Sérgio Ribeiro, da equipa Louletano – Dunas Douradas, inscreveu pela primeira vez o seu nome na lista dos vencedores do Grande Prémio ABIMOTA, tendo ganho a 34.ª edição.
O ciclista da formação algarvia ficou em 2.º lugar na última etapa, que ligou Oliveira do Bairro a Estarreja, etapa que foi ganha por Filipe Cardoso, da equipa Efapel.
A etapa, na distância de 178,2Kms, resume-se em grande parte à fuga de 13 ciclistas à entrada para a vila de Sangalhos. Este grupo de fugitivos andou isolado até à passagem por Sever do Vouga. Depois de outras tentativas goradas, o pelotão rolou compacto até cerca de 46Kms da meta, com uma chegada ao sprint.
Ao longo da etapa foi notória a presença de muito público, sobretudo na região da Bairrada.
A LA – Antarte venceu coletivamente; César Fonte (EFG) foi o grande vencedor do prémio da montanha, ele que venceu na única contagem do dia, no Alto de Decide. Jorge Montenegro (LDD) venceu a geral dos pontos e nas metas volantes António Carvalho (LAR). Nas metas Autarquias, o vencedor foi Bruno Silva (LAR), nas metas Bolinhas Márcio Barbosa (LAR) e na Juventude Daniel Freitas (Anicolor).
Na edição impressa da próxima quinta-feira, dia 13, leia na íntegra todos os detalhes de mais uma edição do Grande Prémio ABIMOTA que, mais uma vez, se saldou por um grande sucesso.

Manuel Zappa
Luís Ferreira