As férias desportivas e culturais promovidas pela autarquia anadiense, no período de 21 de Junho a 31 de Julho, têm um balanço altamente positivo.
Essa indicação, deixada pelo autarca Litério Marques, na última reunião de câmara, prende-se com as conclusões retiradas da realização do Programa.
O evento, na 5.ª edição, destinou-se a crianças entre os 6 e os 14 anos e superou as expectativas, em termos de adesão.
As inscrições rondaram as 290 e foram servidos perto de 1030 almoços.
Destinado a ocupar os tempos livres das crianças em férias o Programa, segundo Litério Marques, em termos orçamentais funcionou igualmente muito bem: dos 10.750 euros de despesas previsionais, a Câmara acabaria por gastar apenas 8.837 euros, assim como as receitas, estimadas em 7500 euros, saldaram-se em 8.610 euros. Ou seja, “a racionalização das despesas teve um efeito positivo, tendo em conta que os resultados finais foram inferiores ao orçamento previsto sem interferir na operacionalidade das actividades”, revela o documento elaborado sobre este Programa.
De acordo com a Câmara Municipal, as férias desportivas e culturais preencheram todos os requisitos, “promovendo um conjunto de actividades aliciantes que contribuíram para o desenvolvimento integrado dos participantes”.

CC