O Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, vai ser palco, entre os dias 5 e 8 de maio, do Portugal Wine Trophy. A conceituada competição destina-se à indústria produtora de vinhos e segue as regras estritas da OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho). Em Anadia vai estar um painel internacional de jurados (cerca de 70), que irá provar e avaliar os vinhos durante os quatro dias de concurso.
Trata-se de um concurso internacional que anualmente se realiza em quatro momentos distintos: Alemanha (Berlin Wine Trophy e Berlin Wine Fair), Coreia do Sul (Asia Wine Trophy) e Portugal. Este ano, caberá ao município de Anadia receber a edição portuguesa, que se realiza de 5 a 8 de maio.
Na apresentação do evento, que teve lugar na última sexta-feira, dia 1 de abril, no Museu do Vinho Bairrada, o vice-presidente da autarquia anadiense, Jorge Sampaio, avançou tratar-se de um concurso importante para o país, mas sobretudo para a região e para Anadia, até porque aos produtores presentes deu a conhecer as condições especiais de participação neste certame.
Por outro lado, explicou que o município trouxe para cá este concurso organizado pela DWM (Deutsche Wein Marketing) pelo prestígio e reputação que tem no mundo vitivinícola. Um concurso que segue as regras estritas da OIV e no qual, vinhos de todo o mundo vão competir para alcançar uma das prestigiadas medalhas.
Em Anadia vão estar à prova cerca de 1750 vinhos de todo o mundo. A avaliação vai estar a cargo de um painel composto por 70 provadores provenientes dos mais variados países.
Com patrocínio da OIV, da VinoFed e da UIOE, o Portugal Wine Trophy é um dos concursos mais controlados do mundo. Produtores, importadores, distribuidores e vendedores estão conscientes da importância das medalhas atribuídas que podem pesar, na hora da compra, na escolha feita pelos consumidores.
O período de inscrições decorre até ao dia 25 de abril, sendo a data limite para a entrega de amostras de vinho a concurso, 29 de abril, no Museu do Vinho ou na Comissão Vitivinícola da Bairrada. Os resultados serão conhecidos em junho.

Vantagens para os produtores da região. Os 117 produtores inscritos na Comissão Vitivinícola da Bairrada (CVB) pode levar a concurso cinco vinhos, sem custos, ou seja, podem efetuar o registo de cinco vinhos a concurso sem qualquer encargo. Os restantes concorrentes nacionais pagam uma taxa de 135 euros por amostra de três vinhos submetidos a concurso.
Acrescente-se ainda que todos os vinhos submetidos podem participar no concurso que se realiza na Ásia sem custos adicionais, graças à cooperação com a cidade de Daejeon, na Coreia do Sul. Como explicou Jorge Sampaio, “todos os participantes podem incluir os vinhos que registaram em Portugal na competição da Ásia, sem qualquer custo adicional”.
Por outro lado, em fevereiro de 2017, no Berlin Wine Fair, no stand “Anadia Capital do Espumante”, vão estar à prova todos os vinhos da região premiados neste certame, assim como na Master Class sobre espumantes, a realizar-se na Coreia do Sul, no Asia Wine Trophy.
O vice-presidente da autarquia anadiense avançou também uma outra ação de promoção a realizar-se em Berlim. “No Berlin Wine Trophy será feita uma ação de promoção de espumantes na Embaixada de Portugal, que irá divulgar e promover este néctar bairradino”. Por isso, apelou à participação dos produtores da região neste concurso, já que é vontade do município trazer o certame a Anadia nos anos mais próximos, o que depende da adesão dos participantes.
Catarina Cerca
(ver vídeo no facebook do Jornal da Bairrada)