O adro da Capela de Santa Eufêmea, em Sangalhos, está a ser requalificado. A obra, que ultrapassa os 20 mil euros, conta com o apoio da Câmara Municipal de Anadia e de meia dúzia de sangalhenses, empenhados na realização deste melhoramento.
A requalificação do espaço começou há 15 dias, seguindo um projecto elaborado pela Câmara Municipal. “A Câmara tem sido um precioso aliado e tem ajudado a Comissão de Culto”, refere Armando Libório, da Comissão de Culto da Capela.
Para além da pavimentação, com betuminoso, do recinto de festas, será ainda colocado pavê em espaços definidos pelo lancil já colocado à volta do recinto.
Este importante melhoramento, há muito desejado pela população e pela Comissão de Culto, prevê ainda a construção, no exterior, de um pequeno altar, que poderá servir para eventuais missas campais.
Armando Libório sublinha a imprescindível colaboração da Câmara Municipal, sem a qual a obra não seria possível. É que a Câmara, para além de ter cedido pessoal, máquinas e alguns materiais diversos para a preparação do terreno, irá suportar também parte do custo da pavimentação. O restante – guias, lancis, cimento, areias e mão-de-obra, caberá à Comissão de Culto que conta com a ajuda de três pessoas da terra que se disponibilizaram a financiar a obra, emprestando dinheiro para a mesma. “Só o pavimento custa cerca de 12 mil euros”, avança aquele responsável, destacando que sem as ajudas “seria impossível requalificar o espaço”.
Nas duas últimas semanas elementos da Comissão de Culto e amigos da terra têm trabalhado horas a fio por forma a que parte da obra esteja concluída por altura dos festejos (27, 28 e 29 de Agosto). O lancil e as guias para a pavimentação estão concluídas. Falta colocar o pavimento, previsto para os próximos dias.
“Esta obra era muito desejada por todos pois o recinto criava muitas ervas. Agora, este embelezamento vai dar uma outra dignidade ao adro da Capela”, refere ainda Armando Libório realçando o apoio daqueles que com trabalho e dedicação têm ajudado a obra a avançar.

CC