Vai na terceira edição, em nome da tradição e da gente “corajosa”. Apesar da chuva, típica do tempo de inverno, e da forte agitação marítima, o 1.º mergulho do ano, nas águas da praia da Vagueira (“a melhor praia do mundo”, diz quem sabe), registou a presença de mais de meia centena de banhistas.
Mergulharam três vezes, depois do aquecimento “à maneira”, feito por Fernando Batista. No final, no espaço do museu arte xávega, foi servido o pequeno-almoço reforçado, oferecido pelos promotores e empresas da região – chocolate quente, doces, bifanas e o tradicional champanhe. E nem sequer faltou a aula de zumba, orientada por Carla Reis.
Conforme tinha sido anunciado, o evento, que teve o apoio da Câmara Municipal e dos Bombeiros locais, voltou a ter caráter solidário. Este ano, a organização fez reverter o produto da receita, 470 euros, para a família da jovem Andreia Rocha, vítima de embolia cerebral, que necessita de adquirir equipamento de apoio.

Eduardo Jaques