Marlene Aidos, filha do ex-autarca Sérgio Aidos, de Sangalhos, venceu a 3.ª edição nacional do concurso Make Up Master da Sephora, que decorreu recentemente no Centro Comercial Colombo, em Lisboa.
A jovem sangalhense, que trabalha na Sephora em Aveiro (Centro Comercial Glicínias), arrecadou o primeiro lugar neste concurso que, ao contrário das duas anteriores edições, tinha como desafio não apenas a maquilhagem de rosto, mas também do corpo inteiro.
Embora o concurso fosse aberto a todos os colaboradores da Sephora, a nível nacional, depois de duas eliminatórias, Marlene Aidos foi apurada e integrou o grupo de 10 finalistas que mostraram ao júri toda a sua técnica e arte na maquilhagem e pintura.
A jovem, que é licenciada em Novas Tecnologias da Comunicação, revelou a JB que se sente competamente realizada na sua atividade profissional, já que a maquilhagem foi sempre uma grande paixão. Embora nunca tenha tirado nenhum curso na área, conseguiu entrar como colaboradora da Sephora, primeiro em part-time e mais tarde a tempo inteiro.
“A maquilhagem foi sempre um hobby mas nunca tive formação profissional na área. Por isso, decidi concorrer para mostrar os meus dotes e testar as minhas capacidades, já que a maquilhagem é a junção da paixão que tenho pela arte e pela maquilhagem”, acrescentou, dando conta do rigor do concurso: “primeiro passamos por um quiz online exclusivo para os colaboradores da Sephora, na segunda fase, para a qual foram apurados 40 concorrentes, fomos submetidos a uma prova de maquilhagem artística de rosto, que apurou os 10 finalistas. Após um workshop intensivo de dois dias sobre bodypainting, com Silvia Covrig (formadora internacional da marca) tivemos um mês para nos prepararmos para a prova final”.
Subordinado ao tema “Tango”, Marlene Aidos e as restantes finalistas demoraram cerca de 5 horas a pintar as modelos. “Quis testar o meu talento e, enquanto as outras concorrentes se limitaram a desenhar peças de roupa, eu fui mais longe. Preferi contar uma história: a do Tango, através de uma pintura que conta esta paixão (o quadro pintado foi a memória da paixão de duas personagens – homem/mulher)”.
O trabalho de Marlene Aidos impressionou o júri não só pelo magnífico desenho, mas também pela técnica e jogo de sombras: “foi um trabalho muito difícil de executar pois o bodypainting é muito difícil de fazer, já que as tintas secam rapidamente e é muito complicado fazer retoques. É uma pintura que tem de ficar bem à primeira. Depois há que saber fazer as sombras e luminosidade para criar ilusão ótica”, explicou ainda.
A jovem, de 23 anos, foi contemplada com uma viagem de uma semana a Paris, onde vai participar na Academia Profissional de Paris (Make Up For Ever) e com um voucher de 700 euros em produtos da Make Up For Ever, marca exclusiva da Sephora. Tem o sonho de conseguir dedicar-se à maquilhagem artística e de efeitos especiais. Uma área muito específica e difícil, mas Marlene acredita que, com a sua dedicação e talento a esta paixão, será possível, tanto mais que após a realização do curso de uma semana, em Paris, crê vir mais rica em conhecimentos e técnicas que a permitirão alcançar esse desejo.

Catarina Cerca