Teresa Cardoso (MIAP) foi reeleita presidente da Câmara Municipal de Anadia, nas eleições autárquicas de domingo, ao vencer de forma inequívoca o ato eleitoral. Esmagou, literalmente, o PSD e o candidato Litério Marques que foi o grande derrotado da noite.

As listas do MIAP (Movimento Independente Anadia Primeiro) venceram em toda a linha: Câmara (56%), Assembleia Municipal (54%) e só não fez pleno nas Juntas e Uniões de Freguesia porque na freguesia de Avelãs de Caminho a vitória foi para um outro movimento de cidadãos – o PNT (Pela Nossa Terra. Viver Avelãs!).

Curioso o facto de o ex-autarca de Anadia, Litério Marques, nas últimas eleições em que concorrera pelo PSD (antes de formar o MIAP) ter alcançado, em 2009, 57% do eleitorado e quatro anos antes, em 2005, uns expressivos 62%.

Agora, o mesmo Litério Marques, que regressou ao PSD como cabeça de lista à câmara municipal, não foi além dos 28,56%, o pior resultado de sempre em eleições autárquicas, naquele que fora no passado um bastião social-democrata.

Digno ainda de registo o facto de o CDS/PP e a CDU terem conseguido eleger um mandato para a assembleia municipal, ao registarem 5,5% dos votos.

Num concelho onde votaram 55,24% dos eleitores, o MIAP – Movimento Independente Anadia Primeiro obteve um resultado superior ao alcançado há quatro anos, quando aparecia pela primeira vez a sufrágio. Subiu 15 pontos percentuais, passando de 41% para 56%, arrecadando cinco mandatos para o executivo municipal.