Potenciar o tecido empresarial da região e discutir os problemas e desafios das empresas dos principais setores de atividade económica com implantação nos vários municípios da Bairrada são dois dos principais objetivos do 1.º Congresso da Região da Bairrada, promovido pela ACIB (Associação Comercial e Industrial da Bairrada) e que se realiza a 2 de junho, no Cineteatro de Anadia.
Subordinado ao tema “A Bairrada como Potencial Económico – Uma Marca e uma Região que se desafia a si própria”, o seminário foi apresentado na penúltima terça-feira, durante uma conferência de imprensa que decorreu na delegação da ACIB, em Anadia.

Discutir problemas e desafios. O 1.º Congresso Empresarial da Bairrada deverá marcar, no futuro, a agenda empresarial da região da Bairrada, “devendo assumir a forma de um fórum de encontro e discussão atualizada dos problemas e desafios das empresas dos principais setores de atividade económica com implantação nos vários municípios bairradinos”.
Foi durante a conferência de imprensa, conduzida pelo vice-presidente da ACIB, Rui Reste, e a edil anadiense Teresa Cardoso, que foi explicado que este congresso assumirá um âmbito alargado de forma a abarcar toda a região. E é com base nesse pressuposto que a ACIB assume a defesa da região e o seu crescimento envolvendo o maior número de municípios.
Um alargamento que poderá ter como efeito positivo fomentar o interesse de participação a um maior número de empresas e entidades, além de lhe conferir um âmbito mais inclusivo, materializando assim  um dos objetivos principais da ACIB, ou seja, o da promoção e contribuição para o desenvolvimento técnico, económico e social da Região da Bairrada.
Quanto à escolha de Anadia como palco deste 1.º congresso, deve-se “à sua localização estratégica no centro da Bairrada, entre Aveiro e Coimbra”, mas também “fruto das opções políticas do executivo municipal, que tem tido um papel fundamental na promoção da Região e dos seus produtos, através das várias iniciativas que tem organizado e apoiado”, refere a ACIB.
Na ocasião, tanto Rui Reste como Teresa Cardoso sublinhariam que esta primeira edição surge de um encontro de vontades entre a ACIB e a Câmara Municipal de Anadia. “Pensar a Bairrada e potenciar o tecido empresarial da região” é, então, a principal missão deste evento, que se espera muito participado. 
Promover a Bairrada que quer ser mais – uma “grande marca”.   Aliás, a edil anadiense manifestou o seu regozijo por “sermos pioneiros, com esta iniciativa, a par da ACIB”, considerando ter sido esta uma escolha concertada “porque foi um projeto que se refletiu e tem sido trabalhado em comum”.
Um congresso, avançou ainda, marcado por “temas abrangentes e bons painéis”, que vão permitir refletir “aquilo que a Bairrada tem, hoje, para oferecer, mas também pensando em termos futuros, ter aqui uma visão estratégica e comum de todos os municípios, porque é desta união entre todos e uma aposta forte que todos os oito têm de ter para a promoção da nossa região”.
 
Ler mais da edição impressa ou digital