O vinho “Grande Follies Branco”, colheita de 2009, arrecadou a Grande Medalha de Ouro no 30.º concurso “Os melhores vinhos da Bairrada”, promovido pela Confraria dos Enófilos da Bairrada.
Os resultados foram conhecidos no último sábado, durante um almoço que decorreu na Aliança – Vinhos de Portugal, em Sangalhos.
Na oportunidade, Fernando Castro, presidente dos Enófilos da Bairrada, relembrou os presentes de que o conceito de qualidade “tem e deve ser abrangente”. Por isso compreende que “é difícil encontrar um patamar de qualidade que abarque o maior número de consumidores”. Um objectivo que deve levar a Bairrada “a abrir-se” à evolução do mercado consumidor.
Ciente de que 2009 foi “um ano difícil e enganador”, não deixou de reconhecer o mérito dos cerca de 30 produtores da região que aceitaram o desafio da Confraria que, de resto, se sente orgulhosa por prestar este serviço à região, estimulando os produtores a “produzir vinhos cada vez mais adaptados às exigências do mercado”.
Fernando Castro entende que a região vai continuar a afirmar-se, até porque “terá de fazer jus às reivindicações que vem fazendo ao longo dos últimos anos”. Para isso, é preciso apostar nas vinhas e continuar a produzir vinhos de excelente qualidade, até porque entende que a Bairrada tem condições para tal.
“Veja-se o caso dos brancos com uma longa história na Bairrada”, disse, considerando fundamental que se melhorem os brancos, quer para vinhos tranquilos, quer para espumantes: “a região não pode deixar ultrapassar-se na produção de espumantes”, alertou.
Por seu turno, Martim Guedes, da Aveleda, que recebeu o prémio máximo atribuído pela Confraria, salientou o orgulho sentido por receber uma distinção “numa competição que reuniu empresa e nomes tão distintos”, com um vinho produzindo da Quinta da Aguieira, em Águeda, propriedade da Aveleda vai para 12 anos.
Reconhecendo a importância do concurso, sublinhou o mérito de ser um vinho branco a receber o prémio mais elevado, prova de que o país e a Bairrada têm condições para produzir vinhos brancos de grande qualidade, sem nunca descurar os cuidados a ter na vinha.

Prémios
Vinhos Brancos
Grande Medalha de Ouro e Medalha de Ouro: Quinta da Aveleda
Medalha de Prata: Adega Coop. Mealhada, Caves São João, Caves Primavera, Soc. Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias, Quinta dos Abibes, Casa de Sarmento, Quinta da Mata Fidalga
Vinhos Rosados
Medalha de Prata: Aliança – Vinhos de Portugal
Vinhos Tintos
Medalha de Ouro: Caves São João, Aliança – Vinhos de Portugal e Quinta dos Abibes
Medalha de Prata: Caves Primavera, Soc. Agrícola e Comercial dos Vinhos Messias, Quinta da Aveleda, Casa de Sarmento, Quinta da Mata Fidalga

Catarina Cerca