No dia 22 de janeiro, Sangalhos festejou o dia do seu padroeiro, São Vicente, com eucaristia e inauguração da residência paroquial, ambos presididos por D. António Francisco, Bispo de Aveiro. A cerimónia iniciou-se pelas 19h30, na Igreja Matriz, com missa solene presidida por D. António Francisco e pelos sacerdotes Manuel Melo e Francisco Martins e animada pelos coros da Igreja.
Durante a cerimónia, o padre Manuel Melo deu posse ao novo juiz da Igreja, Jorge Santiago, pedindo que o mesmo seja bem acolhido pela comunidade paroquial de Sangalhos.
Na homilia, o Bispo de Aveiro recordou S. Vicente como testemunho exemplar de vida santa, com o dom heróico de fortaleza que deu a vida por Jesus Cristo e a quem pediu orações e preces para todas as famílias das terras de Sangalhos. Recordou ainda o lema da Missão Jubilar “Vive esta Hora” associado ao dia, como a hora do padroeiro e da comunidade de Sangalhos, referindo ainda que escolheu esta hora e este dia também para inaugurar as obras de requalificação da casa paroquial, iniciadas pelo Padre Francisco Martins e finalizadas pelo Padre Manuel Melo.
D. António Francisco relembrou ainda que a casa paroquial tinha sido sonhada, desenhada e decidida pelos antepassados e a tantos serviu, “casa ao serviço de todos e pertencente a todos, uma vez que foi construída com a generosidade da comunidade paroquial”. Na ocasião, referiu que estas casas permitem a proximidade dos sacerdotes às suas comunidades a tempo inteiro, salientando a necessidade de novos sacerdotes para ocuparem as casas e se dedicarem às comunidades.
No final, o Padre Manuel Melo agradeceu a generosidade da população através dos donativos que se fizeram chegar, assim como, a Antero Calvo, da Recer, pelos mosaicos e azulejos oferecidos e pelo acompanhamento do senhor Fernando na obra, agradecendo ainda ao Eng.º Miguel, da Sanindusa, pelas louças sanitárias oferecidas.
No final e devido ao mau tempo que se fazia sentir, apenas um pequeno grupo visitou a casa paroquial, ficando o convite do pároco de Sangalhos a toda a comunidade que a desejar visitar nos próximos dias.
Seguiu-se um convívio partilhado, aberto a toda a comunidade, no salão de festas paroquial.

Fátima Santos