Cerca de uma centena de pessoas esteve presente no primeiro almoço convívio de Natal promovido pela Junta de Freguesia de Sangalhos e pelas Associações da freguesia.
O evento teve lugar no sábado, dia 22 de dezembro, pelas 13h, no salão de festas do edifício da Junta de Freguesia.
O almoço solidário, que contou com a presença de várias famílias carenciadas da freguesia, era extensivo a todas as pessoas que quisessem estar presentes. Por isso, a presença de tantos sangalhenses que, de uma forma voluntária e anónima, contribuíram com alimentos e doçaria vária para mais esta iniciativa.
A JB, o autarca António Floro deu conta de que o executivo quis alargar o almoço a toda a população (mediante inscrição prévia na sede da Junta, nas respetivas Associações e em vários estabelecimentos comerciais da freguesia), por forma a que nesta quadra natalícia os sangalhenses pudessem partilhar de um agradável momento de confraternização, sem que isso acarretasse custos para os mesmos. Por isso, não deixa de agradecer a forma colaborante e solidária como algumas Associações se comportaram. É o caso da Associação dos Pescadores e Caçadores de Sangalhos que ofereceu três leitões assados para o almoço; da empresa Congelados Moreira que ofertou seis caixas de aperitivos (bolos de bacalhau, chamuças, rissóis); da Aliança – Vinhos de Portugal e o enólogo Rui Moura Alves que ofereceram vinhos vários para a ocasião; do Centro Cultural de Sá que fez um enorme panelão de sopa; da ADASFES e do Centro Cultural do Paraimo que ajudaram na organização e realização do evento.
Embora, as famílias carenciadas tenham aparecido em número reduzido (cerca de meia centena), António Floro fala do sucesso da iniciativa que juntou à mesa muitos sangalhenses. No entanto, não esconde que esperava uma maior adesão de participantes: “Sabemos que existem muitas pessoas carenciadas, mas talvez por vergonha não tenham vindo”, admitiu, dando conta de que à Junta de Freguesia tem chegado informação do crescente número de desempregados e de famílias a precisar de ajuda social.
Da ementa constavam aperitivos vários, frango e leitão assados e muitos doces e bolos trazidos por pessoas da freguesia que se associaram à iniciativa.
“As pessoas trouxeram tanta coisa para o almoço que, no final, se fez uma distribuição do que sobrou por todos aqueles que mais precisam”, revelou.
Refira-se ainda que para além do executivo da Junta de Freguesia, participaram nesta animada confraternização, os sangalhenses Luís Santos, presidente da Assembleia Municipal de Anadia e o vereador Jorge Sampaio.

Catarina Cerca
catarina@jb.pt