A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Anadia gostaria de “trocar” velhos electrodomésticos dos munícipes do concelho por uma ambulância de transporte de doentes nova em folha.
Para que esse sonho se possa concretizar, apelam à colaboração da população.
Embora sejam, desde finais de 2010, “Ponto de recepção de resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos”, aderiram desde o passado dia 1 de Outubro à campanha nacional “Quartel Electrão” promovida pela Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos.
Por isso, quantos mais electrodomésticos velhos forem entregues no quartel dos Bombeiros Voluntários de Anadia, mais hipóteses a corporação terá de vir a receber prémios que são úteis à actividade que desempenham, sendo o mais aliciante de todos uma ambulância para transporte de doentes. Mas esta só será ganha pela corporação que, no final da campanha, tenha reunido maior peso de resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos ou de pilhas e acumuladores.
Assim, velhos electrodomésticos ou que já não sejam usados ou estejam avariados (aquecedores, televisores, ferros de engomar, telemóveis, computadores, impressoras, secadores de cabelo, rádios), bem como pilhas e baterias podem ser entregues em qualquer dia da semana no Quartel dos Bombeiros Voluntários de Anadia.
Mário Teixeira, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Anadia, faz um apelo à população do concelho para que entregue os seus equipamentos em fim de vida no quartel dos Voluntários anadienses até ao dia 26 de Dezembro, dia em que termina a acção.
“Os prémios são convidativos, uma ambulância totalmente equipada, uma lavandaria industrial completa e senhas para combustível no valor de 1.500 euros, muito nos ajudaria”, refere aquele responsável.

Catarina Cerca