriam ser os primeiros a manifestar o interesse, o que também nem sempre é tão simples porque os Municípios atravessam, na sua maioria, algumas dificuldades financeiras, mas também porque estão sujeitas ao cumprimento da lei dos compromissos e também às regras da contratação pública”. Por outro lado, diz que “a WRC tem a seu cargo a Incubadora de Empresas e a Universidade Sénior, serviços uns mais rentáveis do que outros”, acrescentando ainda que a WRC teve também o seu grande apoio no QREN, através de diversas candidaturas que realizou, estando agora atenta ao novo quadro comunitário de apoio, espreitando as oportunidades que o mesmo possa oferecer aos seus projetos e aos seus associados.”
Quanto à sustentabilidade da WRC, admite que “depende da contratação de serviços que a mesma consiga realizar com os seus associados ou mesmo com os não associados”, mas também da angariação financeira designadamente do novo quadro comunitário de apoio para os seus projetos e ações” e destaca que a WRC não tem dívidas a terceiros e apresentou resultados líquidos positivos antes dos impostos.
Acrescente-se que a WRC surgiu em 2002, com o principal objetivo de intervir e desenvolver ações ligadas à sociedade da informação e à nova economia na Região Centro. Resultou de uma iniciativa da CCDR-C, à qual aderiram como sócios um conjunto de Câmaras Municipais da Região Centro (42), a Universidade de Aveiro, o Instituto Politécnico de Coimbra, a Associação de Informática da Região Centro (AIRC) e ainda um conjunto de empresas de base tecnológica.
Apesar dos esforços, não nos foi possível obter uma reação de Pedro Maranha, da administração da WRC.
Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, TamengosComments (0)

Curia: Vida e obra de José Luciano de Castro debatidas na Curia


José Luciano de Castro esteve em evidência no passado sábado, 28 de fevereiro, na Curia, no colóquio de homenagem que a Câmara Municipal de Anadia organizou no âmbito do centenário da sua morte e do ciclo evocativo dedicado ao estadista.
Na sessão de abertura, Teresa Cardoso, presidente da Câmara Municipal de Anadia, lembrou a especial ligação de José Luciano de Castro a Anadia e o papel da sua família em prol do concelho e da região. Aproveitou também para justificar a realização do colóquio nas Termas da Curia, que se prende com o facto de a autarquia querer proporcionar aos participantes “uma espécie de “viagem no tempo”, à época de ouro do termalismo, que José Luciano de Castro e sua mulher, Maria Emília Seabra de Castro, ajudaram a criar”. Manifestou, ainda, aos elementos da Comissão Científica do Colóquio, o seu reconhecimento pela incondicional colaboração prestada à autarquia, e fez especial menção às entidades representadas na Comissão de Honra, presidida pela Presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves: as Universidades de Coimbra, Lisboa e Aveiro, a Câmara Municipal e a Assembleia Municipal de Anadia, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro e a revista “O Direito”.
Jorge Miranda, diretor desta publicação e presidente da Comissão Científica do Colóquio, felicitou a Câmara Municipal pela iniciativa e agradeceu o convite dirigido à revista para que esta se associasse ao programa evocativo de José Luciano de Castro. Lembrou que o estadista foi um dos fundadores de “O Direito”, em 1868, tendo estado à frente dos seus destinos até 9 de março de 1914, data da sua morte, em Anadia.
A sessão de trabalho, moderada por Manuel Cardoso Leal, autor de um estudo sobre a vida e obra do conselheiro, teve início com a comunicação de António dos Santos Justo, professor catedrático e diretor da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, que lembrou “José Luciano de Castro. Ecos dum Homem de Anadia e de Portugal”. Seguiram-se as intervenções de Nuno Rosmaninho, professor auxiliar da Universidade de Aveiro, que desvendou “Anadia de José Luciano de Castro”, e de Luís Reis Torgal, professor catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, que discorreu sobre “José Luciano de Castro em tempo de transição para a República”. A sessão terminou com a comunicação de Jorge Miranda, que falou “Sobre o projeto de reforma da Carta Constitucional de José Luciano de Castro”.
O programa encerrou com uma breve cerimónia de apresentação do fac simile do número especial com que a revista “O Direito” homenageou, em maio de 1914, José Luciano de Castro, seu fundador e diretor, que havia falecido em março desse mesmo ano. A edição, promovida pelo Município de Anadia, foi apresentada por Jorge Miranda, na qualidade de atual diretor da revista, e por Maria Teresa Belém Cardoso, presidente da Câmara Municipal. O constitucionalista louvou este projeto da autarquia e lembrou que a revista fundada por José Luciano de Castro, em 1868, ”é a mais antiga publicação jurídica periódica portuguesa e de língua portuguesa”, juntamente com a “Revista de Legislação e de Jurisprudência”. Por seu lado, a edil agradeceu o apoio dado pelo diretor de “O Direito”, quer à edição quer à organização do colóquio, e classificou estas iniciativas como formas de perpetuar a memória do conselheiro, com enquadramento na série de ações evocativas da figura do conselheiro (edições, exposições, cerimónias de homenagem e outras ações de divulgação da sua vida e obra) que vêm sendo realizadas desde 2013 pela Câmara Municipal de Anadia.
Ainda neste âmbito, e durante a sessão de trabalho, havia já sido anunciada a intenção de publicação, pela autarquia, das comunicações apresentadas, o que materializa o grande objetivo deste encontro académico: contribuir para ampliar o conhecimento científico sobre José Luciano de Castro (1834-1914), nas esferas de ação governativa, jurídica, jornalística e até pessoal.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Colóquio sobre José Luciano de Castro traz especialistas à Curia


O “Colóquio de Homenagem a José Luciano de Castro”, a realizar na Curia, no próximo dia 28 de fevereiro, entre as 9h30 e as 13h30, no Salão Casino das Termas, vai ser o ponto alto do ciclo evocativo da vida e obra do estadista que a Câmara Municipal de Anadia tem vindo a promover a propósito do centenário da morte do conselheiro.
As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, estando limitadas a 100 participantes.
A Comissão Científica deste encontro é presidida pelo constitucionalista Jorge Miranda, da Universidade de Lisboa, que trará à Curia a comunicação “Sobre o projeto da reforma da Carta Constitucional de José Luciano de Castro”, enquanto António dos Santos Justo, da Universidade de Coimbra, recordará “José Luciano de Castro. Ecos de um Homem de Anadia e de Portugal”. O enquadramento histórico ficará a cargo de Luís Reis Torgal, também da Universidade de Coimbra, que explicará o papel de “José Luciano de Castro em tempo de transição para a República”, e de Nuno Rosmaninho, da Universidade de Aveiro, a quem cabe desvendar a “Anadia de José Luciano de Castro”. Manuel Cardoso Leal, autor de um estudo sobre o estadista, será o moderador do colóquio.
A presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, preside à Comissão de Honra.
Com este encontro, a Câmara Municipal de Anadia pretende contribuir para ampliar o conhecimento científico sobre José Luciano de Castro (1834-1914), nas esferas de ação governativa, jurídica, jornalística e até pessoal, e enquadra-se na série de iniciativas evocativas da figura do conselheiro (edições, exposições, cerimónias de homenagem e outras ações de divulgação da sua vida e obra) que vêm sendo realizadas desde 2013.
O evento conta com a colaboração da revista O Direito, fundada em 1868 pelo homenageado, que foi também seu diretor.
Os interessados em participar neste colóquio podem, desde já, solicitar a respetiva inscrição via e-mail para o endereço cul.turismo@gmail.com.

Posted in Mealhada, Por Terras da BairradaComments (1)

Curia: Rota da Bairrada celebra Natal com animação e surpresas


A Rota da Bairrada, durante este mês de dezembro, celebra o Natal Bairrada e promove diversas iniciativas, com muita animação e surpresas.
Com horário alargado e reabertura aos domingos, o Espaço Bairrada, na estação da Curia, deu início a uma programação de atividades, ao fim de semana.
Durante todo o mês, há descontos e ofertas em compras no Espaço Bairrada.
Nos dias 13 e 20, há “Artesanato ao vivo” das 15h às 17h. No dia 13, São Rosmaninho levará ao Espaço Bairrada a modelagem em barro e, no dia 21, a artesã Isaura Marques ensinará as crianças a pintar azulejos. Estas atividades são gratuitas.
A Animação infantil é no dia 14 de dezembro das 15h30 às 17h30, uma atividade gratuita para crianças com mais de três anos. Será um domingo de brincadeira, com teatro de fantoches, modelagem de balões e pinturas faciais.
Estas atividades de Natal são todas gratuitas.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Curia: Universidade Sénior promove concertos solidários


Depois do sucesso dos concertos realizados no ano passado, a Universidade Sénior da Curia promove a segunda temporada do Ciclo de Concertos Solidários, com quatro espetáculos programados. Este ano, a instituição beneficiária será a APPACDM de Anadia.
O primeiro espectáculo será já no dia 21 de novembro, às 21h, e trará ao Cineteatro de Anadia a Big Band da Escola Artística do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Aveiro.
Os bilhetes estão disponíveis para venda a partir do dia 27 de outubro nas instalações da Universidade Sénior, no Curia Tecnoparque, pelo valor de cinco euros.
No ano passado, mais de 800 pessoas assistiram aos cinco concertos organizados pela Universidade Sénior. As receitas de bilheteira geraram dois mil e quinhentos euros, distribuídos pela Liga Portuguesa contra o Cancro – Núcleo de Anadia, Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Anadia e Assistência Médica Internacional (AMI).
Para a realização do Ciclo de Concertos Solidários, a Universidade Sénior dará continuidade às parcerias existentes com a Escola Artística do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Aveiro e com a Câmara Municipal de Anadia.
Para mais informações sobre o Ciclo de Concertos Solidários, contactar a Universidade Sénior da Curia através do 231519714.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, TamengosComments (0)

Curia: Universidade Sénior promove concertos solidários


Depois do sucesso dos concertos realizados no ano passado, a Universidade Sénior da Curia promove a segunda temporada do Ciclo de Concertos Solidários, com quatro espetáculos programados. Este ano, a instituição beneficiária será a APPACDM de Anadia.
O primeiro espectáculo será já no dia 21 de novembro, às 21h, e trará ao Cineteatro de Anadia a Big Band da Escola Artística do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Aveiro.
Os bilhetes estão disponíveis para venda nas instalações da Universidade Sénior, no Curia Tecnoparque, pelo valor de cinco euros.
No ano passado, mais de 800 pessoas assistiram aos cinco concertos organizados pela Universidade Sénior. As receitas de bilheteira geraram dois mil e quinhentos euros, distribuídos pela Liga Portuguesa contra o Cancro – Núcleo de Anadia, Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Anadia e Assistência Médica Internacional (AMI).
Para a realização do Ciclo de Concertos Solidários, a Universidade Sénior dará continuidade às parcerias existentes com a Escola Artística do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Aveiro e com a Câmara Municipal de Anadia.
Para mais informações sobre o Ciclo de Concertos Solidários, contactar a Universidade Sénior da Curia através do 231519714.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Universidade Sénior Curia: Novo ano letivo começa com aula sobre envelhecimento ativo


O novo ano letivo na Universidade Sénior da Curia arrancou na última quinta-feira, dia 2 de outubro, com uma aula sobre envelhecimento ativo, após a sessão de abertura, realizada no auditório da WRC – Curia.
A conferência, que foi mais um diálogo sobre o envelhecimento, esteve a cargo do investigador e professor universitário João Malva, que deliciou o vasto auditório com uma conversa sobre a importância e valorização das “pessoas maiores”, sobre as formas de envelhecer com qualidade de vida, mas também sobre o cérebro humano.
Ao público, sobretudo alunos desta Universidade Sénior, falou ainda do projeto “Ageing@Coimbra” que pretende identificar, implementar e replicar projetos e programas de boas-práticas inovadoras no domínio do Envelhecimento Ativo e Saudável.

Cérebro, a essência do ser humano. João Malva começou por destacar que a intergeracionalidade e a valorização da pessoa maior é determinante, já que devemos olhar para os séniores como “pessoas fundamentais a inspirar novas gerações”. E numa altura em que a tendência demográfica no país é assustadora (há cada vez menos jovens e um aumento drástico do número de idosos), os desafios que se colocam ao futuro e à sustentabilidade do país obrigam os governos e a sociedade a olhar para esta realidade com outros olhos.
Por isso, considera fundamental que o sénior prolongue a vida de uma forma ativa, o que é saudável para o físico e para a mente.
“O cérebro é a essência do ser humano e, se ele não funcionar corretamente, o corpo também não funciona”, disse, revelando que o exercício físico, bons hábitos alimentares e de sono podem ser determinantes na qualidade do nosso envelhecimento. Porquê? “Porque o cérebro é a estrutura viva mais complexa de todo o universo.”
O neurocientista revelou que o cérebro humano tem 100 mil milhões de neurónios, o que faz de nós “seres extremamente ricos”, sendo hoje reconhecido pela comunidade científica que é possível estimular a criação de novos neurónios através da educação, de estilos de vida saudáveis, de atividade física e de enriquecimento ambiental- frequência de locais agradáveis e estimulantes). Ou seja, o modo como cultivamos o envelhecimento tem repercussões no próprio envelhecimento, que “deve ser encarado como um desafio que tem de ser vencido”, acrescentou.
Leia mais na vers�£o digital do seu JB.

Catarina Cerca

Posted in Anadia, TamengosComments (0)

Abertura solene de mais um ano letivo na Universidade Sénior da Curia


A WRC | Agência de Desenvolvimento Regional e a Universidade Sénior da Curia promove, amanhã, quinta-feira, pelas 15h30, a cerimónia solene de abertura do Ano Letivo 2014/ 2015, no Auditório do Curia Tecnoparque.
A sessão terá como convidado de honra João Malva, coordenador de investigação do grupo “Neuroprotecção e neurogénese na reparação cerebral” na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra e coordenador científico do consórcio “Ageing@Coimbra”.

Agenda:
15h30 – Boas-vindas
Eng. João Vasco Ribeiro | Presidente do Conselho de Administração da WRC

15h45 – “O triângulo do Conhecimento como motor da Região Europeia de Referência para o Envelhecimento Activo e Saudável – Ageing@Coimbra”
Prof. Doutor João Malva | Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, TamengosComments (0)

Anadia: Próximas atividades do Rotary Curia Bairrada


No próximo dia 30 de setembro, pelas 20h, o Rotary Club Curia Bairrada comemora o 11.º aniversário com um jantar palestra subordinada ao tema “Liderança”. Será palestrante João Garrau, também rotário e diretor geral duma grande unidade hoteleira.
O evento terá lugar no salão nobre das Caves Arcos do Rei, gentilmente cedido para o efeito pela administração daquela empresa. Para além dos membros rotários dos Clubes vizinhos, a iniciativa está aberta a quem pretender associar-se e para quem o tema da palestra seja interessante.
As inscrições poderão ser feitas através do endereço eletrónico: rotarycuriabairrada@gmail.com
Também no dia 4 de outubro, cabe ao Rotary Club Curia Bairrada organizar neste ano a visita conjunta do Governador do Distrito Rotário 1970 aos clubes bairradinos – Águeda, Curia Bairrada e Oliveira do Bairro. Do programa consta: uma visita de caráter social à Misericórdia da Freguesia de Sangalhos, instituição que foi já apoiada pelos Clubes Rotários de Oliveira do Bairro e Curia Bairrada, na aquisição de uma viatura para o serviço do Centro de Acolhimento Temporário; uma visita à Adega da Quinta do Encontro e um almoço de companheirismo que também terá lugar nas instalações da Quinta do Encontro.
Como parceiro da Rede Social de Anadia, o Rotary Club Curia Bairrada estará presente de forma ativa na próxima Feira Social que se realizará nos dias 16, 17 e 18 de outubro. A nossa participação tem como propósito proporcionar a todas as pessoas da comunidade de Anadia experiências ligadas ao bem estar físico e psíquico. Para o efeito, contamos com a colaboração de diversos parceiros individuais e coletivos. No dia 16 de outubro, a terapeuta Ana Rodrigues fará um Concerto de Taças Tibetanas. Em 17 de outubro haverá profissionais disponiveis para proporcionar experiências de relaxamento através da massagem. No último dia da feira, 18 de outubro, o Núcleo de Anadia da Associação Portuguesa de Reiki vai desenvolver um Workshop sobre Reiki, para dar a conhecer os benefícios desta prática.

Posted in Anadia, Arcos, Por Terras da Bairrada, TamengosComments (0)

SFImobiliaria

Pergunta da semana

Portugueses praticam cada vez mais exercício ao ar livre. É o seu caso?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com