Tony Carreira, Mickael Carreira, Homens da Luta, Tara Chic, Quim Barreiros são alguns dos nomes mais sonantes que integram o cartaz da 8.ª edição da Feira da Vinha e do Vinho que se realiza, em Anadia, de 18 a 26 de Junho. A apresentação oficial do certame teve lugar na tarde da última segunda-feira, no Museu do Vinho Bairrada, onde decorreu ainda a assinatura de um protocolo entre a Câmara de Anadia e a Turismo Centro de Portugal.
Com um orçamento a rondar os 200 mil euros, a edição deste ano terá entradas gratuitas, à semelhança da de 2008, em todos os espectáculos, que começam por volta das 22h30. “Uma forma de aliviar a carteira dos visitantes”, explicou Litério Marques. Por outro lado, pela primeira vez, haverá tasquinhas dinamizadas pelas várias associações do município, previamente seleccionadas pelas 15 Juntas de Freguesia. Os restaurantes presentes serão três (dois deles do concelho) e está já confirmada a presença de 18 produtores, mais dois do que na anterior edição.

Protocolo. A autarquia estabeleceu com a Turismo Centro de Portugal um protocolo para a divulgação e promoção do certame, no valor de 11 mil euros para material publicitário e realização de acções promocionais. “O protocolo visa contribuir para a promoção de Feira, colocando-a no mapa dos certames nacionais”, disse, na oportunidade, o autarca Litério Marques para quem esta “é a melhor feira em tempos de crise”, destacando ainda a parceria com os Hipermercados Continente/Modelo que possibilitou a presença de Tony e Mickael Carreira. “Desta forma foi possível diminuir custos e ter a presença de grandes artistas”, referiu.
Um certame com cartaz aliciante e que, segundo o edil, pretende divulgar a terra, os empresários e os produtos do concelho, dando a conhecer o município a um vasto público. Por isso, a autarquia volta a colocar a fasquia nos 110 mil visitantes, sublinhando o facto do certame se realizar uma semana mais tarde em relação às anteriores edições, dando possibilidade aos jovens de estarem mais presentes, uma vez que a maioria já se encontrará, nesta altura, de férias.
Também Pedro Machado sublinhou os principais factores que levaram a Turismo Centro de Portugal a participar, pela primeira vez, no certame: “ser um parceiro estratégico com os municípios com forte componente turística, neste caso o enoturismo e ser parceiro na divulgação e promoção de destinos e marcas, sendo este certame um dos melhores da Bairrada”. Pedro Machado adiantou ainda que “este é um evento de excepcional qualidade na promoção de produtos da Bairrada”, reconhecendo ao município “a qualidade e excelência das edições já desenvolvidas”.
A vereadora da Cultura, Rosa Tomás, deu ainda a conhecer que, ao longo do certame, terão lugar acções destinadas a um público alvo, tendo em vista a promoção e divulgação dos produtos endógenos da região. Essas parcerias estão a ser calendarizadas com a Comissão Vitivinícola da Bairrada, Estação Vitivinícola da Bairrada, Escola de Viticultura e Enologia da Bairrada e Confraria dos Enófilos da Bairrada.

Catarina Cerca